História Amanhecer Sangrento - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 4 Cavaleiros, Apocalipse Zumbi, Deuses, Guerra, Habilidades, Heroi, Mitologia Grega, Mitologia Nórdica, Over Powers, Resgate, Super Power
Exibições 141
Palavras 2.839
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Está história é totalmente original, pois a maioria das cenas foram criadas em sonhos eu obtive, já o resto eu mesmo criei. Se você gostou dos capítulos e deseja mais, apenas peça na área dos comentários.
Observação: Os personagens presentes terão nomes de pessoas reais, porém, são fictícios;

Capítulo 1 - Dias De Tensão


Fanfic / Fanfiction Amanhecer Sangrento - Capítulo 1 - Dias De Tensão

 

Manaus – AM /Brasil   11 de agosto de 2019    

05:47am

 

       Era uma manhã de terça—feira, um dia tranquilo, relaxante, tempo parcialmente nublado sem chuva, Hunter tinha 19 anos e morava sozinho, sua vida era calma e sem muitas preocupações, seu trabalho era desconhecido pelos outros.

            Dias antes sua família foi passar um tempo na sua casa, foi durante essa visita teve dificuldade para dormir por conta de alguns pesadelos, depois de horas tentando dormir, mas sem sucesso. Levantou—se da cama.

— Que droga não consigo dormir! — Disse com a mão na cabeça!

       Saiu de seu quarto e foi tomar café, enquanto ia para fora encontrou seu primo Kenedy que prefere ser chamado de Kane, ele estava assistindo um filme, logo chegou a cozinha e foi fazer o café, depois de feito voltou a sala.

— Kane o que está passando?

— Guerra Mundial Z

— Legal. O que está rolando aí?

— Os zumbis pularam o muro de Jerusalém e tão infectando todo mundo!

— Que LoucuraL!

 

 

08:54 am

        Depois de algum tempo, os dois ouviram gritos desesperados, e logo foram ver o motivo ao olharem pela janela sentiram um frio subir pela espinha. Pessoas matando umas às outras, com mordidas e arranhões, os agressores tinham a pele toda pálida e cheia de feridas, os normais estavam gritando por ajuda batiam nas portas das casas por socorro, a cena foi tão chocante que eles dirigiram—se aos quartos não acreditando no que viam. Com os gritos, todos na casa foram acordados, perguntando—se o que estava acontecendo .... Entrando no quarto:

— Atenção todo mundo quieto, ninguém faz barulho!

Sua irmã mais nova Ária pergunta:

 — Hunter, o que está acontecendo?

— Zumbis!!!

— Zumbis!!! — Repetiram todos.

 

Todos começam a falar ao mesmo tempo, e seguida começam a rir da cara do moreno...

— Vocês não acreditam, então eu vou liga as câmeras !!!

              A cena deixa a todos chocados com tal visão horrenda... O silêncio dominou o ambiente. Logo Kenedy aparece desesperado dizendo:

— Hunter, eles estão tentando derrubar a porta L

           Sua família entra em completo desespero, começam a gritar de medo!!! Hunter age com uma calma pouco natural dada a situação.  

— Eu disse para ficarem em silêncio caralho!!! — Sussurra.  

— O que a gente faz? — Pergunta Kenedy — acho melhor nós ficarmos por aqui!

Todos começam a falar ao mesmo tempo! E lhe perguntam o porquê de ele querer ficar em casa!

— Vocês não percebem? É muito perigoso sair agora! Pois o ataque ainda está acontecendo, se sairmos não iremos saber direito quem está vivo ou morto!

— Então o que fazemos? — Tia Jena pergunta

— Graças a deus, eu já fiz as compras do mês, então temos comida suficiente para 4 semanas.

— Ok, mas aonde você quer chegar com isso?

— Vamos ter de nós manter isolados por um tempo, pelo menos até que o ataque acabe, e o local fique mais seguro.

