História Amigos e amantes? - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens JR, Mark
Tags Bamgyeon, Jackbum, Markjin
Exibições 97
Palavras 2.675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia pessoas 😴😴😴

Último capítulo Jackbum 😜😜😜

Espero que gostem 😣😣

Capítulo 36 - Capítulo 35 - Jackson Wang / Im Jae Bum


Capítulo 35 - Jackson Wang / Im Jae Bum


No outro dia, Jackson foi acordado por Mark, sua cabeça latejava de dor pela " bebedeira " da noite passada. Se levantou e foi para o banheiro, tomou um banho morno e se trocou. Quando voltou para a sala, Mark terminava de servir a mesa com o café da manhã.

- Vem comer. E tome isto depois. - falou Mark, depositando o remédio em cima da mesa.

- .... Obrigado. - disse Jackson se sentando.

- Então... O que vai falar com Jaebum hoje ? - perguntou Mark se sentando em sua frente.

- ...? Falar o quê? - perguntou Jackson meio confuso.

- Você que tem que me dizer. Foi você que ligou para ele ontem, dizendo que tinha que falar com ele hoje na empresa. - falou Mark dando os ombros.

- ..O quê!? E-eu... ?? - disse Jackson arregalando os olhos.

Mark não respondeu, mas não conseguiu conter seu riso. Ver Jackson, o amigo responsável, pés no chão, as vezes muito frio, agindo daquela forma era muito engraçado. Tomou seu café calmante e olhou para o relógio.

- Vamos, se não iremos chegar atrasados. - disse Mark se levantando.

Jackson tomou o último gole de café e seguiu Mark mudo. Não acreditando ainda no que tinha feito.

.

.

.

.

.

Jaebum estava sentado em seu sofa, trocava os canais da TV aleatoriamente. Ian tinha se declarado para ele e não sabia o que fazer.


Não estou pensando em nada, só espero que este tipo de coisa não se repita no ambiente profissional...


As palavras de Jackson vieram em sua cabeça, lhe trazendo uma pontada dolorida em seu coração. O garoto fora muito frio. Apesar de não ter tido um relacionamento sério com ele, não esperava que ele o tratasse mal.

Afundou seu rosto na almofada em seus braços e caiu de lado no sofá. Ouviu o toque suave de seu celular tocando em cima da mesa de centro. Pegou o na mão e viu o nome na tela. Se sentou rapidamente, seu coração se descompassou, acelerando seu ritmo. Era Jackson.

- A-alô ? - atendeu Jaebum, com a voz trêmula.

- .... - Jackson não falou.

- Jackson...?? - chamou Jaebum.

- Quem era aquele moleque? - disse bravo.

- ??... Você está falando do Ian? - falou.

- Quem é ele? - perguntou novamente.

- Ian é um dos membros da minha equipe... - respondeu.

- Quero falar com você amanhã na minha empresa. - disse Jackson.

- ... Eu não posso ir, tenho alguns compromissos importa. - foi interrompido.

- Se não vier eu cancelo o contrato. - disse desligando o telefone.

- A-alô? - disse conferindo o celular.

Jaebum não estava acreditando no que tinha acabado de acontecer. Nunca viu Jackson agir daquela maneira. Ficou parado por algum tempo tentando digerir a situação.

- Ele não pode cancelar o contrato.... Certo.....?? - pensou alto.

No dia seguinte, Jaebum estava em sua sala. Olhava sua agenda, onde mostrava seus compromissos do dia. O único horário disponível era depois das 16 horas. Pensava se deveria ir ao encontro de Jackson, estava extremamente curioso sobre o que o garoto tinha para falar, mas também estava com medo de ouvir.

- Jaebum? - disse Ian da porta.

- Ian. - disse Jaebum, sentindo seu coração gelar.

- Está na hora da reunião com o diretor. Vamos? - disse Ian.

- Ah... Sim, vamos. - falou se levantando.

Durante a reunião, Jaebum tentava se concentrar, mas não conseguia. Ian, o olhava descaradamente. Sentia que cada movimento seu, era observado pelo garoto. Aquilo estava incomodando-o. Ao sair da reunião, Jaebum tinha decidido que deveria dar uma resposta a confissão de Ian.

- Ian! - chamou Jaebum.

- O que foi? - falou Ian sorrindo.

- Posso falar com você? - disse Jaebum.

- Mas é claro. - falou se aproximando do garoto.

- ... Prefiro conversar na minha sala... Tudo bem? - disse olhando ao redor.

