História Amando sem ser amado. - Capítulo 19


Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Amor, Drama, Naruhina, Naruto, Romance, Sasodei
Exibições 151
Palavras 3.264
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoinhas, aqui é a titia Hyuuga, fiz esse cap gigante pra vocês (titia lana me ajudou) e to passando aqui pra avisar que a fic ta acabando :(

Não demorará muito e ela chegará ao fim, por conta disso, nós tentaremos postar frequentemente os capitulos!

Espero que gostem, um beijo e um queijo pra vocês.

Capítulo 19 - Sem ideia para titulo!


Fanfic / Fanfiction Amando sem ser amado. - Capítulo 19 - Sem ideia para titulo!

Hinata POV'S

Abri meus olhos lentamente, aos poucos a imagem embaçada foi ficando nitida, enxerguei o Naruto-kun olhando para o teto, e meus pés no colo dele. Me sentei no sofá e esfreguei minha mão nos olhos e olhei para o meu outro braço, isso no meu gesso é... SANGUE?!

-AAAAH- Soltei um gritinho fino estilo Cellbit.

-Hina, você acordou!- Naruto-kun sorriu (muito fofo por sinal).

Olhei em volta e vi que o pé esquerdo dele estava enfaixado e em cima da mesinha de centro da sala onde estávamos. No sofá em frente estavam Karin emburrada, a Sakura com cara de tédio, Sasuke com sua cara de cu, e Suigetsu com uma cara de assustado.

-O-o que aconteceu?- perguntei curiosa.

-Karin bateu no irmão da Sakura-chan porque ele estava batendo no Sasuke, que estava dormindo com a Sakura, Karin derrubou um vaso de vidro no chão, eu pisei, cortei o pé e você caiu no chão porque tropeçou em mim, sujou o gesso de sangue e desmaiou, não sei como o Deidara e o Sasori também desmaiaram, e agora a Ino eSai Saiestão no quarto esperando eles acordarem.-Naruto-kun falou super rápido.

-E o Suigetsu?- perguntei confusa, onde ele entra nessa história?

-Suigetsu não fez nada.- Karin respondeu por ele.

-O que diabos...ai...- fala o irmão da Sakura ao chegar na sala.

- SOTORI.- fala Sakura indo até ele com cara de preocupada - VIU É NISSO QUE DÁ TER BATIDO NO MEU NAMORADO IMBECIL- ela diz dando um tapa na cara dele.

-Ei...calma ae...lembra quem foi que aproveitou e convidou os amigos pra uma festinha?! Pelo que eu lembre não fui eu. -diz se levantando.

-Pelo menos de algo você se lembra, com a pancada que levou na cabeça pensei que ia esquecer ate que é homem. - fala Naruto-kun.

-Por favor Satori...não conte pra mamãe nem pro papai, foi só uma noite de filmes com os amigos...- diz Sakura se jogando nos pés dele e implorando - eu faço o que você quiser -ela finge um choro escandaloso.

- hum...- ele põe o dedo no queixo como se estivesse pensando em algo - bom...já que seus amigos estao aqui, eu tenho uma amiga que tem uma creche... E ela precisa de ajuda hoje já que tem um compromisso...

- o que?! Cuidar de pirralhos?! Claro que não né...-diz Sasuke.

-Nós vamos...não se preocupe, cuidaremos dos demon...quer dizer ... Dessas lindas criancinhas -diz Sakura depois de dar um olhar mortal para Sasuke.

- okay...aqui esta o endereço - entregou um papel - é para estar lá em 30m - falou Satori, logo após se retirou pegando a chave do carro.

Todos ficaram em silencio até escutarmos passos vindos do andar de cima...era a Ino, o Sai, o Dei e o Saso...

-O que ta acontecendo?! - pergunta Sai com sua cara de mongol.

-Graças a Sakura, agora vamos ter que cuidar de pirralhos com a bunda suja!- Sasuke fala com uma cara de orificio anal ainda maior que a de costume.

-Minha culpa?! Você bebeu? A culpa é sua!- Sakura se levantou do sofá e apontou o dedo na cara do Sasuke.

-Minha?- olha só, o inocente!

-Sim, foi você que quis dormir comigo!- após Saky terminar a frase, ela recebe um tapa na mão que apontava para a cara do mesmo que bateu, o que fez ela bufar e bater a perna em um tipo de tique nervoso!

-E você aceitou!- Sasuke se levantou e colocou as mãos na cintura enquanto encara Sakura com furia. Já ela parecia uma formiga perto dele, aquele menino deve ter uns 3Km de altura. Eitaa como sou exagerada, é a Sakura que tem 10Cm de altura.

