História Always Manipulate ^^ - Capítulo 30


Escrita por: ~ e ~Mr_Sofredora

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 49
Palavras 3.806
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii, nova fanfic nas notas finais. Boa leitura Sz

Capítulo 30 - "Sonhe- Fim"


Volto para a cozinha e espero ele abrir a porta, fico espiando quem é, e acabo vendo uma mulher que aparentava ter 20 anos, cabelos longos e pretos, olhos azuis, parecia ser brasileira, um pouco baixa, muito siliconada. Usava um shorts, top e um salto.

 

Só podia ser uma prostituta.

 

Por que o Yoongi fez isso? Ele está falando português? Por que não me disse que sabia????

 

Sinto uma lágrima descer em meu rosto, parecia estar pouco se fodendo pra mim. Mas por que ainda sinto que o amo? Por que!?

 

(Sayuri off/ Yoongi on)

Meu coração começou a bater mais forte. A imagem de Sayuri falando eu te amo, vinha e voltava em minha mente. Estava passando pela sala com aquela mulher, e tomo a atitude correta.

 

Yoongi- Aqui está o seu dinheiro, agora, vá embora.

 

Sun Hee- Mas...

 

Yoongi- Te chamei para esquecer uma mulher, porém, é impossível esquecer do amor da minha vida.

 

Sun Hee- Ela tem sorte em ter você- quando aquelas palavras saíram de tal boca, pensei. Será mesmo que tem sorte?

 

 Sayuri- É, realmente tenho muita sorte. - vejo ela saindo da cozinha com os olhos marejados, correndo em minha direção. A abraço como se não houvesse amanhã. Depois que Sun Hee foi embora, ficamos ali abraçados, trocando caricias.

 

Jimin- SAYURI! O SAYURI!

Sayuri- To aqui na sala! - Jimin ao nós ver abraçados congela. - O que aconteceu?

 

Jimin- Ann...nada...É que você disse que ia tomar água, e demorou, só fiquei preocupado. Tchau...

 

Yoongi- Espera! Vamos lá fora conversar. - dou um simples selar na minha pequena, e saio.

 

(Yoongi off/ Jimin on)

 

Yoongi- O que você faria por Sayuri?

 

Jimin-Daria minha vida por ela. Digo isto, não como protetor da mesma, mas porque a amo.  Mas porque que a pergunta?

 

Yoongi- Sabe que todos nós corremos risco de vida? – assenti - Tanto eu como você, daria a vida por quem ama. Então vamos fazer um acordo, mas só será valido se um de nós dois morrer. Se eu morrer, não quero que outro homem toque Sayuri, se não for o belo Park Jimin, porque sei que ele cuidaria da mesma, tão bem quanto eu.

 

Jimin- Ok, e se eu morrer, não quero que outro homem toque Sayuri se não for o maravilhoso Min Yoongi, porque sei que a faria feliz tanto quanto eu.

 

(Jimin off/ Sayuri On)

 

Quando os meninos voltaram, ambos estavam rindo e conversando. Jimin me olhou, sorriu, deu tchauzinho, e voltou para a sala se jogos. Yoongi vinha em direção ao sofá, me olhando de forma maliciosa, imediatamente pensei (CHAMA A LUDMILA PORQUE É HOJE).

 

Yoongi- Vem aqui! - fala e saio correndo pela casa que nem uma idiota.

...

15 minutos depois e Yoongi ainda não tinha me pegado (escritoras- humm...)

 

Sayuri- O velhinho não consegue me pegar?

 

Yoongi- Velhinho? - sua expressão fica séria. Ele dá de costas e some da minha vista.

O procurava afoita. Será que realmente tinha ficado bravo? Já havia andado a casa inteira. Só faltava um lugar, o quarto. Como se trata de Min Yoongi, obviamente sabia que estava dormindo. Abro a porta do dormitório, e não havia ninguém. Cansada de tanto procurar, resolvo ficar por ali mesmo. Quando dou um passo para entrar no quarto, sou puxada para dentro. O que me segura em seus braços, era o mesmo que estava a procura, com o mesmo olhar malicioso com que me observava na sala.

