História Amaldiçoa-me - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Darkfic, Deathfic, Drama, Ecchi, Falls, Horror, Maldição, Mistério, Terror, Tragedia
Visualizações 0
Palavras 1.908
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Magia, Mistério, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Capítulo 2: O começo ou o fim?


July, 29.
Natanael já não aguentava mais a aula de História, olhou para sua amiga, Lara, com cara de tédio, quase dormindo. Quando Lara sussurrou:

— São 15h58, você não vai morrer de tédio.

Natanael sorriu para a mesma. Esperando aqueles dois minutos, que mais pareciam duas horas, Natanael a cada segundo mais apressado para sair daquela jaula, vulgarmente chamada de sala de aula. Quando enfim o sinal tocou, todos saíram da sala, soltando um suspiro de alívio por finalmente as férias de verão terem chegado. Encontraram os seus amigos, então, Rubens perguntou:

— Como vocês conseguem aguentar essa aula chata?

— Também não sei, o professor só sabe falar! Se fosse por mim, nunca teria aula de história. — Disse Natanael, revirando os olhos.

— Se fosse por você, nunca teria aula! — Disse Kendall, se metendo na conversa, fazendo todos gargalharem.

— Tá, mas a aula do professor não é tão chata assim...

— Falou a nerd — Disse Ian.

— Ah, palhaço! Só por que eu gosto da aula de história, não quer dizer que sou nerd. — Lara mostrou sua língua a Ian.

— Okay, chega! Parem de ficar namorando... — Disse Safira com um tom de sarcasmo.

— Safira! Briga de marido e mulher, não se mete a colher! — Debochou Nicole, entrando na brincadeira.

— Até você, Nicole? — Até mesmo suas melhores amigas resolveram debochar dela.

— Ela está mentindo? Vocês ultimamente só andam grudados, chega a ser pior do que Safira e eu! — Haziel riu.

— Verdade. E olhe que somos namorados, e vocês apenas amigos, que eu saiba.

— Vamos mudar de assunto... — Natanael olhou para seus pés, um pouco sem jeito.

— Eu queria comentar algo com vocês. — Disse Hani.

- Pois comente... - Falou Ian.

— Meus pais têm uma casa de veraneio que fica em Coral Bay, e lá tem um monte de cachoeiras, rios, tem a praia e uma floresta que é ótima pra acampar! Eu tava pensando, aí tive uma ideia. Que tal se formos pra lá nas férias?

— Por mim, ótimo! Eu iria ficar as férias inteiras em casa... — Disse Natanael.

— Ótima ideia, Hani. Vou com certeza, tudo para não ficar três meses em casa sendo escrava dos meus tios. — Kendall sorriu, feliz com a ideia.

— Eu estava planejando uma viagem com o Haziel, mas se todos forem, nós vamos.

— Claro! Eu vou. — Disse Nicole, animadíssima.

— Okay, eu vou. — Falou Rubens.

Todos olham para Ian e Lara. Esperando uma resposta.

— Tá, tá! Pode ser. — O moreno revirou seus olhos.

— Eu... Eu iria estudar esse verão. — Lara disse, achando que seus amigos iriam compreender.

— ESTUDAR? Quem estuda nas férias?

— Tá Louca? — Perguntou Ian, pondo as costas de sua mão em sua testa, para ver se a menina não estava doente.

— I-Ian! — Lara rapidamente tirou  a mão de Ian da sua testa. — É que, eu só queria estudar esse verão e... Estudar nas férias não tem nada demais.

— Que bom que você QUERIA estudar. — Nicole a encarou com um sorriso.

—  Então... Você irá ou não? — Perguntou Ian, já sem paciência.

— Tá. Eu vou.

— Mas... Como a gente vai para Coral? — Perguntou Kendall.

— A pé que não vai ser... — Ian riu.

— E agora? Eu esqueci deste pequeno detalhe.

— Pequeno detalhe? — Nicole levou um susto ao ouvir a resposta da Hani.

— Eu não sei vocês, mas eu vou de moto. — Disse Ian, plugando o fone de ouvido ao seu celular para ouvir música.

— IAN! — Hani chamou sua atenção.

— Se acalmem! Meu pai tem um carro, ele sempre me empresta. O carro é bem grande e confortável, da para ir todo mundo. — Haziel afagou os cabelos ondulados de sua namorada, enquanto a mesma sorria.

