História Always Loved You - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Dra. Caitlin Snow, Eobard Thawne / Flash Reverso, Iris West, Leonard Snart (Capitão Frio), Personagens Originais, Wally West (Kid Flash)
Tags Barry Allen, Caitlin Snow, Snowbarry
Visualizações 147
Palavras 1.255
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá gente.
Boa leitura.

Capítulo 7 - Visitante.


 - AHHHH - Tampo meus ouvidos assim que ouço os gritos histéricos das minhas amigas.  

- Gente, precisa mesmo de tudo isso ? - Questiono. Estávamos perto dos armários no corredor da escola. 

 - Claro que sim. Finalmente Caitlin Snow perdeu a virgindade! - Íris sussurra pois já havíamos chamado atenção demais.

 - E como foi ? - É a vez de Patty perguntar. E agora em ?

 - Foi melhor do quê eu esperava... - Elas me olhavam cheias de expectativas.

 - Só isso ? Não vai contar detalhes? - Íris questiona indignada. 

 Claro. Eu deveria contar que Barry broxou, eu amarelei, resmunguei igual a uma idosa, fiz um escândalo por sangrar um pouquinho e terminei a noite com Barry passando pomada em lugares indevidos. 

 - Não tem muito o quê dizer, foi bem rápido, doeu um pouquinho mas ficou bom depois. - Digo e recebo olhares maliciosos de ambas. - Mas mudando o assunto... Falta pouco para seus sonhados dezoito anos em Íris. 

A morena suspira.

- Sim, eu ainda nem sei como comemorar. 

- Não vai finalmente dar uma festa? - Patty sugere. Íris nunca comemorou seus aniversários, ela dizia que o motivo era seu pai estar sempre ocupado e ela não tinha o "dom "para organizar festas.

- Claro que não. Vocês sabem o quê eu acho de festas, só de pensar no trabalhão eu já me canso. Mas vou pensar em outra coisa. 

Ouvimos o maldito sinal tocar e fomos até a sala; 

 (...)

 Fomos pegos de surpresa quando o professor nos contou que hoje faríamos uma visita a faculdade de Central City; todos estavam super animados e eu... bem...

Nos ajeitamos no ônibus e o professor pediu para que formassemos duplas. Bary e eu ficamos juntos fazendo um Cisco ficar extremamente bravo. O quê mudou assim que Liza o chamou para formar dupla com ele. Agora ele até nos mandou uma piscadinha agradecendo. Esse Cisco não tem jeito mesmo.

 Já estávamos em frente a faculdade e Barry parecia bastante empolgado, ele segurava minha mão e encarava um folheto. 

 - Atenção. - O professor diz fazendo com que todos olhassemos. - Vocês tem duas horas e meia para visitarem os blocos desejados, fiquem com suas duplas e nos encontrem sem atrasos! 

 Barry puxa minha mão em seguida e corre empolgado até o seu futuro bloco. Já que ele já havia sido aceito. Ele já estivera aqui com Carla para conhecer mas estava tão empolgado como se fosse a primeira vez. Vê-lo com esse sorriso no rosto era super fofo. 

 - Está me encarando de novo. - Ele diz quando nos sentamos, finalmente. 

 - Você fica muito fofo quando está empolgado. - Digo e roubo um beijo dele. 

 - E você fica ainda mais linda quando está com esses olhos admiradores. - É sua vez de me beijar. 

 Essa sensação de frio na barriga era boa. Estava bem claro que eu gostava dele. Não sei ao certo quando isso começou, sei apenas que está aqui. Olho em seus olhos e a vontade de me declarar era gigante. Porém me lembro de todas as conversas que tive com Ray, como estávamos íntimos. Barry e eu também. Que confusão! 

 - O quê foi ? - Como sempre ele sabia quando eu não estava bem. Ele me conhecia melhor que eu mesma. 

 - Não quero falar sobre isso. - Me levanto e volto a segurar sua mão. - Vamos continuar nossa expedição?

 - Já que insiste. - Ele diz e lá fomos nós. 

 Ver todos animados conhecendo seus blocos na faculdade me deixava triste por um lado. Sempre deixei minhas notas o mais altas possíveis e me dediquei em extracurriculares, não entendia o porquê de ainda não ter sido chamada. Deve ser pelo fato de Nova York ser uma cidade muito grande, as chances são mais difíceis. Afasto tais pensamentos pois não queria deixar Barry preocupado comigo.

