História Always You - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Aventura, Época, Harry Styles, Romance
Visualizações 222
Palavras 3.198
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 52 - 53


 

Harry puxa as cordas das velas com habilidade, sendo ajudado pelos outros prisioneiros, o capitão tinha dado ordens para reduzir a velocidade logo que tinha visto um barco no horizonte que mantem uma bandeira branca no mastro em sinal de paz, deixando claro que não e uma ameaça. Harry olha para o horizonte, já esta entardecendo.
Ja fazem tres dias desde que Louis tinha visto o barco, suas esperanças estão todas depositadas nisso mesmo não tendo certeza se era o resgate ou não. Não vai demorar  nada ate que eles os alcancem.

Katerina sai no convés para seu banho de sol, os homens estão a polvorosa, correndo para deixar tudo pronto para uma possível batalha tanto para defesa como ataque. Olha para Harry, que se mantem concentrado em sua tarefa, os cabelos presos em um coque, as mangas da camisa gasta arregaçadas. Parece sentir seu olhar pois levanta a cabeça rapidamente porem desvia o olhar. Kat sabe que pode ser a ajuda se aproximando, sente o coração acelerar, procura Louis com o olhar mas não o encontra, talvez ele esteja de vigia no mastro.

O barco se aproxima depois de mais ou menos 30 minutos, o capitão manda Katerina entrar pois "e mais seguro ela estar na cabine", Kat  quase o confronta, não queria perder nada mas se vê obrigada a obedecer. Antes de entrar da uma última olhada em Harry, pela primeira vez ele mantem o olhar tentando passar a ela alguma segurança.
Kat sente os olhos se encherem de lagrimas... De amor. De medo. Vira e segue em direção a cabine.

Quando os barcos se encontram, Harry reconhece Zayn vestido como um sultão, ele se mantem altivo, conversa com Névis em sua lingua nativa, um rapaz ao lado dele traduz para o frances.
Uma prancha e colocada entre os dois barcos Zayn transpassa ela e aparentemente eles começam a fazer negócios, capitao Nevis leva ele para ver varios produtos contrabandeados, Zayn finge interesse por alguns. 
Harry engole a seco, ansioso. Tudo o que quer e que Zayn levasse Katerina dali, para um local seguro. Observa os homens armados prontos para qualquer sinal estranho, olha para Louis, que desceu do mastro e observa toda a movimentação atento, seu coração quase vem a boca quando Zayn cita o fato de estar procurando mais mulheres para seu harém. O capitão imediatamente se mostra interessado a fazer negocios, percebendo que ele e podre de rico e pagaria bem por uma jovem inglesa e  virgem.
Harry ouve o capitão mandar buscar Katerina, Louis obedece.

katerina anda pela cabine ansiosa, olha para a porta desalentada... O que sera que esta acontecendo la fora? Ouve as vozes mas a brisa não tráz as palavras nessa direçao, portanto não consegue entender a conversa direito. Senta na cama e esconde o rosto com as maos, la fora não ha sinais de luta portanto não deve ser o barco com a ajuda.
Sente vontade de chorar de desespero, ate quando mais Harry e ela teriam que enfrentar aquela situação? Ouve alguem bater na porta, de levanta de imediato e abre, Louis a encara preocupado:
__Venha.
Katerina obedece, o segue  pelo corredor, sai no convés. Suas pernas amolecem ao reconhecer Zayn, o olhar misterioso demonstra interesse, tem que fazer muito esforço para não olhar para Harry e entregar a todos.

