História {Amigas desde infância} - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Personagens Originais
Visualizações 13
Palavras 1.069
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 13 - {1° batalha} X {2° batalha}


Fui levada para uma pequena sala que me lembrava um banheiro tipo daquelas escolas americanas, eu me preparei e logo, o cara nos chama, eu andei até a porta e fui andando até o ringue, quando eu coloquei os pés no ringue, o cara aparece, ele usava a um casaco preto com um capuz que mostrava, somente, seus olhos, seus olhos eram vermelhos cor sangue, agora entendi porque do nome:

Mulher: Parece que vamos ter uma batalha aqui, então, VAMOS VER ISSO! 

Vermelho-sangue: hehehe, você é a primeira mulher a combater aqui - ele rir de leve

Kill: é, vamos começar! - o olho frio - espero que você seja forte

Juiz: LUTEM!! - ele sai do ringue rapidamente

Kill: certo, quem vai começar? - dou um pequeno sorriso

Vermelho-sangue: que tal eu? - ele pula

Kill: certo! - do um sorriso

Vermelho-sangue: SE PREPARA! - ele se empurra para baixo e bate a mão no chão com tanta força, que quebra e após ele fazer isso, uma ventania vem ele tinha vários raios de luz que prejudicava minha visão - "Ventania Ultravioleta" 

Kill: merda! - a ventania para e eu não vejo nada - mesmo estando cega,  consigo batalhar!  - sem ele perceber, fico atrás dele e estava com o objetivo de quebrar suas pernas

Vermelho-sangue: ataca por trás não é legal! - ele se vira, mas, eu fui rápida e fiquei em cima dele

Kill: fraco - dou um chute em seu pescoço que o faz desmaiar - ele tá morto? - dou um pequeno chute nele

Juiz: ah...bem, Kill é a vencedora! - ele anuncia, após isso, todos começaram a ficar de boca aberta e com o corpo tudo em branco

Multidão: ELE PERDEU PARA UMA MULHER?!! 

Mulheres: ISSO PROVA QUE EXISTEM MULHERES MAIS FORTES QUE OS HOMENS! 

Homens: COMO É POSSÍVEL?!! 

Kill: que luta sem graça - fico desapontada, mas, é o 1° andar, quero chegar ao 300° 

Fui até o quarto, tomei um banho e minha visão já tinha voltado ao normal, ainda bem, já basta um e agora o outro, eu tiro o tapa olho para limpa-lo, o deixo em um cômodo e ouvir um barulho vindo da janela, fui até lá e não era nada, quando me virei...:

Hisoka: Oi~ - ele diz em tom "malicioso" 

Kill: hm, mudou de traje - coloco a mão na cintura

Hisoka: gostou? - ele se aproxima 

Kill: pra mim são todos iguais - me viro e vou até o cômodo onde tinha botado meu tapa olho

Hisoka: sabe, aproveitando que estamos a sós...~ - ele me puxa para perto de si e sinto algo duro me empurrando

Kill: o que é esse negocio "duro" - fico na esperança de não ser o que eu estava pensando

Hisoka: bem, você sabe~ - ele alisa minha bunda

Kill: ECK! - fico totalmente corada e ele fala no meu ouvido

Hisoka: ainda falta horas para minha próxima luta, então, tenho muito tempo~ - ele diz em tom sedutor

Kill: pera, você está aqui? - digo apertando seus ombros 

Hisoka: na verdade, não, estou na torre celestial, mas, como esse prédio não é muito longe de lá, vim lhe fazer uma "visita" - ele olha pra mim

Kill: ahg! - ele segura minha nuca com firmeza

Hisoka: sabe, que tal te dar um beijo de verdade? - ele me beija, era um beijo quente, ao mesmo tempo, calmo, cheio de luxúria e desejo - hm~

Kill: n-nm...- fazia gemidos de negação, logo, a falta de ar veio e Hisoka para, busco ar como se tivesse quase morrendo

Hisoka: agora...- ele estava aponto de tirar minha camisa, mas...- huh? 

Kill: QUE? - olho pro lado e vi meu irmão

Killua: vocês estão namorando desde quando? - cara tipo O_O

Kill: O QUE FAZ AQUI?! - digo quase saindo lava da minha cabeça de tanta vergonha - quando tempo estava aí?!

Killua: desde o momento que vocês estavam se pegando - ele vai embora

Hisoka: tsk, não é adequado aqui, tem de ser em outro lugar - ele me dá um selinho na boca e vai embora 

Kill: KILLUA...eu te amo...!! - borboletas sobre minha cabeça

{Visão Gorin}

Estava no meu quarto, a batalha da Kill foi tão rápido, ha, ainda estamos no 1° andar, isso é normal, a porta se abre e era o Trunks, ele estava corado, ele senta na cama:

Gorin: o que ouve? - me aproximo dele

Trunks: sabe...tenho de lhe contar uma coisa...- ele cora com uma fumaça saindo da cabeça dele 

Gorin: tudo bem? - gotinha na água na cabeça 

Trunks: é que eu vi um programa e daí, do nada, apareceu uma coisa que deixou meu "amigo" levantado - ele vira o olhar pro lado

Gorin: programa de sexo? - cruzo os braços 

Trunks: mas foi sem querer! - ele aponta para mim por alguns segundo

Gorin: eu sei disso, não é porque você saiu e dormiu com vários mulheres que você não pode mudar - sento do seu lado

Trunks: Gorin...- coloca a mão no meu rosto - desde de infância...

Gorin: Trunks...- fecho os olhos lentamente e ele me deita na cama levemente

Trunks: eu...- ele estava prestes a me beijar mas...

Fotógrafo: com licença! - ele abre a porta como o Flash - Meu Deus - tira foto e vai embora

Gorin e Trunks: HA! - correm atrás dele

Estava correndo atrás dele e do nada, um microfone fala que já era hora de eu lutar, sem escolha, virei e fui para o campo de batalha, eu entro na salinha e me arrumo, logo, a moça diz para eu ir para o ringue, eu ando até o lugar indicado e a tal "GoodNight" aparece:

GoodNight: vamos lá, hehe - ele sorrir e tira a capa

Juiz: COMECEM! - ele pula do ringue

GoodNight: boa noite - ela aparece atrás de mim e me dá um soco no pescoço

Gorin: que fraca!! - dou uma joelhada nela que  a faz cair

GoodNight: oh, você é forte - ela levanta e pula para cima - vamos ver se sobrevive a isso - ela levanta as mãos e faz uma pequena lua, logo, ela lança em minha direção, que acaba explodindo - haha! 

Gorin: Pela Amor de Deus! - aparece entre a fumaça e dou um golpe em sua nuca, que a faz ficar sem consciência

Juiz: GoodNight perde, a vitória vai para Gorin!!

Multidão: HEEEE! 

FRAAAACA!

{Visão Trunks}

O cara foi correndo até uma sala e eu fui atrás dele, o atrevido pega a câmera e faz várias cópias, logo, ele vai embora em uma fumaça que ele criou, várias fotos se espalharam pela sala, Meu Deus...tinha gente vindo, E AGORA?!

{Continua}


Notas Finais


Jrjdjrjdjrjj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...