- Tudo bem, vamos lá. - falou seguindo para a sala.

Chegando em sua sala, Jaebum encostou a porta para que ninguém pudesse ouvi-los.

- ... Sobre a conversa de ontem.... - disse olhando para o garoto. - Eu queria dizer qu. - foi interrompido pelo toque do seu telefone - Só um minuto.

Jaebum atendeu o telefone. Era a Rosemarie, secretária de Jackson, dizendo que Jaebum deveria comparecer à empresa, pois havia ocorrido alguns problemas com o projeto em andamento. Jaebum desligou o telefone e olhou para Ian.

- Aconteceu alguma coisa? - perguntou Ian.

- Tenho que ir para JYP, aconteceu alguns problemas no projeto... - falou suspirando profundamente.

- Eu vou junto. - disse Ian.

- Seria melhor, pelo pouco que ouvi, o problema parece ser grande. Vou cancelar a agenda da tarde, e então iremos. - falou Jaebum se sentando em sua mesa.

- Tudo bem. Quando estiver pronto me chame. - disse Ian saindo da sala.

Jaebum começou a cancelar sua agenda da tarde, demorou somente alguns minutos para aquilo. Terminou a ata da reunião e então se levantou, arrumou alguns formulários para levar para JYP e saiu de sua sala.

Chamou Ian e saiu de sua empresa em direção a empresa de Jackson.

.

.

.

.

.

Jackson corria contra o tempo, os problemas que surgiram no projeto com a empresa Alfa eram grandes. Seu telefone não parava de tocar nem por um segundo. Rosemeire entrou em sua sala, calmamente, lhe trazendo uma xícara de café.

- Sr. Wang, o Sr Im já está a caminho. - disse calma.

- Sr. Im ? - disse Jackson franzindo o cenho.

- Sim, líder da equipe da empresa Alfa.

- Jaebum? Ele está vindo para cá!? - perguntou com os olhos arregalados.

- Sim. Tomei a liberdade de chamá-lo. Acredito que os problemas serão resolvidos com mais facilidade. - disse Rosemarie.

- .... Tudo bem, pode sair. - disse Jackson.

Rosemeire fez reverência e saiu da sala. Jackson se perguntava por que Rosemarie era tão eficiente. Sabia que com Jaebum na empresa o problema seria resolvido com mais facilidade, mas não queria encontrá-lo. Ainda tinha esperanças de que o garoto não iria aparecer na empresa depois de sua ligação, mas agora era certo de que iria se encontrar com ele.

Algum tempo depois, Rosemarie ligou para Jackson avisando que Jaebum tinha chegado e estava aguardando na sala de reunião.

Jackson então se levantou e seguiu para a sala. Ao chegar na sala se deparou com Jaebum sentado ao lado de Ian, discutindo sobre algo bem próximos. Um fio de ira passou pelo seu corpo.

Bateu na porta chamando a atenção de ambos para sí.

- Surgiram alguns imprevistos inconvenientes. Acredito que já esteja sabendo... - falou Jackson olhando para Jaebum.

- Sim. Recebi a ligação de sua secretária, ela me mandou os detalhes por e-mail. - disse Jaebum olhando o também.

Jackson sentiu seu coração se acelerar. Aquele olhar frio de Jaebum lhe causava arrepios. Lembranças das "noites" lhe veio a cabeça, fazendo o engolir seco.

- Muito bem, preciso que resolvam estes itens para mim por enquanto. Irei resolver estas questões e retornarei para cá. - disse Jackson entregando os papéis.

- Está bem. - disse Jaebum pegando os papéis.

- Qualquer coisa é só falar com Rosemarie. - disse Jackson saindo da sala.

.

.

.

.

.

Jaebum e Ian começaram a trabalhar no problema logo após que Jackson deixou a sala. Os problemas eram grandes, grandes o suficiente para lhe fazerem passar horas no telefone e nos notebooks.

Quando Jaebum parou para ir ao banheiro, percebeu que o dia tinha acabado e já era de noite. Ian ainda falava ao telefone, Jaebum fez um sinal de que iria ao banheiro para Ian e foi ao banheiro rapidamente.

Ao retornar, Ian já tinha desligado o telefone e estava mexendo no notebook.

- Conseguiu resolver? - perguntou Jaebum entrando na sala.

- Sim. Só falta terminar este formulário e estará tudo pronto. - falou Ian sorrindo.

- Isso é ótimo! - falou Jaebum sorrindo também.

