História Amar? - Jimin - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Drama, Jimin, Romance
Exibições 599
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa não ter postado ontem, mais é que eu fiquei o dia inteiro sem net 😣❤

Capítulo 18 - Sentiu Saudades?


     (s/n) On 

   ficamos nos amando por um bom tempo,mais infelizmente ou felizmente estamos voltando para a casa.

   - Eu não vi seus pais ontem! - comento.

   Jimin - eles foram ao cinema e depois foram visitar uns amigos da família! - segura minha mão e sorri.

   - ah bom, e o Kookie? - pergunto.

   Jimin - ele está resolvendo uns assuntos da gangue por mim... - beija minha mão - o que vai fazer hoje? 

   - tenho que ir falar com o Jin, acho que só isso, por que?  - ele sorri.

   Jimin - quero passar o dia com você,  com minha namorada de verdade! - novamente beija minha mão.

   - e vamos passar, só que antes eu preciso ir lá, coisa rápida de cinco minutos ou menos! - beijo a bochecha dele.

   Jimin - eu te levo! - assenti.

   Por mais que ele saiba que eu não me envolvo emocionalmente com o Jin ele continua com ciúmes, não vejo motivo, o Jin é casado, ele deveria ter ciúmes do Yoongi comigo, mais eu não me envolver com ele é claro! 

   - cinco minutos! - dou um selinho nele e saio do carro.

   Vou subindo as escadas, por que eu não gosto do elevador daqui...

   Jin - da pra ver esse sorriso de longe! - me abraça.

   - só estou feliz, então? - nos soltamos.

   Jin - aqui está! - me entrega o cheque.

   - foi ver ele? - guardo o cheque no bolso.

   Jin - fui, ele está muito decepcionado, acha que foi você... - senta.

   Desculpa Mark! 

   - e foi, bom , eu tenho que ir, até mais Jin! - saio da sala dele.

   Desço as escadas correndo, porque sim, já estou com saudades do meu Jimin...

   Jimin - como foi? - pergunta após eu entrar no carro.

   - normal, não quero ir pra casa! - reclamo.

   Jimin - nem eu, algum lugar? 

   - parque! - sorrimos.

   Jimin - onde se conhecemos? -liga o carro. 

   - aham! - seguro a mão dele.

   Jimin - você que manda! - rimos.

   Por Algum motivo eu escolhi esse parque, talvez por que ele me faça bem e eu vou estar com a pessoa que também me faz bem, o amor é bom...

   Jimin - você vinha muito aqui? - me abraça.

   - vinha, eu gosto daqui! - sorrio pra ele.

   Jimin - eu passava por aqui uma vez na semana, mais nunca te vi aqui! - comenta.

   - é porque eu sempre ficava ali! - aponto para o lugar - esse lugar é difícil ver da rua!

   Jimin - ah bom, realmente, o parque aqui é bom... - olha ao redor.

   - fica mais legal com as crianças! 

   Jimin - ainda vem crianças aqui? - beija minha bochecha.

   - as vezes, elas vêm acompanhadas dos pais... - abaixo o olhar. 

   Jimin - isso é normal, não é?

   - normal pra quem tem pais!

   Jimin - você não tem pais?

   - todo mundo tem pais, só que os meus não são presentes! - me sento. 

   Jimin - eles morreram? - senta ao meu lado.

   - me abandonaram! - ele fica sem reação - tá tudo bem, já faz tempo... - olho uma pessoa passar na rua.

   Jimin - e-eu não sei o que dizer... - me abraça de lado.

   - não precisa dizer nada! - beijo sua bochecha.

   Jimin - está com fome? 

   - estou! 

   Jimin - vamos para casa! - pega a minha mão. 

   - tá bom! - levanto.

   Chegamos em casa e para a nossa surpresa Kookie estava lá.

   Kookie - quanto tempo! - fala quando vê eu abrir a porta.

   - nem foi muito... - Jimin me abraça.

   Jimin - tem comida? 

   Kookie - tenho a cara do Jin por acaso? - rimos.

   - conhece o Jin? - chego mais perto.

   Kookie - uhum - abre a geladeira.

   Jimin - todo mundo tem simpatia com ele e eu não! - bufa.

   - você aprende! - beijo ele.

   Kookie - hey! Eu estou aqui! - separa a gente.

   Jimin - eu te mato! - jogou um copo mais Kookie desviou. 

   Kookie - calma ae cara... - ri.

   - era pra eu fazer isso! - finjo estar magoada.

   Jimin - na próxima você tenta matar ele! - acaricia minhas bochechas.

   - promete? - faço bico.

   Jimin - prometo! - me beija.

   Kookie - eu vou achar alguém que me mate com dignidade, licença! - rimos.

   A porta foi aberta!

   Sogro - eu não acredito!  - resmunga.

   Jimin - aconteceu alguma coisa pai?

   Sogro - Namjoon, esse cara está me dando nos nervos!

   - o que ele fez desta vez?

   Sogro - tá brincando com a polícia, ninguém consegue a localização dele...

   Kookie - e se encontrarem ele?

   Sogro - vamos prende-lo! 

   Jimin - deixa esse homem quieto, uma hora ele aparece!

   Sogro - assim espero!

   Se tocarem no meu Namjoon de novo eu mato!

   - descanse um pouco, o almoço já vai ser servido!

   Sogro - obrigado! 

   Jimin - e a mãe?

   Sogro - foi no cabeleireiro.

   Jimin - mulheres...

   - hey! 

   Kookie - eu sou homem e vou no cabeleireiro!

   Jimin - e quem garante? - ri.

   Kookie - haha muito engraçado senhor Park Jimin, muito engraçado hahaha!

   - eu vou subir, já volto!

   Tomo um banho e pego meu celular!

  Ligação On 

   - alô? 

   ?? - (s/n)?

   - sou eu!

   ?? - aqui é o Tae, sentiu saudades?

      Continua...

 


Notas Finais


❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...