História Amar dói as vezes - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 9
Palavras 1.980
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Ecchi, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


N.Hak

 Me chamo Hak tenho 18 anos, sou um garoto que mede 1.84 de altura, sou filho unico, por sorte, meu pai é um homem muito irritante, já que definitivamente ele é hmm como digo, "O cara que se veste de cordeiro mas é um lobo" melhor dizendo, "Mochila de criança", A COISA RUINHA,mas eu não sou que nem ele, sou um garoto calmo e legal, bom mentira eu sou frio mas sou legal, ouço meu celular tocar e atendo ele vendo que era Yumi, uma menina da minha idade, uma humana super legal, ela é minha amiga de infância, conheço ela desde os 2 anos de idade. Yumi é uma garota legal mesmo, Yumi gosta de um garoto que também e meu amigo de infância nós praticamente nascemos juntos, ele se chama Kiro, ele já tem uma noiva infelizmente Yumi não sabe disso, e eu não quero contar isso para ela, bom Yumi e  Kiro sabem que eu sou um demonio e  bla bla bla, mas eles não sentem medo de mim nem nada,eles continuam sempre do meu lado.Atendo a Yumi ouvindo ela gritar nos meus ouvidos.

 

-Hak,Hak adivinha quem é . -disse ela rindo .

 

-A garota que acabou de me acorda ?

 

-A garota que acabou de te acordar ISSO AI !! -gritou ela rindo, coloquei uma roupa para sair de casa, já que eu já sei que terei que ir ajudar ela em cuidar do gatinho dela, o Fluffy, DÓ DO GATO .

 

Chego lá ainda conversando com Yumi, vejo que ela estava mesmo cuidando do gatinho dela, me aproximo e cutuco o braço dela.

 

-Yumi ? -A chamo e ela me olha sorrindo.

 

N.Yumi

 

Vejo que Hak finalmente chegou, hoje eu estou tão alegre irei me declarar hoje para o Kiro,ele é um amigo meu e colega de Hak, Hak não gosta muito do Kiro, não entendo a razão.

 

-Finalmente Hak, o Hak me diz uma coisa... Você acha que eu devo me declarar para o Kiro ? -perguntei alegre e ele me olhou com aqueles olhos pretos e frios.

 

-Não! -Disse ele calmamente.

 

-MAS POR QUEEEEEEEEE? -perguntei ficando com uma carinha de choro de cachorrinho abandonado .

 

-Por que você sabe que ele te considera uma simples amiga. 

 

-M-M-Mas ... -forcei a cara de choro e ele suspirou e acariciou meu cabelo.

 

-Ok, pode se declarar eu deixo. -disse ele me dando lingua e eu sorri o abraçando fortemente e ele ficou parado lá . 

 

-EU IREI ME DECLARAR HOJE!!  -disse saltitando de alegria.

 

UMAS HORAS DEPOIS

 

Vi Kiro andando calmamente me aproximei dele dando um susto no mesmo.

 

-YO KIRO ! -gritei e ele deu um pulo.

 

-Ah ...Yumi ... Que susto ... -disse ele se recuperando enquanto sorria.- Bem oque foi ? Precisa de algo ?

 

-Sim..Hmm..er... -não eu não vou me declarar...- Eu e o Hak iremos hoje no parque de diversões e ... -olhei Kiro que estava com os olhos brilhando . -você é CLARO que vai querer ir né ? -perguntei rindo e ele assentiu

 

-CLARO CLARO CLARO !! -gritou ele alegremente.

 

Kiro sendo Kiro, bom depois de um tempo anoiteceu e Kiro e Hak estavam na minha porta resmungando da minha demora,poxa eu estava comendo pudim, abri a porta e olhei eles que estavam com as mãos no bolso conversando sobre coisas aleatorias. 

 

-Vamos/? -perguntei ansiosa e eles assentiram se entreolhando com um sorriso alegre.

 

-Ownt olha que fofo . -disse Kiro apontando para um cachorrinho super fofo e peludo andando na rua com uma garotinha .

 

-Você  gosta mesmo de cães . -disse Hak e ele assentiu.

 

-Cachorrinhos são tão fofos.

 

-Menos na hora da caquinha.  -disse rindo.

 

-É menos nessa hora. -falamos nós três rindo.

