História Amizade e Rockn Roll - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Colegial, Escolar, Lesbicas, Romance, Shoujo-ai, Yuri
Exibições 76
Palavras 3.158
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Visual Novel, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boom diaaaa meus amores, hoje eu acordei feliz, motivo? Não sei kkk

Vamos para o próximo capítulo
Espero que gostem, boa leitura e ignorem os erros <3

Capítulo 5 - Ciúmes


Pov’s Alice On

 

Ontem à noite quando a Heather me ligou eu tive um dos melhores momentos da minha vida. No outro dia, eu acordei tomei café da manhã e me arrumei para ir à escola. Chegando na escola fui conversar com os meus amigos, ficamos conversando trivialidades até a Heather chegar, quando ela chegou não pude deixar de reparar o quão linda ela estava, esse jeito meio louco dela se vestir combina perfeitamente com ela. Quando eu a cumprimentei ela olhou diretamente nos meus olhos o que fez meu coração acelerar, aqueles olhos azuis dela são tão lindos, eles possuem um brilho tão especial, quando eu olho para eles eu tenho a impressão de que estou olhando para o céu e isso me acalma de um modo muito surreal. Conversamos sobre uma festa que o Louis e a Heather estavam pensando em dar e eu fiquei super animada com a ideia, eu adoro festas, depois de acertarmos os detalhes da organização eu fiquei conversando com a Heather, mas em um certo momento eu notei que ela não estava mais prestando atenção na conversa e ela estava olhando demais para um ponto específico, então eu olhei para a direção que ela estava olhando e adivinhem, ela estava olhando para aquela menina, eu não sei porque mas o meu santo não bateu com o santo daquela garota e para piorar a situação ela foi lá conversar com a menina que eu descobri se chamar Lara. Quando o sinal bateu fomos todos para a sala, eu estava com raiva da Heather por ela ter me deixado sozinha para ir conversar com a Lara. Tá eu não estava sozinha, mas mesmo assim ela devia ter ficado comigo e o pior é que ela convidou a menina para festa. Eu sei que eu não devia estar sentindo isso, mas é mais forte que eu. Eu estava tão perdida em meus pensamentos que eu nem tinha notado a presença da Heather ao meu lado. Eu ainda estava com raiva dela e não queria falar com ela, mas pelo visto ela não pensou nessa hipótese.

- Aly? – Ela me chamou e eu a olhei – Tudo bem? – Me perguntou, seu semblante era de preocupação. VACA não me olha assim senão eu não resisto.

- An? ... Ah sim, tudo – Falei e ela me olhou desconfiada – Sério Heath, não é nada – Falei a abraçando de lado.

- Tudo bem então – Falou e me abraçou pela cintura. Fomos caminhando desse jeito até a sala de aula.

Ela fica tão fofa quando se preocupa comigo, não tem como ficar brava com ela por muito tempo. Chegamos na sala ainda abraçadas e para a nossa sorte o professor ainda não tinha chegado.

Quando entramos na sala notei que meu namorado estava olhando na nossa direção com um olhar fulminante, ele se levantou e veio até nós cuspindo fogo e antes que eu pudesse falar alguma coisa ele já foi falando ou melhor ordenando.

- Eu não quero que você ande com ela assim – Ele falou com raiva e eu não entendi.

- Assim como? – Perguntei e ele revirou os olhos.

- Assim – Apontou para nós duas – Abraçadas.

- Haha você tá zoando, né? – Perguntei sem humor.

- Eu pareço estar brincando – Me perguntou sério.

- Nada a ver isso que você está falando.

- Deixa pra lá Aly – Heather disse e me soltou. Ela ia se afastar, mas eu segurei em seu braço.

- Deixa pra lá nada, nós sempre andamos assim – Disse e olhei para o Martin – Por que isso agora? Você nunca ligou pra isso.

- Eu não te quero perto dela e pronto.

