História Am I criminal ? Suga / Yoongi Fanfic - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Minyoongi, Myg, Suga, Yoongi
Visualizações 342
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - THE DEATH


Fanfic / Fanfiction Am I criminal ? Suga / Yoongi Fanfic - Capítulo 1 - THE DEATH

Namjoon: Quando você vai se comportar melhor? Quando você vai ter atitude certa? Quando você vai ficar como dantes? Ter escolhas certas ? Eu não criei você assim, mais duas semanas que você é expulsa da escola? Você não vai ter futuro, você não vai ser ninguém continuando a se comportar assim e tendo essas notas.

Argh, neste momento estava levando uma bronca do meu irmão mais velho, poderia ser minha mãe, meu pai, meu professor, até o diretor da escola que eu não me importava, mas meu irmão falando comigo desse jeito mexia muito comigo.

Namjoon: Não faça essa cara para mim, saia do meu quarto agora, não quero ver você durante algum tempo.

Ele ficava sempre desapontando com as minhas ações, eu não gostava de o ver assim, fiz o que ele mandou e fui em direção ao meu quarto que era à frente do quarto do mesmo.

Eu e meu irmão - Namjoon - Andávamos em escolas diferentes, a escola dele tinha mais regras, e era muito mais controlada do que a minha.

Minha família queria me colocar na mesma escola de meu irmão, eu fiz de tudo para que não me colocassem nessa escola, e por enquanto consigo me manter na que eu "estudo".

Desta vez eu fui expulsa da escola por ter socado a vadia da escola, soquei seu rosto que continha quilos de maquilhagem, logo socando o seu peito que também deveria ter vários quilos de silicone, e muita mais coisas, a deixando desmaiada, pouco depois a levaram para o hospital.

Claro que essa garota merecia, ela me tirava do sério, toda a gente daquela escola eu odiava como eles me odiavam também.

Eu era aquela garota rebelde, que todas as semanas era expulsa da escola, ou por fazer mal ao alunos, ou pelas bocas que falava aos professores, ou pelas pessoas que trabalhavam lá a quem eu era mal educada.

Sunhee: Kim Yura temos que conversar. - Disse minha mãe entrando em meu quarto logo fechando a porta com muita força.

Sunhee: O seu irmão já veio falar comigo, eu já não estou aguentando esse seu comportamento, qual a necessidade de maltratar os seus colegas e professores?

Eu ia falar alguma coisa mas a mesma foi mais rápida que eu e logo minha mãe falou:

Sunhee: Venha jantar, o seu pai já chegou, espero que esta seja a última vez que se comporta assim na escola, se não vamos tomar medidas drásticas.

Ah pois não vai ser a última.

Desci as escadas indo atrás de minha mãe, e me sentei à frente de meu irmão mais velho, o mesmo ainda olhava para mim com um olhar de raiva, meu pai me olhava do mesmo jeito, minha mãe estava um pouco mais calma por ainda á pouco ter falado tudo para fora em meu quarto.

O jantar foi um silêncio, os três olhavam para mim enquanto comiam, eu ficava apenas com uma grande vontade de os xingar só por mesmo eles estarem olhando para mim, eu odiava quando alguém me fitava por horas, seja lá quem for.

Acabei de comer primeiro que eles e logo fui em direção a meu quarto sem dizer " boa noite " ou algo do género para eles.

Agora era só esperar duas semanas para voltar para a escola para matar aquela vadia.

------ Duas semanas depois ------

Finalmente hoje iria de novo para a escola. Isso era bom? Sim! Porque logo eu iria fazer merda para voltar para casa de novo.

Já tinha vestido um calça jeans preta, logo com um moletom azul escuro, que ia até a meio de minhas coxas.

Fui em direção á cozinha e peguei em uma maçã, logo chegando à porta recebendo um olhar de meu irmão como se dissesse " Desta vez não faça merda".

O ignorei, abri a porta de casa mas antes de sair eu fui logo puxada pelo o meu irmão que logo o mesmo disse:

Namjoon: Você vai embora sem me dar um beijo? Você pode ser mal educada com toda a gente mas comigo você nunca vai se comportar assim. - Disse ele ainda olhando para mim chateado.

Yuri: Argh. - Suspirei e logo fui em sua direção dando um selinho em sua bochecha.

As nossas escolas eram de caminhos diferentes e eu fui seguindo o meu, a minha escola não era assim tão longe então eu ia sempre a pé.

Minutos depois cheguei à escola recebendo olhares de toda a gente da escola, toda a gente olhava para mim como se tivesse matado alguém, as pessoas ou se escondiam ou olhavam para mim com medo, o que era estranho pois antes apenas desviavam o olhar ou outras olhavam para mim com um olhar provocador, o que me dava vontade de socar toda a gente, mas hoje era diferente por alguma razão que eu irei descobrir.

Deu o toque de entrada, e eu fui procurando a vadia que eu a queria ver, eu interrompia todas as aulas à procura da mesma mas não a encontrava.

Ela deve ainda estar no hospital, ri baixinho e fui em direção á minha sala que ainda estava a decorrer a aula.

Abri a porta da mesma indo logo em direção à minha carteira.

Professor: Kim Yura você está atrasada 43 minutos.

Yura: Na verdade foram 47 minutos. - Disse depois de conferir as horas em meu celular.

Professor: Você não está na aula de matemática, caso você não saiba esta aula é de Coreano!

Yura: O senhor tem razão. - Disse me levantando. - Vou pegar a aula certa. - Disse saindo da sala fazendo ouvir o professor suspirar, e ouvindo alguns risos de fundo.

Fui andando pela escola, era muito raro ver a mesma vazia, tudo em silêncio, até que vejo o diretor passando por mim.

Diretor: Cadê o seu uniforme menina Kim Yura?

Yura: Eu já disse que não irei usar aquela saia que mais parece uma meia de ser tão pequena.

Diretor: Pois mas são regras da escola e você deveria cumprir.

Yura: Também está nas regras que é obrigatório eu estar na aula neste exato momento e eu não estou, por isso se me der licença..

Fui começando a andar mas o mesmo bloqueou minha passagem logo dizendo:

Diretor: Eu vim mesmo à sua procura, já falei com seus pais à minutos atrás e preciso de contar algo a você.

Yura: Diga logo, tenho mais que fazer.

Diretor: Me siga.

Acho que o diretor desta vez vai me facilitar e me expulsar logo, é assim que eu gostava.

Chegámos á sua sala e logo o mesmo começou falando:

Diretor: Isto é um assunto pesado, você deve ouvir com atenção e até ao fim.

Yura: Se for assim, mais valia nem ter saído a meio da aula de Coreano.

O diretor que estava sentado à minha frente ignorou o que eu tinha dito e logo falou:

Diretor: Sabe a aluna Lee Yujin?

Yura: Claro que sim, como poderia esquecer essa vadia?

Diretor: Pois agora pode esquecer, pois ela morreu, POR SUA CULPA.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...