 

NO OUTRO DIA (POR QUE SE EU CONTASSE QUE ELES BRINCARAM E COMERAM IA SER BOBO)

 

Eu estava dormindo na casa de Hak, ontem eu,Hak e Kiro bebemos que nem três condenados, então Hak ofereceu a casa dele que era a mais proxima para a gente ir dormir, e claro que aceitamos se não iriamos dormir na rua.Acordei vendo Hak me abraçando e Kiro me abraçando também, DESDE QUE CONHEÇO O HAK ELE TEM MANIA DE ABRAÇAR E DESDE QUE CONHEÇO O KIRO TAMBÉM .

Pensei em algo bem maligno da minha parte, me espremi para sair de perto dos dois sem os acordar, peguei o braço de Kiro e coloquei em cima de Hak e coloquei o braço de Hak na cintura de Kiro, agora eles parecem um casal gay (N/A: >=3 SOMOS DO MAL) . Fui para a cozinha e preparei o café da manhã, dois minutos depois ouvi Kiro e Hak gritando e perguntando por que um tinha abraçado o outro, foi super engraçado e quando eles descobriram me deram um belo soco na cabeça, mas valeu apena.

 

- Que bom que eu dormi aqui hoje, iria ficar com preguiça de fazer o café da manhã. -disse Kiro.

 

-Te entendo Loirinho . -disse Hak comendo o café da manhã dele .

 

-Avá -disse rindo, hoje o Hak não está tão frio.

 

-Ta rindo de que ? Aqui não tem palhaço não. -Deixa para lá ele continua o mesmo.

 

-Poxa Hak você não pode ser sempre frio e chato com ela.

 

-Eu sou frio e chato com quem eu quero loirinho . -respondeu Hak comendo.

 

-Chato. -disse ele dando lingua a Hak. 

 

Depois de pelo menos doze minutos fomos para a praça só eu e Kiro, já que Hak tinha trabalho a fazer, ele trabalha de policial, Kiro de médico e eu bom sou só uma garota que vende flores .Mas eu ganho muito .EU GANHO MUITO TÁ ! 

 

-Hey Kiro ... -falei meio envergonhada , Kiro me olhou nos olhos e eu corei muito. -S-S-Sabe eu g-g-goste muito de você ... -disse corada e ele riu.

 

-Ta de zoeira né?  -perguntou ele rindo. -Yumi eu tenho uma noiva, você sabia disso né ? -Disse ele meio preocupado, senti meu coração apertar e parecia que ele  havia sido despedaçado . -Yumi eu sei que sou seu amigo de infância junto ao Hak, mas ... Infelizmente não posso sentir nada além de amizade ...

 

-Ha... Ha ha ... E-Eu sei disso, não se preocupe Kiro ... -disse olhando Kiro com meu sorriso.

 

-Você ta bem ?

 

-Estou ótima ... Hmm... Não se preocupe com poucas coisas . E onde está sua noiva? 

 

-Ela está viajando com as amigas. Irei me casar a daqui a três anos .  - OK TRÊS ANOS PUTA QUE PARIU.

 

-Agora eu to chocada. -não que eu não estava antes MAS TRÊS MALDITOS ANOS PELO AMOR DE DEUS.

 

-Hee hee hee  ! -riu ele me dando língua. 

 

Cinco horas depois

 

Estava voltando para casa Kiro já tinha ido a uma hora atrás, eu fiquei quieta chorando, isso passei uma hora chorando, estava voltando para minha casa na chuva, quando sinto que a chuva parou, vejo Hak segurando um guarda-chuva preto.

 

-Oque faz aqui em uma chuva dessas? Sabe que vai pegar resfriado né idiota ? -Disse Hak, abracei ele com força e ele parecia ter levado um susto. -Ei está molhando meu uniforme de policia . -Disse ele mas logo eu comecei a chorar . -Ei pequenina por que ta chorando ? - disse ele acariciando meu cabelo.

 

-O-O-O K-K-Kiro tem...

 

-Uma noiva? Sei disso . -disse ele suspirando. 

 

-V-V-Você já sabia? 

 

-Sim, mas eu não queria te magoar então não falei nada.

 

Eu estou super triste pelo Hak não ter me contado nada, acabei indo dormir novamente na casa dele, ele estava tirando a blusa encharcada de água, o mesmo colocou uma blusa branca e veio até mim .

 

-Yumi eu sei que você acabou de ser negada mas... Pensa bem o Kiro é nosso amigo a gente tem que ficar feliz por ele.

 

-Eu estou Hak, mas não acredito que ele tenha noiva e nunca me contou.

 

-Isso é normal.

