História Am I criminal ? Suga / Yoongi Fanfic - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Minyoongi, Myg, Suga, Yoongi
Visualizações 23
Palavras 1.516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - BAD MEMORIES


Fanfic / Fanfiction Am I criminal ? Suga / Yoongi Fanfic - Capítulo 2 - BAD MEMORIES

Yura Pov On

Yujin já me zoava à vários anos, primeiro era por eu ser gorda e baixa, mas com o passar dos anos eu me mudei, eu na altura não conseguia me defender, eu ligava sempre para o que as pessoas falavam sobre mim, a única pessoa que me ajudava na altura era Namjoon.

O tempo foi passando e pararam de me chamar assim por conta de o meu corpo ter mudado, porém ainda continuo baixa, agora me zoavam de outra maneira, toda a gente me chamava de prostituta, todos os dias ia uma pessoa de minha escola - ou mesmo pessoas que eu não conhecia - para minha casa- os mesmos pediam para lhes fazer um boquete, ou me mandavam mensagem para combinar alguma noite para ficarmos juntos, a sorte era que nesse horário minha família nunca estava em casa.

Isso tudo porque um dia eu fui estuprada. Sim! Isso mesmo!

Flashback On

Eu como era trouxa eu perdoei Yujin, ela parecia se ter arrependido de me ter zoado e fazer eu sofrer bullying por vários anos por conta dela e de suas amigas.

Um dia estávamos andando nós as duas em uma zona perto de minha casa, pois Yujin estava me levando para lá, na altura eu e ela tínhamos uns 16 anos, nessa noite a mesma queria ir por um caminho diferente e acabamos por passar por um beco, e logo eu fui puxada por alguém que não consegui ver.

Eu não me lembro de mais nada a partir daí, eu apenas acordei no dia seguinte com o uniforme da escola que tinha desde o dia anterior.

Eu tinha a saia rasgada e puxada para cima, e tinha minha camisa aberta até os meus seios. Tirando a parte que também sentia uma ardência forte no meio de minhas pernas e que eu estava cheirando a álcool.

Eu comecei a chorar, eu não sabia aonde eu estava e o que se tinha passado, olhei em minha volta e vi a minha mochila da escola no chão ao meu lado, peguei na mesma e olhei para o céu vendo que estava começando a amanhecer, fui andando até ao final do beco com dificuldades por conta das dores, logo eu vi onde estava, eu conhecia este sítio, comecei correndo para minha casa ainda com o resto de minhas roupas que restavam em meu corpo.

Nunca mais iria usar aquele uniforme, iria me lembrar de coisas horríveis.

Pouco depois cheguei a casa, abri a minha mochila vendo que faltava minha carteira, peguei minhas chaves e abri a porta sem fazer barulho, e logo corri para meu quarto.

Felizmente eu tinha deixado meu celular em casa, olhei as horas e eram 6.53 da manhã, fui em meu banheiro logo tomando um banho bem demorado.

É normal durante o banho pensarmos em tudo que vem em nossa mente, e eu só pensava no que tinha acontecido a horas atrás, só depois cheguei á conclusão que fui estuprada. Eu não sei como reagir, não sei como meu irmão vai reagir, como meus pais iram reagir, também não sei como contar para eles, não sei como vai ser minha vida daqui para a frente.

Minutos se passaram, e pouco depois ouvi alguém batendo na porta de meu banheiro, logo saí da banheira que era aonde eu estava e fui colocando uma toalha em volta de todo o meu corpo.

Namjoon: Yura, você tá aí? - Disse ele ainda batendo na porta que estava entre nós os dois.

Abri a porta para o mesmo entrar, e já ia desabando em lágrimas até que o mesmo diz:

Namjoon: Hey, você chegou bem cedo, eu fiquei bem preocupado, não gosto muito que você fique sozinha com a sua amiga Yujin, por tudo o que ela fez você não deveria a ter desculpado.

Oi? O que tá acontecendo? Apenas o respondi como se nada tivesse acontecido, ainda não estava pronta para contar o que tinha acontecido a horas atrás.

Yura: Namjoon, já disse que ela mudou acredita em mim. - Eu disse e logo o mesmo suspirou.

Namjoon: Argh, okay okay, Yujin não fez nada com você né? Ela me ligou dizendo que você dormiu em casa dela e que chegava em casa logo de manhã para ir para a escola, mas não pensei que chegaria assim tão cedo.

Yura: Você sabe como é Namjoon, eu gosto de me adiantar para chegar cedo à escola. - Menti.

Namjoon: Boa menina. - Disse desarrumando meu cabelo que ainda estava molhado. - Eu eduquei você bem. - Disse Namjoon sorrindo fazendo suas covinhas aparecerem em seu rosto.

Eu não resisti e soltei algumas lágrimas, por estar mentindo para ele.