Damon Arremete — MAS PRECISAMOS AJUDAR AS PESSOAS DA RUA!

— Caralho, olha bem as imagens, eles já estão mortos!

— Não estão, precisamos ajuda—los agora!

— Você quer se tornar uma daquelas coisas? Hunter ignorou Damon — Ok, então vamos começar a preparar a casa, fechem as cortinas, desliguem qualquer coisa que possa fazer barulho ou produza luz!

        Rapidamente começaram a fazer o que lhes foi pedido [...] depois de feito, todos ficam aglomerados dentro dos quartos sem nenhum barulho vindo de dentro da casa, todos são obrigados a escutar os gritos de desespero das pessoas, sem poderem fazer nada para evitar as mortes [...] Hunter diz:

— Vai ser uma longa semana, disso tenho certeza!

 

DIA I

       A situação era de calamidade total, através das câmeras podia ver pessoas sendo desmembradas e devoradas vivas, um dos sobreviventes chega até a porta da casa de Hunter para pedir ajuda, mas não obtém resposta.

— Me deixem entrar por favor, socorro, soco...!

Os mortos o pegam;

— AAAAAHHHH não, saiam! Saiam de cima de mim!

 

ALGUNS MINUTOS SE PASSAM EM COMPLETO SILÊNCIO

 

— Deveríamos ter ajudado! — Ária fala quebrando aquele silencia sepulcral

Hunter arremete —Se você tivesse ido lá, seria você que precisaria de ajuda!

 

Pouco tempo depois Hunter liga o rádio com o objetivo de adquirir alguma informação do ocorrido. Ele alterna as estações do rádio em busca de alguma coisa, logo recebe uma transmissão.

— Atenção silêncio, acho que recebi alguma coisa!

— É uma transmissão local? Pergunta alguém

— Não sei, vamos ouvir! 

— Atenção! Isto é uma transmissão de emergência, foram relatados vários casos de canibalismo por todo país, se ainda não houve atividade canibal em sua área residencial, se prepare, pois, o pior está por vim, o governo está trabalhando em uma maneira de resolver esta situação, mas até agora não houve resultados efetivos! Nós nos designamos a lhes dar algumas dicas para suportar toda esta situação, todos os telespectadores que estão ouvindo, atenção tranquem suas portas e façam o mínimo de barulho possível pois estas criaturas são atraídas pelo som, estoquem comida e água para três semanas e se por acaso obtiverem contato direto com os canibais acerte—lhe um golpe bem dado em sua cabeça, pois somente assim deixaram de lhe perseguir! Tenham boa sorte!

— Esse cara só falou coisas que a gente já sabia! — diz Kenedy irritado.

— E né, fazer o que! Melhor isso do que nada!

 

DIA II

        Hunter e sua família estavam em um impasse durante um discursão, porém, o próprio exige ordem no local, então todos mantem—se quietos!

— Lembrem todos em silêncio, quietos, vocês não entendem que ainda é perigoso sair, há muitos infectados lá fora!

 

DIA III

      Já fazia dois dias que tudo havia começado, Hunter estava procurando um modo de racionar a comida sem que alguém fique com fome!

— Venham aqui, a comida está na mesa!

Joshua pergunta:

— O que é?

— Sopa!

— Que merda, não tem nada melhor não?

— Se quiser não come!

— Nããããããão, estou morrendo de fome! – Chega rapidamente na mesa!

 

DIA IV

         Era um dia calmo, não havia, mas nenhum ser vivo na área, porém os infectados procuravam por comida a todo momento, de vez em quando um rato ou gato eram devorados vivos [...]

Damon inicia uma conversa — Olha pessoal, temos de pensar seriamente em o que vamos fazer durante os próximos dias!

Adriana pergunta:

— No que está pensando?

 — Não sei, uh Hunter? Tem algum jogo de tabuleiro?

— Acho que tem um banco imobiliário na gaveta atrás de ti!

Todos começam a jogar!

