História Amigos? - L3ddy - Capítulo 73


Escrita por: ~ e ~kemberlly

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Aruan Felix, Christian Figueiredo, Felipe Z. "Felps", Gustavo Stockler (Nomegusta), Júlio Cocielo, Kéfera Buchmann, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Henrique e Rosane Martins (Casal de Nerd), Malena "Malena0202" Nunes, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Christian Figueiredo, Felps, Gustavo Stockler, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Bromance, L3ddy, Luba, Romance, T3ddy, Youtube, Youtuber
Visualizações 249
Palavras 2.118
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooiiieee!!!
✨✨💎✨✨
Não sei se estou muito satisfeito com esse capítulo mas tá aí, as ideias pra fic ficam indo e vindo então esse cap ficou meio morto, só acho.
💚💖💚💖💚💖
E se as views não começarem a normalizar sei lá se minha vontade vai continuar ativa. Seria bom vocês divulgarem pra alguém... No começo o feedback era grande, pelo menos pra mim, e agora tá diminuindo aos poucos.
🦄😍🦄😍🦄😍
Mas tá. Fiquem com esse capítulo morto

Capítulo 73 - Você é Escroto


Fanfic / Fanfiction Amigos? - L3ddy - Capítulo 73 - Você é Escroto

POV João Guilherme


Já estou em casa. Quando entrei no carro foi toda aquela choradeira da minha mãe pedindo desculpa e tudo mais. Tava pensando em contar pra ela do Chris mas não tô total convencido que ela tá tentando me aceitar já que deu duas "surtadas" quando eu expliquei o que eu tava sentindo.


Depois de uma hora que eu cheguei o Chris todo preocupado mandou mensagens perguntando se eu estava bem e confirmei. Não contei da desconfiança que tenho pela minha mãe porque pode ser coisa da minha cabeça. E quanto ao vídeo que gravei acabei não contando pra ele, só vou contar sobre isso quando ele dizer que está com saudades das coisas que fazíamos.


Minhas amigas, entre elas uma que eu tinha ficado pra agradar meus amigos que meio que me forçaram, ficaram sabendo que fui expulso de casa não sei como e me chamaram pra um rolê hoje é claro que eu não ia ficar em casa. Eu sou rolezeiro, esse meme me define.


POV Luba 


Tá quase na hora e eu me sinto muito tenso, o Lucas continua lá no quarto igual um bebê por causa da dor, eu devo ter quebrado ele ao meio nas palavras de Biel. Vou no quarto ver mais uma vez meu homem e ouço ele pela milésima vez reclamando que nenhuma posição alivia a dor.


– Calma. Vou no shopping comprar qualquer pomada pra ver se diminui. Tá bom assim? - falo abrindo o armário e pegando uma blusa branca, uma bermuda jeans e, não tão importante, uma cueca cinza.


– Por que tá tão seco Luba? Precisa de massagem hein - fala na inocência pelo que parece.


– Ah T3ddy, sabe que tenho meus momentos TPM - não era minha intenção ser tão seco com ele mas essa ansiedade e raiva pelo Wellinton tá me matando. 


Preciso não falar com o Lucas até eu ir porque se eu falar vou acabar sendo sexo com ele ou até sei lá, dá um fora no menino.


Entro no box depois de eu tirar minha roupa. Deixo a água quente escorrer pelo meu rosto pra eu tentar me acalmar até mesmo porque se o Wellinton ver que eu estou assim vai achar que está dando "certo" o que ele está fazendo.


Depois do longo banho que tomei, sim, não liguei pra água eu preciso aparentar estar feliz quando chegar lá. Me visto, penteio meu cabelo e coloco meu perfume preferido. Saio do banheiro e vou direto no T3ddy me despedir, dou um beijo em sua testa e saio do quarto. 


Chego na sala e a Kéfera fica sendo ouvinte do problema todo, e me aconselha a fazer o que eu achar melhor, que foi o mesmo conselho que eu e o Lucas demos pra ela, vou seguir o plano que eu tinha pensado antes. Não vou contar nada pro meu namorado agora não porque se não vai dar merda.


Quando entro no elevador sinto minha bunda vibrar, e não é porque tava tocando Sua Cara, era meu celular com notificações e notificações do Wellinton na DM do Instagram. 


W: Já tô aqui meu amor, o que acha de um cinema?? Mentira, mas se quiser é só falar que eu pago


L: Ah já tá aí? Então espera sentado porque eu estou saindo daqui agora.


W: Tô te esperando...


Pego o carro e parto pro shopping. Mesmo não sendo o shopping em que nós não nos conhecemos sei bem o lugar em que eu estava sentado, em frente ao KFC. 