 

Sayuri- Eu já entendi o que você quer, mas não agora. Vem comigo!!- pego-o pela mão, e desço rumo a sala de jogos, local, onde todos se encontravam. - Então povo, descobri que Yoongi fala português, não me perguntem como. Trousse o bonito aqui, para nos explicar.

 

Tae- Sayuri...

Kookie- Todos não falamos. - finaliza com uma explicação rápida e nada satisfatória.

 

Emy/Julia/Agnes/Yui- Também falamos. - Tháy, Vinicius, Yuki os olhavam com a mesma cara que eu: WTF?

 

Hope- É que tipo assim, como somos os protetores, meio que é obrigatório saber o idioma de vocês. Já no caso das meninas, o seu pai as obrigou a aprender.

 

Jin- Não queríamos contar, porque....

 

Namjoon- Aish, para de enrolação! ... É porque teríamos que conversa em português, e como tudo mundo é preguiçoso nessa porra, fingíamos não saber para conversarem em coreano com a gente.

 

Jimin- Namjoon e sua explicação exemplar. - fala e todos rimos.

........................

 

Tháy- Francis???!!- olhamos em direção a porta, o mesmo estava afobado, provavelmente por ter corrido até aqui. - calma, respira...- já com a respiração normal, começa a falar.

Francis- Vamos embora pra Coréia hoje de madrugada. Esquece a festa de gala! Descobri que Chung- Wo ia nos pegar lá.

 

Yuki- COMO DESCOBRIU!?- perguntou desconfiado.

Francis- Ann...tipo assim, só supondo...Só supondo mesmo, que eu tenha subornado a polícia pra grampearem as ligações do meu “amigo”.

 

Vinicius- Mais que coisa feia...

 

Sayuri- ESSA É A OPORTUNIDADE DE PEGAR ELE! - grito de felicidade, subindo nas costas de Yuki.

 

Tháy- Como pegaríamos ele?

 

Sayuri- Comigo, Vinicius e Yuki. Voltamos para Coréia, e usando o nome da empresa, aparecemos na tv, chamando atenção de Chung- Wo.

 

Agnes- Ótimo, se a empresa promover um evento, de caridade por exemplo. Ele faria de tudo para pega-los. - enquanto Agnes falava, Yui, Emy e Julia cochivam.

 

Yui/Emy/Julia- Temos um plano! – começaram a contar.

Iriamos voltar para Coréia. Chamar a imprensa e destacar a seguinte noticia: “Após filhos superarem as mortes trágicas, de suas mães, decidem assumir a multinacional. Afirmam que irão fazer negócios bilionários na indústria de cosméticos e a revolucionaram. Para comemorarem, farão um leilão junto com um show beneficente, e toda a verba arrecadada, será distribuída para orfanatos, asilos e ongs.” temos que fingir não estarmos protegidos. Ai quando ele for sequestrar ou tentar algo, os seguranças disfarçados, matam Chung-Wo/Capangas (não sabemos ao certo quem vai estar no local, mas seja quem for, vai morrer) ...

 

Francis – Olha…se Chung não cair nessa...eu mesmo me mato. - fala e todos rimos concordando.

2 HORAS DA MADRUGADA.

NO AVIÃO...

 

Yoongi- Tchau Brasil.- disse acenando pela janelinha- quando chegarmos na Coréia vamos transar.

 

Sayuri- Fala mais baixo, ta ficando louco?

 

Yoongi- Você me puxou pra sala de jogos na hora perfeita pra gente se pegar!

 

Yuki- Só observo a putaria.

Vinicius- Também- falam da poltrona de trás.

 

Tae- Que putaria?

Yoongi/Sayuri-NADA..NADA..ESQUECE...

 

Hope- Aham sei..

 

Depois disso Yoongi para de me perturbar e ficamos em silêncio. Envolvo meus braços em sua cintura, apoio minha cabeça em seu peito e adormeço.

