História Amanhã você ainda estará aqui? - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ib, Kuroshitsuji
Personagens Ciel Phantomhive, Garry, Ib, Mary
Exibições 52
Palavras 1.520
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OEEEEE
Eu aqui outra vez .
Espero que gostem *^*
Leiam com amor <3

Capítulo 28 - Nona..


Fanfic / Fanfiction Amanhã você ainda estará aqui? - Capítulo 28 - Nona..

Foi naquele dia de chuva ,
Naquele simples dia de chuva em que eu depositei todos os meus sentimentos em um simples olhar.
Todas aquelas lágrimas acabam de cair , aquele sorriso destruído voltou a se formar.
Porque Baby , eu sei que você está do meu lado.
Por você , eu mudaria meus sonhos e tornaria-os seus.
Não importa nada mais , esteja do meu lado até o fim.
Não chore , seu rosto é perfeito.
Vai ficar tudo bem.
A chuva continuava a cair .
Ib ainda estava nos braços de Garry , não se importando com nada .
Fazia tanto tempo desde que ela o viu pela última vez , era como um sonho realizado.
- Ei , não se preoucupe.. Eu sempre estarei do seu lado.- Garry sussurrou quebrando o silêncio e arrancando um sorriso formado dos lábios rosados de Ib.
- Hai!- Ela exclamou fechando os seus olhos , pensando em tudo que aconteceu até agora .
Realmente havia válido a pena.
- Olha isso sua baka , fez eu me molhar todo por ter de sair de lá para te procurar..- Garry disse olhando o desastre que seu terno havia ficado todo molhado.
- A culpa não é minha , ninguém mandou você vir ! - Ela disse se soltando do abraço e correndo por todo parque que eles estavam.
- H-hey! Me espera!- Ele correu atrás dela , Ib corria e ria com o ato do mesmo.
Fazia tempo desde que alguma coisa boa assim havia acontecido com ela . Ela queria ficar ali a noite toda .
Ele conseguiu chegar até ela e puxou a cintura da mesma , fazendo Ib se virar e olhar nos olhos do maior à sua frente.
Seus cabelos molhados ..
Sua respiração acelerada fazendo um coro com o seu coração.
Era tudo que ela precisava naquele momento.
Ela precisava dele ,
Não naquele momento ou naquele local.
Ela precisava dele para sempre , em qualquer lugar , em qualquer hora , em qualquer circunstância.
Ela queria ele e nada mais.
E ela sabia que , ele queria a mesma coisa.
- Foi fácil?- Eles ouviram uma voz atrás deles e se viraram , dando a visão de uma Nona com o vestido de noiva totalmente molhado e rasgado.
Ela também estava com a respiração descontrolada , seus olhos mostravam sua alma totalmente destruída.
Lágrimas caiam e escorriam pelas bochechas da menor mas , por causa da chuva não estava muito visível.
- Nona?- Garry arregalou os olhos e Ib se agarrou no terno de Garry , ficando atrás das costas do maior.
- Foi fácil dizer todas aquelas coisas fofas e depois me abandonar no meio do altar? Foi fácil me descartar? Foi fácil ir embora como se não fossemos nada e essa garota fosse tudo? Como se o nosso amor não fosse nada. Como se tudo que vivemos não fosse nada. Como se eu não fosse nada ..- Ela gritava com o rosto confuso , se aproximando cada vez mais .-  Você não sabe o quanto dói aqui dentro .. - Ela pôs a mão encima onde se localiza o  coração e apertou , fazendo a mesma arfar de dor.
- Nona.. Para ! - Garry dizia  contendo sua expressão confusa , enquanto Ib ainda escondida nas suas costas escutava tudo dos outros , fazendo ela se encolher.
- Parar? Pare você! Olha o que você fez.. Desistiu de nós! Eu te odeio.. Mas eu também te amo.. Eu também me odeio por te amar tanto! Por que tem que ser assim? Por que não pode ser diferente?..
Ela se sentou no chão de qualquer modo , deixando que a chuva tomasse conta de todo seu ser.
Garry se sentindo culpado , foi até ela e a abraçou sussurrando mínimas palavras ;
- Desculpe Nona . Desculpe por isso , por te fazer sofrer assim . Porém , é ela que eu amo e sempre será assim.. Não tem nada que faça mudar isso.
Nona escutou tudo com cautela , sentindo seu coração apertar.
Ela sabia que ele não era mais dela.
Ou , nunca foi.
Ela nunca quis que fosse assim.
Ela pensou que seria para sempre..
Mas o para sempre não existe.
Porém , ela não se importaria de passar com ele.
Ib agora estava deitada na grama sem ter nenhuma atenção contra si , observava o céu estrelado e pensou em fazer um desejo. Porém , antes que pudesse fechar os olhos , ela parou.