- E você, conseguiu resolver ? - perguntou Ian.

- Sim, só estou esperando o documento chegar e terminar alguns detalhes. - falou Jaebum.

- Isso é bom! - disse.

- É sim! - falou.

Os dois então se entreolharam. Jaebum se aproximou e se sentou na cadeira próxima a Ian.

- Sobre ontem... - disse olhando para Ian. - Fiquei muito feliz pelos seus sentimentos. Nunca ninguém tinha me dito aquelas coisas. Muito obrigado mesmo.... Mas... - abaixou seus olhos.

- ... Mas... Você gosta de outro... Certo? - falou Ian sorrindo.

- ... Sinto muito... - falou.

- ..Não se preocupe, ficarei bem. - falou sorrindo.

- ... - Jaebum levantou seus olhos para Ian.

- .... Ah.. Isso já é sacanagem! Não me olhe assim!! - falou desviando o olhar.

- ?? - Jaebum estava confuso.

- Sabia que você tem esse olhar frio, que causa arrepios em qualquer um? Não deveria olhar assim para as pessoas! É jogo sujo!! - disse sério.

- .... Eu sinto muito... ? - falou Jaebum ainda sem entender muito.

- Não peça desculpas... Não é sua culpa... Eu acho isso pelo menos - sorriu. - Bom... Eu terminei minha parte e acho que quero ir pra casa chorar um pouco. - disse num tom brincalhão.

- ... - Jaebum abaixou seus olhos, não sabia o que dizer.

- Não fique assim, estou bem. Não se preocupe... - falou pousando sua mão na cabeça do garoto.

Jaebum levantou seu rosto. Ian sorria para si, fazendo o se sentir um pouco melhor.

Ian então arrumou suas coisas e foi embora. Jaebum ficou sentando sozinho na sala espaçosa. Estava com pena de Ian, sabia como era doloroso ser rejeitado. Deitou sua cabeça sobre a mesa e fechou seus olhos. O cansaço do dia e a falta de sono da noite passada o fez cair em sono em alguns minutos.

.

.

.

.

.

Depois de conseguir resolver todos os problemas, Jackson se sentou em sua cadeira pesadamente. Sua cabeça começava a latejar de dor novamente. Então pediu para que Rosemarie lhe trouxesse um remédio. Alguns segundo depois, Rosemarie bateu e entrou em sua sala com o copo de água e o remédio.

- Aqui está Sr. Wang. - disse lhe entregando o remédio

- Obrigado. - falou pegando o remédio e tomando o.

- Por nada. - fez reverência e se virou para sair.

- Tem alguém da Alfa ainda ? - perguntou Jackson.

- O Sr. Im ainda está na sala de reunião. - respondeu Rosemarie.

- Tudo bem então. - falou Jackson dispensando a secretária.

Suspirou profundamente e se levantou, caminhou lentamente até a sala onde Jaebum estava. Viu o garoto com os braços e a cabeça sobre a mesa.

- Jaebum? - chamou Jackson se aproximando.

Percebeu então que o garoto dormia profundamente. Se aproximou mais do garoto e se sentou ao seu lado. Virou se para ele e o observou. Jackson nunca tinha visto Jaebum dormindo, saia sempre antes que isso acontecesse.

Sentia seu coração se agitar com a beleza serena do garoto que dormia. Não precisou de muito mais tempo para que não aguentasse mais, e o tocasse com leveza. Passou seus dedos suavemente pelos fios de cabelos do garoto, tocou nas pintas abaixo das sobrancelhas do garoto e passou pela sua bochecha até chegar nos lábios rosados de Jaebum.

Engoliu seco. A vontade de beijar aqueles lábios o atacaram ferozmente. Seu coração batia com força dentro de seu tórax. Não tinha mais como se esconder, era tarde demais. Amava aquele garoto. E seria realmente burro se deixasse outro alguém tê lo. Beijou então a bochecha de Jaebum. Sentia seu sentimentos pelo garoto transbordar de todo seu corpo.

Jaebum abriu seus olhos lentamente. Ao ver Jackson em seu lado, levantou sua cabeça rapidamente.

- M-me desculpe! Acho que caí no sono sem querer! Mas, não se preocupe, os problemas foram resolvidos!! - falou Jaebum meio desajeitado.

- .... Eu amo você. Fui um burro quando falei que queria terminar com você. Me perdoa, por favor. - disse Jackson olhando o.

- !!! - Jaebum arregalou seus olhos ao ouviu as palavras de Jackson.