...

Acordo com o mesmo me cutucando.

 

Yoongi- Ei amor, acorda, já chegamos. -  fala com uma cara fofa.

 

Sayuri- Chegay Coreia...ownss que fofo você me chamando de amor. - falo apertando suas bochechas.

 

Yoongi- Você vai ver o fofo hoje anoite, agora vamos porque já estamos atrasados. - fala em um tom malicioso, e me seguida normal.

 

Sayuri- Aish ta bom. - reviro os olhos.

Do nada, Namjoon brota do nosso lado.

 

Nam- Aee safadão, aprendendo comigo. - fala malicioso e rindo;

 

Yoongi- Me poupe.

 

Saímos do avião e fomos direto para a vã. Conversamos sobre coisas aleatórias. Chegamos em uma casa de verão linda.

 

 

Yuki- Finalmente chegamos.

 

Vini- Aigo, aqui tem muitos mosquitos. - fala batendo no próprio braço.

Yuki- Verdade.

Jimin- Acho melhor os viados se acostumarem.

 

Vini- Você vai ver os viados quando metermos a mão na sua cara. - fala rindo

 

 Entramos na casa e sim, Francis acertou dessa vez um quarto pra cada casal, já que os meninos estavam namorando as meninas, menos Jimin, que estava solteiro. Subo direto para o meu quarto e guardo as malas. Quando termino de arrumar sinto uma pessoa me puxar pela cintura.

Yoongi...

Ah como eu amo esse garoto...

Seus toques...

 

Yoongi- Vamos terminar com aquilo logo. - diz me beijando de jeito ferozmente.

Jin- VEM COMER CAMBADA O JANTAR TA PRONTO. - Jin grita e todos vão correndo.

Sayuri- Não agora Suga.

Yoongi- Suga?

Sayuri- Sim, seu beijo é doce. - ele cora quando termino de falar, me fazendo lembrar do tempo da faculdade, que saudades...Mas logo tudo isso vai acabar, e vou ser médica com Vinicius  e Yoongi.

Yoongi- Obrigado-o, Já vou descer pra comer. - assinto, rindo da sua atitude boba.

 

Eu estava com fome mais queria tomar banho primeiro.  Sai do banheiro com a toalha enrolada no meu corpo (autoras- ava?)

Jimin- Só vim avisar que o..- o mesmo parou de falar e me observou por uns instantes.- e-eu volto o-outra h-hora. - gaguejou e saiu do quarto.

 

Meu estado: fiz cosplay de pimentão. Mereço até prêmio por isso.

 

Pego uma camisa do Yoongi e visto, não sei por que, mas sinto um pressentimento ruim. Desço e vou para a cozinha, o cheiro até que é bom, mas não tão bom quanto da comida brasileira.

 

Francis- Pensei que tinha morrido. - fala comendo um pouco da sua comida

 

Jimin- Vira essa boca pra lá Francis.

 

Thay- Vem, senta aqui. - fala apontando para a última cadeira que tinha sobrado.

 

Agnes- Essa blusa não é sua que eu sei. - fala em um tom malicioso.

 

Sayuri- Eu sei, essa blusa é da pessoa que eu amo. Conhece? Ele é lindo. - falo e todos riem.

 

Yoongi- Amo quando você veste minhas camisetas. - fala com um sorriso bobo no rosto.

 

Yui- Chega de melação, Sayuri quer um pouco de Kimchi ?

 

Sayuri- Quero sim. - estendo o prato para ele.

 

Comemos e ficamos conversando sobre coisas aleatórias.

 

Julia- Gente que tal a gente assistir um filme?

 

Kook/Hobi- Siiim.- falam batendo palmas como duas crianças

 

Jimin/Tae- Pode ser

 

Francis- Crianças, vocês vão ficar assistindo filme e eu já vou para o quarto, boa noite.

 

Sayuri- Bom noite Appa.- falo dando tchau com a mão

 

Tháy- Boa Noite Fran.- fala com um sorriso fofo

 

 

Todos os outros dão boa noite e vão para a sala.

