História Amando a pessoa errada. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Exibições 8
Palavras 500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Um estranho


Estava dormindo quando do nada escuto batidas na porta do meu quarto e minha mãe entrando com tudo.

— Mel, acorda não é hora de estar deitada vamos! — diz minha mãe abrindo as cortinas da janela.

— Mãe, são 6hr ainda! — digo olhando para o relógio e voltando a deitar.

— Sandrielly Mello, levanta dessa cama agora!! — diz autoritária.

— Tá bom.. Já levantei. — digo já de pé indo em direção ao banheiro.

Assim que entro no banheiro, faço minhas higienes e tomo um banho relaxante.
Depois de tanto cantar de baixo do chuveiro, sair ainda cantando e começo a mim arrumar.

— Mel, tem como você ir ao mercado para mim hoje? Tenho que ir na casa de seus avós.

— Claro mãe! Mas primeiro vou tomar café certo? — pergunto e ela assenti e sai me deixando sozinha em casa.

Tomei café e peguei o dinheiro que estava em cima da mesa por cima de um papel, que estava escrito o quê era para comprar.

Sair de casa, trancando a mesma em seguida e fui para o mercado que não ficava muito longe da nossa casa.

****

— Bom dia, bela jovem! — diz dona Carmen, a costureira.

— Bom dia, Bela dama! — eu disse com um tom brincalhão fazendo-a sorrir.

— Veio pegar o vestido da sua mãe? — pergunta calma.

— Sim! Está pronto?

— Claro que sim... Aqui estar. — me entrega uma sacola e eu o dinheiro a ela.

— Até mais, Carmen. — sorrir e ela acena para me.

Estava andando a quase meia hora com sacolas na mão, quando bato-me em alguém fazendo minhas compra caírem da minha mão.

— Desculpa, estava destruída ... sinto muito. — pego as sacolas do chão que por sorte estavam amarradas, caso contrário, estaria tudo perdido.

— Eu que tenho que pedir desculpa! — murmura que sei que é homem pela voz.

— Eu... já vou! — digo olhando para o homem a minha frente, que se trajava por uma calça jeans e de casaco, cuja o capuz escondia seu rosto.

— Espera.. — segura meu braço fazendo-me virar. — qual seu nome?

— Sandrielly. Agora preciso ir, minha mãe estar me esperando! — mesmo com vontade de perguntar seu nome não pergunto.

Tento andar mas ele segura novamente meu braço me virando novamente.

— Poderia me dá uma informação? — pergunta

— Sim! Antes solta meu braço por favor. — peço e assim ele solta.

— Claro, desculpa.

— Qual informação quer saber? — pergunto mudando de assunto.

— Ah sim, sabe onde posso achar uma boa costureira? — pergunta e eu apontei para a loja de Carmen.

— É uma das melhores que conheço! Mas não chama ela de Dona ou senhora, apenas de Carmen ok?

— Está bem. Obrigado e desculpa mais uma vez. — Diz ele e mesmo sem ver seu rosto, posso ver que o mesmo está sorrindo, retribuo o sorriso e vou saindo daquele mercado.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, esta é minha primeira obra e estou dando meu melhor ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...