História Amigos,amores eternos - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Amor, Comedia, Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 73
Palavras 1.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente desculpe a demora esse capítulo já estava pronto a algum tempo só que eu tive alguns problemas e só estou podendo postar agora
Bom capítulo

Capítulo 17 - Tempo


Os dias foram se passando e Sakura ficava mais próxima de Sasuke e Daisasuke.Fugaku não gostava nem um pouco daquela situação e Sasori estava se mordendo de ciúmes, pois na maioria das vezes que eles estavam juntos ela falava de Daisasuke e de como ele é encantador e fofo,sempre comprando lembrancinhas.

Sakura e Sasuke conseguiram entrar em sintonia em relação ao trabalho,talvez pelo tempo de amizade ou pelo afeto que um tinha pelo outro. Na sexta ele saíram do trabalho mais cedo e foram para a mansão Uchiha resolver alguns problemas relacionado aos relatórios de alguns funcionários e assinar alguns documentos de maior importância, assim que elas chegaram daisasuke estava descendo com a avó para o parquinho e assim que ele viu Sakura saiu correndo e gritou
- fada
ele pulou no colo dela e foi repreendido pelo pai
- daisasuke

ele fez um biquinho e disse
- desculpa papai
Sakura deu um sorriso carinho e disse
- não tem problema
e deu um beijo no rosto do menino fazendo ele sorrir novamente, Sasuke pegou ele no colo deu um beijo em sua testa e disse
- não faça mais isso ,pois ela poderia ter caído com você no colo e vocês dois iam se machucar muito
- ta bom papai, eu não vou mais fazer isso
Daisasuke deu um beijo no rosto do pai e logo em seguida pegou na mão da avó e os dois seguiram para o parquinho,depois de muito brincar o menino subiu tomou um banho enquanto sua avó pediu para preparar um lanche para eles, Daisasuke bateu de leve na porta do pai e ouviu um
- entre
ele colocou a cabeça para o lado de dentro da porta e viu o pai perguntar
- o que foi ?
ele terminou de entrar e perguntou
- papai você e a fada vem lanchar comigo e com a vovó?
ele sorriu e disse
- podemos sim
e foram os três de mão dadas até a mesa de jantar onde Mikoto os esperava e ela reparou o quanto eles pareciam uma família e que é uma pena o fato de Sakura está prestes a se casar, depois do lanches Mikoto subiu para o quarto e eles ficaram brincando na sala , Fugaku desceu e viu a cena dos três, mas não disse nada se dirigiu a cozinha pegou um copo de água e voltou para o quarto,um pouco mais tarde Sasuke foi levar Sakura para casa. Assim que o moreno voltou ele tomou um banho e ficou com o filho até a hora do jantar, depois da janta o moreno foi levar o filho para dormir e se encontrou com o pai  que disse
- assim que você terminar me encontra no meu escritório
depois de Daisasuke dormir o moreno desceu e foi ao encontro de seu pai, ele se sentou de frente ao pai e sem delongas Fugaku disse
- você se esqueceu do nosso acordo
- aquele acordo idiota não vale mais de nada
- eu quero que você pegue seu filho e vá embora
- como você pode ser tão egoísta?Eu não vou embora, meu filho vem em primeiro plano agora e eu não vou ser a merda de pai que você é
- se eu quiser posso varrer ela da minha empresa
- e com um telefonema eu posso trazê-la de volta
- você vai ligar para quem ?
- Itachi, ele confia nela como na própria sombra e não vai deixar nada acontecer a ela inclusive uma demissão injusta
Fugaku se levantou vermelho de raiva e deu um soco no rosto do filho gritando
- seu moleque de merda
Sasuke se levantou limpou o filete de sangue que escorria no canto dos seus lábios e respondeu tão alto quanto o Fugaku
- você é um lixo de pai

e saiu da sala pegou o carro e saiu como um foguete rua afora que nem viu Mikoto chorando pela briga dos dois na sala.

Começou a cair uma chuva forte e então o moreno continuou dirigindo enlouquecidamente, até que ele se lembrou de Olívia e da forma como ela morreu, de suas últimas palavras ditas a ele e então Sasuke caiu na real se algo acontecesse com ele Daisasuke não teria mais ninguém e então ele parou e percebeu que estava em frente ao seu antigo apartamento, ele desceu entregou o carro ao frentista e subiu, tocou a campainha e Sakura se surpreendeu pelo porteiro não ter anunciado quem era, Sasori não poderia ser pois ele nunca ia lá e a rosada se surpreendeu mais ainda ao ver Sasuke que estava todo molhado, que apesar de ter pegado pouca chuva que foi do caminho entre a saída do carro e a entrada do hotel ficou encharcado pela intensidade da chuva, ele olhou para ela que estava parada olhando para ele ainda surpresa
- posso entrar ?
- am...claro que pode, entrar aí
assim que ele entrou ela disse
- eu vou pegar uma toalha
ela pegou uma toalha e se dirigiu até o closet para pegar algumas roupas antigas dele, e ela não pode deixar de olhar o como ele estava lindo sem camisa e secando os cabelos, e o moreno ficou surpreso e feliz por ver que ela ainda guardava todas as roupas dele. Ele vestiu uma cueca e uma calça de moletom que estava um pouco apertada por ele está mais forte, mas nada que pudesse incomodá-lo, eles se sentaram na mesa na cozinha onde tinha uma garrafa de vinho, uma taça cheia e alguns documentos relacionados a empresa ela pegou uma taça para ele encheu e então perguntou enquanto ele dava um cole
- o que aconteceu ?
- briguei com o meu pai, ele quer que eu vá embora com Daisasuke, ele não consegue entender que Daisasuke precisa ficar que ele precisa desse calor da família para poder superar melhor a morte da mãe
ela pegou carinhosamente na mão dele enquanto o mesmo continuava
- ele já melhorou bastante desde que veio para cá, como o meu pai pode ser tão egoísta
- é uma situação muito difícil Sasuke
- eu sei  e não consigo achar um jeito de superar isso
- já sei o que  vai te animar
ela pegou ele pela mão e puxou delicadamente até a sala, chegando lá ela colocou no som um cd do maná, ele sorriu
- você ainda tem esse cd’s
- eu ainda escuto de vez em quando
eles começaram a dançar e sorrir até que seus pés se empolgaram o moreno caiu no sofá e a rosada por cima dele, o olhar deles se encontrou e eles ficaram assim por alguns instantes até que Sasuke quebrou o silêncio
- seu olhos são lindos
ela sorriu delicadamente e ele continuou
- você é linda e se veste melhor do que antes
ela sorriu e deu um tapinha nele enquanto o moreno falava
- está bem mais sexy pode apostar
e então eles se aproximaram tocando seus lábios delicadamente em um beijo suave



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...