 

Emy-- Que filme vamos assistir?

 

Hope- Ação, nada de terror. - fala em um tom sério

 

Sayuri- Aceito ação, já não basta o filme de terror que passamos.

 

Todos concordam e começamos a assistir.

 

Sayuri- Vou ir fazer brigadeiro. -falo levantando e indo para cozinha.

 

Ouço os meninos e as meninas comemorarem.  Essas coisas, vai ser difícil um dia eu me separar de todos.

 

Termino o brigadeiro quando vou voltar para a sala, vejo Suga me observando.

 

Sayuri- Tava aqui me olhando esse tempo todo? - falo rindo e indo em direção do mesmo.

 

Yoongi- Não consigo ficar um minuto sem você.

 

Ele inicia um beijo. Nossa línguas sincronizadas. Os Batimentos acelerando. O beijo vai ficando cada vez mais feros até que somos interrompidos.

 

Kook- Os bunitus vão ficar ai se beijando? to esperando o brigadeiro, vão se comer lá no quarto. - fala rindo da nossa cara

 

Yoongi- Ooh garoto biscoito fica quieto na sua, pensa que eu não ouvi os gemidos vindo do seu quarto antes do jantar? - fala com uma cara de vencedor.

 

Sayuri- Parece que o jogo virou não é mesmo? - falo rindo.

 

Kook- Dessa vez você venceu. - fala corado e saindo da cozinha.

 

Voltamos para a sala com o brigadeiro. O filme estava legal, até a parte que a Julia começa a chorar porque o ator morreu.

 

Tháy- Meu deus menina isso não é verdade, para de chorar. - fala "tentando" consolar a Júlia

 

Todos vão para seus quartos e eu fico lavando a louça que sobrou do brigadeiro. Termino tudo e vou para o quarto, Suga já estava deitado na cama só de cueca box.

 

Sayuri- Mal cheguei e já está assim.- falo rindo maliciosamente e indo em direção ao mesmo

 

Subo e começo distribuir beijos por seu corpo. Ele inverte as posições me deixando embaixo dele. Ele começa tirando minha blusa e arrancando meu sutiã .

 

Sayuri- Hey eu gostava daquele sutiã.- falo rindo

 

Yoongi- Você vai ter vários outros.-  fala  e abocanha meu seio esquerdo, me fazendo arfar.

 

Arqueio as costas para trás e começo a soltar pequenos gemidos.

 

Sayuri- Ah..Yoongi...

 

Troco nossas posições novamente e sento no seu colo, começo a fingir estocadas só para brincar com o mesmo que gemia.

 

Yoongi- Não faz..isso.. É muita tortura..

 

Retiro sua cueca box e observo seu membro, meu deus…Abocanho e vou masturbando lentamente, e logo depois aumento os movimentos, vejo que estava quase chegando a seu ápice e na mesmo hora tiro a calcinha e ele penetra dentro de mim. Ambos gemíamos. Estávamos chegando ao nosso limite juntos, até que sinto nosso corpos se estremecerem e um liquido quente me preencher.

 

Tombamos para o lado.

 

Yoongi- WOW...Boa noite meu amor. - diz beijando minha testa

 

Sayuri- Boa Noite.

 

Dormimos de conchinha, as vezes anoite, ele dava leves estocas em mim. Me fazendo rir.

*No dia seguinte*

 

Sinto leves raios de sol batendo no meu rosto. Sinto minhas pernas doendo. Também né. Vou ao banheiro tomar banho e fazer minhas higienes matinais. Suga entra no banheiro e toma banho comigo.  E você sabe tanto quanto eu, que não ficamos só em um banho. Eu estava com saudades dele. Do seus toques. Como eu o amo, quanto tempo perdemos com brigas idiotas...

.............................

 

Saímos do banheiro e fomos nos trocar. Chegamos na sala e encontramos todos lá assistindo o jornal. Com a seguinte noticia,” Os empresários Yuki Teru, Sayuri Teruky, e Vinicius Terui voltam a Coreia”

Agnes- Empresários?

