História Amigas, juntas até o fim. - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 1.167
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente, tudo bem com vocês?
Espero que sim!

Hoje vamos descobrir quem é que entrou no banheiro, e o que essa pessoa vai fazer com a nossa queira Anna.

A gente se vê nas notas finais, boa leitura!!

Capítulo 8 - Capítulo 8


《Anna ON》

Fui até o banheiro, e me sentei em um canto. Estava com a cara nos joelhos, nao vi nada, só ouvi a porta ser aberta e depois fechada e trancada.

???- Nunca imaginei que meu plano sairia tão bem!!

Levantei o meu rosto, não consegui ver direito quem era, já que meus olhos estavam cheios de água. Mas vi um cabelo ruivo, e pela voz, só pode ser á Lisa.

Anna- C-como a-assim p-plano?

Lisa- Sim plano, o meu plano pra acabar com a sua vida!!

Enchuguei minhas lágrimas, e me acalmo.

Anna- Pra que isso? O que eu fiz pra você?

Agora que não tem água nos meus olhos, consigo ver bem. Ela deu um sorriso, e se abaixou pra me olha nos olhos.

Lisa- Você nasceu Anna!!

Anna- Me explica melhor.

Lisa- Todos os garotos gostavam de você, você era a favorita. Era a garota mais legal de todas, só por que é boa nos esportes. Então quando eu ia falar pra um garoto que eu gostava dele, eles sempre falavam a mesma coisa: desculpa eu não gosto de você. Eu gosto da Anna.

Anna- Só por isso?

Ela me olha com raiva, mas depois da um sorriso. Que vontade de socar ela, mas primeiro quero saber o por que dela está fazendo.

Lisa- Bem, depois de levar vários foras eu fiquei com ódio de você. Na verdade com inveja, todos os garotos te desejavam. Você é amiga de uma das garotas mais ricas do colégio, você é a queridinha da diretora e do professor de E.F!! Não sei o que você fez pra ter tudo isso, mas você não merece!!

Ela pega os meus cabelos e os puxa, a mesma se levanta e me faz levantar junto. 

Lisa- Demorou muito tempo pra mim saber de algo pra estragar a sua vida, mas quando eu soube que você é lésbica fiquei muito feliz. Finalmente uma coisa pra acabar com a sua vida, é claro que eu não vou parar!!

Anna- Eu vou contar pra diretora, e você vai se dar muito mal!!

Ela puxa o meu cabelo mais forte, e começa a dor mais ainda.

Lisa- Você não vai falar nada, ou se não a sua amiga vai sofrer pior que você!!

Anna- O que você iria fazer?

Lisa- Não vou contar o que posso fazer, e você não vai querer saber. Então não vai contar pra ninguém, e vai sofrer sozinha e calada!!

Ela soca a minha barriga, eu cuspo sangue. Ela só pode ser loka, eu acabo caindo no chão.

Lisa- Entendeu? Você vai ficar quita e não contar pra ninguém!!

Ela me chuta, e vai pra cima de mim puxando os meus cabelos.

Lisa- Espero que você tenha entendido tudo!

Ela sai de cima de mim, eu estou deitada no chão. A Lisa vai até a porta, a destranca e vai embora.

Eu não acredito que ela fez isso, e agora como eu não consigo levantar. Estou com uma bela dor na minha barriga, sem falar na dor na minha cabeça. Começei a chorar.

(...)

Não sei quanto tempo estou aqui, mas não consigo levantar, parei de chorar faz muito tempo. Escutei alguém abrir a porta, torci que não fosse a Lisa.

???- Meu Deus!! O que aconteceu Anna?

Essa voz, é a Naomi. Ela me levanta do chão e me coloca perto da pia, eu me apoio nela e me olho no espelho. Vi o reflexo, eu estava com os olhos vermelhos e o cabelo mais abagunsado que o normal. Também vi a Naomi atrás as de mim, me virei pra ela e quase caí mas ela me segurou.

Naomi- O que aconteceu? Estava preocupada com você.

Anna- É que a...

Eu não posso falar o que aconteceu, não quero que a Naomi passe por isso ou coisa pior!!

