História Am I Loving You? - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Fillie
Visualizações 187
Palavras 2.501
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Fluffy, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse capítulo está bem fofo! Adorei escrever. Fiquei pensando, imaginem se isso realmente acontece em alguma cena de Stranger quando eles forem mais velhos! KKKK Meu Deus, eu vou morrer. A propósito, eu acho que nessa novíssima temporada que está por vir, teremos algum outro beijo igual ao da primeira temporada, por favor né! Nem que seja pelo menos um! Eu necessito pra ontem! Enfim, vamos a leitura, espero que gostem <3

Capítulo 14 - Tanto Mileven Quanto Fillie


          Finn e Millie já haviam ido para o trailer. Ela estava melhor, mas a febre ainda tinha que abaixar. Finn tirava sua camisa.

         -Finn, veste isso pelo amor de Deus, está muito frio. -Ela disse desdobrando a camisa dele para vestir novamente.

           -Millie, não está frio, você está com febre, esqueceu? Vai agora pro chuveiro. -Ele disse sendo interrompido.

          -Ah, não, vamos dormir! Eu já tomei banho hoje de manhã e estou morta! Eu acordo cedo e tomo.

            -Nada disso. Não vou deixar você passar mais uma noite com febre.

       -Mas Finn, a água vai estar congelando! -Ela dizia passando as mãos nele para fazer com que mudasse de ideia.

        -Eu sei, Mills, mas eu não posso fazer nada, infelizmente! -Ele disse fazendo ela abrir um sorrisinho malicioso. -Que foi? -Ele continuou abrindo o mesmo sorriso.

         -Já que eu vou ter que tomar banho, você vai ter que tomar comigo...  -Ela dizia ainda com o sorriso, balançando os braços dele.

         -Ah, vou é? Pensei que fosse proibido... -Ele disse entrando na mesma malícia.

         -Você quer cuidar de mim, não quer? -Ela disse colocando os dedos por dentro de onde se passa o cinto na calça e o puxou, levando-o com ela até o banheiro, fazendo com que ele fizesse um “yes!” para si mesmo.

         Ele não iria mentir, estava totalmente empolgado. Eles então começaram a tirar suas roupas, deixando todas amontoadas uma por cima da outra e foram entrando no chuveiro.

          -Não é pra molhar meu cabelo, tá? -Ela disse enquanto Finn ligava a torneira da água fria.

          -Como quiser! -Ele respondeu se afastando da água que congelava. -Toda sua! -Ele disse brincando com ela.

          -Engraçadão... -Disse Millie finalmente debaixo do chuveiro. -AH PORRA! CHEGA!

          -Millie, calma! Não ficou nem três segundos! Não é tão ruim! -Ele disse para encorajá-la.

          -Quer experimentar?!

          -Deixa a água cair nas suas costas. Eu sei que não é bom, mas vai te fazer melhorar na hora! Se você não for eu vou te fazer cosquinha e você vai ter que entrar.

          -Ah não, Finn. Cócegas não. Eu vou entrar. -Ela disse se aproximando novamente sendo segurada por Finn. -Por favor, não me segura.

           -Calma. É só pra você se acostumar com água. Eu estou aqui com você. -Ele disse envolvendo-a em seus braços e enfrentando a tão gelada água junto de Millie. Ela tinha respirações ofegantes de tão gelada, mas aquilo era bom. Ela estava relaxando com a água caindo em suas costas e conseguia sentir seu corpo à temperatura ideal. O que mais ajudava, era estar perto de Finn. Ela não precisaria de remédio nenhum, apenas Finn já era o suficiente para ela melhorar.

             -Está melhorando?

               -Aham... Faz massagem em mim? -Ela pediu de olhos fechados para relaxar mais, e ele não recusou, assim começando a massagem nos ombros dela.

                Finn não estava totalmente embaixo d´água, mas se molhava bastante. Aquilo o deixava bastante excitado. Ele tinha segundas intenções, mas talvez naquele momento não fosse a hora. Só queria que Millie melhorasse logo.

                -Está bom assim? -Ele perguntou, enchendo aquela área de beijos. Tanto como um ato de amor tanto pelo fato de estar excitado.

                 -Muito...

                 -Millie, você está toda arrepiada! A febre ainda não abaixou?

                 -E quem disse que é por causa da febre? -Ela disse se virando de frente para ele, segurando na nuca do menino. Ela o provocara muito, tanto pelo fato de também estar excitada.