Ouve o capitão falar sobre preços, Zayn responde em sua lingua nativa, percebe que eles estão negociando sobre ela, engole aa seco, Zayn evita seu olhar e continua negociando ate que chegam a um acordo. Capitão Névis recebe um pacote com notas de dinheiro e moedas, Katerina observa Zayn falar alguma coisa para seus homens, um deles a segura pelo braço, olha para capitão Névis:
__Não...Eu..você não pode...Não era esse o combinado..._ Seu desespero em deixar Harry para tras e infinito.
__Bem, eu iria fazer negócios oferecendo-a a um amigo,dono de um bordel mas já achei algo bem vantajoso. Boa sorte senhorita.
__Não!_ Katerina não resiste e olha para Harry, seu corpo chega a ficar doloridl por nao poder se jogar nos braços dele. Quer dizer que não ira sem ele! 
Harry baixa a guarda por um momento, o carinho transborda pelos olhos verdes, Zayn a segura nos braços sem muita delicadeza:
__Vá!
katerina encara os  olhos castanhos, ha  preocupação neles. Esta ciente de que qualquer atitude sua pode colocar todos em perigo. Abaixa a cabeça e vai com o homem, Zayn aperta a mao de Névis e segue para seu barco, junto com seus outros homens que carregam os produtos que acabou de adquirir.
Katerina é levada para a cabine, olha para tras tentando ver seu amor uma ultima vez, não consegue, só vê parte de sua cabeça, vira e se entrega as lagrimas impotente.

Harry observa aliviado os homens levarem Katerina, Zayn como sempre, tinha sido inteligente. E extremamente perigoso um confronto com ela presente. Agora Zayn a levaria pra casa e a deixaria em segurança... Bem, pelo menos e o que faria, pois sabe que sera liberto assim que chegar na França, Louis ira procurar ajuda, a equipe jamais deixaria blackghost nas maos dos inimigos. 

Observa o barco se afastar, suspira aliviado... Agora podera cuidar de si mesmo sem se preocupar com a possibilidade de Katerina ser tragada com ele em toda essa loucura. 

katerina anda pela enorme cabine, muito confortável por sinal, esta explodindo de tanta fúria! Zayn abre a porta, ela se vira abruptamente:
__O que você estava pensando? Porque me resgatou mas não levantou um dedo para fazer nada por Harry? O que você tem nessa cabeça?
__Acalme-se, my lady.
__ME ACALMAR? COMO VOCE QUER QUE EU ME ACALME? MEU MARIDO FICOU NAQUELE BARCO! EU NAO SEI O QUE PODE ACONTECER COM ELE, JESUS! O QUE VAI SER DELE AGORA?
__My lady...
__VOCE TEVE A OPORTUNIDADE DE ATACAR E NAO FEZ NADA! NADA!
__Eu precisava ter certeza que você estava em segurança.
__QUE SEGURANCA? EU SEI ME CUIDAR MUITO BEM, NAO ME VENHA COM ESSA DESCULPA, VOCE TINHA QUE RESGATA-LO! MEU DEUS, MEU DEUS E AGORA?
__My lady, acalme-s...
__ME POUPE DE SUAS MANEIRAS CALMAS OU SUAS PALAVRAS CALMAS, EU NAO VOU ME ACALMAR, NAO VOU! VOCE TEVE OPORTUNIDADE E NAO FOI INTELIGENTE O SUFICIENTE PARA...
__ Lady Katerina!_ Zayn se aproxima travando o maxilar,  a segura no antebraço, olhando-a firme, os olhos castanhos ainda mais negros por causa da fúria. Kat sente o coração acelerar, engole a seco, Zayn tenta manter a calma_ Se nao entende. nao palpite moça!