Namjoon: Yura, você não está chorando pois não? - Disse ele pegando em meu rosto muito preocupado.

Yuri: N-Não, é apenas a água escorrendo de meu cabelo. - Disse mentindo de novo, o que me doía muito.

Namjoon: Hmm, okay, então.. Eu vou voltar para meu quarto e nos encontramos para tomar o café da manhã.

O mesmo depositou um beijo no topo da minha cabeça e logo foi andando para o seu destino.

------ Quebra de tempo ------

Já tinha chegado à escola e fui procurando Yujin até que a encontrei em nossa sala com outras garotas que também me zoavam antigamente.

Yuri: Yujin? O que aconteceu para você desaparecer ontem à noite?

Yujin: O quê? Porquê eu estaria com você ontem à noite? Eu tenho mais que fazer do que estar junto a você. - Ela disse fazendo com que as suas amigas ao seu lado rissem de mim.

É.. eu merecia isto, voltou a Yujin de antes, eu agora estou mais velha, antigamente fugia e chorava mas agora não iria deixar escapar.

Deu o toque para entrada e logo falei:

Yura: Você não mudou nada. - Disse rangendo os dentes logo saltando para cima dela.

Comecei a desferir socos por todo o seu rosto, nada de mais, enquanto ouvia gritos histéricos vindo de Yujin, mas logo fui puxada pelo o professor.

Professor: Kim Yura? Minha aluna preferida? O que você esta fazendo? Você nunca se comportou assim, por favor vá para a diretoria.

Ó meu deus, eu nunca fui chamada para a diretoria, o meu irmão vai ficar completamente desapontado comigo, Namjoon me protegia tanto quando eu falava de meus bullyings e problemas para o mesmo, por isso ele não gostava de Yujin.

Engoli seco e logo fui em direção á sala que onde estaria o diretor.

Diretor: Yura? O que você está fazendo aqui?

Eu não consegui falar, nada saiu em minha boca, até que entrou uma funcionária da escola entregando um bilhete ao diretor.

Diretor : " Kim Yura agrediu Lee Yujin depois do toque de entrada, a mesma está no hospital agora, assinatura professor de Coreano " - Disse lendo o diretor em voz alta.

Diretor: Como assim Yura? Você é a melhor aluna da escola, com melhores notas e comportamento, como você pôde agredir uma colega sua? Me desculpe mas vou ter de falar com seus pais e irá ser expulsa apenas dois dias, pois nunca pensei disso de você.

------ Quebra de tempo ------

Abri a porta de casa logo vendo meus pais e Namjoon sentados na sala me olhando de um jeito que nunca tinha visto em toda a minha vida.

Depois de fechar a porta de casa fui em direção a eles, logo levei o maior sermão de minha família em toda a minha vida, nunca pensei que eles iriam brigar tanto comigo, os mesmo ficaram 2 semanas sem falar direito comigo, o que odiava mais.

------ Dois anos depois ------

As notas baixaram, minha popularidade subiu, meu comportamento piorou, e o desgosto de minha família para mim aumentou, minha vida virou uma merda.

Mais um dia que voltei para a escola, neste momento estava brigando com Lee Yujin de novo.

Yujin: Me larga sua vagabunda. - Disse segurando minhas mãos que estavam puxando seus cabelos.

Yura: Eu nunca pensei que era possível odiar mais você.

Logo a mesma começou a gargalhar e joguei seu corpo para o chão, fazendo algumas pessoas que estavam ali vendo tudo se afastar.

Yujin: Então queria ver como você soubesse que quando você foi estuprada fui eu que combinei tudo com o garoto.

Como assim? Poderia ter pensado várias coisas de Yujin mas nunca pensei que ela era capaz de fazer isso.

Minha raiva subiu ainda mais, eu pude ter a certeza que quase desmaiava por não saber o que tinha acontecido, era muitos sentimentos só de uma vez, mas fazia tudo sentido.

Fui para cima dela dando 4 socos seguidos em seu rosto, logo socando seu peito, fazendo a mesma ter dificuldades de respirar, logo a levantei puxando seu cabelo e a ia jogando contra a parede mas logo fui puxada pelo o diretor que era 3 vezes maior que eu.

Mais duas semanas que eu seria expulsa da escola, nada completamente fora do normal, agora tinha era de passar pela bronca do meu irmão mais velho, o que me doía mais.

------ Quebra de tempo ------

Namjoon: Quando você vai se comportar melhor? Quando vai ter atitude certa? Quando você vai ficar como antes? Como eu criei certo você. Ter escolhas certas ? Eu não criei você assim, mais duas semanas que você é expulsa da escola? Você não vai ter futuro, você não vai ser ninguém continuando a se comportar assim.

Flasback Off


Notas Finais


Quem está aqui e veio da minha fic do Jin, vai lá que há uma grande surpresa 😁❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...