                  Ele entendeu o recado e a trouxe para o mais perto de si, tendo assim o início de muitos beijos.

                   A água era realmente bem gelada, mas eles já não ligavam mais. Seus corpos colados um no outro o esquentavam. O beijo era mais caloroso ainda, daqueles bem intenso, que era o favorito deles. Não paravam por nada, apenas aproveitavam cada segundo. Mesmo pouco tempo separados, foi uma tensão horrível para os dois. Tinham medo de perder um ao outro e sentiram muita falta daquilo. Eles precisavam, era o melhor jeito de recomeçar após o pedido de desculpa. Finn estava com tanta saudade de Millie que não parava para respirarem e ela a mesma coisa. Traziam seus corpos cada vez mais para perto (se é que era possível), sem deixar uma parte deles desencostadas um do outro. Ele começou a incliná-la e desceu os beijos para seu colo fazendo-a arfar. Toda aquela água correndo pelo corpo dela era sensual demais para ele, fazendo com que criasse uma marca acima de um de seus seios.

                   A menina apenas apertava o braço e as costas de Finn de tanto prazer que sentia e ele com uma mão segurava em seu quadril e com o outro braço envolvia as costas de Millie com a mão perto de seus seios.

                  Finn amava poder ter aquilo em sua vida. Sentir as curvas do corpo de Millie era realmente um sonho prazeroso, e vê-la feliz daquele jeito era melhor ainda.

                  Millie já nem tinha o que falar. Aquele era o homem de sua vida, não podia querer coisa melhor e se tivesse coisa melhor do que ele.

                  Eles então depois de tantas salivas trocadas, eles resolveram dar uma pausa.

                  -Agora eu melhorei. -Ela disse satisfeita com o ocorrido.

                  -Prazeroso?

                  -Finn, você é sensacional! Prazer é pouco perto do que eu sinto! -Disse ela pegando o sabonete fazendo-o rir. Vê-la ensaboar seu corpo era melhor ainda, mas sossegou um pouco.

                  Logo depois, Millie tirou o sabão de seu corpo e resolveu esperar Finn.

                  -Amor, vai indo. Me espera lá que eu já estou indo. -Ela entendeu e então foi se secando e saindo para se vestir. Finn aproveitou enquanto tirava o sabão para diminuir um pouco da sensação que dava em seu membro com a ajuda da água fria.

                 Após tudo isso, ele saiu do banheiro e viu Millie deitada na cama. Aquilo o fez sorrir por saber que estava tão melhor naquele momento que era o que ele mais gostava de ver. Se ela estiver bem, ele também está.

                 Ele então já vestido, foi para a cama deitando ao lado de Millie. Ela estava de lado virada de costas para ele.

                 -Está melhor? Quer mais alguma coisa? -Ele perguntou passando sua mão nas curvas da cintura da menina.

                 -Sabe a única coisa que eu quero agora?

                 -Uhm?

                 -Que você me abrace e durma comigo. -Ela disse já de olhos fechados.

                 -Nem precisa pedir. -Ele sussurrou para ela passando seu braço envolta dela na cama. -Boa noite, minha princesa. -Ele sussurrou novamente aplicando um beijo na bochecha dela.

                -Boa noite, meu príncipe. -Ela retribuiu acariciando o braço de Finn com seus dedos delicados.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 

                 Na manhã do dia seguinte, todos já estavam se encontrando na mesa do café da manhã. Apesar de tudo resolvido, Julia ainda olhava torto para Millie, e ela se sentia incomodada. Isso a fazia também a lembrar do ocorrido com Noah. Ela não achava justo aquilo ter ocorrido e precisava falar com ele, mas deixaria isso para outra hora.

                 Finalmente se sentou com Finn ao lado dos amigos para conversarem.

                 -Está melhor, né Mills? -Perguntou Sadie que ficara tão preocupada com Millie. Só não tanto porque estava com Finn, e sabia muito bem que era dele de quem Millie precisava.

                  -Graças a Deus! -Millie respondeu a amiga. Julia permanecia calada.

                  -Claro! Com o Finn óbvio que ela melhora! -Brincou Gaten.

                  -Muito obrigada Dr. Wolfhard por ter sido um ótimo médico! Pelo menos pra mim! -Millie disse com risadas.

                   -Não por isso! -Ele disse se juntando a brincadeira.

                   -Uiiiii, o negócio foi maneiro então! Que bom que já se entenderam novamente! -Exclamou Caleb.

