História Amarelo Amor


Escrita por: ~


Sinopse:
Após cinco anos de um casamento conturbado, Robin e Regina irão descobrir que antes de lidar com o próximo é preciso aprender a lidar consigo mesmo. Acontece que algumas pessoas simplesmente enfrentam seu caos interior melhor do que outras.
Uma história de amor movida pela arte, cores, paixão, medos e traumas.


Fanfic Universo Alternativo inspirada no casal Outlaw Queen da série Once Upon a Time
Escrita por Amanda Costa @ihamanda
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Once Upon a Time
Personagens Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Ouat, Outlaw Queen, Outlawqueen
Exibições 4.744
Comentários 223
Palavras 67.856
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Amarelo Amor
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo
0
340
276
 
2.
Roxo Tenebroso
9
348
1.020
 
3.
Sueño de La Libertad
4
338
1.761
 
4.
Verde musgo no fundo do poço
10
293
2.399
 
5.
Girassóis
6
316
6.918
 
6.
Cinza como todos os sentimentos sombrios
9
273
2.585
 
7.
Aquarela, que um dia enfim, descolorirá
9
276
3.912
 
8.
Teu corpo é a minha tela
13
358
4.646
 
9.
Como yin e yang
30
360
6.075
 
10.
Carpe Diem
18
320
7.802
 
11.
Renascida das cinzas
20
281
6.769
 
12.
Branco é a soma de todas as cores
23
298
4.921
 
13.
Uma força da natureza
19
290
4.408
 
14.
Cinco sentidos
16
226
3.412
 
15.
Preto é a ausência de luz
19
237
6.641
 
16.
Estado de Poesia
18
190
4.311

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~TaisWriterOQ
Capítulo 16 - Estado de Poesia
Usuário: ~TaisWriterOQ
Usuário
Primeiro, ao terminar de ler, precisei parar e respirar fundo... agora estou até tomando um copo d' água... só pra ti ter ideia... eu nem sei que palavras usar, o que escrever...e, olha que são raras as vezes que isso acontece.
Tu me disse que Quatro Estações, mexe contigo de uma maneira... e, agora eu digo o mesmo por Amarelo Amor, essa história nos faz enxergar a vida de uma maneira; é uma realidade vivida, em meio a superação.
São tantas coisas para escrever... tenho certeza que vou esquecer de algo, mas por hora, vou citar os pontos que mais me lembro.
Primeiramente a evolução da Regina, desde sua personalidade obsessiva até a mulher que ama a si mesma. Você explorou isso com tamanha eficiência -MUITOS PARABÉNS PARA TI!!! -Eu sempre gosto de ler e escrever sobre essas coisas, o quanto uma pessoa pode ser boa e até mesmo ruim, todos somos assim porque somos humanos e cometemos erros, e essa Regina, é o exemplo disso: apesar de suas loucuras e atrocidades, ela sempre teve uma Regina com vontade de viver e se amar, estava apenas adormecida... (são muitos pontos dessa mudança para falar, mas não vou conseguir digitar tudo agora...) Mais uma vez meus parabéns, pela construção da personagem.
Outro ponto, Robin, como eu li aqui, ele pedir o divórcio foi a maior prova de amor que ele fez por ela. E, me dói que ele pense que talvez não faça mais parte da felicidade dessa nova Regina. Mas nós sabemos que ele faz, e que agora, eles viverão de modo satisfatório. Eu to shippando muito eles dois, tu não tem ideia... kkkkkk
Mais uma coisa, toda essa relação da Regina com Roland e Henry, e essa adoção... sério, isso mexeu muito comigo, adorei a forma que tu vem abordando o relacionamento dela para com eles. AMEI, MUITO,MUITO,MUITO... -só para frisar hehehe -Sério... ficou muito lindo, de verdade!
Tu não tem ideia o quanto chorei no capítulo anterior quando ele começou a dizer para ela recordar de suas lembranças mais felizes, conforme eu lia, eu chorava mais... -FICOU ÓTIMO, EMOCIONANTE, INSTIGANTE!!!
Lágrimas também não me faltaram nesse capítulo também, quando ele leu a carta dos meninos, tudo que ali constava, fora avassalador para mim, e eu não parei de chorar, e mais uma vez eu assustei minha irmã chorando lendo uma fic sua... foi muito emocionante, e parabéns por conseguir transmitir tantas emoções com as tuas palavras... eu não sei muito o que dizer, pois acredito que nesse momento, não sou capaz de descrever o que sinto...
Só posso dizer que sou grata, eu te agradeço MUITO, por escrever uma história tão boa quanto essa... NUNCA PARE DE ESCREVER!
PS: A tua fanfic acabou de se tornar a minha favorita. Muito obrigada por escrevê-la.