Ia rebater, mas o professor entrou na sala mandando todos se sentarem. Martin tinha guardado um lugar para mim atrás dele, mas depois desse showzinho que ele deu eu decidi sentar do lado da Heather. A aula estava um pouquinho chata, então a Heather teve a brilhante ideia de conversarmos através de bilhetinho, tudo estava indo às mil maravilhas até ela começar a zoar o professor com alguns rabiscos que por incrível que pareça estava idêntico a ele, eu não aguentei e comecei a rir.

- Tudo bem senhorita Mitchell? – Professor de biologia.

- Sim professor – Me levantei assustada e escondi o bilhete atrás de mim.

- O que é isso em sua mão? – Perguntou enquanto se aproximava. A MEU DEUS E AGORA? EU TO FERRADA. Olhei para a Heather e ela estava segurando uma risada. CADELA, VACA, GALINHA, ESCROTA PARA DE RIR E ME AJUDA. Quando ele estava bem próximo, a Heather levantou em um pulo e parou bruscamente na frente dele – O que significa isso senhorita Green?

- Err... Eu queria bater um papo com o senhor – O que ela está fazendo? Não tinha coisa melhor para inventar não? Olhei para baixo e vi que ela estava com as mãos para trás pedindo o bilhete, discretamente consegui colocar o bilhete em sua mão. Ela o segurou e o guardou no bolso de seu short.

- Agora estou ocupado, depois da aula conversamos. Agora se me dá licença eu estou conversando com a senhorita Mitchell.

- Não espera – Falou erguendo as duas mãos na altura do tórax do professor o impedindo de se aproximar – Não culpe a Alice, eu que fiz ela rir – Ele olhou para ela e depois olhou para mim.

- Está bem. Como a senhorita Mitchell é uma excelente aluna vou deixar passar, mas só dessa vez – Disse olhando para mim e eu logo assenti – Enquanto a você senhorita – Falou olhando para a Heather – Não quero mais nenhuma gracinha sua durante as minhas aulas. Estamos intendidos? – Perguntou e ela assentiu – Ótimo agora sentem-se – Falou e continuou a aula – Como eu estava dizendo a tuberculose, também chamada de tísica pulmonar, é uma doença infectocontagiosa causada por bactérias. O nome científico do bacilo é Mycobacterium tuberculosis, também chamado de Bacilo de...

- Você me paga por isso – Murmurei para Heather.

- Você tinha que ter visto a sua cara – Ela disse divertida.

- Você sabe que eu não gosto que chamem a minha atenção – Falei cruzando os braços abaixo dos seios.

- Relaxa deu tudo certo no final, não deu? – Falou e eu suspirei me encostando na cadeira – E outra – Falou chamando minha atenção – eu não ia deixar nada de ruim te acontecer – Piscou para mim e voltou a prestar atenção no professor. Meu coração errou uma batida, eu sei que não devia estar sentido isso. Mas ouvir ela dizer isso de alguma forma fez eu me sentir bem.

Voltei a prestar atenção na aula, de vez em quando eu sentia o olhar de Martin sobre mim, mas eu o ignorei eu ainda estava com raiva dele. O que será que deu nele? Ele nunca ligou para isso, ele sempre me vê abraçada com a Karla. Por que com a Heather é diferente?

A aula seguiu tranquila, quando o sinal bateu eu peguei os meus materiais e fui para a próxima aula.

 

[...]

 

Quando a aula acabou eu dei graças a Deus por isso, pensa em uma aula chata, agora eu tenho aula de física e eu sou péssima em física, a minha sorte é que eu tenho a Heather e ela ao contrário de mim pega muito rápido a matéria. Saio da sala e vejo a Heather me esperando.

- Não sei pra que demorar tanto para arrumar um material – Ela diz impaciente.

- Aaah para de ser chata, vamos logo senão a professora não nos deixa assistir a aula.

- Vamos.

