História Amiga secreta - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Elizabeth Gillies, Fifth Harmony, Justin Timberlake, Troye Sivan
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Elizabeth Gillies, Justin Timberlake, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Troye Sivan
Tags Camren G!p, Lauren G!p
Visualizações 443
Palavras 925
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 8 - Capítulo 7


Pov Camila

"Mama, acorda." sinto alguém me balançando, abro os olhos. Vejo Noah em cima da cama ao meu lado, olhando pra mim.

"Oi bebê, acordei, o que houve? " pergunto, olho pro relógio e vejo que são 9:30, me levanto e sigo em direção ao banheiro, enquanto ele continua deitado na cama.

"To com fome, e a tia Dinah ligou." fala assim que saiu do banheiro. Vou em sua direção, dando-lhe um beijo e o pegando nos braços.

"Hum, Lindão, e oque ela disse?" pergunto, saindo do quarto e indo pra cozinha.

"Que mais tarde vem aqui, e ela perguntou..eu não entendi direito, porque agente não tem aranha, mais ela mandou pergunta se a senhora cuidou dela." fala com uma carinha de confusão. Eu quase tropeço, quando entendo o que ele diz. Dinah filha de uma put…, desculpa dona milika.

"Ah...deve ser uma brincadeira dela filho, não liga não, sua Dinda é doida." desconverso, enquanto faço um lembrete pra mais tarde matar a Dinah.

Chegando na cozinha o coloco na cadeira da mesa, vou em direção a geladeira, pegando os ingredientes necessários e comeco a preparar o café da manhã.

Depois de tomarmos café, o deixei na sala assistindo, enquanto ia arrumar a casa e preparar o almoço. Quando se é mãe solteira, tem que se virar em duas. No começo, quando me separei, tive um pouco de medo, não por me envolver com alguém e sim por cuidar do Noah e trabalhar ao mesmo tempo, já que eu não confiava e não confio em babás, por isso que eu sempre o deixo com a minha mãe. Quando terminei, o chamei pra almoçar, depois do almoço, lavei os pratos e fui pra sala.

"Noah, vamos tomar banho querido." caminho até ele, pegando o controle e desligando a televisão.

"OK." ele desce do sofa e sai correndo pro seu quarto.

"Noah, não corra, voce pode cair e se machucar!" o repreendo, e sigo em direção ao seu quarto.

Depois de ter dado banho nele, peço pra ele pegar suas tarefas escolares e me esperar na sala, que eu iria tomar banho. Termino o banho e visto um conjunto de moletom, e logo vou pra sala.

"Hum, vejo que já esta fazendo a tarefa!" falo sentando ao seu lado no sofá.

"Sim, mama, eu ja sou um homenzinho." fala com uma cara indignada, me apontando um lápis. Solto uma risada.

"OK, então não vai se importar de fazer tudo sozinho né?" questiono brincando.

"Espera…quer dizer, é que mesmo…que eu seja um homenzinho, eu vou precisar da sua ajuda." responde, com um sorriso esperto. Não aguentando tanta fofura, o abraço.

Quando estamos terminando a lição, a campanhia toca, olho em direção ao relógio e vejo que já são 15:52, nossa, nem vi a hora passar, penso enquanto caminho até a porta à abrindo.

"Boa tarde, spider-woman, como você tá?" diz Dinah, passando por mim, e indo abraçar Noah.

"Oi, Dinah, eu to bem, obrigada, e pode entrar" falo, depois de fechar a porta. Sento ao lado de Dinah no sofa.

"Noah, querido, porque você não vai brincar um pouco no seu quarto." falo pra ele, quando me lembro do que Dinah disse, mais cedo à ele pelo telefone. Não quero traumatizar ele, matando sua madrinha em sua frente.

"Ta mama, até depois Dinda." diz dando um beijo em mim e em Dinah, e saindo correndo pro quarto.

"Sua cachorra!" falo jogando à almofada em Dinah.

'Ah, qual é, olha o tamanho dela, vocês acham mesmo que eu iria pra cima dela? não, não, ainda quero viver.'

"Ouch, o que foi chancho?" pergunta enquanto arruma o cabelo.

"Por que você falou da 'aranha' pro meu filho, Dinah?" a respondo com outra pergunta. Ela olha pra mim.

"Que drama Mila, eu so falei da aranha, sabe, o animalzinho, é voce que ta pensando na xanaina." responde cinicamente. Argh, se eu fosse maior, penso.

"Não me venha com essa, Jane, e pare de chamar minha vagina de xanaina." à aviso, jogando outra almofada nela, me levantando e indo pra cozinha.

Pov Lauren

'Ai, merda, minha cabeça'

É a primeira coisa que eu penso, quando abro os olhos. Levanto e vou me arrastando em direção ao banheiro, pra fazer minhas higiene.

Saiu do quarto e vou pra cozinha, pensando no que aconteceu ontem, mais so me lembro de algumas partes, de beber, quase ficar com uma garota, e ficar vendo Dinah e Mani se pegarem. Chegando na cozinha, vejo Vero comendo cereais.

"Bom dia, Vero" a comprimento, indo pra geladeira, pegando leite e água.

"Bom dia não, boa tarde né? " fala.

Olho pro relógio na cozinha, 13:11.

"Merda, não acredito que dormir demais." falo me sentando ao seu lado, e pegando o cereal que estava na mesa.

"'Merda, não acredito que dormir demais', merda digo eu, tive que comer cereal de manhã e agora de novo." diz com a boca chaia de cereal.

"Ew, sua porca, engole primeiro, pra depois falar, e por que tá reclamando? Não tenho direito de fazer comida pra ti." a repreendo. Ela me olha com uma cara indignada.

"Voce tem sim, lembra-se da promessa que fizemos? Que se eu arrumasse a bagunça, que eu fizesse, você faria comida pra mim!" fala me lembrando da promessa, quê pra falar a verdade eu já tinha até esquecido.

"Vero, tinhamos 15 anos na época e nem morávamos na mesma casa, eu falava isso, porque toda vez que você ia lá em casa, a senhorita bagunçava meu quarto, e de qualquer forma eu sempre acabo fazendo comida pra tu." falo pegando o meu cereal, depois de ter colocado no prato que tinha sobre a mesa e indo pra sala.


Notas Finais


Erros conserto depois, tá pequeno, por que eu estava sem criatividade pra esse. Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...