História Amigos !....Amigos ? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Arthur, Cortes, Valeria
Exibições 7
Palavras 923
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Leitores,obrigado por ler,é sério muito mesmo,essa história é um pouco perturbadora e irão acontecer coisas horríveis....Desculpe qualquer erro !

Capítulo 1 - Chapter - 1 -> O primeiro dia


Fanfic / Fanfiction Amigos !....Amigos ? - Capítulo 1 - Chapter - 1 -> O primeiro dia

"Bom vamos começar ?"

 Olá,meu nome é Valeria Saurezick Lara,tenho 14 anos e me auto múltilo.

"Por que você se auto múltila ?"

- Doutor eu não sinto mais vontade de viver,tudo que me mantinha viva morreu há 2 anos atrás num acidente de carro

"Ok.O que te mantinha 'viva' ?"

- Ha ha ha,quer saber doutor ? - Me levanto de pés descalços mostrando os lindos dedinho pintados de vermelho e vou até a janela da sala do psicólogo,uma janela inteira de vidro,sem marco nas bordas e sem nenhum tipo de arranhão,uma janela linda com uma linda vista da cidade,suspiro - Meu irmão doutor - Me viro de frente para o mesmo -...Ele era a razão de me manter viva... Ele morreu com dezesseis anos Dr.Fabiano,num acidente de carro,quer saber como foi ?

"Sim,por favor...."

 Eu lhe conto...Estávamos voltando de Gramado,a cidade do chocolate e estava chovendo muito,mas fazer o que era domingo e além do mais em Gramado,esperava o quê ? Nós estávamos sob uma neblina horrenda mal dava para se enxergar um palmo a frente, meu pai estava numa velocidade baixa por causa da tal neblina com os faróis BEM acessos,Markus estava no banco da frente ao lado de nosso pai,Carlos,ham papai é negro,de ombros largos,calvo (Ele odeia quando falo isso,haha),lábios grossos,bem desenhados com um belo cavanhaque,ele sempre mantinha uma única expressão em seu rosto esculpido por Deus,mais fazer o que ? Ele é cirurgião plástico,mais eu não puxei os incríveis traços marcantes e expressivos do rosto de meu pai não, mil vezes não, como ele vive dizendo,eu puxei minha mãe (Só para vocês terem uma ideia minha mãe faleceu no meu nascimento,ou seja,todo ano no meu aniversário eu me culpo e me corto e também levo um buquê de copo-de-leite para o seu túmulo),com traços delicados,num tom de pele claro mais nem tanto,minha mãe era alemã por isso o sobrenome Saurezick,tenho olhos azuis por motivo da linhagem de minha mãe,tenho os cabelos com tranças soltas até o quadril,meu pai me proíbe de namorar, ele acha que isso iria intervir nos meu estudos (Fala sério pai !),mais eu nunca iria deixar uma relação atrapalhar meus estudos...Mais voltando,estava muita neblina e meu pai voltou-se para mim para me dizer uma coisa,ele estava com um rosto preocupado mas um carro que estava a nossa frente freeou por causa de um boi que estava na estrad e foi bem nesse deslize que batemos,bem feio,eu havia fraturado duas costelas e quebrei o braço esquerdo,meu pai cortou a boca e quebrou os dedos das mãos ficou uns dois anos sem trabalhar,eu nunca mais fui a mesma depois de ver o crânio de meu irmão,quebrado através do parabrisas da nossa Land Rover, foi uma das cenas mais horríveis da minha vida...Nunca vou esquecer dr.... 

"Valéria,sei que isso é traumatizante mais o que acha que o seu irmão faria se isso tivesse acontecido à VOCÊ ?"

Sinceramente Dr. ? Eu não sei ! Mais acho que ele iria ficar em depressão,assim como eu estou,ha ha ha

"Deixe de ser sarcástica menina"

OK doutor,eu ainda tenho mais 15 minutos com o senhor,então você que me aguente, OK ?

"Você é terrível, OK"

Sou nada,sou é um anjo de pessoa

"Valéria, já tentou algum hobby para se distrair ??"

Doutor já tentei até Yoga mais parece que nada ajuda,parece que me deixa mais frustadada e nervosa...

"Valéria, nessa fase de sua vida,a adolecência, os meninos e principalmente as meninas ficam com as emoções mais intensas e eu achei que algo para descontrair,como videogames,poderiam ajudar não acha ???"

É ! Talvez ajude Dr.Fabiano

"Valéria sua sessão acabou,eu gostaria que você retornasse para casa e pensasse no que lhe disse agora,OK ?"

-OK Dr. Obrigado pela ajuda

"De nada !"

_*Autora On*_

Após a seção com seu psicólogo,Valéria se dirige até sua escola e,como ela mesmo diz,passa-se mais um dia entediante de blá,blá, blá dos profofessores até que toca o sinal para a saída dos estudantes,Valéria fora a última a sair de sua sala,recolheu seu material e antes que pudesse sair seu professor de história pediu para eles conversarem....Bem....Ela rejeitou e disse para o rejeitado passar bem....

*_*_*_*_*_*_*_*_*

Chegando do colégio, em sua casa Valéria encontrará seu pai fazendo pizza para o jantar :

- Filha vai querer seu lado da pizza com frango ou presunto e queijo ?? - Fala ele com ar de MUITA fome

- Pai ! Hoje não,eu te amo,mais tô sem fome - Fala a menina num tom depressivo

- Mais,ma....- A menina se dirige até seu pai,fica nas pontas dos pés e o beija em sua testa o mesmo a abraça,um abraço forte e cheio de carinho e saudades :

- Filha ! Já faz 2 anos !

- Para mim parace que foram 2 segundos,boa noite pai eu te amo ! 

- Mais minha filha....- Ela corta a fala do pai subindo as escadas da casa.Dentro de seu quarto a menina pega uma muda de roupas e vai ao banheiro tomar um banho...

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

A menina sai triste e,chorando pega seu celular que ainda estava na mochila e abre o Google Play Music para ouvir músicas tristes,ela coloca seus fones e pega uma gilete guardada em sua capinha de celular :

- Será que faço de novo....Ahhhh já faz tanto tempo.....Um corte a mais não faz diferença - A pobre moça passa a gilete no sentido Diagonal no braço esquerdo,um corte até que fundo fazendo-a sangrar bastante :

-Adeus mundo....

Logo em seguida entra seu pai desesperado com soro,gazes e fita de micropore para fazer um curativo as ultimas palavras que a menina pode ouvir fora as de seu pai gritando :

- Valéria, fica comigo meu amor,não desmaia,filha acorda por favor,fica comigo,não vai agora não....




Notas Finais


O que acharam ?
*Odiaram ?
*Gostaram ?
*Mais ou menos ?
Aceito qualquer crítica mais comentem por favor...Pessoas eu vou tentar postar todas as sextas,sábados ou domingos OK....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...