-Mas foi você me pediu em namoro novemente!- ela estreitou os olhos enquanto o encarava.

-Eu estou sentindo uma treta...- Ino falou com uma voz estranha, mas logo em seguida recebeu um beliscão do Dei, que resmungou algo como "cala a boca e traz pipoca". Deidara recebeu um olhar de raiva do Sai, que recebeu um olhar de ódio do Sasori, ah, o amor é... estranho!

-Verdade! Mas quem foi que pediu pra ficar comigo mesmo??- Sasuke falou, e colocou a mão na orelha com a intenção de ouvir perfeitamente a resposta da Sakura, e com a outra mão, instigando a mesma falar.

-É verdade, fui eu! Sou mesmo uma babaca, sabe, acreditei no que você disse, eu deveria é ter cortado o seu pinto enquanto você dormia, e depois ter enfiado ele no seu...- Sasuke interrompeu-a.

-Olha só, é por isso que eu não consigo conviver com você! Eu te amo, mas você me irrita, irrita pra caralho! E é maluca, agora está falando em me estuprar com o meu próprio pênis.- mas que conversa... horrível, estou mais vermelha que um tomate.

-Foda-se o que você pensa de mim, foda-se a sua opinião, foda-se o seu cabelo sedoso da porra, foda-se seus musculos, que apesar de lindos, são puro anabolisante, foda-se sua sedução pura e foda-se você! Se não queria namorar comigo, não precisava ter me dado a porra do anel que deve ter custado o seu olho, olho do seu pai, mãe, irmão e do seu cu juntos!- Sakura falou enquanto batia o pé no chão loucamente.

-Essa é a caralha da questão que até agora eu não consegui responder. Porque unicórnios eu sinto tanta falta e nescessidade de ter você, se quando a gente está junto você só me irrita!??- Sasuke falou em um tom mais alto.

-Não sei, não sei, não sei e não sei! Talvez seja porque eu sou a unica que te ama pelo que você é, e não só pela porra da sua aparencia. Sabe Sasuke, eu te amo desde quando entrei na escola, e você foi meu colega pela primeira vez, porque naquela época não existiam mais 700 piranhas com fogo atrás de você! E eu fico imensamente feliz em saber que você me ama, e não, não é por que eu fiz você "finalmente me amar"- ela falou com uma voz fina- mas é porque você á partir de agora não vai mais conseguir comer nenhuma vaca em paz, porque quem vai estar nos seus pensamentos, será eu, e só eu! E você vai morrer bem velhinho pensando em mim, e no final da sua vida, suas ultimas palavras serão "eu ainda te amo sakura". Eu tenho frequentado um centro de macumba! Se prepara para voltar a ser virgem, Sasuke Uchiha!- Sakura cruzou os braços.

-Gosta de mim á tanto tempo assim?- Sasuke falou mais calmo.

-Sim.- Sakura falou também mais calma- seu puto- ou quase.

-Eu... me desculpa?

-Que? Você sabe o que essas palavras significam? Você sabe pronuncia-las?- Sasori disse surpreso.

-Cala a boca!- Sasuke respondeu.