Francis- É... tive que dar umas mentidinhas pra incrementar a noticia.

Emy- Por que os sobrenomes vocês são parecidos?

Yuki- Por causa de nossas mães, elas queriam que fossemos como “irmãos”

Yui- Acho que vocês dois...tipo..só acho que são mais que irmãos- fala e todos riem.

Jin- Voltando ao importante..

Francis- Colocaremos nosso plano em ação hoje! Ontem à noite planejei tudo o que faremos. Vamos para um dos prédios da empresa de vocês e chamaremos a imprensa...

Julia- Ok.

Francis- Hoje à tarde, tudo pode acontecer, então cuidado.

 

Todos assentem e vão tomar café da manhã. Treinamos até as 16:30 tiro, defesa etc..Francis veio nos avisar para irmos nos arrumar, todos tomaram banho e foram para a vã onde Francis explicaria o resto do plano.

Eu, Vinicius e Yuki estávamos vestidos formalmente. Tae já havia avisado a imprensa que estaríamos na sede da empresa.

 

Francis disse  que ficaria ele o Jin, Tae, e Kook, dentro da vã vendo tudo com uma pequena câmera que era tipo um broche,  e ouvindo com um fone o que falamos.

Yoongi, Jimin, Hope, Tháy as meninas vão ficar de segurança. Namjoon de vigia. Vamos para o prédio da empresa e toda a imprensa estava lá. Começamos a fazer todo o combinado que planejamos.

 

Repórter- Vocês finalmente vão assumir a empresa das mães de vocês?

 

Sayuri- Sim nós tomamos a decisão e vamos assumir tudo.

 

Repórter- Vocês pretendem expandir mais a empresa?

 

Vinicius- Sim nós vamos, queremos nossos produtos em todos os países da Ásia.

 

Repórter-  Os srs(a) Vinicius e Sayuri tem 18 anod e Yuki 19 anos, não são muito novos?

 

Yuki- Sim somos. Mas também somos os melhores. - falou firmemente.

 

Repórter-  Pretendem abrir outros negócios?

 

Sayuri/Yuki/Vinicius- Sim.  Pretendemos investir na bolsa coreana.

*Enquanto isso, na vã*

 

(Sayuri off/ Francis On)

Meu celular começa a tocar e era um número estranho. Atendo e era ele mesmo.

 

Ligação On.

 

Chung Wo- Ah Quanto tempo desdá morte do meu pai.

 

Francis- Chung Wo, o que você quer?

 

Chung Wo- Mas não é óbvio? depois de todo esse tempo ainda é idiota, mas não vim aqui para discutir com você, quero fazer um acordo.

 

Francis- Que acordo?

 

Chung Wo- Você me dá a Sayuri e em troca eu deixo vocês em paz, caso contrário matarei todos vocês, pensa que não sei onde vocês estão? Só pra te avisar, estou no mesmo lugar prédio.

Francis- Nunca aceitaria! SEU DESGRAÇADO!

 

Chung Wo- Pois bem,  escolheram a opção mais difícil todos morreram.

 

Ligação Off

 

Kook- O que aconteceu?

 

Francis- avisem a todos que Chung Wo está aqui!

 

Na mesma hora eles avisaram a todos. Todos ficaram em alerta.

 

Francis Off/ Yoongi On

 

Francis nos avisou do que estava acontecendo. Na mesma hora fiquei em alerta até que um tiroteio começa. Todos os repórteres saem correndo e tudo vira uma multidão.  Vejo uns atiradores entre os vidros transparentes de costas e começo a matar os mesmo de longe. Muito adrenalina. Agnes é acertada no ombro, mas releva, e continua atirando, peço para o Jimin retirar a Sayuri, Yuki e Vinicius.

Até que...

 

Yoongi Off/ Jimin On

 

Yoongi pede para eu tirar Sayuri e os meninos dali. Obedeço e levo ela para outro lugar quando estávamos saindo dali vejo que...