katerina esquiva o braço de supetao:
__AH, POR FAVOR,vNAO DESMEREÇA MINHA INTELIGENCIA!
__E MILADY NAO DESMEREÇA A MINHA!_ Ele altera a voz pela primeira vez.
Os dois permanecem se encarando, ele a solta e da um passo atras:
__ Eu nao podia correr o risco de algo ruim acontecer com milady caso houvesse um confronto por Harold. Ele nunca me perdoaria. 
__ E EU NUNCA VOU TE PERDOAR SE ALGO ACONTECER COM ELE!
__ EU POSSO CONVIVER COM SEU ODIO, MINHA SENHORA,cMAS NAO COM O DE MEU AMIGO.
Katerina e Zayn se medem, olho no olho, uma batalha de egos e personalidades, kat se vira e cobre o rosto com as maos passando para os cabelos, Zayn suspira, arranca o turbante se afastando um pouco dela, ouve ela chorar baixinho, a olha cheio de compaixão, se aproxima:
__ My lady...
Katerina não da atenção, o coraçao pequeno... Não suporta imaginar Harry naquele barco sozinho sem ninguém para cuidar dele caso ele seja castigado outra vez, nao consegue se imaginar longe, sabe-se la por quanto tempo.
Zayn se aproxima, a observa com certo carinho:
__Katerina...
katerina passa as maos no rosto, levanta o olhar, ele levanta a mao em um momento de impulso e a acaricia o rosto delicado com as costas dos dedos enxugando as lagrimas, seus olhos percorrem pela face avermelhada, se dando conta do quanto ela o encanta... Deixa o braço cair ao lado do corpo, ela é mulher de seu amigo, não pode sentir esse tipo de sentimentos. Volta as formalidades:
__Eu sinto muito, my lady, mas eu não podia arriscar.
__Por favor, volte la! Vamos resgata-lo, por favor!
__Sim, eu vou voltar. Desde o inicio foi essa a intenção, deixei um recado com Louis, um dos meus homens deu uma carta para ele discretamente, irem os atacar assim que possivel, quando todos estiverem despreparados. Para isso precisamos de uma ocasião propicia a uma abordagem surpresa.
__Oh! Obrigada! Obrigada! Eu não sei o que dizer.
__Não precisa dizer nada, só lhe peço uma coisa, fique aqui dentro, mantenha essa cabine trancada, não sei como vai ser esse confronto, mas imagino que sera muito violento.Tem o perigo dos marujos e dos prisioneiros, não podemos correr o risco de você ser pega por nenhum deles.
__Mas eu posso ajudar, eu sei lutar, sei me defender! Ate ja matei um homem!
Zayn sente vontade de rir. Aquela mocinha magricela matando um homem?!
__Não, milady vai ficar aqui, em segurança.
katerina levanta o queixo orgulhosa:
__Não sei porque vocês homens acham que uma mulher e incapaz de se defender sozinha, não me olhe com condescendência, sir, sou capaz de alveja-lo sem nem ao menos perceber!
__ Claro que é!_ Zayn debocha_ Mas agora não e hora para me provar seus talentos na arte da guerra, my lady, só faça o que eu mandei.
__"Só faca o que eu mandei". Odeio vocês homens com esse autoritarismo. Urgh!
Zayn sorri com a lingua entre os dentes, divertido com os trejeitos rebeldes da jovem em sua frente. 
Kat se ve tentada a tirar a bota e dar-lhe na cabeca.
__Humpf!_ Cruza os braços e anda ate o meio da cabine, Zayn entende que a discussão foi encerrada, vira para se retirar, Katerina olha para ele_ Poderia ao menos me disponibilizar uma arma? Para o caso de eu precisar?
__Não. Seu marido já me contou que milady não e das mais obedientes, portanto nao darei oportunidades para que faça algo por minhas costas. Faça o que eu te disse e se mantenha a salvo.
katerina revira os olhos, Zayn anda ate a porta da cabine, Kat coloca as duas maos na cintura:
__Ao menos poderia arrumar agua para eu me banhar? Preciso com urgência.
__Sim, vou mandar alguem trazer. E também roupas, milady esta parecendo uma garçonete de boteco com esse vestido.
Katerina o encara ofendida. Sabe que o vestido e escandaloso, mas na manha quando acabou derrubando o cha em sua roupa de montaria, não viu outra opção a não ser vesti-lo outra vez.
Zayn sai da cabine, Kat  olha para si mesma, os seios saltam para fora do vestido e os ombros a mostra deixam-na ainda mais sensual. Levanta o queixo irritada:
__Grosso!_ Cruza os braços e aguarda ansiosa que lhe tragam a agua para que possa tomar um bom banho.