-CHEGA! CANSEI DE ASSISTIR ESSA PALHAÇADA QUIETA! SASUKE!- Karin puxou Sakura e tomou o lugar dela, encarando Sasuke.- VOCÊ É UM BABACA! A SAKURA CORREU ATRÁS DE VOCÊ A VIDA TODA DELA, E VOCÊ APENAS A USOU, E QUANDO RESOLVEU DAR VALOR Á ELA, VOCÊ AINDA CONSEGUE SER UM BABACA E DIZER QUE ELA TE IRRITA!- Karin deu as costas e se dirigiu até o Sasori- E VOCÊ? SABE... VOCÊ PEGOU VINTE MIL MENINAS E DEPOIS CORREU ATRÁS DA INO, SÓ PRA NO FINAL VOCÊ DESCOBRIR QUE É GAY, E MESMO ASSIM, AINDA NÃO TINHA SACADO QUE O DEIDARA ERA GAY TAMBÉM, E FICAVA ZANZANDO PELA CIDADE DURANTE O DIA, SUPER DEPRESSIVO, AO INVÉS DE CORRER ATRÁS DA CARALHA DAQUELA BICHA LOIRA LOUCA- ela suspirou e se dirigiu até o Naruto-kun- SINTO VERGONHA EM TE CHAMAR DE PRIMO! PRA COMEÇAR, VOCÊ CORREU A SUA VIDINHA MISERÁVEL INTEIRA ATRÁS DA SAKURA, POR QUE VOCÊ QUERIA APENAS GANHAR DO SASUKE! E NÃO SACOU, QUE DE TODAS AS MENINAS DO COLÉGIO, A UNICA QUE NÃO QUERIA DAR PRO SASUKE ERA A HINATA- ai, acho que vou desmaiar- E AINDA CONSEGUIU MACHUCAR O BRAÇO DELA ENQUANTO TENTAVA TIRAR ELA DE PERTO DO MENMA, SABE NARUTO... OS PRINCIPES ENCANTADOS QUE DEFENDEM A PRINCESA, SÃO DELICADOS! ELES NÃO MACHUCAM A DONZELA, SACOU?!- ela andou até o Sai- MAL TE CONHEÇO, NÃO SEI QUAL SÃO OS SEUS PODRES, ENTÃO TOMA ISSO AQUI!- ela deu um tapão na cara do Sai, e por fim andou até o Suigetsu, onde suspirou, ageitou os óculos e...- COMO CARALHOS VOCÊ NÃO SE LIGOU ATÉ AGORA QUE EU GOSTO DE VOCÊ? EIM??? PORRA MENINO, EU FIQUEI COM O JUUGO, SEU MELHOR AMIGO, COM O SASUKE, E COM A CARALHADA TODA, SÓ PRA CHAMAR A SUA ATENÇÃO, E TE CAUSAR CIUME. EU TE ODEIO, MUITO! MAS TE AMO, TAMBÉM MUITO, ENTÃO FAÇA O FAVOR DE TOMAR NO CU.- Karin deu um tapa muito mais forte nele, e logo depois deu um beijão.- eu cansei de vocês todos, to indo cuidar da porra das crianças, venham MENINAS!- ela se retirou, o Deidara saiu arrastado pela Ino, e a Sakura me arrastou até lá fora.

-Vamos com quem para a maldita creche? Isso é longe.- Sakura falou olhando no papel que seu irmão havia lhe dado.

-Que tal com ele?- Ino falou apontando para um carro preto que parou em frente á nós, segundos após a Sakura terminar de falar.

O vidro foi abaixado e revelou que o motorista do carro era Itachi.

-Querem carona madames e... Deidara?- Itachi perguntou com um sorriso de canto.

Entramos no carro e Sakura foi falando o endereço á ele.

-Então, como sabia que precisávamos de carona?- Karin perguntou meio desconfiada.

-É que eu estava indo até a casa da Sakura, fui convidado para a festa do pijama, mas fiquei muito ocupado ontem, então vim fazer uma visita á ela hoje, e foi quando vi vocês lá na frente, achei que estavam indo á algum lugar.- Itachi falou sem tirar os olhos do transito.

-Acertou, vamos em uma creche cuidar de uns pirralhos, nem me pergunte o porque, é uma história muito grande.-Sakura falou.

-Hum, vão precisar de ajuda? Tenho a tarde livre!- ele sorriu mostrando os dentes.

-Claro... Como você consegue?- Sakura encarou Itachi.

-Como consigo o que?- ele perguntou enquanto dobrava em uma esquina.

-Você é tão fofo, e seu irmão é um babaca.

-Bom, Sasuke é... dificil de entender.- ele falou.

-hm, ele disse que sou irritante.

-Você não é não, é fofa, e bonita, não liga para o que ele disse.- Itachi falou com um sorriso terno.

-Gente, só uma coisinha, acho que tem um carro com o motorista bebado nos seguindo.- Ino falou enquanto olhava para trás, olhei na mesma direção que ela e... não pode ser.

-É o carro do Naruto-kun!- exclamei batendo as mãos igual um pinguin.

-Merda! Itachi vai mais rápido.- Sakura pediu e ele obedeceu, acho que a Sakura deveria namorar com ele.

Mais uns minutos de perseguição e chegamos na creche, uma tal de Sunnyseid, passamos pelo portão o mais rápido possivel, e quando entramos lá a Sakura falou pra moça sobre o favor que o irmão dela pediu, e a moça entendeu perfeitamente.

-Ótimo, vocês vão cuidar da sala Lagarta, boa sorte!- a gente correu até onde ela disse que era a sala lagarta, entramos lá e.

-Meu Deus...- foi só o que o Deidara falou, enquanto a gente fitava aquele monte de crianças correndo de um lado para o outro, jogando brinquedo umas nas outras, ranhentas, comendo giz de cera, e gritando igual doentes mentais.