Anna- É que eu acabei perdendo a paciência, e puxei os meus cabelos.

Naomi- Mas porque tem sangue no chão?

Anna- É que... eu caí e bati a barriga na privada, então guspi sangue no chão.

Naomi- Isso não me convenceu, mas depois falamos sobre isso. Vou te levar pra enfermaria, depois conversamos.

Ela me leva até lá, e fala que tem que voltar pra sala de aula.

Anna- Não vai, fica aqui.

Naomi- Eu tenho que voltar pra aula, mas antes vou avisar a diretora.

Anna- Avisar a diretora?

Naomi- Sim, eu fui lá avisar que você sumiu, então ela mandou eu ir procurar você, ela esta muito preocupada.

Anna- E os outros alunos?

Naomo- Falaram que era só pra aparecer, mas não ligue pra eles.

Enfermeira- Você pode sair senhorita Naomi? Você tem que voltar pra aula.

Naomi- Até depois.

Anna- Até.

Ela sai da sala e a enfermeira se aproxima de mim, ela olha algumas coisa e faz outras, pra ser sincera não entendi nada que ela fez.

Diretora- Anna?

Ela fala abrindo a porta e entrando, ela não sabe bater?

Anna- Esse é o meu nome, e digo uma coisa antes: me desculpa, eu não queria deixar ninguém preocupada!!

Enfermeira- Vou sair é deixar vocês convarem sozinhas.

Anna- Não se vá, eu preciso de uma testemunha!

Diretora-  Saía por favor, e você Anna pare de graça!!

A enfermeira saio da sala, e eu fiquei sozinha com a diretora. Ela se sentou na cama na qual eu estava sentada, ela me encarou um pouco e depois falou.

Diretora- Me diga o que aconteceu.

Anna- Eu queria, é sério! Mas não posso.

Diretora- Te ameaçaram?

Fasso que sim com a cabeça, acho que posso dizer um pouco do que aconteceu, e pedir um conselho.

Anna- Vou falar algumas das coisas que aconteceu, quero o seu conselho, mas por favor não conte pra ninguém!

Diretora- Além da diretora sou sua amiga, não se preocupe o que você falar vai ficar aqui.

É bom poder contar com ela, minha relação com ela deve ser algo muito parecido com uma relação de mãe e filha.

Anna- Eu fui no banheiro e fiquei em um canto chorando, quando uma pessoa entra e tranca a porta.

Diretora- Você não vai falar quem é, certo?

Anna- Sim, essa pessoa falou que senti inveja de mim. Então quando o boato de eu ser lésbica se espalhou pela escola, foi a alegria dela. Então ela foi no banheiro pra ne avisar, que se eu contaçe pra alguém a Naomi sofreria também. Que é pra mim sofrer sozinha e calada, ela não me falou o que pode fazer.

Diretora- Não acredito, uma aluna da minha escola fez isso?

Anna- Além de falar isso ela bateu em mim, por isso estou aqui.

Diretora- O que pretende fazer?

Anna- Fazer o que ela falou, não quero que a Naomi passe por nada de ruim.

Diretora- Você gosta dela?

Anna- Não... Eu a amo!! Não quero ver ela sofrer, pois se ela sofrer vou sofrer também!!

Diretora- Por enquanto fasa isso, mas se as coisas ficarem mais sérias por favor fale comigo!

Nos encaramos por um tempo, eu estava pensando se eu falava que era a Lisa ou não.

Diretora- Melhor você voltar pra aula, ainda tem mais dez minutos antes do sinal tocar pro intervalo.

Anna- Obrigada dire, se eu precisar desabafa com alguém sobre isso vou procurar você!

Eu a abraço e ela retribui.

Diretora- Pode me procurar quando quiser, você tem o meu número. Agora vai pra aula!

Anna- Tá bem... tchau!!

Diretora- Tchau!!

Eu saio da enfermaria e volto pra sala, todos me olharam quando entrei.

 


 


Notas Finais


Oi denovo!! Gostaram?

Gente essa Lisa é loka, to com medo dela!! O que será que ela vai fazer?

Desculpa se tiver algum erro na escrita/digitação.

Obrigada por ler até aqui, até o próximo capítulo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...