— Viu, Ian? Você vai no carro com a gente! — Nicole falou, fazendo Ian revirar seus olhos azuis.

— QUE SACO! Mas eu vou na frente.

— Negativo! Você irá atrás com os outros, eu e Hani vamos na frente.

— Por que ela vai na frente? — Perguntou Ian, indignado com a resposta de Haziel.

— Bom... Vejamos: O carro é do pai do Haziel, então o Haziel irá dirigir, e a Hani guiará o Haziel até a casa!

— O Ian está parecendo uma criança! AHAHAH!

— Você vai ver a criança, garotinha... — Ian se aproximou de Lara com um sorriso imenso nos lábios.

— Ian... AHAHAHAH! Para!

— Vocês estão parecendo um casal de Jardim de Infância! — Safira riu de ambos.

— Tá, parei. — Disse Ian, rindo internamente do rosto vermelho de Lara.

— Eu vou te matar! — Lara deu um tapinha no braço de Ian.

— AI! Louca... — Ele fixou seus olhos azuis nos olhos negros de Lara, fazendo-a sorrir.

— Eu tenho que levar a Safira em casa. Organizamos tudo por mensagem?

— Sim, claro. — Disse Hani, com um sorriso doce e simpático para o casal.

— Até mais tarde. — Disse Safira, acenando.

— Até.

[1 semana depois...]

— Ian! Entra no carro!

— Mas eu quero ir na ponta!

— Ahaahahah! Ian parece uma criança falando. — Safira riu, e Ian lançou um olhar mortal para a loira.

— Tá bom, Ian! Você venceu! Que chato! — Nicole chamou Natanael, e logo depois Ian, que ficou na ponta.

— Satisfeito? Tanta criancice pra nada.

— Não sou eu que estou no colo da Nicole... — Ian sussurrou no ouvido de Lara, logo depois, estampou-se um sorriso irônico em seus lábios.

— A-AH! — Lara corou — Que idiota!

[...]

— Ninguém vai falar nada? É isso mesmo? — Haziel indagou, olhando para o retrovisor.

— É... que tal a gente cantar? — Perguntou Kendall, animada.

— Qual música?... Já sei! Vamos cantar roubou pão. 

— Que música é essa, Safira? — Perguntou Lara, estranhando.

— A música é assim: Ian roubou pão na casa do João, assa... — Safira cantava, até que foi interrompida por Ian.

— Sério? Já não basta o Natanael babando aqui do meu lado, a Hani enchendo o saco querendo comida, o Rubens morrendo, vulgo cantando, e já faz seis horas que estamos no carro, a gente nunca chega! — Ian reclamou, como sempre.

— Ian, primeiramente, respira. Segundo, só faz umas três horas que estamos no carro, e terceiro, para de reclamar! Que chato! — Lara encarou Ian, em seguida revirando os olhos.

— Na verdade, faz três horas e quarenta e cinco minutos. — Hani disse. — Agora fez três horas e quarenta e seis minutos.

— Sério? — Disseram Lara e Ian em uníssono.

— Hani! você tá atrapalhado a briga do casal...

— Acho melhor você dirigir. — Disse Ian, com um tom ameaçador para Haziel.

— Apenas falei o que parece. — Haziel riu de Ian e Lara.

— Safira, meu amor, cala a boca do seu namorado. Senão o próximo enterro vai ser o dele. — Disse Lara com suas bochechas quentes e coradas.

— Hum... Lara vermelha. — Assim que Safira terminou de falar, caiu na gargalhada.

— Sa... SAFIRA!

— Não liga para eles, eles tem inveja do nosso amor. — Disse Ian, com um tom de sarcasmo, sorrindo e mandando beijos para Lara.

— IAN! — Gritou Lara, vermelha de vergonha.

— Estamos chegando.

— Já estava quase jogando o Rubens pela janela! Nunca mais cante, Rub, senão eu te mato. — Disse Safira, bagunçando os fios loiros de Rubens.

— Eu nem canto tão mal... — Rubens dizia, quando Ian o interrompeu.

— Canta SIM! Você parece uma vaca em trabalho de parto! — Ian disse, fazendo todo mundo rir.

— Enfim, chegamos. — Hani sorriu, e todos suspiraram de alívio.