 

DIA V

     Era um dia chuvoso, os infectados estavam bastante agitados, e passaram a atacar as portas das casas, todos começam a discutir novamente com o objetivo de resolver o problema, porém antes que pudessem tomar qualquer decisão, algo inesperado acontece;

      Um carro em alta velocidade com 5 sobreviventes atinge a arvore que ficava na frente da residência de Hunter; eles saem armados do carro, e começam um conflito contra os infectados em frente à residência. Todos na casa deitam-se no chão!

— Protejam-se!

A família toda estava ao chão, enquanto que do lado de fora uma grande carnificina estava a ponto de iniciar!

 

 NA RUA

         Os sobreviventes do acidente estavam em pleno confronto com os infectados, os vivos espancavam os mortos, a cada segundo surgiam mais e mais mortos;

— A gente precisa sair daqui agora!

— Droga! Pega a Doze no banco de trás rápido!

 

       Enquanto falavam um infectado dá um salto e cai em cima de um dos integrantes do grupo, ao perceber que seu parceiro foi a atacado, uma garota que também fazia parte do grupo correu para socorre-lo.... Ao chega no local, encontrou—se com o cadáver virado ao chão, a garota desesperada começa a mexer no corpo com a esperança de ainda estar vivo, logo o cadáver desperta.

— Minha nossa, achei que tinha lhe perdido! Mas o que, não!

 

        O homem voltou dos mortos como um dos infectados e ataca a mulher, em seguida a morde no pescoço, um dos homens do grupo percebe tal situação e tenta lhe ajudar, mas é atacado em conjunto pelos infectados logo as criaturas o abrem e começam a devorar seu corpo;

        O último sobrevivente do grupo tenta escapar do local, enquanto corria pela Rua Silva Ramos, encontrou um beco a sua esquerda e seguiu por ele, enquanto corria sem rumo, deparou-se no final do beco com uma pequena garotinha, logo foi ao seu encontro, ao se aproximar a menina o percebe e corre chorando ao seu encontro, depois de um tempo dialogando, ambos decidem ficar juntos [...] Após saírem do beco, os dois correram bastante para escapar dos infectados, ao chegarem em um local fechado, decidem descansar um pouco, mas em seguida um infectado pula do telhado de uma casa e ataca a garota! O homem vai socorre-la, o infectado é morto pelo homem, rapidamente o próprio socorre a garota e a leva nos braços, depois de um tempo a menina o morde no pescoço, ambos caem no chão, e em seguida a garota abre sua barriga e lhe arranca as tripas;

— AAAAAHHHH, Não! – A soca no rosto enlouquecidamente!  

O homem tenta escapar, porém, a menina continuava devorando suas tripas e isto fez com que o próprio caísse no chão novamente, logo a pequena criatura do inferno lhe morde a cabeça, através dos gritos novos infectados surgiram e iniciaram um ataque em conjunto;

 

DE VOLTA A FAMÍLIA  

        Todos ficaram como telespectadores da chacina ocorrida a alguns minutos, Damon questiona a segurança do local, porém, Hunter reitera dizendo:

— Enquanto não descobrirem que estamos aqui, ficaremos seguros!

          Ária fica horrorizada ao presenciar tamanho caos, mas logo se recupera, pois sabia que aquelas mortes eram apenas o começo dos milhares que estavam por vir;

O Rádio transmite outro alerta:

— Atenção! Foi declarado estado de calamidade total para o país, os governos não podem conter o caos que agora toma conta da nação, foi ordenado a dizer para que todos aqueles que estejam vivos em qualquer município do país, que se dirijam aos portos de seus municípios, foram implantados pequenas forças táticas em cada município para resgatarem todos os sobreviventes presentes, então sigam aos portos e vivam, Boa Sorte!

