História Amiable - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, D.O, Kai, Kris Wu, Personagens Originais, Sehun, Xiumin
Tags Chansoo, Kaisoo, Sesoo
Exibições 129
Palavras 726
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas xD
Aki no RJ tá um calor dos infernos
Quem estiver passando por isso tbm comente aki, q tá fd 😑

Desculpe os erros, e boa leitura^^

Capítulo 3 - >3<


Fanfic / Fanfiction Amiable - Capítulo 3 - >3<

No início, estava tudo bem, eles tínham terminado amigavelmente, e KyungSoo poderia tranquilamente morar ali, okay, vamos do começo.
KyungSoo, estudante de literatura, na mesma faculdade que ChanYeol, é um ser quieto, e ex-namorado de Jongin a mais de um ano. Há cerca de 3 anos, KyungSoo e Jongin decidiram morar juntos, bom KyungSoo só iria para a casa do mais novo, já que o mesmo morava sozinho, e próximo a faculdade do outro, eles terminaram a mais ou menos um ano, mais Kim não quis que Do fosse embora por isto, eram amigos desde sempre, e não era porquê namoram por um tempo e não deu certo, que o mais baixo teria que ir embora, entretanto à alguns meses isso começou a mudar, o Kim fazia o ambiente entre os dois desconfortável, sem um motivo aparente. Com isso, tudo ali se tornou desgastante para o mais velho entre os dois, KyungSoo estava passando para ir ao café, de todas as manhãs, quando viu um anúncio que o chamou atenção.

><

Uma semana havia se passado, e ChanYeol decidiu realmente alugar o pequeno quarto, havia colocado um aviso sobre o mesmo, na recepção de seu prédio tanto no lado A, quanto no lado B, que era onde morava, também pois no café e na biblioteca onde trabalhava.
Houve uma garota que procurou sobre o quarto, mas ao ver ChanYeol, ficou dando encima de si descaradamente, o que assustou o jovem rapaz. Era domingo, uma manhã de brisa levemente fria, há 15 dias seu irmão estava em sua casa, sem a menor intenção de ir. A campainha tocou incessantemente, e ChanYeol em seu doce dia de folga, levantou-se para atender.

Com os fios bagunçados, rosto parcialmente inchado, uma camisa maior que si, e de box azul, passava devagar pela pequena sala, indo até a porta, assim que viu sua mãe ali, um enorme sorriso surgiu.

-Bom dia omma. -Diz o mais alto.

-Oh bom dia minha criança, cadê o vagabundo do seu irmão? -Disse enquanto acariciava os fios do mais novo, o fazendo rir com a pergunta.

-Dormindo.

-No seu quarto?

-Sim, por que?

-Eu iria acorda-lo com água. - Disse indo em direção ao quarto. -Mas, serve acorda-lo pelos cabelos.

A mais velha falou, juntamente fazendo o que pronunciou, assustando ChanYeol ainda sonolento.

-Vamos pra casa! Levanta logo. - Disse em um tom alto, puxando os fios de SeHun. -AGORA!

-Omma, não seja assim. -Diz SeHun suplicante.

-Vamos embora, pare de incomodar seu irmão, seu vagabundo. -Agora o puxando pela orelha. -Tchau, meu filho.

-Tchau omma, se cuide. -Sorrindo e fechando a porta principal da casa.

E ainda carregado pelo sono, só pensou em voltar a dormir, mas se lembrou que deveria fazer compras, então sorriu fracamente e foi para o chuveiro, ao invés, da cama. Pronto pra sair, a companhia da casa toca novamente, e lá vai ChanYeol para a porta ver quem era.

Estaria sonhando, pensou ChanYeol, ao ver um baixinho muito conhecido por si.

-Olá, bom dia! Você poderia me dizer se ainda estão alugando um quarto?

- Oi, bom dia! Sim, você quer dar uma olhada? -Disse ChanYeol, colocando seu melhor sorriso no rosto, tentando desvacilar o nervosismo.


ChanYeol deu espaço para o mais baixo adentrar o pequeno apartamento, juntamente o levando pra conhecer o mesmo. O sorriso grande não o deixava, nem um minuto seu rosto. Mostrou todo o lugar pra o pequeno, que como de costume permaneceu quieto.

ChanYeol on

Eu só podia tá sonhando, KyungSoo está na minha casa, e talvez, ou muito provavelmente, irá morar comigo. Por que não me contaram que eu salvei o mundo, na vida passada.

-Eu gostei. -Foi a primeira vez que se pronunciou depois que entrou.

-Que bom, fico feliz.

-Onde eu devo assinar?

Rapidamente pego o contrato que havia feito, e entrego para que o outro lê-se.

-Pode se sentar, leia com calma. -Digo.

-Eu não preciso ler muita coisa, me parece realmente um bom lugar. -Falou assinando.

-Obrigada, sinta se a vontade aqui, bem-vindo, traga suas coisas quando quiser. -Entrego a chave do lugar.

-Obrigado. Meu nome é Do KyungSoo, é um prazer conhecê-lo.

-Eu sou Park ChanYeol, o prazer é meu. -E como né. -Bom, estava de saída quando chegou, quer algo do mercado?

-Eu estou bem.

-Okay, fique aí se quiser. Até mais tarde. -Sorri enquanto fechava a porta.


Notas Finais


Olá pessoas xD
Lie num sai da minha cabeça, alguém me ajuda com esse solo, não tô sabendo lidar 😱

Deixe o seu amor ❤ , e comente.

Saranghaeyo *w*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...