Desceram do carro, e viram uma linda paisagem. A areia branca e fina da praia, que aos poucos era tomada por águas tranquilas e azuladas. Rosa, e tons de alaranjado tomavam todo o céu, era paradisíaco.

— Wow... — Lara disse, enquanto olhava para a praia.

— Aqui é... Perfeito!

— A praia é toda nossa. — Hani empurrou Ian para a praia.

— Ah, que chata! — Ian disse.

— Chato é você! Só sabe reclamar. Reclamou a viagem inteira! Agora eu vou entrar porque estou com fome.

Hani subiu as escadas de madeira que levavam até a entrada da casa de veraneio.

— Haziel, alí atrás tem uma floresta!

— Que ótimo, dá para acampar. — Ele sorriu, enquanto olhava para sua namorada.

— E para fazer trilha. — Safira sorriu, em seguida o beijando.

— Vamos entrar!

— Sim. — Lara concordou, e todos foram até a casa.

A casa era bonita, aberta, clara, bem iluminada. Uma clássica casa de veraneio, mas sempre com um toque oriental. A marca registrada da mãe de Hani, que é decoradora.

— Foi sua mãe que decorou. Não é, Hani?

— Sim, foi. Eu sei, essa casa é a cara dela. — Hani riu. — Subam, podem escolher os quartos. Ah, Safira e Haziel, o quarto da direita é de vocês. — Hani piscou, enquanto comia sua salada de frutas na bancada da cozinha.

— Obrigada, Hani. — Safira agradeceu, junto ao seu namorado, e subiram a procura de seu quarto.

Subiram, e logo ouviram uma gritaria.

— Justo EU tenho que dividir o quarto com duas pessoas, enquanto todos dividem só com uma? O Natanael baba e ronca! E... Eu não vou dividir o quarto com a Kendall! — Gritou Ian.

— Para de ser birrento, Ian! Qual é o problema?

— A Kendall é menina! Eu não quero que ela me veja trocando de roupa! — Ele disse, olhando para a morena, que estava indiferente.

— Ian... Não quero saber, você vai dormir com eles e pronto, está decidido. — Nicole disse, entrando em seu quarto e batendo a porta com uma força absurda.

— Ah, que inferno! Vou à praia, e não venham me procurar! — O moreno descia as escadas, quando sentiu uma mão o segurando.

— Ian... — Lara o olhou, mas Ian apenas tirou seu braço e continuou.

— Um teimoso de primeira. Desiste, Larinha, uma hora ele volta. — Disse Safira, sorrindo para Lara.

Lara desceu junto a Rubens para comer.

— O que aconteceu? O Ian saiu batendo os pés, e com uma cara... — Perguntou Hani, enquanto lavava o prato da salada. — Uma cara assim. — Hani imitou a cara que Ian sempre fazia quando ficava bravo, descontraindo o ambiente e fazendo seus amigos rirem.

— Ah, ele ficou com raiva, porque o quarto dele é o único com três pessoas. — Disse Rubens, pegando um prato.

— Nossa, sério? — Hani disse, sentando novamente na bancada.

— Sim... — Lara disse, enquanto comia sua salada.

[...]

Haviam passado-se horas desde que Ian havia ido esfriar sua cabeça, e até aquele momento não tinha voltado.

Todos estavam conversando à beira da piscina, quando Lara resolve tomar uma atitude.

— Irei atrás do Ian. — Lara disse, já caminhando em direção as escadas que davam na praia.

— Você vai mesmo?

— Sim, vou. Ele precisa parar de agir como uma criança. — Lara desceu as escadas de madeira, logo sentindo a areia macia em seus pés.

Caminhava, olhando para todos os lados possíveis, e quando percebeu, já estava longe da casa.

— IAN! — Gritou, mas não houve resposta. Mesmo assim, continuou a procurar.

Ouviu um barulho em meio as árvores, logo olhando para a floresta.

— I-Ian? — Perguntou. Não houve resposta. — Ian, não tem graça. Vamos, apareça.

Lara paralisou por completo, quando sentiu a respiração de alguém em seu pescoço.

— I-Ian...? — Indagou sussurrando.

Logo, uma mão tampa sua boca, impedindo-a de gritar.

— MMMMM...! — A menina se debateu, tentou gritar. Mas... Adiantou?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...