Fomos até a sala e vimos nossos amigos sentamos na frente, eles tinham guardado nossos lugares. Eu sentei do lado da Karla e a Heather sentou atrás de mim que fica do lado do Louis. A professora começou fazendo a chamada e depois começou a passar matéria na lousa. Estava copiando a matéria quando escuto Louis chamar a Heather.

- Ei Heather – Louis chamou baixinho.

- Que?

- Você já viu que pernas essa professora tem?

- E tem como não ver? – Heather disse e eu senti um desconforto ao ouvir isso. Como assim ela fica reparando as pernas da professora?

- Dá pra vocês dois pararem de babar nas pernas da professora e copiar a matéria? – Letícia que estava sentada atrás do Louis falou e deu um tapa no braço do mesmo.

- Ouch, tá bom. Não precisa me bater. Por que você não bate na Heath também? Ela também estava olhando – Louis resmungou enquanto alisava o local que a Letícia bateu.

- Por que foi você que começou com essa conversa – Letícia disse e Louis emburrou.

Eles voltaram a prestar atenção na aula. Quando a professora terminou de passar e explicar a matéria, ela olhou no relógio e falou.

- Ainda faltam trinta minutos para o intervalo, então vou passar um trabalho para a próxima aula.

- AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHH – A sala falou em coro.

- Vejam pelo lado bom vai ser em dupla – Ela falou e todos comemoraram – Mas eu que vou sortear as duplas.

- AAAAAAHHHH NNNAAAÃOOO.

- Não reclamem – Ela falou séria e todos se calaram – Agora vou começar o sorteio – Ela disse pegando a lista de chamada e começou a anotar as duplas, depois que ela terminou de anotar ela foi falando os nomes – Pronto já montei as duplas. Karla e Letícia, Harry e Louis, Henry e Paul, Daniel e Camila, Silmara e Harold, Peter e James, Fred e Íris, Sophie e Jessie, Frank e Martin e Alice e Heather – Ela terminou de falar as duplas e alguns comemoraram, outros não gostaram e outros nem ligaram – E nem adianta vir aqui que eu não trocarei as duplas – Ela falou e o sinal tocou – Bem é isso, até semana que vem. Tchau.

- Tchau linda – Heather e Louis.

- Vocês são muito sem noção, sabiam? – Karla disse e Louis deu de ombro.

- Gente vamos comer porque eu estou morrendo de fome – Heather.

- Que novidade, quando é que você não está com fome? – Letícia.

- Quando eu estou comendo – Heather disse como se fosse óbvio e todos começaram a rir.

Estávamos saindo da sala quando Martin me chama.

- Alice – Olhei para ele – Temos que conversar – Assenti e olhei para o pessoal que estavam parados me esperando.

- Podem ir na frente, já já eu alcanço vocês – Disse e eles assentiram.

 Eles saíram da sala e Heather olhou para mim, eu sorri para ela que retribuiu e sussurrou um “Vou pegar o seu favorito”. Assenti e me virei para o Martin que estava fuzilando a Heather com o olhar.

- Dá para parar de olhar ela assim – Pedi impaciente – O que você quer?

- Eu vou ser bem direto. Eu não quero você andando mais com a Heather daquele jeito, na verdade eu não quero ver você de gracinha com ela – O olhei incrédula. Como ele me proíbe de fazer alguma coisa assim?

- Achei que eu tinha um namorado e não um segundo pai, nem meu pai me proíbe as coisas assim.

- Escuta Aly, no começo eu não ligava, mas depois que eu descobri que a Heather é lésbica... Os meus amigos ficam me zoando, falando que eu vou perder você pra ela... Você me entende?

- Não acredito no que eu acabei de ouvir – Falei massageando as têmporas – A Heather nunca deu encima de mim e nós sempre fomos amigas e eu nunca tive problema algum em relação a isso.

- Eu sei, mas... – O interrompi.