Harry come uma parte de sua refeiçao diaria sentado no chão, apesar de aparentar estar relaxado, nunca esteve tao alerta. Louis já tinha lhe entregado a carta, se fosse por ele, Zayn não voltaria... Katerina estar segura é muito mais importante do que seu resgate.
O céu esta um breu, iluminaçao proxima e de uma pequena lamparina presa em um mastro próximo ao corredor que da nas cabines. Esta se  sentindo  um pouco enfraquecido, a mal alimentação e as horas de trabalho intermináveis estão começando a lhe afetar a saude, a falta de energia corre por suas veias.
Fecha os olhos e encosta a cabeça na lateral do barco, ouve o zumbido da brisa do mar, o batido das ondas nos cascos, sente falta de Spirit... Onde estariam seus amigos?cSera que eles sabiam que ele tinha sido sequestrado? Ed deveria saber que algo ruim aconteceu já que ele e o único que sabe profundamente sobre blackghost e já ate ajudou algumas vezes... Seu maior erro foi não ter falado claramente para Ed onde iria, tinha se despedido dele no cais e ido levar a mensagem para Zayn dizendo que voltaria dentro de quatro ou cinco dias.

Harry ouve um barulho estranho, abre os olhos e levanta do local que esta sentado, observa os demais homens dormindo no convés, olha para o horizonte procurando ver alguma coisa... Não ha nada, volta a sentar tentando deixar a ansiedade de lado, afinal, se um barco se aproximasse seria fácil de se notar, portanto tem quase certeza que não sera essa noite que Zayn vira resgata-lo. Volta a fechar os olhos tentando dormir.

Sua mente o leva para os braços de Katerina, a pele macia, branquinha, algumas sardinhas no ombro,vmuito pequenas,cquase imperceptiveis, os cabelos cacheados avermelhados tao lindos, o sorriso meigo, os olhos brilhantes, os beijos apaixonados, a maneira que faziam amor... Seu coração aperta de saudade. Tem medo  que as coisas não saíam como o esperado e não voltasse a ve-la, porque, por um acaso, se fosse entregue nas maos dos franceses, eles descobririam que e blackghost entao voltaria a ser torturado, talvez nem sobrevivesse... Engole a seco, essa possibilidade o assusta. Não quer aceitar que esse seja seu destino.
Agora entende o porque de eles pedirem para os espiões serem pessoas sem ligações amorosas, sem familia. Qualquer ligaçao os deixava vulneráveis. Espiões não podem ter nada a perder, e agora tem algo a perder, algo que lhe e o mais importante em sua vida. Katerina.

Harry sente a consciência ir embora, o corpo se rendendo ao cansaço, porem em sua mente uma frase se mantem firme, repetitiva. Precisa voltar para ela.

katerina deita na cama da cabine, principe Malik tinha deixado a sua disposição e ido dormir em outro lugar. Arruma a cabeca no travesseiro, fica pensando em Harry e torcendo para que ele esteja bem... Fecha os olhos e se abraça fantasiando sentir os braços dele envolta de sua cintura, o corpo quente junto ao seu, respira fundo reprimindo as lagrimas. Chorar não ira adiantar de nada, não quer se sentir fraca, inutil, precisa ser forte por ele, logo estaria de volta e estara de braços abertos para recebe-lo e aconchega-lo em um abraço caloroso, pode ate imaginar o sorriso lindo que ele vai dar quando isso acontecer. 

Adormece com a imagem de Harry sorrindo,os cabelos ao vento, as covinhas charmosas, os olhos verdes brilhando divertidos... Poderia ficar olhando aquela imagem para sempre... 

De madrugada Katerina acorda com movimentos violentos do barco. Levanta e anda ate a porta com muita dificuldade, abre e vê a movimentação dos homens, uma tormenhta se aproxima, os raios no céu assustam, as ondas altas e ameaçadoras. Respira fundo se preparando para a difícil situação, anda pelo convés procurando Zayn, o encontra no meio dos homens, seguindo ordens do capitão. Ele esta um pouco pálido, apesar de ter o estomago fraco para alto ele ajuda como pode. 
Kat se oferece para ajudar mas o capitão e curto e grosso, obrigando-a a se trancar na cabine, e mesmo não aceitando, o homem é tao  impaciente que acaba por vence-la. O pior e que o capitao não falar inglês nem frances, grita em uma lingua estranha gesticulando com violencia. Zayn a leva para a cabine em meio a uma pequena discussão, acaba tendo que correr ate a lateral do barco e colocar para fora o que ja nao tem no estomago, passando muito mal.
Nas próximas horas Katerina se ocupa do jovem principe, preocupada, ele  mal se mantem em pe. Acaba ficando com ela na cabine, deitado, a pele esverdeada nquanto la fora os homens enfrentam a fúria da tempestade lutando pela sobrevivencia. 