-INO!- ouvimos um grito e olhamos no fim do corredor, vinham Sai e Gaara gritando pela Ino, Sasuke com cara de rabo, Sasori com os braços cruzados encarando Obito, Naruto-kun pulando igual um Sasci, o Menma com a sua cara de malicioso, e o Suigetsu.

Deidara POV's

-Como é que o Tobi, o Gaara e o Menma estão aqui?- falei, mas ninguém respondeu, pois a Ino me puxou e nos jogou dentro da sala dos anarquistas mirins, e depois trancou a porta.

Todos os meninos grudaram a cara na porta, e a gente viu tudo pelo vidro, a cara deles prensada contra o vidro foi hilária.

-Ino abre essa porta!- Gaara ordenou.

-Não! Eu estou cansada de vocês dois!- ela respondeu.

-Sakuraaaa- Sasuke gritou enquanto fitava o Itachi ao lado dela.

-Hinata minha flor peitudinha, precisamos conversar!- Menma falou, Hinata corou, e Naruto deu um tapa na cabeça dele.

- Karin, eu quero te dizer uma coisa, abre logo essa joça!- Suigetsu falou.

-Dei, não abre a porta, o Obito está na minha frente, ele vai entrar primeiro!- Sasori gritou, então eu abri a porta e eles entraram logo em seguida.

-Porque você fez isso?- Sakura me perguntou.

-Achei que era pra fazer o contrário do que eles dizem, desculpa.- Ino deu um tapa na minha cabeça, e a Hinata abraçou o meu braço, com medo dos meninos.

Menma puxou a Hinata e arrancou ela do meu braço e pegou ela no colo e saiu correndo, Naruto xingou  até os futuros filhos dele e depois saiu correndo like a sasci atrás deles.

-Seu desgraçado!- Sasuke segurou da gola da blusa de Itachi.

Sakura puxou o Sasuke e derrubou ele no chão, oh menina forte da porra.

-Chega, seu imbecil! Seu irmão não tem nada a ver com isso, ele me deu apenas uma carona, mais nada, eu não quero ser a porra do motivo de ter separado dois irmãos! Toma, pega seu anel de volta...- Sakura tirou-o do dedo e estendeu o anel para Sasuke.

-Não! Fique com ele, se eu te dei ele foi porque eu te amo, não quero ele de volta, o que eu quero é que o Itachi pare de gostar de você.- Sasuke falou com uma cara de cachorro que caiu da mudança.

-Não gosto dela cara.- Itachi riu.

-Que?- todos nós perguntamos juntos.

-Ela é bonita, mas eu gosto de outra pessoa. Você ainda não sacou que quem está te prejudicando, é você mesmo?- Itachi olhou pra ele com a sobrancelha arqueada.

-Sakura... Me desculpa! Quer voltar a ser minha namorada, nem que pra isso a gente precise de terapia?- ele se levantou e abraçou a Sakura.

-Ta...- ela falou baixinho, retribuindo o abraço.

-Tchau pra vocês!- Itachi sorriu e foi sair da sala, mas uma criança grudou na perna dele igual um carrapato, ele tentou tirar ela, mas ela mordeu a perna dele, então ele chacoalhou a perna até ela cair, e depois foi embora.

-Ino! Eu...- Sai foi falar algo, mas o Gaara puxou Ino e deu um beijão nela, mas não durou muito, eles se separaram logo.

-Porque me mordeu sua louca?- Gaara perguntou limpando o sangue da boca.

-Porque você é um grosso, e um babaca também! Eu não gosto de você, mas mesmo se gostasse, eu iria preferir o Sai, porque ele me trata com a delicadeza que eu mereço!- Ino falou.

-Já vi que perdi meu tempo com você!- Gaara falou.

-É perdeu! Tchau!- Ino abanou pra ele, Gaara bufou e saiu.

-Ino, a gente pode conversar lá fora?- Sai perguntou fitando seus pés (KAWAII)

-Claro.- Ino sorriu meiga, logo após deu um olhar mortal para uma criança que rabiscava no sapato dela, e depois eles sairam dali.

-Deidara!- Obito apontou o dedo pra mim e se aproximou, jesus, me helpa.

-O que?- perguntei.

-Ainda não desisti de você, eu achei que seria fácil te esquecer, mas não é!- Obito me olhou com uma carinha triste.

-Sai de perto dele!- Sasori empurrou Obito e ficou do meu lado- ta vendo isso?- Saso quase esfregou meu pescoço na cara do Obito- fui eu que fiz! Eu, porque o Dei está comigo! Então vai embora! Xo!