- Mas nada Martin. Olha esse papo para mim já deu, tchau – Eu ia sair, mas ele me segurou

- Me desculpa – Suspirou – Eu só fiquei com medo de te perder. Me perdoa? – Respirei fundo e o olhei, seus olhos azuis me fizeram lembrar da Heather... Balancei a cabeça afastando ela de meus pensamentos.

- Claro que te perdoo. Não precisa ficar com medo de me perder, eu te amo e outra a Heather é apenas minha amiga – Segurei em seu rosto e lhe dei um selinho demorado.

- Tá bom, eu também te amo – Disse e me abraçou – Que tal almoçarmos lá naquela lanchonete aqui perto?

- Agora? – Ele balançou a cabeça confirmando – Mas já está quase batendo o sinal e...

- Por favor – Me pediu juntando as duas mãos – Prometo que voltamos a tempo. E se perdemos aula será só uma. Vai por favor.

- Tá bom. Só vou avisar o pessoal – Falei pegando o celular.

 

MENSAGEM On

Eu [12:20]: Vou sair, talvez eu perca uma aula

Heath [12:20]: Mas eu já peguei o seu lanche

Eu [12:20]: Na próxima eu como, mas hoje eu vou almoçar com o Martin

(Ela tá demorando de responder)

Heath [12:23]: ok

MENSAGEM Off

Bloqueei meu celular achando estranho a maneira que a Heather me respondeu. Aaaa deve ser paranoia minha. Acompanhei o Martin até o seu carro, ele me levou em uma lanchonete aqui perto da escola, conversamos e rimos bastante, ele é muito atencioso e carinhoso quando não dá ataques de ciúmes como o de hoje mais cedo. Depois de comer, Martin me levou até um parque, no começo eu não queria ir, mas acabei concordando. Depois de comer algodão doce e caminhar um pouco, eu consegui convencê-lo de nos levar de volta à escola. Chegando lá fui direto para a sala de aula, eu perdi duas aulas, mas a Karla falou que tirou foto da matéria e me enviou pelo whatsapp, a agradeci e comecei a prestar atenção na aula.

A aula seguiu tranquila, exceto pelo fato de que a Heather começou a agir estranho. Quando eu perguntava as coisas para ela, ela me respondia de forma seca ou quando eu chamava ela para conversar ela falava que queria prestar atenção na aula, não consegui entender o porquê dela me tratar assim de uma hora pra outra.

O sinal tocou avisando o término das aulas, todos os alunos se levantaram e foram embora correndo, bando de loucos. Restaram apenas a Heather e eu na sala, ela colocou sua mochila nas costas e ia saindo sem me dar tchau. Como assim? Ela vai me ignorar agora?

- Heather – A chamei, mas ela me ignorou e continuou andando – Aaarrgh eu mereço essa garota. Heather me espera – Peguei minha mochila e fui atrás dela. Ela estava parada em frente ao seu armário guardando seus livros. Caminhei até ela – Heather... – Nada dela me responder. Que saco – Vai me ignorar agora – Falei fechando a porta do seu armário com força.

- Você ficou louca garota? Quase que você prede meu dedo – Falou brava.

- Antes tivesse prendido – Falei e ela bufou – Por que você está me ignorando?

- Por nada.

- Se fosse nada você não estaria assim – Falei cruzando os braços.

- Aah que droga, me deixa. – Falou pegando sua mochila.

- Aaaa eu mereço, primeiro ele que dá pit e agora é você. Deus o que eu fiz para merecer isso – Falei erguendo as mãos – Eu não vejo motivo nenhum para você estar falando nesse tom comigo. Você ficou louca por acaso? O que eu te fiz? – Falei. Ela parou e ficou olhando para o chão, ela deve estar pensando em alguma coisa muito importante, porque ela está com o cenho franzido. Ela fica muito fofa quando está assim toda pensativa, que vontade de morder e... Alice para de pensar isso. Balancei a cabeça para afastar o pensamento que estava se formando na minha cabeça. Passaram exatamente cinco minutos, Heather suspira e olha para mim, seus olhos azuis me fitam de uma maneira tão intensa, estou começando a ficar sem graça com isso.

