História Amanhã você ainda estará aqui? - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ib, Kuroshitsuji
Personagens Ciel Phantomhive, Garry, Ib, Mary
Exibições 50
Palavras 840
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii
Já tinha gente me matando nos comentários , meudeoz calma
u-u
Postarei pouco sim por alguns motivos mas , depois eu volto e posto normal.
Leiam com amor <3

Capítulo 27 - Dia de chuva


Fanfic / Fanfiction Amanhã você ainda estará aqui? - Capítulo 27 - Dia de chuva

A coragem vem no coração de todos.
Basta quem sabe usar.
Quem não sabe usar ,
Se perde em si mesmo.
Aqueles que usam a coragem , independência e justiça de um modo correto sempre serão recompensados pelos seus próprios atos.
Aqueles que não sabem usar ,
Se perdem na estrada da vida e de sua própria mente.
O corpo humano é compreensivo .
Já a mente humana , é uma total desorganização .
Coragem só serve para aqueles que a querem usar , aqueles que sentem necessidade em usar.
E é isso que , faz do ser humano uma espécie especial.
Ele faz , ele sente e compartilha emoções sem ao menos saber.
Ele promete coisas somente por atos .
O olhar já diz tudo o que você tranca por dentro.
E você?
É corajosa ou corajoso o suficiente para se declarar para quem ama?
O amanhã não se responsabiliza por desculpas de falta de tempo.
Faça hoje o que você pode fazer amanhã.
Seja corajoso ,
Use isso que você chama de coragem e lute!
Lute por quem ama.
Quem luta no final sempre é recompensado.
Era isso que se passava na mente de Ib agora , após ter invadido um casamento que ela mesma não autorizava , não sabia oque fazer.
- O que você faz aqui?
Ela se trancou em sua própria mente outra vez , enquanto as pessoas cochichavam e riam da mesma por atrapalhar um casamento tão alegre.
Nona estava confusa , o que aquela garota queria outra vez? O porque dela vir aqui? E ainda mais para negar e não aceitar o casamento... Era tudo estranho , tinha que ter algo por dentro dessa história que ela não sabia ou não recordava.
- Você outra vez ? O que houve? - Nona dizia engolindo a seco toda essa confusão , queria saber da verdade.
- Hey , conte logo ! Por que veio aqui?- Garry chamou e repetia a mesma pergunta aumentando o tom da sua voz pela sua irritação que já estava amostra.
- ME RESPONDA QUANDO EU FALAR COM VOCÊ!- Ele gritou deixando Nona surpresa e acabou percebendo que , cada vez mais que sua voz aumentava o tom , Ib se encolhia mais.
Ele desceu do altar e ficou em um metro de distância de Ib , querendo uma explicação para tudo.
- ESTOU FALANDO COM VOCÊ!- Ele disse e suspirou fundo , fechando os punhos com tamanha força de quase machucar a si mesmo.
Ele olhou Ib e a mesma estava agarrando seu vestido com força enquanto lágrimas rolavam pelas suas bochechas em uma rapidez molhando toda sua roupa.
- H-hey?- Ele disse preocupado , não soube o porquê de se importar com isso.
- Porque eu te amo...- Ib dizia com muita dificuldade , seus soluços eram ouvidos por toda a igreja e seu rosto já estava de tom vermelho ; tanto pela vergonha quanto pelo choro.
- Porque você mentiu para mim .. Porque você se importava comigo.. Porque você me amava.. PORQUE VOCÊ PROMETEU! Por que dói tanto que eu pareço estar me afogando em mim mesma..??- Ela aumentou a voz na última parte da frase e saiu da igreja , deixando todos de boca aberta.
- Amor , vamos continuar?- Nona o chamou mas , o mesmo não deu ouvidos e saiu em direção a porta em busca da pequena Ib.
- Ande aquela baka foi se meter?- Ele pensava enquanto lembrava do ocorrido.
Ao ver uma pequena garota na grama sozinha , a chuva começou a cair e a molhar todo seu terno.
Mais uma roupa para a máquina hoje.
Correu até ela e a olhou nos olhos , Ib se assustou e ficou com a cabeça cabisbaixa , dando visão do seu rosto furioso e magoado.
Ao olhar nos olhos de Ib , flashbacks começaram a surgir na sua mente ,
lembrando de tudo que eles passaram e viveram.
Ficou surpreso e arrepiado , passou a mão na nuca por vergonha e por impulso , abraçou ela depositando seu braço no pescoço da pequena e deslizando os dedos nos leves cabelos de Ib.
- Como pude esquecer de uma pessoa tão especial? Desculpe.. Desculpe.. Desculpe...
Ela deu um breve sorriso afagando seu rosto na manga do terno de Garry e repetindo baixinho :
- Tudo bem . Eu perdôo você mas , só se você prometer nunca mais fazer isso.
- Não vou prometer nada.
A pequena fez um bico muito fofo claramente tentando parecer brava e deu um soco de leve no ombro de Garry.
- Estou brincandooo- Ele riu passando a mão no ombro e voltando para abraçar Ib - Tola , baka , estúpida , minha.

Ela sorriu aproveitando o abraço naquela noite de chuva , com as pétalas da cerejeiras caindo sobre eles enquanto a brisa batia levemente no rosto dos dois provocando um breve frio. Porém , o coração quente deles aqueciam um ao outro naquele pequeno , simples e , ao mesmo tempo especial dia de chuva.


Notas Finais


Foi isso :3
Não ficou muito grande , mas espero que tenham gostado :')
Até o próximo capítulo meus caramelos pomposos *^* <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...