História Amar é assim... - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigas, Amor, Faculdade, Lesbicas, Yuri
Exibições 55
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Famí­lia, Ficção, Lírica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sim, eu demorei demais para postar esse capítulo, eu sei, sorry. Porque? Ahn... Preguiça. Mentira, só não sabia o que escrever, então espero que tenha ficado bom

Capítulo 5 - Uma manhã normal?


Katy On


 Acordei, mas continuei com os olhos fechados. Tentei me mexer, mas senti um peso sobre o meu peito, então abri os olhos vendo Jennie sobre mim. Foi aí que me lembrei sobre tudo que aconteceu ontem. Sobre a festa, eu de vela, as bebidas que eu tomei, quando eu vi Jennie sendo espancada pelo próprio namorado no chão, eu levando ela para o hotel e o nosso beijo... 


Depois daquele beijo, acabamos apenas nos olhando, só aproveitando aquele momento como se fosse o último das nossas vidas. O beijo foi calmo, mas intenso, foi um beijo muito bom, era bom por ser com ela... Depois nos deitarmos e dormimos abraçadas.   


Me lembrando de tudo aquilo, dei um beijo em sua testa, e sorri a olhando. Ela era muito linda dormindo... Deslisei meus dedos sobre sua fase, até chegar ao curativo feito para o machucado. 


 Tive vontade de chorar de raiva. Como alguém tem coragem de bater na própria namorada? E ainda por cima ela não fez absolutamente nada! Só estava usando uma roupa "curta". Isso ainda é direito dela, ela faz o que quiser com suas roupas. 


 Senti ela se mexer e a olhei. Ela se virou e foi para o outro lado, dando espaço para eu sair da cama, não sabia se já estava acordada, então nem a chamei para confirmar. Sai da cama e fui para o banheiro fazer minhas higienes matinais. Felizmente o hotel tinha escovas de dentes e pastas, então escovei meus dentes, penteei meu cabelo e coloquei um shorts e uma camiseta branca reserva que estava na minha bolsa. Graças a Deus que eu tinha colocado roupas reservas na minha bolsa. 


 Voltei para o quarto e a Jennie estava sentada na beira da cama, olhando para os pés, que tocavam o chão. Sorri e a chamei, na tentativa de deixar ela melhor:


 -Bom dia, dorminhoca.. - Me sentei ao seu lado


-Ah.. Bom dia, Katy. - Ela disse ainda não desviando o o olhar para os seus próprios pés  

-Você está com fome? Pelo que eu saiba, tem uma lanchonete muito boa na esquina 


 -Estou com um pouco de fome, sim...  


-Perfeito! Se arrume que vamos tomar café da manhã lá


 Ela deu um sorriso de canto de boca e foi para o banheiro. Fui para a sacada e fiquei olhando para a rua, enquanto os carros passavam. Tudo estava acontecendo rápido demais. Fazia tão pouco tempo que nós nos conhecemos... Respeitei fundo e fiquei ali, até ela terminar de se arrumar e sair do banheiro me chamando:

 -Katy? E-Eu estou pronta.. Vamos? 


 -Claro! - Falei saindo da sacada a olhando - Você está muito bonita aliás


 Ela sorriu e suas bochechas ficaram vermelhas. Como alguém pode ser tão fofa assim? 


Peguei a minha bolsa e fomos para a lanchonete da esquina. Nos sentamos em uma mesa e a garçonete veio nos atender. Eu pedi um suco de laranja e um croissant e ela um café com leite junto com uma coxinha. A garçonete foi pegar nossos pedidos e ficamos sozinhas na mesa. Comecei a encarar. 


O que aconteceria quando ela chegasse em casa? Qual seria a reação dos pais dela à ver ela assim, toda machucada? Não. Não era isso que me deixava desconfortável.. E sim o Gabriel. O que ele iria fazer com ela? Ele é ridículo, os dois não podem ficar juntos.


 -O que você vai fazer? - Resolvi perguntar 


 -Hum...? Fazer o que? - Ela respondeu confusa 


 -Sobre o Gabriel.


-Ah... 


 -Você vai terminar com ele? Sabe, o que ele fez foi ridículo. Você não deveria continuar com um cara desses 


 -Eu não sei... Da última vez eu perdoei - Ela me olhou percebendo o quanto eu estava brava - M-Mas ele tinha prometido que não iria fazer de novo! E estava até com lágrimas nos olh--- 


 -Prometeu? Acho que a promessa dele não valeu de nada. Ele fez de novo. É sério que você vai perdoar outra vez esse cara? Sabia que você pode fazer um boletim de ocorrência e ele vai preso na hora, né? 


 -Eu não quero isso para ele, não quero ele preso... 


-Você ainda o ama? 


 Silêncio. Ficamos quietas olhando uma para o rosto da outra, mas esse silêncio foi interrompido com a garçonete trazendo nossos pedidos. Então sem nenhuma palavra, começamos a comer, com aquele clima desagradável em nós


Depois de acabarmos, conversamos um pouco, mas sem tocar no assunto anterior. Ela falou que precisava ir para a casa, que a faxineira iria chegar depois de algumas horas, então paguei os nossos cafés e voltamos para o hotel pegar o seu carro. 


 Paguei o hotel. Isso iria dar um grande prejuízo para o John, mas se eu explicasse para ele o que aconteceu, ele aceitaria sem me matar. Entramos no carro e dirigimos até a casa da Jennie, estacionei em sua garagem e desci do carro junto com ela 


 Ficamos nos encarando por um momento antes dela entrar na sua casa, até ela falar e quebrar aquele silêncio constrangedor que estava entre a gente: 


-Você está certa. Eu tenho que acabar tudo com ele... E para falar a verdade, não o amo mais 


 Sorri com aquelas palavras.


Então, ela chegou mais perto e passou a mão pelo meu rosto, se aproximando cada vez mais, até me beijar... Um beijo calmo, mas intenso. Abracei a sua cintura, e ela colocou as mãos sobre meus ombros. Depois de um tempo assim, acabamos o beijo, e ficamos olhando um para o rosto da outra, sorri outra vez e ela disse: 


 -Até segunda na escola? 


 -Até lá, Jennie.. 


 Dei um último selinho e fui para o meu apartamento, agora tinha que aguentar John me enchendo sobre ter passado a noite fora 


Nunca esperei tanto por uma segunda



Notas Finais


Acho que ficou pequeno e bem meloso, mas espero que vocês tenham gostado! Pelo menos não deixei mais tempo sem fanfic..

Comentem o que acharam e deixem o seu favorito para não perder nenhum capítulo!

Sugestões para os próximos capítulos? Deixe o seu comentário aí em baixo, vou responder todos :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...