História Amar? - Jimin - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Drama, Jimin, Romance
Exibições 607
Palavras 620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


😍

Capítulo 15 - Desculpa!


     (s/n) On 

   Bom, primeiramente, paciência.

   Mark - o que faz aqui? - fala abrindo a porta.

   - senti saudades! - tento parecer convincente.

   Mark - e precisava invadir a minha casa!? - fecha a porta.

   - achei que gostasse de surpresas! - me levanto.

   Mark - eu gosto, mais...

   - está com outra, eu sei...

   Mark - não! Eu também sinto a sua falta. - vem até a mim - sinto a falta de sentir seus lábios, a falta de ter você deitada do meu lado da cama todas as manhãs... - coloca meu cabelo atrás da orelha e faz carinho em minha bochecha - seus abraços, seu cheiro, seu jeito de sorrir me cativa, eu quero muito você, só que...

   - só que o que? - ele olha nos meus olhos.

   Mark -  você me traiu, não quero isso de novo! - se afasta.

   - eu não traí, nós nem namorava...

   Mark - mais eu tinha você e  você tinha a mim, éramos um do outro, pelo menos era assim que eu pensava! 

   - mesmo sendo assim, aquilo não foi traição! 

   Mark - mas magoou, muito! 

   - hey... - pego o rosto dele com as duas mãos - desculpa... - aproximo meus lábios dos dele - desculpa! - falo e atacou sua boca.

   Sabe aquela vontade de beijar uma pessoa que você já beijou  e depois a dispensou? Então, ele era meu ficante, ele sempre foi muito sentimental comigo, dizia que me amava todos os dias, mesmo eu nunca retribuindo, já gostei dele, mais nunca cheguei a ama-lo, agora que estou novamente sentindo os seus doces lábios nos meus me lembro que já fui muito viciada neles.

   Mark - para, vai me iludir de novo! - me afastar. 

   - Mark eu... - me interrompeu.

   Mark - eu não posso, eu não quero chorar de novo pelo mesmo motivo, eu cansei de ser seu cachorrinho, cansei! 

   - Mark me desculpa! - seguro o braço dele.

   Mark - você acha isso tão fácil,  foi um sentimento jogado fora, um sentimento,  não uma coisa qualquer, ou pra você o meu sentimento não valia nada?! 

   - eu nunca soube o que é amar... - saem lágrimas dos meus olhos - me desculpa se eu te fiz sofrer Mark, desculpa! 

   Mark - eu não consigo esquecer aquela noite, não consigo esquecer você, eu arrumei alguém pra namorar,  mais nem mesmo essa pessoa me fez esquecer de você, você é uma droga! - saem lágrimas de seus olhos.

   - Mark...tá bom, eu vou embora! - vou em direção da porta.

   Mark - espera! Me promete que só vai aparecer de novo quando realmente se sentir arrependida? Me promete?

   - sim Mark, eu prometo! - saio chorando.

   As vezes as coisas poucas que fazemos são o suficiente para afastarmos as pessoas que gostamos, o Mark sempre foi um amigo bastante próximo de mim, e agora estou eu aqui, pretendendo atirar nele, tá certo que ele errou muito, mais isso não se faz, eu não posso decepcionar o Jin, então...

   Foi só barulho de ambulância pra cá e pra lá,  e meu coração chorando mais que meus próprios olhos, Mark me desculpa. O que ele falou, ainda está me assombrando, se eu gosto de alguém, eu nunca vou deixar esse alguém partir.

   O céu estava lindo, mais do nada nuvens apareceram e começou a chover - eu não presto - parecia que o céu chorava junto comigo, em meio essas palavras só me vem um nome, uma pessoa - Jimin - a Deus, isso é amar?

   Estou em frente a casa do Jimin e estou toda molhada, aperto a campainha.

   Jimin - (s/n)? O que aconteceu?

   - Jimin, e-eu te a-amo! - ele me olha surpreso.

      Continua...


Notas Finais


😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...