História Amizade Colorida - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Amizade Colorida, Naruto, Sasusaku
Exibições 491
Palavras 1.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoas. Sim, eu estou viva!
Eu me sinto na obrigação da dar uma explicação para vocês então me desculpem mesmo pelo atraso, mas tem explicação!
Eu acabei de sair de semana de prova e eu me "afastei" do site porque eu precisava muito estudar e também porque minhas notas não foram tão boas semestre passado...
Mais um aviso:
A PRIMEIRA VEZ SASUSAKU ESTÁ CHEGANDO!!!!

Boa leitura unicórnios

Capítulo 20 - Los Angeles


Passaram-se cinco dias desde que Sakura recebeu alta do hospital e Sasuke. Após sair, Sasuke, Mebuki e Kizashi ficam as maiores partes do tempo por perto para garantir que o acontecido não se repetisse.

A viagem para Los Angeles estava marcada e demorariam apenas dois dias. Sakura estava em seu quarto pegando algumas peças de seu guarda-roupa e colocando na mala. Estendeu um vestido branco curto com um cinto dourado marcando a cintura.

-Esse com certeza não!

Sakura sorriu e olhou para a janela. Sasuke estava dentro do quarto e caminhou até ela. Sakura continuou virada para ele.

Sasuke abraçou a cintura da namorada e deu alguns beijos no pescoço da mesma, arrancando um sorriso.

-Você não vai escolher o que eu vou vestir!-avisou

-Eu só... Estava preocupado com a sua integridade física. Sabia que em Los Angeles neva no inverno? 

-Vou fingir que acredito.

-Você ainda tem quarenta e oito horas para arrumar essa mala. Para um pouco e relaxa.

-Na verdade, vinte e quarto. –ela disse apontando para o relógio na parede

Sasuke bufou derrubando a mala no chão e puxando Sakura para a cama. Ela tinha uma expressão irritada no rosto por causa da mala caída no chão.

-Relaxa um pouco... -ele disse sorrindo

-Eu não consigo. Parece que sempre tem coisas para fazer e tudo está sempre errado. –confessou

-Chega dessa paranoia. –pediu. –Eu te ajudo a relaxar. –ele tinha um sorriso pervertido no rosto

Sakura sorriu e depois beijou Sasuke que estava deitado em cima dela. Ele desceu os beijos até o pescoço e Sakura jogou a cabeça para o lado deixando seu pescoço a amostra.

A rosada levou um pequeno susto quando sentiu as mãos de Sasuke passarem por baixo de sua blusa.

-Esse com certeza não é o melhor lugar para “isso”. –sussurrou

-E qual é o melhor lugar?- ele perguntou olhando-a

-Não sei.  –disse. –Olha, eu quero que as “coisas” fluam naturalmente sabe?

-Tudo bem Sakura. Eu não serei aqueles namorados chatos que ficam pressionando. Vou esperar seu tempo.

-Obrigada!-ela respondeu sorrindo

-Não está um pouco tarde para isso?

Os dois se assustaram quando viram Mebuki na porta. Sasuke saltou da cama e Sakura em seguida.

-Dona Mebuki eu posso explicar!-Sasuke disse nervoso

-Não precisa. Eu sei que você entra pela janela.

-Mãe eu...

-Já está tarde. Acho melhor você ir Sasuke.

-Claro! –ele se virou para Sakura e deu um selinho nela. –Desculpe qualquer coisa.

Sasuke saiu pela janela. Sakura sentou na cama e Mebuki sentou ao seu lado. Respirou fundo e disse:

-Eu nunca quis ser uma mãe “chata” e sempre te dei a liberdade que você queria. Eu sei que vocês são adolescentes e está com os nervos a flor da pele, mas tomem cuidado.

-Mãe, relaxa. Eu ainda sou virgem.

-Entendo, mas quero que me prometa algo.

-E o que seria?-Sakura perguntou

-Quando acontecer... Quero que me conte.

-Pode ficar despreocupada mãe, será a primeira, a saber.

Mebuki sorriu e se levantou caminhando em direção à porta.

                                                                               [...]