- Você não me fez nada. Talvez eu esteja mesmo ficando louca – Sorriu sem humor – Desculpa por isso.

- Claro – Falei agarrando seu braço – Agora vamos embora, porque eu já estou cansada de ficar nessa escola – Falei e ela sorriu.

- Eu também.

Hoje o Martin tem treino, então não tem como ele me levar embora. Decidi não ligar para o meu pai vir me buscar e ir andando até a minha casa com a Heather. O caminho todo foi bem divertido, paramos para comer sorvete. Depois passamos em uma loja para comprar doces, nunca vi uma pessoa gostar tanto de comer doces como ela. Fomos até a minha casa cantando músicas, comendo doces e conversando trivialidades. Chegando na minha casa eu a convidei para entrar, mas ela não quis, disse que tinha coisas para fazer na sua casa. Conversamos mais um pouco até ela falar que realmente tinha que ir embora, se não a mãe dela a mataria.

- Tem certeza que não quer entrar? Qualquer coisa eu ligo pra tia Isa e peço para ela deixar você dormir aqui.

- Bem que eu queria, mas eu realmente tenho que ir.

- Você quer que eu falo para o meu pai te levar?

- Não precisa, eu vou de a pé mesmo. Qualquer coisa eu pego um ônibus.

- Então tá, aaaa o trabalho?

- O que que tem? – Perguntou confusa e eu acabei rindo da cara que ela fez.

- Vamos fazer na sua casa ou na minha?

- Ah sim, pode ser na minha. Eu tenho uns livros de física que vão ajudar bastante no trabalho.

- Então tá bom, depois marcamos o dia. Tchau até amanhã – Falei e dei um beijo na bochecha dela.

- Tchau – Fez a mesma coisa que eu.

Esperei ela virar a esquina e entrei para dentro de casa. Minha mãe estava na cozinha lavando a louça e pelo cheiro que estava no ambiente ela estava fazendo bolo.

- Uuuuhhmmm que cheirinho bom – Falei dando um beijo em sua bochecha.

- Está com fome? – Perguntou e como resposta a minha barriga roncou – Hahaha acho que isso é um sim. Vai guardar o seu material, quando estiver pronto eu te chamo – Assenti e subi as escadas.

Tomei um banho, coloquei meu pijama e deitei para assistir um filme na Netflix. Quando o filme estava quase acabando minha mãe me chama para comer. Desci as escadas e meu pai estava encostado no balcão. Corri para cumprimenta-lo.

- OIIEEE PAAIII – Falei pulando em seu colo.

- Oii minha menina – Falou me abraçando – Tudo bem?

- Tudo sim. Como foi seu dia?

- Foi bem cansativo e como foi o seu? – Falou me colocando no chão.

- Uma loucura – Falei rindo.

- Me conte isso direito – Falou curioso.

- Ah pai foi nada demais. Coisas de adolescentes – Pisquei para ele que sorriu.

- Tá bom então.

- Meus amores vem comer, já está na mesa – Minha mãe nos chamou.

Comemos entre conversas e risadas, cada um contando como foi o seu dia. Depois de comer eu fui para o meu quarto, escovei os dentes e me joguei na cama. Liguei o ar e peguei meu celular, mandei mensagem para o Martin, conversei um pouquinho no grupo, mandei mensagem para a Heather e depois entrei um pouquinho no instagram curti algumas coisas até começar a ficar com sono, então bloqueei o celular e fui dormir. Hoje o dia foi muito agitado.


Notas Finais


Eu tento fazer os capítulos maiores, mas as vezes da um preguiça kkkk
Mas eu acho que desse tamanho está bom né

Espero que tenham gostado
Comentem o que estão achando
beijos e bom começo de semana <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...