Depois de uns minutos tentando chegar ao local sendo parado por vários fãs que nem sei como tratei eles. Assim que entro na praça de alimentação já é possível enxergar ele então vou até a mesa e me sento.


– Não vai nem me beijar? - ele diz com um sorriso no rosto me dando cada vez mais raiva dele.


– Não. Eu vim aqui pra dizer que eu não queria de jeito nenhum curtir aquela foto. Não era nem pra eu estar no seu Instagram, eu só tava lá porque eu tava com curiosidade pra saber da sua vida, e nada mais - falo sério e em algumas vezes levantando apenas uma das sombrancelhas.


– Como vamos resolver isso? Eu tenho os prints aqui e isso é uma vantagem. Posso mandar em você porque aí tu fica com medo e acaba fazendo o que eu falei. E não ache que é coisa leve não. Você vai acabar comigo de qualquer jeito, se eu vazar o print o T3ddy vai ficar com raiva e vai terminar com você, e se você me obedecer uma hora ele vai ficar sabendo também e do mesmo jeito vai te abandonar.


– Cala a boca. Se eu falar de você pro Lucas ele quebra tua cara igual quebrou a do Gusta - falo ainda tentando ter a mesma seriedade na voz.


– Aquele ali paga de gostoso mas na hora de foder é fraco fraco. Acha que eu descobri de você aqui em São Paulo como? Dei meu jeito com o Gusta - não acredito que ele ficou com o Gusta só pra saber de mim, agora eu tenho que descobrir o que aconteceu que aí talvez seja o motivo do monstro que ele virou.


– Que que você fez Welinton?? - pergunto pensando em várias possibilidades.


– Ah só deixei ele bêbado em um evento e tentei transar com ele mas ele muito chato e não quis de jeito nenhum. Então deixei um bilhete falando que ia contar tudo pra Kéfera, mas era mentira e sei lá se fiz muito terror psicológico nele - nunca pensei que o Gusta era tão fraco ao ponto de pirar por isso. 


– Você é muito idiota Wellinton!! - falo levantando da cadeira e saio andando, até que recebo uma mensagem do idiota: Entra no banheiro, tô com os prints e não tenho medo de vazar. 


Tenho escolha? Não posso fazer nada a não ser obedecê-lo, pelo que ele me contou do caso Gusta ele vai lá e faz sem medo nenhum. Então entro no banheiro e pro meu azar está vazio, vou para um dos boxes.


Não demora muito ele entra no mesmo box que eu. Sento no vaso, que está fechado, ele senta nas minhas pernas e fica rebolando esperando que eu goste, mas sei que nem eu recusando ele vai parar.


– Lembro perfeitamente quando a gente ficava nessa posição. Lembra? - ele diz com uma voz de louco do sexo. 


– Lembro e agora as posições mudaram muito comigo e com o Lucas. Você não tem noção. Esses dias eu fodi ele na mesa do computador e ainda quero na escada do prédio. Ele é muito gostoso, sim, mais que você. Você pode até me beijar mas saiba que eu vou estar pensando no T3ddy, porque é ele quem eu amo - digo com os braços cruzados olhando pro lado.


– Ah, você me broxou com esse papo de T3ddy. Se da próxima vez você ficar com isso de novo vai acabar vendo nossa conversa na internet - ele diz saindo de cova de mim e indo pra pia.


–Ah Wellinton - vou pra trás dele e o mesmo se vira pra mim só me escutar - Você é escroto pra... - dou um tapa na cara dele - Caralho!


– Então a bicha tá agressiva! Tchau pra você também - ouço ele falar enquanto saio do banheiro, ando até a farmácia o tempo todo olhando pra trás pra ver se ele estava me seguindo.


Compro o tradicional Hipoglós e passo em frente à uma loja que é meio que um Spa, sei lá. Resolvo entrar já que saí de casa bem nervoso e tenso. 


– Oi, aqui é só pagar e a moça faz ou tem que marcar hora? - digo me apoiando no balcão da atendente.


– Depende. É pra agora? - ela diz olhando alguma coisa na tela do computador.


– Sim, tô precisando muito - falo 


– E você deseja aquela com finalização manual? - ela fala dando aquele sorriso malicioso.


– Melhor não. Meu namorado não vai gostar disso - e recebo aquele olhar que já cansei de receber desses homofóbicos. Ela me olhava com reprovação, eu simplesmente não entendo. Pago e entro numa porta.


