História Âmbar, a cor mais linda já vista - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mentira, Olhos, Sonhos
Visualizações 15
Palavras 690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meu povinho, sou nova nessa coisa de escrever kk Então espero que vocês gostem okay? <3

Capítulo 1 - One


 ~ 27 DE FEVEREIRO DE 2017 ~


    A preguiça sempre foi o meu maior problema, por causa dela meu ânimo para fazer qualquer "movimento" de meu corpo some um segundo para o outro e hoje não foi diferente.

    Segunda-feira, última semana de férias de fim do ano que passou, na próxima semana eu irei entrar na tão esperada faculdade de psicologia em Londres, mas por quê Londres? Simples, uma palavra resume tudo: Sonho. É meu sonho conhecer a tão linda Londres e ainda assim fazer a faculdade que tanto almejo, ou seja, um sonho na minha vida se realizando pelo o meu esforço e desejo de ir logo para lá.

    - Sério isso mãe? - Dona Rose vulgo minha mãe, estava me dando dicas de como se proteger para não ficar doente na minha tão amada Londres.

    - Cala a boca e faça o que eu estou dizendo Amber, lá deve ser muito frio então se proteja de tudo, cubra a boca, ouvidos, mãos, pés, nada de roupa fina e sem luvas para cima e para baixo entendeu? Vou te pedir foto todo dia de como está se vestindo e o que vai estar comendo - Ela fez um bico e ergueu a cabeça como se estivesse totalmente certa do que me dizia.

    - Tá, mas ai mesmo que não vou aproveitar nada lá, andar como um saco de roupa, sem aproveitar o frio e talvez aproveitar a neve que raramente aparece lá mãe! - Me irrito facilmente com teu cuidado exagerado, mas as vezes entendo ela, pra quem se gripa com o vento que sente por 5 minutos, sou uma pessoa de muita má sorte com minha imunidade.

    - Não quero saber, aproveite só vendo a neve e não tomado frio até cair como uma pedra de gelo na calçada - Assim que disse, ela saiu do meu quarto e desceu escada mexendo as mãos com as roupas sujas que encontrava em meu banheiro.

   O pulgão acabou pulando em cima da minha cama e bagunçando todas as minhas roupas já dobradas e passadas.

   - Pulgão, qual é? Acabei de arrumar essas roupas, vai ficar sem ração e carinho, cachorro mau! - Ele abaixou as orelhas e começou a latir como se estivesse chorando, isso sempre me fazia ceder e lhe dar um carinho - Okay pulg, desculpa se peguei pesado, mas você tem que entender que sua mãezinha está arrumando isso pra semana que vem eu já estar com a mala pronta e partir..

    Pulgão me entendia, eu sei que ele entendia pois sempre quando tocava no assunto de ir embora perto dele, ele abaixava a cabeça no meu colo e chorava com o focinho entre as patas. Pulgão é  da raça Akita, essa raça é tão dócil assim com leal e protetor, acho que por isso acabei adotando o Pulg, além de sua beleza estonteante. 

    Eu sei que irei sentir falta deles o meu dia-a-dia, mas é um sacrífico a fazer para conseguir que meu sonho se realize.

    Nada como parece ser é. Digo isso por experiência própria, minha família é desse jeito, uma família linda e completamente feliz aos olhos das pessoas, mas dentro de casa é outra coisa... Brigas intermináveis entre meus tios, meus avos sofrendo para continuar deixando a família unida e minha mãe tentando ao máximo fingir que está feliz para me deixar despreocupada, mas ela não sabe que as vezes a ouço chorando no quarto enquanto fala do meu pai, não sabe o quanto eu a vejo triste ao ver felicidade alheia e o quanto fica com medo de eu estar longe de duas asas.

    Acontece que não foi sempre assim, meu pai era um homem trabalhador e carinhoso conosco, mas acabou tendo seu último folego 3 anos atrás com o câncer que havia se espalhado em seu estômago.

    Um desejo que tenho é de vê-la feliz em todos os aspectos de sua vida, a vida financeira, a vida sentimental e a vida profissional, e por isso estou estudando desde o meu começo da adolescência para conseguir uma bolsa em uma das três melhores faculdades de Londres, para nos dar uma vida melhor.  


Notas Finais


Obrigado por ter lido meu povinho, espero que estejam adorando <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...