No dia seguinte, Sakura acordou bem cedo e foi logo para o banheiro, tomar um banho quente.

Depois de fazer sua higiene, ela pegou o cabide que estava pendurado em um pequeno gancho metálico na lateral do guarda-roupa, erguendo-o no ar e analisando a roupa.

Era uma saia preta que ia até os joelhos e uma blusa amarela “mostarda” de mandas cumpridas. Um sapato de salto médio bege completava o look.

Ela se vestiu e fez uma maquiagem rápida, prendendo seu cabelo em um coque. Ouviu Mebuki chama-la e após se vestir, desceu arrastando uma mala grande e uma bolsa na mão.

Sasuke estava na sala. Ele vestia uma calça jeans escura, uma blusa azul, um tênis preto e uma jaqueta preta.

-Lembre-se sempre de verificar se ela come tudo certinho e não se esqueça do horário das medicações!-Mebuki dizia a Sasuke

-Mãe!-Sakura repreendeu chamando a atenção da mesma

-Nos vemos no final de semana. –Mebuki disse dando um beijo na testa de Sakura. –Se cuida!

Sakura abraçou a mãe e depois da despedida saiu acompanhada de Sasuke. Na porta, havia um carro preto estacionado e Itachi no banco do motorista. Ambos entraram e ficaram nos bancos de trás.

Sakura encostou a cabeça no peito de Sasuke e permaneceu assim até chegarem ao aeroporto; Sasuke se despediu de Itachi e ao entrarem no aeroporto, fizeram Check-In. Logo Hinata, Naruto e chegaram e os cinco esperaram até a hora do voo.

                                                                        [...]

Eles pegaram um taxi para o hotel que haviam reservado e foram encaminhados para os quartos, que ficavam no mesmo corredor.

-Por que mesmo o Gaara não veio?-Sakura perguntou quando eles entraram no elevador

-A mãe dele o arrastou para o Texas. Parece que a avó dele está doente.

-Que pena... -Hinata disse com a voz suave

-Em parte sim. –Ino deu um sorriso. –Uma vantagem é que ele não estará aqui para me controlar.

-Ele nos deixou responsável por você. –Naruto falou sorrindo

-O que?-Ino perguntou incrédula. –Isso é injusto!-ela resmungou. –Eu vou prender os namorados de vocês no quarto, com uma fita da boca e amarrados dentro do armário passando necessidades! Espero que pelo menos, a piscina seja aquecida.

-Não exagere!-Sasuke disse sério

Ino ficou sozinha na suíte 112. Naruto e Hinata na suíte 113 e Sasuke e Sakura na suíte 114. Ao entrarem no quarto, Sakura jogou as malas no e se sentou na cama.

-Estou exausta!

A cama de casal estava forrada com um edredom marrom claro e os travesseiros eram de cores um pouco mais escuras. Uma das paredes da suíte tinha uma enorme janela com vista para a cidade. Um par de cortinas de cor bege, na frente da cama um pequeno sofá bege com algumas almofadas coloridas e ao lado, um banheiro com portas de correr.

Sasuke foi até o banheiro e viu que havia um vaso sanitário (óbvio), uma pia grande de granito preto e em baixo um balcão com algumas toalhas, um Box e um chuveiro e no canto esquerdo uma banheira branca.

-Tem chocolates aqui!-Sakura disse atraindo a atenção de Sasuke

Quando ele voltou ao quarto, ela estava mordendo um bombom. Ele sentou na cama  e puxou a mão dela, mordendo um pedaço do bombom.

-Quais são os planos para hoje à noite?-ele perguntou sorrindo

-Ino fez algumas pesquisas e achou um bar muito conceituado na cidade.

-Ótimo.

-E nem pense que eu vou deixar você solto por aí com um bando de vadias!-Sakura disse fingindo irritação. –E por falar em vadias, onde está seu anel?

Sasuke deu um sorriso e foi até a bolsa que estava no chão e pegou o anel, colocando-o no dedo e mostrando para Sakura.

-Bom mesmo! E se por acaso você perder esse anel, vai tatuar meu nome na testa!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...