 

Jimin Off/ Sayuri On

 

Jimin estava levando a gente para outra ala até que vejo Yoongi sendo baleado. Na mesma hora fico em desespero saio dos braços do Jimin e corro em direção a Suga.

 

Sayuri- YOONGI, NÃO!!- tiro a arma de sua mão e jogo para Yuki, que começa a nos dar cobertura.

Vinicius tira sua camisa e tenta cessar o sangramento. A respiração de Yoongi vai ficando mais rasa. Começo a fazer uma massagem cardíaca.

 

Sayuri- Yoongi por favor aguenta mais um. JIMIN LIGA PRA AMBULÂNCIA AGORA.

 

Depois de alguns minutos. Para ser mais exata, 3 minutos, a ambulância chega, acompanho Suga até o hospital, ele acaba desmaiando no caminho.  O médico falou que ele teria que fazer uma cirurgia de emergência porque a bala pegou bem perto do coração, quase na veia aorta (a veia mais importante do corpo). Aviso a todos qual hospital era e eles veem rapidamente. A única coisa que eu conseguia fazer era chorar e chorar.

 

Tháy- Hey calma vai ficar tudo bem. Vejo pelo lado bom! Chung- Wo foi preso. - fala me consolando.

 

Jimin- Thay posso falar com ela a sós?

 

Tháy- Claro, licença.

 

Tháyna sai e fica só eu e Jimin

 

Jimin- Eu sei que é difícil mas temos que ser fortes, cuidarei de você. Eu te amo e sempre estarei aqui.

 

Sayuri- Obrigada Jimin. - falo o abraçando e desmanchando em lágrimas.

 

Passei a noite no hospital apenas eu e Jimin os outros foram para "casa". Nem sei mais o que é casa. Nem sei como é ter uma vida normal como antes..

Era 2:00 da manhã e não consegui dormir, o médico entra na sala nos dando notícias de Yoongi..

 

Médico- Vocês são responsáveis pelo Yoongi?

 

Sayuri- SIM, somos, ele vai ficar bem?

 

Médico- Sim a cirurgia foi efetuada com sucesso, mais ele terá que ficar em repouso.

 

Apenas assinto.

(RECOMENDAMOS COLOCAR UMA MUSICA, QUE OS EMOCIONAM, OU TRISTE)

 

* 2 meses depois*

 

Sayuri- DEU POSITIVO, ai meu deus.

 

Chamo Suga até o quarto

 

Sayuri- Eu preciso falar uma coisa.

 

Yoongi- Pode falar amor...

 

Sayuri- E-eu to g-grávida

 

Yoongi- Se ta me zuando né?

 

Sayuri- N-não.. Não estou..

 

Yoongi- ESSA É A MELHOR NOTÍCIA DA MINHA VIDA, EU VOU TER UM YOONGI PEQUENO!!! MEU DEUS.- ele me pega no colo e começa a rodar

 

Sayuri- Para por favor, para, PARA PORRA VOU VOMITAR NA SUA CARA.

 

Yoongi- Tenho que avisar a todos. - sai correndo do quarto e começa a gritar pela sala e casa toda.

 

Alguns segundos depois escuto alguns gritos de animação vindo da cozinha. Depois só ouço um arrombamento vindo da porta do quarto e todos me abraçando

 

Sayuri- Para porra, ta me sufocando, ta querendo me matar?

 

Francis- Eles não, mais Chung Wo sim, ele tá de volta! Conseguiu fugir da cadeira, a nossa sorte é que prenderam todo o patrimônio dele, e prenderam todos os capangas.

 

Todos nos entreolhamos e depois disso começamos a chorar (Meninas, Vinicius e Yuki), mas logo paramos e fomos treinar. Já era noite e todos estávamos cansados, então, fomos dormir.

(Sayuri off/ Chung-Wo On)

Consegui fugir, porém não tenho mais nada. Só sei onde aqueles desgraçados moram. Mas é agora, agora que me vingo! Só morro quando eles morrerem!