 

Depois de umas semanas

 

Eu já havia desistido de Kiro, mas continuava sendo amiga dele, eu agora moro com Hak já que ele sempre me acha e me leva para dormir na casa dele, eu nesse exato momento estou fazendo o almoço, quando ouço um som de tiro, e quando olho vejo que acabei recebendo um tiro ... MAS QUE MERDA DE BALA PERDIDA , cai no chão e quando olho para a porta vejo Hak entrando calmamente.

 

-Cheguei ... -Disse ele quando me viu caida no chão com sangue correu até mim com uma cara assustada.- Yumi oque aconteceu ? -perguntou ele preocupado . - Eu vou ligar para o Kiro ele cuidara disso . - Disse ele ligando para o Kiro .

 

Quarenta minutos depois.

 

Kiro já havia chegado, ele cuidou de meu ferimento enquanto chorava que nem um bebê,depois dele ter tirado a bala e colocado o curativo, ele me mandou descansar e pediu para o Hak cuidar de mim, a noiva de Kiro estava aqui também, ela é bem linda,  e gentil , acabei virando amiga dela, ela preparou a comida com minha ajuda já que não sabia cozinhar, quando anoiteceu eu já estava melhor. 

 

-Ei Yumi... hmm... Posso te contar algo?

 

-Pode é claro ! -disse sorrindo.

 

Ele aproximou seus lábios de meus ouvidos e disse.

 

-Eu to com fome... 

 

EU PENSEI QUE ELE IA SE DECLARAR QUE QUI É ISSO .

 

-Ok claro. -disse me levantando já não doía mais onde eu levei o tiro, fiz o jantar e Hak comeu super rápido e foi dormir, por que amanhã ia ter mais trabalho coitado.

 

No outro dia eu acabei acordando primeiro que Hak, fiz o café da manhã dele e vi ele dando um beijo na minha bochecha.

 

-Bom dia! -Disse sorrindo.

 

-Dia ! -respondeu ele se espreguiçando pegando sua comida, depois ele foi para o trabalho e eu fiquei jogando video game, quando ele chegou nem tirou o uniforme sentou atras de mim e me abraçou... QUE MICO POR QUE ELE FEZ ISSO?

 

-E-E-EI HAK QUE ISSO AMIGO . - gritei com vergonha .

 

-Me deixa em paz eu to cansado .

 

Fiz oque ele pediu e o mesmo adormeceu me abraçando enquanto eu ainda jogava, quando ele acordou acabou finalmente se declarando para mim ,não que eu estava esperando isso, mas quando eu disse finalmente É POR QUE SOU BURRA MESMO . E claro que eu aceitei ele, e por que? Sabe eu gosto do Hak depois daquele maldito fora, ele foi a pessoa que me acolheu .

 

TRÊS ANOS DEPOIS

 

Kiro tinha se casado com a Mintt, e eu também, foi tipo um casamento em dupla, eu havia me casado com Hak,  e mais uns quatro meses lá para frente Mintt e Kiro tiveram um filho e uma filha, e depois de mais um mês eu ganhei trigêmeos dois meninos e uma menina, e todos com chifrinho .

 

De manhã

 

-Mãe, pai eu estou com fome . -disse Urushihara, Maou e Nani .

 

-Hmm ... -acordamos e fomos para cozinha cozinhar para eles. 

 

Ouvi alguém bater na porta e vejo Kiro, Mintt ,Suzzy e Guilherme .Fizemos almoço para eles também e resolvemos viajar todos nós com as crianças,Hak está sendo o mesmo, só que bem mais gentil e responsável, nem me lembro de como eramos pessoas bestas bom mais ou menos né contando com o Hak que não é humano, o amor é difícil de entender, mesmo assim ... Estou feliz por ter sido negada e continuar sendo amiga de Kiro, bom somos melhores amigos para sempre e Mintt está nessa também. E olha eu digo uma coisa para você... Se você for negada ou negado por seu amigo ou amiga de infância e vocês continuarem a ser amigos,fique feliz ele pode te amar, ou outra pessoa te ama mais que ele, e essa pessoa pode ser a segunda pessoa mais próxima a você e você nem sabia. Bom foi bom conversar com vocês. 

 

 

                                                                                  FIM


Notas Finais


MEU DEUS EU DEVERIA TA DORMINDO MAS DANE-SE ESCREVI ESSE CAP POR VOCÊS BRIGADEIROS <3 ENTÃO ESPERO QUE TENHAM GOSTADO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...