                   -Oi gente, tudo bem? Bom dia pra vocês! Millie, você melhorou, né? -Ross  perguntou invadindo a sala.

                   -Sim, muito obrigada!

                   -Os meninos avisaram ontem pra não chamar os seus pais mas estávamos quase chamando!

                     -Relaxem, eu ia ficar bem, não precisava ligar, mas obrigada pela preocupação!

                      -De nada! Bom, sem papo, vim avisar à vocês que a cena será gravada novamente no mesmo horário, tudo bem?

                       -Sim, dessa vez nós treinamos mais! -Disse Finn com a concordância de Millie.

                       -Ótimo! Terminem de comer e direto para o set! -Ele terminou se retirando.

                       -Uh, gente então nós já vamos indo para o set. Nós já acabamos de comer. -Disse Finn se levantando com Millie.

                       -Ok, boa sorte pra vocês! Nos vemos depois! -Disseram os meninos na mesa com as namoradas.

                       Os meninos estavam agoniados com alguma coisa. Pareciam que estavam impacientes. Balançavam suas pernas sem parar até que Noah sugeriu.

                       -Desisto! Eu vou lá pra ficar vendo! -Ele disse se levantando na mesa num pulo.

                       -Espera aí! Nós também queremos! -Afirmaram Gaten e Caleb.

                       -Ei! -As meninas disseram. -E nós?!

                       -É muito rápido! A gente promete! -Eles disseram então saindo na correria.

                      Sadie também queria acompanha-los desde a primeira vez, mas não tinha dado muito certo.

                      -O sinal aqui é fraco! Um minuto, preciso falar com meus pais. Já volto! -Ela disse indo em direção ao corredor do set.

                      -Aff! Eu mereço! -Disse Julia apoiando sua cabeça na mão enquanto Jennifer terminava de comer.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------  

                       -Ação! -Matt e Ross gritaram, assim dando início a cena mais uma vez.

                       Finn e Millie diziam o  pequeno texto de suas falas e os meninos já estavam escondidos com Sadie. Estavam doidos para ver tudo.

                        -Vai! -Gritaram mais uma vez e assim Finn começou.

                        Os beijos começaram devagar, mas eram os mais reais possíveis.

                        Os Duffer nem precisaram pedir e Finn já a pegou no colo levando-a para mesa. Millie o puxava para o mais perto possível. Não estavam apenas atuando no amor de Mike e Eleven como também estavam provando o amor de Finn e Millie.

                         Ele então fazia o trabalho junto com Millie. Não desgarrava as mãos das coxas da menina e segurava com vontade. Ás vezes ele acabava passando as mãos demais, mas tinha que pegar mais leve. Millie segurava a nuca do menino com bastante força. Não era nada que machucasse, e sim para ele não sair de perto, mesmo que soubesse que não iria sair. Seus corpos já estavam colados um no outro. Mais perto impossível. Só chegavam suas cabeças para frente cada vez mais para fazerem o encontro de suas línguas. As únicas coisas que interrompiam os beijos eram os sorrisos, mas logo eram unidos um ao outro formando outro beijo.

                         Os amigos assistiam com os olhos brilhando, sem darem uma palavra e os Duffer estavam realmente impressionados. Aquilo estava real demais. Aquilo não era treino e nem atuação, era Fillie. A palavra perfeita criada por fãns para resumir o amor.

                          Finn então mordia o lábio da menina sem parar, puxando-o com os dentes. Ele ainda tendo seus cabelos agarrados pela mão de Millie por conta do prazer, ele desceu os beijos para seu pescoço, mas desta vez sem cometer nenhum erro. Nada podia estragar aquilo naquele momento. Millie com a mão enterrada nos cabelos escuros de Finn, arfava fazendo também feições de prazer. Nem sabia mais se estava atuando.

                           Ela começou a inclinar seu corpo para trás, com a ajuda de Finn que segurava suas costas fazendo com que ela se apoiasse com o cotovelo na mesa. Estava praticamente com seu tronco todo encostado na mesa, mas Finn ainda a segurava. Aquilo não estava programado.

                            -Finn, vai devagar. -Pediu Ross com medo de que se empolgassem.

                            -Eu sabia que eles se curtiam! -Disse Matt abrindo um sorriso malicioso.

                            -Você não resiste, não é? -Millie sussurrou para Finn, mordendo o lábio dele antes de dar um sorriso.

                             -Não mesmo! -Ele sussurrou também abrindo um sorriso maior ainda enquanto passava sua mão pela perna inteira da menina.