- Quero que seja meu parceiro. Só meu e de mais ninguém. Quero ter um relacionamento sério com você. Eu amo você. - disse Jackson sério, ainda olhando o garoto.

Aquelas palavras encheram os olhos de Jaebum. Lágrimas começaram a cair sobre o rosto do garoto. Não acreditava no que estava ouvindo. Jackson passou as mãos sobre o rosto do garoto enxugando suas lágrimas. O calor da mão de Jackson fez Jaebum perceber que aquilo era real.

- ..E-eu amo você.. - disse com a voz fraca.

Jackson sorriu e lhe deu um beijo carinhoso. Puxou a cadeira de Jaebum para mais perto de sí e lhe deu um beijo mais profundo. Suas línguas se entrelaçavam perfeitamente, matando a saudades que sintiam um pelo outro. Jackson se afastou um pouco de Jaebum que estava meio ofegante e o olhou. Sentiu todo os pelos de seu corpo se arrepiarem com o olhar de Jaebum. Aquele olhar frio que lhe cativou desde a primeira vez.

- Assim não dá.... - disse Jackson suspirando.

- ? - Jaebum o olhou sem entender.

Então  Jackson se levantou devagar, e foi em direção a porta. Olhou para o corredor, viu que não tinha ninguém, fechou a porta e a trancou. Se virou e olhou para Jaebum que observava o. Voltou até o garoto e o puxou para si.

Se encostou na mesa e acariciou o rosto de Jaebum que lhe tocava também. Beijos começaram a ser trocados com mais densidade. Cada vez mais profundos e humidos. Suas respirações ofegantes, entregavam seus desejos. Jackson passou a mão na cintura de Jaebum e o puxou até seus troncos se encostarem. O calor e o cheiro que sentia de Jaebum fez seu membro se enrijecer rapidamente. O mesmo para Jaebum que estava perdendo suas forças do prazer que sentia nos beijos de Jackson. As mão de Jackson desceram mais um pouco chegando até os glúteos de Jaebum e apertando o contra sí, fazendo seus membros se tocarem. Jaebum soltava gemidos doces no ouvido de Jackson que se arrepiava com aquilo. 

Então Jackson se levantou e pegou as pernas de Jaebum e entrelaçou as em sua cintura, se virou e o deitou na mesa.

Jaebum fitava o com desejos em seus olhos. Cativando Jackson, que começou a desabotoar a camiseta de Jaebum e lhe depositar beijos carinhosos. Jaebum se arrepiava com os "beijos molhados" de Jackson.

Jackson sentia seu membro pulsar de desejo, friccionava o contra Jaebum enquanto lhe beijava. Abaixou as calças de Jaebum e molhou seus dedos lubrificando os bem. Introduziu lentamente no garoto que se arqueou lentamente soltando um gemido baixo. Depois de " relaxar " Jaebum, colocou seu pênis no garoto, se movendo lentamente. Jackson respirava com dificuldade, sentia seu prazer se aumentar a cada arremate dado. Jaebum sentia o calor pulsante de Jackson dentro si, o cheiro do suor de ambos, o fazia ficar tonto de prazer. As estocadas de Jackson tomavam mais velocidade indicando o clímax chegando. Jaebum passou suas pernas em volta de Jackson e o beijou profundamente liberando seu gozo. Jackson sentiu Jaebum se apertar ao seu redor e estremeceu, soltando seu prazer dentro de Jaebum ferozmente.

Jackson caiu sobre Jaebum e ficou alí por alguns minutos. Quando suas respirações voltaram ao normal, Jackson se levantou e arrumou suas roupas. E ajudou Jaebum arrumar suas roupas também.

Depois de arrumados, trocaram mais alguns beijos e algumas carícias.

- Jackson... Eu amo você. - disse Jaebum abraçando o.

- Também amo você... - falou retribuindo o abraço.

- ... - Jaebum sentia as lágrimas se enchendo em seus olhos.

- Vamos pra casa... Está tarde... E ainda me falta... - disse Jackson sorrindo e olhando para suas calças.

Jaebum sorriu lindamente e o abraçou novamente.

- Vamos pra casa! - disse Jaebum alegremente...


Notas Finais


E é isso 😣😣😣

Espero que tenham gostado 😌😌

E o próximo capítulo será inédito para todos 😂😂😂

Aleluia !!! Até que enfim 😋😎😎😎😋

Mas... Não está pronto ainda... Então não sei quando irei postar... 😗😗

Espero que aguardem com carinho 😍

Bjus 😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...