História Amar ou matar - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Guerra
Visualizações 1
Palavras 879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Na floresta


Annie, seu pai e sua mãe estavam correndo em direção ao leste da floresta de Varsóvia onde lá havia uma antiga fábrica abandonada, e lá havia vários caixotes enormes 

Quando os três chegaram ao local, viram que haviam soldados do exército polonês que estavam cuidando de salvar os habitantes que conseguiram escapar da morte. ele começaram a entrar no local assim como outras pessoas, e foram "bem recebidos" pelos soldados:
               Annie: Joseph!!
              Joseph: Annie!- diz dando-lhe um abraço apertado- você está bem! Graças a Deus, pensei que tivesse morrido!
      ( Joseph servia ao exército)
               Annie: *chorando* tanta gente morreu Joseph! tanta gente que eu amava! Tomas, Josué..
         Joseph: Calma Annie, estamos agora ajudando as pessoas, por incrível que pareça muita gente consegui sobreviver, ainda há esperança!
             Comandante: Joseph vamos! Temos que ir!
             Joseph: Annie... tenho que ir cumprir meu dever e proteger meu país!
             Annie: você vai lutar! N-não´por favor, não vá!
            Joseph: Annie! Eu voltarei!
            Pai: Vamos Annie - diz puxando-a pelos ombros

Narradora Annie - pensamentos...
            Meu coração realmente se apertou ao ver aquele homem indo embora, eu tenho medo, medo de perder mais alguém que amo, mas eu sei que no fundo eu tenho que acreditar nele! E eu vou! Minha mãe esta me chamando, ela falou que vamos ficar em um abrigo que estava sobrando, quando a gente chegou lá, viu que era uma abrigo simples, como aqueles que você faz para sobreviver na selva por uma noite.
          "Ainda existe esperança" que bom! Vou estar torcendo por eles daqui! Meu pai acabou de sair barraca, ele disse que "precisava tomar um ar ", e minha mãe está dormindo a meu lado 
         1h depois...- eles ainda não voltaram, estou com medo, há cerca de 5 min atrás ouvimos o som de uma grande bomba explodindo, oh.. meu pai esta vindo...

Narrador 
         Pai: Sarah, por favor levante-se! precisamos conversar 
         Mãe(Sarah): Oque foi Carlos, algo aconteceu?
         Pai(Carlos): *olhando para Annie* Vamos conversar a sós, lá fora....
         Annie: Pai ?Oque houve?
         Pai: Nada querida, apenas fique aqui.....
         Carlos com as mão nos ombros de sua esposa a leva por uma pequena trilha que havia na floresta

Obviamente Annie,curiosa,saiu do abrigo e foi atrás deles para ver sobre oque iriam conversar...
          Carlos: Sarah, eu ouvi alguns homens conversando, e eles estavam falando que os alemães não estão vindo só do sul, mas também de todos os cantos
            Sarah: Mss como eles podem saber disso, você vai realmente acreditar no que eles disseram?
            Carlos: Olha amor, eu realmente não sei mas eu não quero ficar aqui para saber
            Sarah: Mas os soldados cuidarão de tudo não é?! Tenho certeza que a essa altura, eles já conseguiram conter o exército alemão!
        Carlos: é verdade que a esse ponto o Exército Polonês já está totalmente em alerta e enviou seu homens até o sul, mas nós não sabemos as forças do inimigo, e ao que me parece,.... desculpa Sarah mas com os conhecimentos que tenho sobre isso ,por causa da época em que servi ao exército, os alemães são mais forte que a gente, e acho que os nossos soldados, ou pelo menos grande, parte dele foi ani..
           Sarah: E oque você sugere?!-diz gritando-.....oque você quer? Largar tudo igual fizemos da outra vez?
        Carlos: Passado é passado, e isso não vem ao caso no momento! Oque eu quero é tirar a gente daqui! Vamos para o norte, eu conheço uma pequena vila lá onde a gente pode ficar seguro, só a gente.
            Sarah: E os outros? Tem muita gente ali que já ajudamos e que já ajudaram nós três, não se lembra mais daquela época?!
           Carlos: Eu sei!- diz levantando muito o tom da voz, mas ao olhar no fundo dos olhos serenos de sua esposa, se acalmou, abraçou-a- desculpa vamos todos sair daqui, eu vou tirar nós três daqui.
             Annie: Mãe... Pai?
            Carlos e Sarah: Annie?
           Sarah: Minha filha- diz se aproximando- vamos sair daqui, ajude seu pai a avisar os outros!
            Annie olha para o pai, e vê que este estava com um olhar estranho para o lado oposto da floresta da qual vieram, e percebeu que sua mãe compartilhava do mesmo olhar:
            Sarah: Annie....... por favor... corre...
            Carlos: Nós te amamos- disse com um grande sorriso
               A primeira bomba foi lançada
          
    Annie não teve reação ao ver seu pai morrendo com a explosão, teria ficado parada se sua mãe não a tivesse puxado, elas correram muito enquanto sua mãe falava "não para!", até que elas se esconderam rapidamente em uma moita, sua mãe segurou seu rosto e disse:
             Sarah: Filha olha pra mim, ei , olha pra mim, você tem que continuar tá!- olhou para fora da moita para ver se os "inimigos vinham"
             Annie:Não eu não quero te perder mãe! Por favor não!
            Sarah: Você tem que ser forte, se você não for, os outros morrerão... tudo bem?
            Annie:*balança a cabeça*
            Sarah: A gora vá- disse dando um beijo na testa da filha
                      Sarah se levantou chamando a atenção dos guardas e correu para a direção oposta a do acampamento, Annie sorrateiramente fez o mesmo, mas em direção aos abrigos, enquanto corria, ouviu o som de um disparo, um único disparo, mas sabia oque ele tinha feito.....

         Pobre Annie, mal sabia que Comandante do Exército alemão havia a visto.....
           
          
     
                 

    


Notas Finais


Eita mais gente morreu?! Quem teve a ideia de criar essa história!?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...