 

SEMANA II – DIA I

14:23 pm

       Já havia se passado uma semana desde que tudo começou, depois de um tempo tantos sobreviventes amontoados em uma só casa, cometeram o erro de chamar a atenção dos infectados, uma vez alertados da presença dos vivos na região, as criaturas rodearam a casa e a todo momento tentavam derrubar a porta da frente;

       O grupo mantinha-se completamente silencioso, Hunter estava decidido a ir embora do local por vários motivos;

— Kane, relatório? Como estamos de comida?

— Bom, ainda temos o suficiente para mais duas semanas, acho que só na semana passada consumimos mais do que deveríamos!

Ao receber esta notícia, Hunter resolve revelar ao grupo seu pensamento.

— Atenção pessoal, já faz alguns dias que tenho pensado nisso, eu decidi que não quero mais ficar aqui!

Adriana o contradiz — Mas o que, está louco? Você não pode estar falando sério! Não é?

— Sim, eu estou, e sei que o resto de vocês também concordam comigo! Isso está começando a ficar insustentável.

— Sim!

Joshua concorda — Eu prefiro morrer lutando lá fora, do que morrer aqui sem ao menos lutar!

— Então é isso, pela manhã partiremos!

Adriana tenta o fazer mudar de ideia — Mas meu filho você não pode realmente estar falando sério? Como vamos sair sem sermos pegos?

— Sim, estou!

— Você já viu como está lá fora?

— E é por este motivo que decidi partir!

 

2:34 am  

       Hunter estava adormecido, Kane havia ficado de guarda desta vez, depois de algum tempo Kane começou a ficar sonolento e logo Joshua apareceu e se ofereceu para continuar com a guarda;

— Kenedy deixa que eu fico de guarda, vai dormir, se esses malditos parassem de fazer tanto barulho!

 

3:12 am

Há minutos Kane havia adormecido no quarto, Joshua manteve-se de guarda durante aquela noite;

Um ruído vindo da área de serviço, chama a atenção do Joshua, mas este não lhe dá muita importância, logo o som se repete novamente, Joshua vai averiguar, abre a porta, porém nada estava ocorrendo, Joshua deduziu que talvez fosse um gato andando pelo telhado;

        Enquanto voltava para a sala, foi atacado pelas costas por um dos infectados, Joshua pede por ajuda!

— Socorro! Socorro! – Segurando o infectado pelo pescoço!

 

        Kenedy, Damon e Hunter surgiram para socorre-lo, Hunter joga o infectado no chão e em seguida Kenedy perfura sua cabeça com uma faca (...) achando que o pior já havia passado, Joshua suspirava de alivio, mas logo mais quatro dos infectados surgiram e os atacaram!

          Ambos vivos lutaram de igual para igual com os infectados, Hunter e companhia já tinham bastante experiência em combate corpo a corpo, Hunter havia aprendido Karatê e Tae-kwon-do em sua adolescência e havia ensinado aos seus familiares com o objetivo de que aprendessem a se proteger, o infectado ataca a Hunter com movimentos lentos, rapidamente o próprio quebra seu pescoço com ambas as mãos; Kane mantinha sua vítima controlada através de constantes ataques em seu corpo mas logo o pega pela cabeça e a esmaga na coluna que separava a sala do corredor; Damon não perdeu tempo, logo no começo corta o pescoço e em seguida enfia a faca na cabeça da criatura; Joshua aplica uma rasteira no inimigo e ao cair no chão, Joshua esmaga sua cabeça com um tremendo chute;

           Ao notar que agora realmente a luta havia acabado, Hunter pega seu relógio e vê as horas, Kane pergunta — Que horas são?

— Três e meia da manhã!

Damon arremete — Agora entendo o porquê de dizerem que essa é a hora do Diabo!

— É Né!