                            -Era disso que eu estava falando! -Afirmou Gaten.

                            -Imagina o que eles fazem no trailer! -Continuou Noah ainda comos olhos brilhando.

                            -Eu te amo.... -Ela disse arfando, juntando sua mão com a de Finn.

                            -Eu também te amo... -Ele dizia arfando junto, continuando com os beijos.

                            Aquelas palavras nem estavam no roteiro. Foi tudo espontâneo o que fez Matt e Ross ficarem super satisfeitos com a cena.

                            -Eles são foda! -Dizia Caleb por também perceber as falas e por ter ficado impressionado pelo o que eles estavam fazendo. Eles sabiam que não estavam só atuando.

                            -CORTA! -Gritaram os irmãos para dar fim a tão difícil e esperada cena, mas foram ignorados. Finn e Millie não paravam. Nem saíram da posição.

                            -Galera acabou! -A equipe disse então, mas do mesmo jeito, nada foi resolvido.

                                    -Esses aí se amam mesmo! -Brincaram os irmãos.

                                    -AÍ! ELE DISSE “CORTA”! -Gritou Caleb rindo demais com os meninos fazendo eco pelo estúdio inteiro, o que fez Finn e Millie se tocarem. Eles então pararam e saíram do personagem como se nada tivesse acontecido. Estavam um pouco envergonhados e queriam rir coma situação.

                                    A produção tomou um susto com o grito de Caleb. Ninguém sabia que os meninos estariam ali escondidos. Eles então envergonhados na cara de pau, saíram do ‘esconderijo’ e começaram a fingir que não estavam ali desde o início.

                                  -Oi pessoal! Chegamos agora! Hahaha. -Disseram eles indo em direção do casal.

                                  -Meus parabéns pra vocês, hein! Depois dessa merecem o Oscar! -Disse Gaten fazendo todos rir, inclusive Finn e Millie.

                                  -Parabéns! Estamos impressionados coma atuação maravilhosa de vocês! Se é que foi atuação, né! -Disse Matt parabenizando-os.

                                   -Nós sabíamos que conseguiriam! Bom trabalho! Agora é só esperar para a cena do sexo. Estão dispensados! -Eles afirmaram fazendo com que as crianças saíssem do set..

                                   -Já realizaram o sonho de vocês? -Perguntou Millie sendo irônica.

                                   -Porra! Nós fomos para a Disney enquanto assistíamos vocês! -Concluiu Noah.

                                    -Gente, o negócio foi tenso entre vocês! Se ainda acham que escondem alguma coisa de alguém, podem ir sabendo que não escondem! -Disse Caleb.

                                    -Eu não sabia que vocês se pegavam assim não! Se isso foi em frente as câmeras, não quero nem sabem o que fazem sozinhos! -Concluiu Gaten fazendo eles rirem.

                                    -Nem queira mesmo! -Disse Finn rindo.

                                    -Cara, vocês são muito Fillie! Esperem só os fãns saberem que sempre estiverem certos! -Exclamou a ruiva toda feliz.

                                    -E esperem só eles saberem que Cadie é real! -Disse Millie para implicar com a amiga, fazendo eles rirem.

                                    -Ai ai... eu amo vocês! -Disse Noah enxugando as lágrimas de tanto rir. -Vamos voltar porque as meninas devem estar se matando!

                                      -Finn, nós temos que trocar de roupa também! Ficaram lá no meu camarim!

                                      -Se trocaram juntos? -Disse Gaten sorrindo.

                                      -Não, não. Imagina! -Disse Finn com ironia. -Bom, nos vemos depois. Ele disse entrando no camarim com Millie.

                                       -Até! -Disse o resto voltando pra a mesa do refeitório.

                                       Eles então começaram a arrumar seus figurinos do jeito de como estava antes e vestiram suas roupas.

                                        -Millie, isso foi sensacional! Eu realmente não resisti! Na cena do sexo tem que dar certo também, porque quando a gente atua, a gente atua bonito!

                                          -Nem eu resisti! Negócio bom pra cacete! Nós temos que nos conter mais, Finn! Eles acabaram a cena e nós lá nos engolindo!

                                          -Relaxa que vai dar tudo certo! Afinal, nós somos Fillie, não somos? -Ele disse roubando um selinho dela e saindo do camarim de mãos dadas.

                                                -

 

                             

                               


Notas Finais


Gostaram? Perdões se a história ficou grande, foi necessário! Só uma pergunta, vocês gostariam de mais especial Fillie?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...