Vou até a área dos lockers, guardo minha carteira junto do meu celular e minha roupa junto. Visto uma toalha e uns minutos esperando sou chamado por uma moça que aparenta ser simpática.


Chego na sala, cheia das velas, com uma mesa, sei lá como chama isso, é aquela mesa de massagem. Deito ali de bruços e ela começa a passar o óleo em mim.


POV T3ddy


Ando até a cadeira do computador e sento nela. Posto aquele vídeo que tinha editado na madrugada e vejo uma foto pra postar no Instagram. Tô interditado, sérião. Não sei o que fazer, chamar o Mauro agora não, porque sei que ele ia rir muito, restou meu outro melhor amigo, Chris.


Ligo pra ele e falo da situação é claro tive que aturar piadinhas e a risada dele enquanto contava. Ele diz que tudo bem vim, que lá também tá chato e que tem muita coisa pra botar em dia comigo.


   :::Quebra do Tempo:::


Me cubro com o lençol quando vejo a maçaneta se mover como se alguém tivesse a girado. É o Chris. Assim que ele olha pra mim já começa a rir, não posso falar que isso não tá engraçado.


– Eai mano, tá ruim aê?? - continua rindo


– Não ri porque um dia vai ser você! - falo tentando não rir mas não consigo


– O pau do João não me arromba assim não - ele fala.


– Você não pode continuar com ele Christian, não quero você preso cara, ELE É DE MENOR CARALHO. Toma vergonha na porta da tua cara, não importa se ele vai ficar triste ou não mas esse é o melhor a se fazer - agora já não ouço nenhum riso, só vejo ele com a cabeça baixa.


– Ah T3ddy!! Ele disse que me ama e eu não vou mentir eu gosto daquele garoto, me importo com ele, eu até penso em traí-lo as vezes porque eu não to acostumado a me prende à uma só pessoa. Tipo a Kéfera, ela tá lá na sala toda gostosa, me dei mó vontade de tentar alguma coisa mas eu pensei nele, e não, não estamos namorando - ele tenta se explicar.


– Assim Christian, eu acho que você deveria manter seu relacionamento com ele aberto, porque assim vocês podem ficar com outras pessoas. Olha a idade dele, claro que ele vai ficar com vontade de ficar com outros garotos só por eles terem tanquinho ou terem um volume no shorts. Conversa com ele, sério.


– E a Kéfera meu? - penso, penso, penso...


– Amassa!! - falo.


– Aí depois eu falo com ele. E você e o Luba? Tão bem? - ele pergunta 


– Acho que dá pra ver né Chris. Ele me comeu cara, ELE ME COMEU! Você nunca pensou nisso né?! - pergunto rindo e ele confirma com a cabeça - Foi foda, mas foda de bom. Você devia experimentar.


– Só pelo dedinho que o João enfiou em mim eu já senti tesão pra caralho imagina trocar de lado por inteiro - rio porque parece duas amigas falando dos seus boys.


– Que? Já tão no dedinho? Vocês são rápido! - falo.


– Eu acho que ele não me ama não, ele só gosta da coisa do sexo mesmo. Era todo dia cara, e não parava, não tô reclamando não porque era bom e não enjoava - não sei se concordo com esses dois, ele é menor de idade, o Chris não devia nem ter começado, porra, existe a punheta pra que? Mas tá né. 


– Eu e o Luba somos um poucos mais calmos só que quando a gente tá na cama, meu friend, ninguém segura nós tirando a Kéfera - eai vem na minha cabeça a possibilidade de a Kéfera e o Chris começarem a namorar e ela ir morar com ele.


– Por que ela prende vocês? - ele pergunta.


– Eu não me sinto bem gemendo com ela podendo estar atrás da porta escutando tudo.


Passa uns minutos e o Luba chega. Logo depois o Chris saiu do quarto e começa a sessão vergonha do T3ddy. Me descubro e viro de bruços. Sinto a coisa gelada na minha entrada e tomo um mini susto com aquilo. Eu achando que ia ser milagre, não, continuo deitado esperando funcionar, se é que funciona.


POV Luba


Eu poderia pensar na possibilidade de assumir o meu namoro com o T3ddy, porque assim todo mundo fica sabendo e o print só vai ter poder no relacionamento em si e não na minha carreira. E eu sei que o nosso amor é muito forte pra uma coisa dessa quebrar, se bem que o T3ddy é mais imaturo e exagera em tudo. Complicado.














Notas Finais


Não vou nem pedir comentários porque sei que não dá certo isso.
🦄✨🦄✨🦄
Mas então... Gostaram? Para as pessoas que comentam: Comenta aí pra me motivar, grato.
💙💜💙💜💙💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...