História Amar ou odiar? - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bruno Rezende
Visualizações 46
Palavras 413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Você tá bem?


Lavínia

cheguei no hospital muito ruin Pra caramba, que precisei ser levada no colo até a parte de dentro do hospital pelo meu irmão. 

Dentro do hospital... 

-por favor ajudem a minha irmã, ela exagerou na bebida e agora ela não ta muito legal lucas diz tentando me equilibrar no chão. 

- claro coloque ela aqui nessa cadeira de roda, e aliás como é o nome dela? A enfermeira pergunta Olhando pro meu irmão. 

-o nome dela é Lavínia Mirela de Albuquerque, e por favor cuida bem dela ta. Lucas diz 

-claro bom deixar, nos vamos cuida muito bem, mais pelo o que eu to vendo aqui ela vai ter que ficar em observação até amanhã aqui no hospital. Daí amanhã a tarde você vem buscar ela, pode ser?

- claro... thau maninha, amanhã eu venho buscar você ta 💋 Lucas fala me dando um beijo na testa. 

-ta maninho thau digo com. A voz meu dormente. 

Lucas fui embora é claro eu fui troquei de roupa e coloquei aquela camisola de hospital branca e fui acompanhada da enfermeira até meu quarto para descansar por que eu não estava muito bem do estômago e nem da cabeça. 

-por favor senhorita Albuquerque deite ali na cama, e eu vou colocar você pra tomar remédio da veia pra parar a enxaqueca, e a dor no estômago. 

- claro obrigado😊

Eu deitei na cama, esperei a enfermeira fazer todo o procedimento até que finalmente acabou e eu acabei dormindo. 

No dia seguinte

acordei melhor, mais como uma companhia maravilhosa do meu lado. Bruno estava na poltrona do meu lado sentado mexendo no celular. 

-bruno?, o que você está fazendo aqui? Digo coçando os olhos.

- Oi lavinia😊, então o seu irmão teve alguns imprevistos e mandou eu aqui pra ficar com voce até a hora que e tenho que levar você pra casa. 

- Ata, mais não precisava se preocupar comigo. 

- que nada, aliás você ta bem? Bruno pergunto com um sorriso lindo e simpático nos lábios. 

-estou otima sim obrigada, mais tipo desculpa por ter acontecido aquele negócio entre nós dois ontem na festa, é que eu não podia deixar aquele filho da égua livre dessa e... 

-xiu... tudo bem😍, eu teria feito a mesma coisa que você se eu tivesse na mesmo situação, mais agora quietinha por que eu quero provar uma coisa que eu gostei muito de ontem a noite bruno diz chegando bem perto de mim e me dandonum beijo suave e carinho nos labios 

Con



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...