O dia amanhece cinzento, as horas vão passando e a tormenta vai diminuindo, quando e o meio dia, a calmaria se instala, restando somente uma garoa fina.

Zayn começa a se sentir melhor, consegue tomar uma sopa acompanhada de uma fatia de pão, Katerina anda pelo inicio do convés, os homens consertam as avarias do barco,que não foram poucas pois e a tempestade foi muito forte.
Depois de algumas horas, Katerina esta na cabine, Zayn despertou um pouco melhor, bem,ele senta na cama.katerina olha para ele preocupada:
__E então? Como você esta?
__Melhor...Obrigada pela ajuda.
__Não ha de que...
Um homem aparece na porta e fala algo para Zayn, Katerina não entende,mas a tonalidade da voz e de temo, os dois se levantam e andam em direção ao convés, quando chegam, veen. O mal mais calmo, a garoa já foi embora, Katerina olha varias partes de um barco destruído na agua, um naufrágio aconteceu ali. Seu coração começa a bater forte, sua mente se nega a pensar na possibilidade...Reconhece um mastro, as velas emboladas. Velas do barco do capitão Névis.Não ha sinal de sobreviventes, percebe-se poucos corpos boiando no mar. 
Katerina abafa com a mao o grito de dor, corre pela lateral do barco procurando algum sinal de Harry, entregue ao pranto dolorido pela perda. 
Zayn engole a seco, se aproxima e abraça o corpo delicado tremulo por causa do choro, ela se deixa abraçar, perdida, a leva para a cabine e a deita na cama. Não tem palavras para consola-la, não consegue acalma-la, a única coisa que pode fazer e ficar ali, apoiando-a. Tambem tem o coração em pedaços, não acredita que perdeu o amigo de maneira tao abrupta.

katerina chora ate não aguentar, implorando por despertar daquele pesadelo, adormece de cansaço... Zayn permanece ali ainda um tempo observando-a compasivo. Entao levanta e vai ate o convés,distribui ordens para mudarem a rota para Inglaterra. Ira cumprir a promessa que fez a Harry e levar Katerina para casa.

36 horas depois.


(A claridade incomoda, o corpo doi, o sol bate forte no rosto... Abro os olhos que parecem estar grudados por uma placa, ardem como fogo. Meu rosto enterrado na areia da praia me causa coceiras desagradaveis. Levanto a cabeça com dificuldade, olho ao redor, a vista vai acostumando... Reconheço algumas pessoas ali ao meu lado, mortas? Adormecidas talvez?)

__Finalmente acordou, meu amigo! Venha se alimentar e fique bem disposto, temos uma longa viajem pela frente.

Harry levanta o olhar, vê Louis em farrapos com algumas frutas na mao, ele esta com o rosto um pouco ferido, tem escoriações pelo braço direito e no joelho esquerdo. Senta na areia olhando novamente para os corpos.
__Estão mortos_ Louis afirma.
__Como viemos para aqui?_ Harry fala, sua garganta reclama, sente uma secura, a sensação que andou engolindo muita agua.
__Você não se lembra de nada?
__Não muito bem... Me lembro da tempestade, do barco sendo levado a deriva e praticamente se partindo ao meio com ao bater em uma rocha.
__Pois e... Somos náufragos.
Harry passa a mão nos cabelos grudentos pelo sal e areia, senta de frente com Louis e segura o coco, bebe a agua com sofreguidão morto de sede, depois abre o coco e raspa por dentro, comendo a polpa, come algumas frutas silvestres. 
Louis se levanta:
__Aparentemente estamos em algum lugar da França, teremos um bom caminho a trilhar ate encontrar alguma ajuda.

Harry se mantem em silencio, seu pensamento vai ate Katerina... O barco que Zayn estava era de grande porte, sera que sobreviveu a tempestade? Pensar em uma resposta negativa o revolta, o melhor e manter o pensamento positivo quanto a isso. Quando termina de comer, levanta, Louis e ele andam lado a lado por dentro da mata, procurando a saída para qualquer estrada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...