História Amigos? - L3ddy - Capítulo 29


Escrita por: ~ e ~kemberlly

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Aruan Felix, Christian Figueiredo, Felipe Z. "Felps", Gustavo Stockler (Nomegusta), Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Henrique e Rosane Martins (Casal de Nerd), Malena "Malena0202" Nunes, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Christian Figueiredo, Felps, Gustavo Stockler, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Bromance, L3ddy, Luba, Romance, T3ddy, Youtube, Youtuber
Visualizações 748
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


😁Sei que está curto, mas como quero postar um capítulo todo dia e meio que nesse horário, então foi isso que saiu galeriis😝✌
🙃E enquanto você está lendo esse capítulo o de amanhã ja está sendo escrito👌

Capítulo 29 - Resolveu Ir?


Fanfic / Fanfiction Amigos? - L3ddy - Capítulo 29 - Resolveu Ir?

*São 13:30**

POV Luba

Continuamos indo pra casa, só que agora o T3ddy resolveu fazer uns snaps falando sobre a homofobia, que tinha acabado de ver eu sofrendo, sim ele mentiu para os fãs, eu acho que ele fez certo, já que não está preparado pra se assumir pros fãs dele.

Chegamos no elevador, largamos todas as bolsas no chão e sentamos no chão, estamos muito cansado, então eu pego o celular e mando uma mensagem pra minha mãe avisando que já estávamos no elevador, pra ela vir nos ajudar. Ela visualiza e quando a porta do elevador se abre, ela está lá com um carrinho de feira pra ajudar a levar as bolsas. 

L: Mãe

C: Oi

L: Nunca mais

C: Ah Luba

L: Ah o que?

C: Sempre fiz tudo por você! Por que você não pode fazer um simples favor pra mim?

T: Ah Tia calma aê né, olha nós cansados aqui - ele devia ter ficado calado!

L: Não precisava ser tanta coisa e também cadê o dinheiro? Você não deu nada pra ajudar

C: Tá bom, da próxima vez eu vou - ela sai da sala e vai pro quarto, trancando a porta

O T3ddy pega um copo de água e bebemos, acho que nunca mais eu vou no mercado pra minha mãe, sem dizer da mulher homofóbica que com certeza magoou o T3ddy.

POV T3ddy

Não paro de me lembrar da cara daquela mulher, como que alguém pode reprovar um casal que se ama? Só por que os dois são homens? Só por que os dois se amam e a pessoa não? Só por que... Sei lá outro motivo! Não existe nenhuma lei que proiba dois homens de se amarem e ficarem juntos. Lá no fundo bate uma tristeza em ver pessoas não evoluídas.

L: O que foi Urso?

T: Nada não

L: Eu ouvi oque você disse baixinho, não sou surdo

T: Hã? Eu não falei nada

L: Então você pensou alto

T: Deve ter sido

L: Você tá pensando naquela mulher né?

T: Aham

L: Não pense que eu não fico triste, porque eu fico, sou um ser humano é qualquer ofensa pode me machucar

T: Você e eu, nunca podemos nos separar, porque você tá me ajudando muito a essas coisas

L: Eu nunca vou deixar isso acontecer, vem cá!

Eu sento em suas pernas, dou um selinho e me surge a vontade de ir visitar minha mãe e meu pai, o Luba vai gostar, deixa eu agilizar isso tudo antes que essa vontade passe, e não, eu não quero assumir nada agora pra eles.

T: L-Luba sei que tá bom, mas preciso falar pra você que vamos pra Ribeirão Preto

L: Resolveu ir?

T: Aham, essa ideia toda de homofobia me fez perceber que não importa a opinião dos outros nós vamos estar sempre ao lado do outro

L: Você sempre me surpreendendo - ele me dá um selinho

T: Vou lá ver se tem algum assento pra ontem - ele sai de cima de mim e vai caminhado pro corredor

L: Vai lá, já está ligado! - fico no sofá vendo TV enquanto ele vai pro quarto 

Mecho no mouse, logo o monitor acende novamente mostrando o Twitter do Luba aberto, o último twitte que ele fez foi - Super Feliiz😍😁 -, fecho o Twitter dele e entro no meu e logo dou rt no twitte dele, com uma legenda - Será que é por minha causa - Depois vou no site da mesma companhia aérea que nos trouxe e vejo se tem passagem livre pra amanhã para Ribeirão Preto, e só tem pra um dia depois de hoje, eu compro duas e fico sentado no sofá mexendo no celular. O Luba entra no quarto com uma cara de tipo "vi um fantasma".

T: O que foi amor? - olho a cara dele e acabo soltando uma mini risada

L: Eu vi oque você fez - ele me olha meio avoado 

T: - dou uma risada - Gostou?

L: Isso uma hora vai sair do controle - ele entra e se senta ao meu lado

T: Então o que acha de gravar um vlog pro meu canal? - passo meu braço por suas costas e meio que ficamos abraçados - Mas não é pra esclarecer nada pros nossos fãs

L: Tá, mas vlog de que? - ele apóia sua mão em minha perna

T: Perguntas que inventaremos mas nós acabaria dizendo que era perguntas do pessoal do twitter

L: Certeza? - ele vira pra mim e olha no fundo dos meus olhos

T: Aham - digo confiante tirando o braço de suas costas

L: Por que não falamos a verdade e que são perguntas feitas por nós mesmo? - depois dele dizer isso, lembro que temos muitos fãs e que se eu mentisse pra eles, eu iria ficar com a consciência pesada

T: É né, o que custa ser sincero com eles? Eles fazem tudo por nós - ele abre um sorriso e me dá um selinho

L: Mas quer gravar quando?

T: Vamos fazer as perguntas agora nas Notas do celular, aí quando a gente acabar, arrumamos tudo e gravamos pode ser? 

L: Aham, faz quantas perguntas? - ele levanta e fecha a porta do quarto

T: Três tá bom - me deito no sofá e começo a pensar e escrever as perguntas

*São 14:00**

POV Luba

Subo na cama, enquanto ele fica lá no sofá, pego o celular e escrevo as perguntas, tento não fazer perguntas safadas, nem perguntas que induza que ele está comigo.

T: Luba, já terminei

L: Já? Só fiz a primeira! Pra mim tá difícil

T: Pena eu não poder te ajudar

L: ...

T: Eu vou arrumar as coisas, enquanto isso você escreve aí suas perguntas tá?

L: Tá



Notas Finais


😀Sinceramente espero que tenham gostado😋💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...