História Amigos até o Fim - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, V
Tags Drama, Hoseok, Lemon, Taehyung, Vhope
Exibições 29
Palavras 637
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLAAAAAAAA <3

Vim trazendo mais uma fanfic aqui, VHope tbm é um shipp que eu amo de vdd e...se preparem...só isso msm, por enquanto é só o prólogo. Tbm amei escrever isso, ri igual retardada enquanto revisava a história sauhsuhuahsuhsa


BOA LEITURA \O

Capítulo 1 - Prólogo


Corri como nunca. Por hoje não fui pego. Sento em minha cama e derramo o dinheiro e pertences de minha mochila sobre ela. Sorrio ao ver o quanto peguei e me deito exausto.

Me levanto preguiçosamente. 06:53, estou atrasado...foda-se. Tomo um banho demorado e ponho meu uniforme, indo então para a escola. Sento em minha carteira ignorando o alerta da professora e durmo novamente, como faço todos os dias. Escola é um porre em minha vida. As aulas terminam e volto para casa. Ponho minhas roupas negras, pego minha máscara e é agora. Pulo da janela de meu quarto e corro pelas ruas. Entro por uma janela. Uma garota dorme tranquilamente, vou com cuidado e pego seu cofre em cima de uma prateleira, junto com seu celular. Vou de janela em janela atrás de coisas valiosas, só quero extravasar e sanar uma mania. Alguém passando na rua me vê saindo da janela e liga para a polícia....de novo não. Já que estou perto da pessoa, aproveito e pego seu celular também, saindo logo depois.

-Polícia! Pare já! -Ouço os oficiais e corro ainda mais. Me escondo em um beco e espero eles passarem para correr novamente. Pulo em outra janela e a fecho cuidadosamente. Está escuro, não deve ter ninguém. Me escoro na parede e deslizo ofegante, lentamente até o chão e retiro minha máscara. Fecho meus olhos e regulo minha respiração. A luz do quarto se acende e fico em pé rapidamente, logo sacando meu companheiro canivete.

-Ei, olá, o que faz no meu quarto? -Um garoto de cabelos castanhos e pele bronzeada me pergunta e eu franzo o cenho. É um dos otários de minha sala.

-É só você...eu to vazando. -Abro a janela e ainda vejo alguns policiais rondando. Merda! Fecho a janela novamente.

-Ah, deve ser a polícia, sabia que tem um ladrão na cidade? Ele se veste exatamente como você...-Ele aperta os olhos. Se ele gritar...fodeu. -Tome cuidado, podem te confundir com ele! -Mas o que...? -Meu nome é Taehyung, qual é o seu? -Ele se senta na cama e me olha esperançoso.

-Não te interessa.

-Pode confiar em mim! -Olho para fora, não há mais policiais por perto.

-Tá, olha...-Vejo seu cofre. -Me passa seu cofre e eu te falo. -Ele pega e me entrega. Fácil demais.

-Pronto...e então?

-Me passa seu celular também.

-Sério? Meu celular não cara...você vai me devolver né? -Rio soprado.

-Vou, claro.

-Tome...-Ponho tudo em minha mochila. -Agora me fale seu nome. 

Abro a janela e pulo fora.

-Falou trouxa! -Saio correndo pelas ruas novamente.

-Ei! Você! Ei! Espera! Meu celular!! Meu celular!! -Olho para trás, ele está atrás de mim? Mas que merda! Me escondo em um beco e fico lá por um tempo. Normalizo minha respiração e saio de lá, dando de cara com o garoto e sua mão estendida. Ele adorna um rosto bem sério. -Meu celular cara...você disse que devolveria, eu confiei em você...me diga seu nome e eu te deixo ir...-Ele é burro, não é risco...vou usar o pseudônimo.

-É Hope...agora fui! -Me viro de costas e tento correr, mas sou impedido por um puxão no nó de minha máscara. Bato com as costas no peito do garoto.

-Tsc tsc, meu celular, então eu te deixo ir...-Ah sem essa! Piso em seu pé, ele agoniza e eu fujo ileso. Chego em meu quarto e guardo o que peguei em um baú embaixo de minha cama. Se não fosse pelo garoto e pela polícia eu pegaria mais que isso...

-Hoseok!! Venha jantar!! -Ouço minha mãe gritar da cozinha e eu vou até lá, onde faço minha refeição em paz. Volto para meu quarto e me jogo na cama fechando os olhos, até que ouço batidas em minha janela.

-Ei!! Você!! Me devolve aí!! Eu tô falando sério cara!

Só pode ser brincadeira..


Notas Finais


Bom, espero que tenham gostado desse começo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...