História Always Love You - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino
Tags Adrien, Always Love You, Marinette
Exibições 433
Palavras 1.587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obrigado a todos pelos 24 favoritos , mas não so aqueles que favoritaram a fic ,
mas aqueles que leem ela também
Beijinhos e fiquem com mais um capitulo

Capítulo 4 - Capitulo IV


Fanfic / Fanfiction Always Love You - Capítulo 4 - Capitulo IV

Mari on

Depois que o Adrien saiu do meu quarto com a Soph liguei para Alya para desabafar com ela porque eu estava precisando, porque não sei o motivo que me deu hoje que eu quase beijei ele isso só mostra que eu ainda o amo e muito e não o que fazer agora que eu preciso dele perto de mim parece que o destino está pregando uma peça em mim só pode quando ela atendeu

Ligação on

Alya: Até que enfim me ligou estava super preocupada com vocês

Mari: Calma garota , a Soph já está dormindo ela está exausta

Alya: Imagino

Mari: Alya posso te fazer uma pergunta?

Alya: Claro amiga

Mari: Você contou do Nino pro Miguel

Alya: Contei, e ele agiu numa boa nem ligou muito porque ele falou que agora eu estou com ele e nada iria mudar nem que meu ex aparecesse - de repente alguém bate na porta

Mari: Alya vou ter que desligar tem alguém me chamando

Alya: Okay amiga amanhã a gente se fala

Fui até a porta e lá estava Nino

Mari: Ah oi Nino em que posso te ajudar

Nino: Mari a Senhora Agreste quer falar com você

Mari: Sabe o motivo ?

Nino: Sei, o Adrien estava nervoso e acabou falando que a Soph é filha dele

Mari: Olha nino o seu amigo é um grande Imbecil

Nino: Nem me fale Mari, Vamos ?

Mari: Claro só não posso demorar muito tenho que dar o remédio da Soph daqui a 20 minutos

Fomos até a sala, mas eu estava com medo deles me criticarem, por não ter contado a eles que a Soph era neta deles, mas eles também tem que entender o meu lado, tinha medo que eles ficaram magoados com o Adrien depois do que ele fez comigo, e que até parassem de falar com ele por minha causa ou pior até , porque quando contei a história para eles do que o meu antigo namorado fez comigo eles falaram muito comigo que se fosse o filho dele eles iriam fazer de tudo para ele se arrepender de ter terminado e quando eles dizem tudo é tudo mesmo até mesmo acabar com a vida social dele, porque todos sabem se um Agreste se incomoda com você, você tem sua vida acabada por eles

Amelia: Mari é verdade ?

Mari: Sim, Amelia, sinto muito por não ter contado a vocês mas ...

Gabriel: Você não tem que se desculpar conosco Marinette quem tem que fazer isso é o ADRIEN

Adrien: Mas..

Ameli: Sem mais Adrien, Terminar com uma pessoa por mensagem, onde já se viu isso Adrien

Adrien: Mas mãe não fui eu que mandei a mensagem foi a Chloe e a Lila que mandaram, eu juro nesses 9 anos que eu não voltei para casa foi porque eu tive medo dela estar com outro, por que a amo muito

Gabriel: Então por que vocês namoram escondidos ?

Adrien: Porque a Natália falou que você pai jamais aceitaria o meu namoro com ela e foi até bom namorar em segredo da Chloe mas não sei como ela descobriu isso eu nunca tinha contado para ela

Nino: Vi ver elas descobriram seguindo a gente

Ameli: Até você está envolvido nisso Nino

Nino: Fazer o que né dona Amélia eu namorava a Alya, na época em segredo também já que os pais dela não gostavam nem um pouco de mim

Mari: Mas esse nem é o problema maior, o problema é que a Soph odeia o pai dela por mais que ela não sabe quem é

Ameli: Verdade, eu ainda lembro do dia que você contou que estava pensando em chamar o pai da Soph para ela conhecer

Adrien: Você iria me chamar para conhecê-la?

Mari: A Soph não tem culpa da burrada que você fez comigo ela é inocente nisso, o culpado é você Adrien, será que dar para continuarmos essa conversa daqui a 5 minutos tenho que dar o remédio da Soph !

Gabriel: Lá tem seringa ?

Mari: Acho que sim

Adrien: Mari, posso ir com você ?

Fiz sim com a cabeça e ele foi comigo no caminho ele não falou nada e quando chegamos no quarto ele falou algo

Adrien: Você iria mesmo me chamar ?

Mari: Sim Adrien, eu ia mas a Soph ouviu a conversa e ficou triste com isso e me pediu para não te chamar para vir aqui - falei indo até um armário e pegando um outro tudo só que ele estava pesado - Adrien se importa de pegar isso para mim ? - ele negou com a cabeça pegou tubo e levou para perto do outro, enquanto isso peguei a seringa e um pote de remédio

Adrien: você vai ter que injetar nela ?