Após este confronto inesperado, Hunter percebe que há uma entrada e que estão muito expostos, logo o grupo reforça as entradas, depois do que ocorreu nesta noite ninguém na casa dormiu mais;

5:21 am

       Já estava amanhecendo, Hunter e os outros mantiveram-se alertas a todo instante, Kane foi o único que conseguiu pegar no sono depois de tudo;

6:32 am

Hunter resolve iniciar o armazenamento de recursos para a partida, não houve mais ataques depois do último incidente, logo o grupo também começou a trabalhar, Kenedy e Joshua começaram a retirar as barricadas em silêncio das portas, Ária, Adriana e Jena foram guardar as roupas limpas, Damon, Kurt e Kyle observavam o perímetro;

       Após algum tempo, todos os preparativos estavam prontos para a partida, porém, o grupo ainda não havia arquitetado um plano especifico e muito menos um plano para contingência; Kane indaga — Tudo pronto! Qual é o plano agora?

  — Tenho uma ideia! — Fala Hunter

— Qual?

— Eu vou sair da casa e tentar afasta-los daqui!

— Mas nem pensar! L — sua mãe o interrompe....

— É necessário!

— Mas você pode se machucar ou até morrer!

— Alguém tem uma ideia melhor?

— Nós ficamos e esperamos!

— Não podemos!!!

— Hunter faz o que estou mandando, eu sei o que é melhor para todos nós !!!

— Não, a senhora não sabe, posso ver no seu olhar que você não sabe o que fazer. Eu vou tirar a gente daqui !!! J

— Então como você vai fazer isso?

— Fica olhando. Kane e Joshua vão peguem todo tipo de bebida alcoólica que vocês encontrarem, tia Jena e a Ária vão pegar panos secos e isqueiros...

— Mas o que a gente vai fazer Hunter?

— Joshua... Molotov !!! J

Depois de algum tempo!!!

— Pronto, temos seis garrafas incendiarias!

— Beleza então. Vou me preparar para sair...

 

             Hunter seguiu até a mala e retirou algumas roupas para sair, vestiu uma calça jeans preta, tênis de corrida preto e branco, uma camisa sem manga cinza com marca de caveira e uma jaqueta de couro com luvas de couro .... Muito foda pensou com um sorriso!

— Vai Assim Desarmado? – Joshua pergunta com um tom de dúvida!

— Não.  – Responde com um sorriso malicioso!

— Onde você está indo?

Hunter vai em direção a garagem, e abre uma passagem secreta no chão!

— Entrem aqui!

 

Todos o seguem!

             Hunter surpreendeu a todos com o tamanho do seu arsenal de armas. Ia de corpo a corpo, pistolas, submetralhadoras a armas pesadas, fuzis de assalto, escopetas, granadas, e sua variedade favorita as snipers... Hunter põe um coldre e uma magnum, munição e um facão, uma sniper e uma m4 com (baioneta) presos em sua mochila, dentro da mochila havia duas uzis, granadas e molotovs...

— Quero que coloquem o resto delas, dentro das bolsas, depois vocês colocam as bolsas dentro do carro ok! – disse com um tom de voz autoritário!

— Ok! – Sem pensar duas vezes, fizeram o que mandou!

— Certo, então vamos discutir o plano. Kenedy quando eu tirar todos eles de perto tu entras no Honda Civic e espera o resto do pessoal, e vocês a mesma coisa Damon tu dirige o outro carro....

— Ok!

Joshua curioso pergunta...

— Hunter, onde você conseguiu todas essas armas? – Fala com uma cara de surpresa!

— Sabe, esse é o por que eu nunca falei sobre o meu trabalho. Pois é!

Adriana diz:

— Por que você nunca me contou que mantinha essas coisas na tua casa?

— Pelo mesmo motivo de eu nunca contar nada sobre meu trabalho! Responde.

— Mas com o que você trabalhava? Ária quer saber intrigada

— É confidencial. Fala num tom enigmático.

Kenedy grita — Temos de ir agora!!!...

— Beleza, todos Prontos? Então vamos!

  

 


Notas Finais


A parte dois será lançada se este capitulo obtiver uma boa repercussão, e se houverem muitos pedidos; Ok!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...