 Nós assistimos mini palestras, conhecemos os laboratórios, as salas de aulas, conversamos com alguns professores e agora cá estávamos, Barry e eu, nos agarrando atrás das arquibancadas do ginásio. Essa vontade de manter contato um com o outro estava cada vez maior, o quê me preocupava. Estávamos viciados ? Desgrudamos nossas bocas atrás de oxigênio e eu me afasto dele arrumando meu uniforme. Sinto meu celular vibrar e o seguro arregalando os olhos assim que vi as horas.

 - Barry, o ônibus! - Digo e no segundo seguinte estávamos correndo até o lugar marcado, todos já estavam no ônibus e o professor nos encarava de braços cruzados. - Desculpe... nós nos distraimos e... 

 Ele me corta. 

 - Qual a parte do "não se atrasem" Vocês não entenderam ? - Silêncio. - Só entrem logo nesse ônibus. Teremos que conversar depois.

 Adentramos o ônibus e todos nos encaravam. Isso era o cúmulo. Quando estamos em nossos lugares Íris vira para trás e sussurra que estávamos encrencados. Com certeza estávamos.

 (...) 

 - Vocês estão no último ano do ensino médio, precisam ter um pouco mais de responsabilidade. - O professor defendia seu ponto de vista. Barry e eu nos encaravamos. Nós já estávamos de volta na escola e os demais haviam sido liberados.

 - Sr. Pittson nós nos atrasamos apenas quinze minutos. - Barry tenta argumentar. 

 - Sr. Allen. Por acaso sabe quantas desgraças podem acontecer em quinze minutos? Eu estava responsável por todas as turmas de terceiro ano que foram na visita. E no momento só pude pensar no pior. O quê afinal de contas fez vocês se distrairem ?

 Ele questiona e parecia mais calmo. E agora ?

 - Eu estava no banheiro senhor. - Barry diz chamando a atenção de nós dois. - Bom... acho que comi demais no almoço não sei ao certo, Caitlin estava apenas esperando por mim. Por isso nos atrasamos. 

 Seguro minha gargalhada o máximo possível, Barry sempre usava dor de barriga como desculpa para tudo. E ele saía convincente sempre. 

 - Bom... imprevistos acontecem. Porém da próxima vez avisem ao responsável. Entendido Srta. Snow ? - Assinto e ele nos libera. 

Passamos pelo corredor e assim que pisamos na rua começamos a rir desesperadamente; 

 Após pegarmos o ônibus e finalmente chegarmos em casa demos de cara com uma Carla sorridente tomando uma taça de vinho ao lado de Timmy. Assim que percebe nossa presença ela se levanta desconfortável.

 - Crianças... não receberam minha mensagem? - Me repreendo mentalmente.

 O celular havia alertado sobre a mensagem mas com toda essa loucura eu me esqueci de ler. Pego meu celular rápido e confiro a mensagem: 

 "Levarei Timmy lá em casa hoje. Se importam de ficar na casa da Íris? " 

 Droga! Atrapalhamos a noite de sexo da minha mãe, eu queria me matar por isso. 

 - Nos desculpe por isso Carla. Deveríamos ter passado aqui mais cedo para trocar de roupa e buscar a barraca mas nos atrasamos na escola.

 - Barraca ? - Eu e minha mãe perguntamos em uníssono.

 - Cait. Se esqueceu que vamos acampar ? - Barry me manda um sinal com o olhar e eu saco na hora.

 - Nossa, como pude me esquecer. Não se preocupe mãe. Já estamos de saída. Barry você prepara a nossa comida enquanto eu vejo a barraca e as demais coisas ?

 - Ah... tudo bem. - Minha mãe estava corada e Timmy vem até ela. Barry e eu o cumprimentamos e fomos fazer nossas respectivas tarefas.   

O quê me deixava apreensiva, nós nunca acampamos sem os nossos amigos. Como Barry inventou isso de última hora nós passaríamos a noite no meio do mato, sozinhos.


Notas Finais


E então gente...
O aniversário da Íris está chegando e Cait vai bolar uma festa. Idéias para um tema ?
E esse acampamento ai em ? Todo mundo já sabe oq vai rolar ne kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...