-Deidara, você prefere ele?- Obito me olhou com uma carinha tão... fofa!

-Obito... você é muito legal, exceto pela parte de forçar a pessoa a gostar de você, mas eu amo o Sasori.- falei com a maior calma do mundo.

-Então vão tomar no cu, eu vou é arrumar uma mulher pra mim, essa coisa de ser gay não é pra mim...- Obito saiu resmungando.

Sasori sorriu tão kawaii e depois me beijou, quando nos separamos, uma menininha ranhenta estava me fitando de nariz empinado.

-Porque você quer ela? Ela é... sem peitos.- a garotinha falou para o Sasori.

-Eu sou menino- respondi.

-Eca! Minha mãe disse que gays vão pro inferno!- a menina falou.

-Criancinhas ranhentas também!- mostrei a lingua pra ela e ela me mostrou o dedo do meio.

-Karin.- Suigetsu chamou por ela.

-Que foi?- ela falou com cara de cu.

-Porque você não me disse antes que gostava de mim?

-Não sei... eu sou louca.- ela disse como se fosse a coisa mais normal do mundo.

-Eu gosto de você- ele falou.

-E porque nunca me contou?- ela parecia estressada.

-Não sei... talvez eu também seja maluco!- ele falou coçando a nuca.

Ela caminhou até ele e os dois se beijaram, ownt.

Hinata POV's

-Me larga no chão!- gritei pro Menma, aquele... merdinha.

-Pra que? Você vai correr e voltar pro Naruto.- ele respondeu.

Foda-se se ele é irmão do Naruto-kun, ele já me irritou. Mordi o braço dele com toda a força que tenho nos meus dentes, ele gritou alto, tropeçou no próprio pé e a gente caiu no chão. Ele caiu por cima de mim, e enterrou a cara nos meus seios.

-Sai!- gritei irritada e empurrei ele, que caiu do meu lado no chão.

-Não precisa me agredir, minha intensão não foi essa, se bem que eu gostei.- ele riu malicioso.

-Seu idiota!- dei uma cotovelada na costela dele.

-Calma, já entedi que você prefere os loiros, e que está namorando com o retardado do Naruto.

-Como sabe disso?- perguntei.

-O Naruto postou no facebook, no twiter, no instagram, no snapchat que está namorando contigo, e depois ainda trocou a foto do whatsapp dele para uma foto sua dormindo. Então, eu já saquei que você prefere ele. Tudo bem, afinal eu só queria comer você.- fiquei mais vermelha que sangue, depois dei outra cotovelada nele.- Aiii. Então... eu te trouxe até aqui porque to precisando de ajuda.

-O-o que você quer?- perguntei fitando o céu.

-To afim de uma garota aí, quero que você me ajude com ela.- Menma falou.

-Hum, se for pra você me deixar em paz, okay! Mas- olhei pra ele- quem é essa menina?

-A tal Shion, que sua amiga espancou.- Menma me fitou também, de repente, não senti mais o sol, olhei pra cima novamente e vi Naruto-kun.

-O que vocês dois fazem aí?- ele me fitou sério.

-A gente tava transando, você atrapalhou, agora vai embora!- Menma falou encarando Naruto-kun.

-É mentira!- falei de imediato- foi ele que me arrastou até aqui e depois nos derrubou no chão, achei que ele queria me pegar, mas na verdade ele quer ajuda com uma menina!- falei rápido, o Naruto-kun olhou desconfiado pro irmão dele.

-É verdade.- Menma deu de ombros.

Estendi minhas mãos e o Naru me ajudou a levantar, depois o Menma levantou sózinho.

-Se quiser ajuda com mulher, vá pedir ao nosso padrinho.- ele me abraçou muito forte.

-Preciso de uma ajuda diferente, não é pra fazer sexo, até porque sou melhor nisso do que você, mas é pra conquistar a garota de uma forma delicada, diferente do jeito como você conquistou a Hinata.- Menma falou.

-Vou te ajudar!- falei.

-Valeu, agora eu to indo embora, preciso de um banho- ele acenou e foi embora.

-Sou tão idiota e bruto assim? Todo mundo falou que eu preciso ser delicado.

-Não liga pra eles, gosto de você assim!- falei baixinho e ele me deu um selinho.

-Precisamos cuidar das crianças!

-É. Não acha melhor ir tomar sorvete?- perguntei enquanto caminhávamos abraçados em direção ao carro.

-Acho!- ele riu.


Notas Finais


Não esqueçam de comentar o que acharam ;)

Beijocas ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...