'' Fazer pedidos para uma estrela .. Mas que idiotisse! '' - Ela se julgou mentalmente , enquanto cerrava seus olhos e depositava sua mão na grama macia em que ela se encontrava.
Depois de um tempo com um  Garry e uma Nona quietos , Ela resolveu tomar atitude para falar algo.
- Você tinha dito que a tinha esquecido , eu tentei acreditar.. Por mais que eu soubesse que você ainda a amava e eu tentasse negar isso para mim  mesma , eu sabia que era mentira.
Ele suspirou lembrando de todo momento que eles tiveram juntos , juntou forças e resolveu desabafar.
- Eu também pensei que a tinha esquecido .. Mal sabia eu que ela sempre esteve no meu coração e , Nona.. Você sabe que ninguém no mundo pode tomar o lugar dela não sabe?
Nona engoliu a seco e olhou nos olhos do maior.
Ela não queria admitir que aquilo era verdade.
Mas ela tinha que admitir.
- Sim.. Eu sei. Mas , eu posso tentar ser melhor..
- Não Nona. - Ele sorriu - Você é linda , incrível , confiante e fofa . Porém , Ib é a pessoa que meu coração escolheu para cuidar , por mais que eu quisesse mudar isso , eu não conseguiria. Ela é a melhor pequena . É a minha pequena.
- Odeio admitir , mas sei que é verdade.
- Fico feliz que entenda. - Ele deu outro breve sorriso , fazendo a menor corar e se levantou.- Peço que me perdoe por isso tudo , eu amo ela e não posso negar.
Ele foi até Ib , que estava dormindo ali mesmo na chuva e a pegou no colo .
Tirou seu próprio casaco e cobriu Ib , os lábios da mesma tremiam e estavam gelados junto com a sua pele pálida.
- Agora eu preciso ir , está frio e ela pode ficar resfriada e você também. Vá para casa e se cubra ao máximo ! Até .- Ele sorriu e ia andando para fora do parque até que , Nona o chamou.
Ele se virou pensativo e ela completou :
- Obrigada por tudo , Garru-chan.
- Eu sinto muito. - Ele deu um sorriso triste e saiu do parque , deixando Nona em pé observando ele ir embora.
Mary , preocupada pela demora de Ib foi-se a procurar ela e por algum acaso , viu Nona ainda em pé observando a chuva que caia.
- Meu deus !! Nona?? O que houve??- Ela correu até Nona e a mesma sorriu lembrando que , não veria mais o rostinho preocupado de Mary na sua casa.
- Garry me rejeitou por aquela garota. Ib.. Ib se diz .
Mary arregalou os olhos e deu um sorriso contente .
- Sério? Sei que , isso pode te fazer mal mas , eles se amam. Estou feliz pelos dois.
Nona sorriu junto mesmo querendo chorar , afinal ela o amava ainda.
Mas quando alguém ama ,
Deixa a pessoa ir livre quando ela quer.
Ela , mesmo querendo estar ao lado dele , ser sua parceira , querer que aquele sorriso de quando ele viu Ib fosse para ela , se sentiu um pouco melhor.
Afinal , ela queria o bem dele.
- Estou feliz por ele .- Nona disse observando o caminho em que Garry tinha ido embora e Mary a olhou espantada.
- Sério??? Pensei que ficaria magoada.
- Eu fiquei e estou magoada - Ela sorriu levemente e continuou - Porém , sei que ele se preocupa com ela e também sei que , nada vai mudar isso.
Enquanto isso , Garry corria até me casa e quando finalmente chegou , destrancou a porta e levou Ib até seu quarto depositando o corpo frio da menor na cama .
Pegou uma toalha e secou seus cabelos e sua pele pálida , colocou um travesseiro macio atrás de sua cabeça e a cobriu com um Edredom quentinho.
Observou a pequena garota à sua frente , cada detalhe era perfeito.
A franja que tampava um pouco de seus olhos e parecia incomodar , Garry colocou a pequena mecha de cabelo atrás da orelha de Ib e acariciou sua bochecha rosada.
Tudo nela era perfeito .
Ela era perfeita para ele.
E após guardar todo o amor de Ib dentro do seu coração , depositou um selinho nos lábios gélidos da menor e deu um sorriso tímido expondo todo seu amor em uma única frase :
- Como eu te amo tanto? Sua tola. Minha tola. Minha pequena Tola.
                           ...


Notas Finais


GENTE EU ACHO QUE ESSE CAPÍTULO FICOU BEM GRANDINHO NÉ?
Gomen qualquer erro ortográfico
hn~ :'3
Eu amei esse capítulo -u-
Tenham pena da Nona que eu deixo.
Espero que tenham gostado *3*
ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO MEUS CARAMELOS POMPOSOS , KISSUS DA TIA AYA *^* <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...