Mari: Não nela no tubo, tá vendo aquele motor ele vai fazer isso virar vapor assim ele vai entrar pelo nariz e vai direto para o pulmão isso funciona como um anti-inflamatório, entende?

Adrien: Sim, mas porque ela sofre isso ?

Mari: Ela nasceu prematura, e com isso ela teve problemas para respirar, ficou internada por uns 5 meses para poder sair do hospital, era muito difícil alguém me tirar de perto dela quase ninguém conseguia soa sua mãe porque eu só confiava nela para ficar com a Soph enquanto eu vinha em casa tomar um banho e dormir por umas 5 horas e voltava e quando ela veio para cá eu fiquei aliviada, nesse tempo eu trabalhava do Hospital eu resolvia as coisas de lá para não ter que sair de perto e seu Pai entendia

Adrien: Me desculpa por não estar perto nesses momentos, sabe por mais que não soubesse da existência dela eu tinha que ter voltado para você

Mari: Se você prometer que vai ser presente agora eu não ligo

Adrien: Eu prometo, mas Mari como vamos contar a ela

Mari: Deixa comigo vou conversar com ela, sobre você e quem sabe ela não começa a gostar de você e a te chamar de “pai”

Adrien: É o que eu mais gostaria que acontecesse , ha e se você não se importar eu vou acabar com a vida da Chloe, mas ela sabia que você estava grávida?

Mari: não ligo e sim ela sabia sim, porque ela , morou aqui por mais alguns anos depois que você foi embora e como eu engravidei, no penúltimo ano escolar ela me viu grávida, e como foi também por culpa dela que a Soph nasceu prematura

Adrien: Como assim ?

Mari: Eu estava conversando com a Alya sobre como seria bom se você estivesse aqui para conhecer a Soph, mas eu tenho certeza que no fundo ela desconfiava que era seu sim, e ela escutou tudo e me empurrou e eu cai escada abaixo e como eu estava entrando de férias nesse dia depois que a Soph nasceu eu só fiquei 2 meses afastada da escola, ela pensou que tivesse morrido. você não viu a cara de espanto dela quando me viu não - ele negou - por que quando eu voltei para a escola ela e a Lila já tinham ido embora da cidade

Adrien: Não acredito que ela fez isso, Mari eu não vou deixar ela chegar perto da Soph e isso eu te prometo - eu assenti e fui com ele termina de conversar com os pais deles

Ameli: Como vocês vão contar a ela ?

Mari: Amanhã uma pessoa que ela gosta muito vai chegar e não duvido nada que se ele me ajudar ela vai aceitar o Adrien

Gabriel: Acho que já sei quem é, e acho isso uma ideia fantástica, Ah Mari amanhã sai a sua foto na capa da revista

Adrien: Nada disso aquela foto não vai estar nas capas de nenhuma revista, eu não vou deixar

Mari: Que eu saiba eu sou Solteira - dei ênfase no solteira

Adrien: Pode até ser mas não por muito tempo...

Mari: Ah é a Soph pediu para eu arranjar um namorado quando a gente se mudar

Adrien: Você. Não. Vai. Namorar. Ninguém. Além. Mim

Mari: Meu querido você acha mesmo que nesses 9 anos eu não namorei ?

Ameli: Nisso ela tem razão Filho

Adrien: Mãe você tem que me ajudar e não a ela

Mari: Agora eu já vou, vou deitar por tenho que acordar em 3 horas pra trocar o tubo da Soph, Boa Noite

Todos: Boa Noite

Acho que a Amélia me ajudou a provocar o Adrien, era verdade nunca consegui esquecer ele,mas também nunca namorei sério depois dele, e já sai com alguns caras mas nada muito sério, eu só ficava com eles, cheguei no meu quarto tomei um banho e me preparei para dormir quando sai dei de cara com o Adrien dentro do meu quarto , ele me agarrou e me beijou , como eu estava com saudade desse beijo dele , logo a língua dele invadiu a minha boca e tanto eu como ele pedia por mais nesse beijo, logo o ar acabou

Adrien: Senti muita falta desse seu beijo

Mari: Eu também,mas só um não vai matar a saudade você não acha - ele concordou e me puxou para outro beijo e ficamos nos beijando até eu ter que ir trocar o tubo da Soph de novo e ele foi me ajudar e no fim da noite ele ainda dormiu comigo como eu estava com saudade de ficar abraçada com ele de sentir o perfume dele e de sentir o seu coração bater rápido quando está comigo

 


Notas Finais


gente se não for pedir muito , mas se vocês quiserem também vocês podem ler essa fic que u amo de paixão seríssimo
https://spiritfanfics.com/historia/marcas-do-passado-6834005
ela tem poucos favoritos e para deixar claro ela não me pediu para fazer isso so estou fazendo por que eu gosto muito mesmo e fico com um pouco de pena por ninguém comentar so eu, então se alguém se interessar a ler fique a vontade


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...