História Always Love You - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~CamilaCabello3

Visualizações 88
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero muito que gostem deste capitulo... ele é muito hot.
preparem pipocas e leiam este capitulo super HOT!!!
comentem o que acharam

Capítulo 6 - Namoradas outra vez


Fanfic / Fanfiction Always Love You - Capítulo 6 - Namoradas outra vez

P.O.V Camila Cabello

06:30 AM

Acordei e só tinha 30 minutos para me arrumar, fiquei a pensar no que a minha mãe fez ontem, ela queria-me fazer ciúmes, mas ela que não pense que eu vou fazer o mesmo. Desço as escadas e vejo a minha mãe na cozinha com um terno feminino com um grande decote, foi um desafio não olhar, mas eu já ia para o carro quando ela me chama:

- Camila não vais sair de casa com o estomago vazio por isso senta te para comeres.

- Mãe eu estou sem fome, eu como na escola, porque senão vamos chegar todos atrasados.

A minha mãe continuou a insistir e eu cedi, comi uma sandes com um sumo bem rápido e subi as escadas num fechar de olhos e oiço a minha mãe a dizer para ir mais devagar pois ia cair mas não liguei, lavei os dentes e pôs mais perfume para ir mais cheirosa e desci outra vez as escadas e eu disse para a minha mãe:

- Mãe, achas que eu deve desculpar a Lauren? – perguntei só para a irritar, mas ela respondeu muito calma:

- Olha Camila, se ela te faz feliz perdoa-a mas se ela te magoar outra vez eu já não vou estar lá para te dar carinho, o erro vai ser teu e depois vou dizer-te: - eu avisei-te.

Ligou o carro para começar a dirigir e eu fiquei muito surpreendida com a resposta que ela me tinha dado. Será que ela me despedaçar o coração outra vez?!

A minha mãe estacionou o carro e disse:

- Boas aulas meninos, olhem, eu venho-vos buscar com uma pessoa por isso não a tratem mal.

- Sim. – disseram  Shawn e Sofia, depois a minha mãe olhou para mim, à espera de uma resposta, ok sei que fiz mal mas sai logo do carro e batia a porta com força e ela veio atrás de mim. Pronto eu vou contar o porquê de eu ter esta reação, mas eu não quero que a minha mãe fique com ninguém pois ei que quando o meu pai se foi embora ela ficou bastante chateada e como eu tinha uns 4 anos não sabia fazer nada para a animar, então fomos a um sitio que acho que era um centro de adoção e o Shawn veio com uma senhora um pouco velhota mas muito simpática e a minha mãe adotou-o mas ele não sabe, só eu e a minha mãe.

Entretanto a minha mãe puxou-me pelo braço e disse:

- O que se passa contigo, Camila? Eu fiz algo de errado para tu teres essa reação? Responde-me!! Eu sei que não sou a melhor mãe do mundo, por não estar muito presente, mas por  favor, me escuta, eu te amo e nunca te deixarei de amar. Eu não te disse quando o Shawn entrou nas nossas vidas que eu nunca te deixaria, quando tu ficaste com ciúmes por eu ter um namorado, eu não te disse que sempre te amaria mais que tudo porque tu és minha filha e eu amo-te do jeito que és portanto responde-me, que fiz algo de errado?

- Não mãe, tu não fizeste nada de errado, tu és a melhor mãe do mundo mesmo longe, eu também te amo, o problema é que sou muito ciumenta, não quero- te ver outra vez mal por um homem, diz-me que não é outro namorado como os outros que te magoaram por favor.

- Meu amor não é nenhum homem, sabes muito bem que depois do que aconteceu eu não quero namorar, quero dedicar me ao meus filhos que são a melhor coisa que uma mãe pode ter. Quem vinha comigo buscar vos era simplesmente a tua avó.

- Há então desculpa mãe, não volto a fazer prometo, agora tenho de ir para a aula já tocou, então… até logo.

- Até logo.

- Mãe…espera..gosto muito de ti e já agora saio ao 12:00 – abracei-a.

- Ok meu amor, até logo.

Bati à porta da sala pedindo já desculpas pelo atraso e sentei-me no meu lugar que era ao lado da Lauren e ela pergunta-me:

- Camz, está tudo bem contigo, eu vi a tua discussão coma tua mãe.

- Lolo, não era nada, olha eu estive a pensar e eu quero voltar a namorar contigo, tenho saudades tuas.

- Aserio?! -  gritou e o professor mandou-nos calar.

- Sim, quero ficar contigo para sempre. – disse-lhe a sussurar.

Tu és a melhor coisa que me podia ter acontecido, prometo não te decepcionar de novo. Amo-te tanto.

- Eu também te amo¸ mas agora vou fazer te uma pergunta.

- Diz. – a Lolo falou com um ar preocupado.

- Queres ir para minha casa e faltar as aulas? – comecei a acariciar o membro dela que já começava a ficar duro e ela respondeu:

- Não sei Camz…hmm…okk…vamos  quando esta aula terminar. – disse baixinho para ninguém ouvir e depois ainda me disse:

- Vou te foder de todas as maneiras possíveis. – só de ouvir aquilo fiquei logo toda molhada.

A aula passou a correr e saímos e encontramos os nossos amigos e fomos lá e arranjamos uma desculpa para nos irmos embora:

- A Lauren vai me levar a casa porque não me estou a sentir muito bem. – a Dinah não acreditou muito na minha conversa, mas se alguma coisa corresse mal eu tinha as chaves de casa.

Entramos no carro da Lolo e ela começou a dirigir, pôs o rádio e estava a dar Sua Cara e comecei logo a dançar e cantar. Chegamos a casa e chamei pela minha mãe a ver se estava em casa mas ninguém respondeu. A Lauren encostou me à parede e começou me a beijar e foi descendo os beijos até ao meu pescoço e deu-me um chupão. Subiu até à minha orelha e disse:

- Vamos lá para cima. – arrepiei-me quando ela me mordeu o nódulo da orelha.

- É melhor. – disse.

Ela subiu comigo ao colo (só para saberem, eu não sou muito pesada, mas mesmo assim íamos caindo). Entramos no meu quarto e ela trancou a porta e encostou me logo à parede e subi logo para o seu colo e comecei a rebolar no seu membro e cada vez ele ficava mais duro, ela começou me a tirar a roupa deixando me só de calcinha e eu disse:

- Lauren, estamos com roupa a mais. – e tirei-lhe a t-shirt e as calças.

- Camila estás muy sexy, te voy a coger tanto que ni podrás caminhar ( Camila estás tão sexy, ou te foder até nem poderes caminhar)

- Aiii Lauren estás dejando tan excitada dios mi me coge pronto mierda ( hum Lauren me fode logo, estás a deixar-me tao excitada)

Ela começou a enfiar os dois dedos na minha intimidade até eu ficar com prazer e chupou. Depois ela foi buscar um vibrador e massajou a minha intimidade com o vibrador ao mesmo tempo que metia os dedos… Depois meteu o seu membro dentro de mim e fez me gemer bem alto e fez me sentir prazer, muito até.


Notas Finais


O que acontecerá aseguir? para saber só continuando seguindo a fanfic!
espero que tenham gostado.
comentem o que acharam e metam favoritos!
ate ao proximo capitulo!!
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...