História Amigas para sempre... - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~pqna_aleh_09

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman, Marcelina Guerra, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais
Tags Marilina, Paulicia
Visualizações 28
Palavras 465
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa o atraso para postar o primeiro cap

Capítulo 1 - 1 - Reencontro...


Um dia duas amigas fizeram um pacto. Se reuniriam dali a 10 anos naquele mesmo lugar. Acontecesse o que acontecesse, nenhuma poderia faltar ao encontro. Mesmo que tivesse que vir de longe. Mesmo que estivesse morta! E selaram o pacto não com sangue, mas com chantili na testa, ja que estavam numa sorveteria. Para não esquecer.

Dez anos depois, uma mulher entrou numa locadora de video e perguntou:

-Aqui não era uma sorveteria?

O funcionário não sabia, o dono disse que, quando comprara, a loja era um deposto. Sorveteria? Só se fosse há muito tempo. A mulher agradeceu e ficou olhando as fitas enquanto esperava. Era melhor que a outra não aparecesse mesmo. Tinham se separado. Nunca mais tinham se visto. Que tipo de conversa poderiam ter?

“Eu? Não fiz nada! Não me formei, não namorei, não me casei, não viajei, nada. Estou com 25 anos e ainda não tive uma vida.”

Já estava quase desistindo e indo embora, convencida de que a outra não apareceria, quando a viu entrar na loja.

- Ally?- Marcelina encarava sua antiga melhor amiga com medo de que ela não a reconhecesse.

- Marce?!- Alicia perguntou e a amiga concordou- Que saudade amiga!- correu e a abraçou- Já que a sorveteria virou essa locadora,vamos ao parque botar a conversa em dia?

- Claro, Ally, quero saber de todas as novidades ta?- disse Marce dando risada. Elas foram ate o parque e se sentaram num banco perto do parquinho.

- Rebecca, vai lá brincar para eu poder colocar a conversa em dia com a Marce- disse Ally, a pequena apenas concordou e foi brincar.

- Sua filha?!- Marce perguntou curiosa.

- Sai fora Marcelina!- respondeu dando risada- Ela a filha daquela insuportável da minha meia irmã [n/a:gente eu esqueci de avisar que na historia o pai da Ally morreu quando ela era pequena e a mãe casou de novo com um homem que tinha uma filha chamada Julie] e ai como anda a vida?

- Na mesma de 10 anos atrás, e virei secretaria do Paulo. Você acredita que ele não deixou nem eu namorar!- disse indignada.

- O Guerra ainda tem aquelas crises de ciúmes idiotas?- perguntou a Marcelina que apenas concordou com a cabeça- Mas e ai, como anda aquele idiota do seu irmão?

- Virou empresário, mas continua solteiro se é isso que você queria saber. – respondeu dando risada e viu seu irmão se aproximar- inclusive se quiser falar com ele aproveita que ele ta vindo aqui.

- Gnomo, quem é essa sua amiga?- Perguntou Paulo para sua irmã.

-Nossa Guerra, não se lembra de mim? Magoou.- disse limpando uma lagrima falsa.

- Gusmam?!

- Que bom que reconheceu a Ally- falou e foi saindo- vou deixar Paulicia a sós e vou ver como a Rebecca esta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...