 

(Chung-Wo off/ Yoongi On)

 

No meio da madrugada acordo com um barulho vindo da cozinha, pego a arma que estava no criado mudo e desço para ver o que era até que..

 

Yoongi Of/ Sayuri On

 

Acordo desesperada com um barulho vindo da cozinha, um barulho de tiro, vejo que o Yoongi não estava comigo na cama começo a entrar em desespero, desço para a sala, não vejo nada, vou para a cozinha e vejo Chung Wo e Francis frente a frente e Yoongi no chão. Francis atira em Chung- Wo, fazendo o mesmo cair morto no chão.

Sayuri- POR FAVOR YOONGI NÃO ME DEIXA, VOCÊ JA PASSOU POR ISSO UMA VE , CONSEGUE OUTRA POR FAVOR FICA COMIGO!

 

Yoongi- E-eu t-te amo, c-cuida do n-nosso filho ou filha estarei sempre vendo e-ele, es-pero-o que lá-á de cima-a, J-Jimin cuidará de v-você, e m-me p-prometa que nunca deixará outro homem encostar em você se não for o J-Jimin.., E-eu te amo Sayuri e cuidei de você o quanto pude.. Me perdoa por tudo... Você É-é o amor d-a minh-a vida, seja feli-z e SONH-E. É o me-e-u pedido. Eu te amo....

 

Sayuri- Eu também te amo muito não me deixa por favor... SUGA!!- com seus olhinhos quase fechados, ele dá um sorriso bobo. O beijo, quando nos separamos...Vejo o seu último suspiro e ali ele morre...

 

/////////\\\\//\\///\\/\/\/\/\///\/

 

Já se passaram 3 meses. Todos os dias eu chorava, e Jimin sempre me consolava. Eu realmente amo o Jimin, mas não chega a metade do que sentia por Yoongi. E é ai, que eu percebi a diferença, do amor e da paixão.

..............................(1 MÊS DEPOIS) ..............................

 

Chega o dia tão esperado. O nascimento do meu pequeno Park Min Yoongi (sim é menino). Jimin, ao meu lado, olhando o nosso pequeno, que ele assumiu como filho. Umas 15 pessoas na recepção (meninos e meninas) realmente, um dia inesquecível, para uma menina mulher de 19 anos.

 *10 anos depois*

Francis- Se casou com uma secretaria, e dirige a multinacional, ao invés dos herdeiros dela.

Tháy- É casada com o Jin e está gravida. Trabalha no centro espacial coreano com Yuki

Yuki- Se casou com Vinicius. Adotou uma menina chamada, Rubi. E é astrônomo junto com Tháyna.

Vinicius- Se casou com Yuki. É médico, e trabalha com Sayuri no hospital Gooky HYN que fundaram.

Os Meninos se casaram com Agnes, Emy, Julia e Yui.

Jimin- Se casou com Sayuri quando tinham 20, tem um filho Park Min Yoongi de 11 anos, e uma filha chamada Sara Park de 9 anos que teve com sua amada. Tem sua empresa de entretenimento. E é muito feliz.

Sayuri- Bom.. Sayuri, é FELIZ, assim como Yoongi queria que fosse. Mesmo com tantas coisas ruins que aconteceram em sua juventude, como perder sua mãe, o amor da sua vida...Ela não desistiu de seus SONHOS.

“Sonhe, nós estaremos juntos no final de sua vida e de criação. Sonhe, vamos ser quentes, não importa aonde é seu lugar. Sonhe! Vamos estar em pleno florescer no final dessas dificuldades” - So Far away.

                                                                            F.I.M


Notas Finais


Realmente, sentiremos muita saudade dessa fic, e de escreve-lá. Agradecemos o carinho ^^. Esperamos que tenham se emocionado, e entendido a "moral" da historia. Bjos, safadenhos e safadenhas. ^^ https://spiritfanfics.com/historia/ceu-do-submundo-6734335 (nova fanfic)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...