História Amizade ou Amor - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Amor Ou Amizade, Camren, Vercy
Exibições 416
Palavras 1.414
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heyyy bolinhos
Desculpem a demora. Explicaçoes nas notas finais
Espero que gostem desse cap. E se preparem para o próximo haha 🌚
Enfim. Boa leitura.

NOTAS FINAIS ⬇️⬇️⬇️⬇️

Capítulo 11 - Beijo quente e óleo de massagem que comprei em um sex shop.


Fanfic / Fanfiction Amizade ou Amor - Capítulo 11 - Beijo quente e óleo de massagem que comprei em um sex shop.

P.o.v Lauren

Chegando no refeitório avistamos as meninas conversando animadamente com Keana. Sentei com a Camz na mesa. Mal sentei Keana falou que queria conversar comigo. Olhei pra Camz sorri e dei um beijo em sua testa,  me levantando logo em seguida. Keana falou que queria conversar em um lugar mas reservado. Eu como não sou boba a levei para um lugar mais afastado atrás das arquibancadas.  

- Então o que você queria falar comigo? – Perguntei me fazendo de desentendida.

- Tem certeza que você não sabe?- Ela perguntou se aproximando com um sorriso malicioso. 

Keana chegou bem perto de mim e enlaçou seus braços em meu pescoço. Coloquei uma de minhas mãos em sua cintura e a outra levei pra sua nuca. Ela aproximou seu rosto devagar do meu e encostou nossos lábios num delicado gesto. Depois pediu passagem com sua língua que eu prontamente aceitei. Nosso beijo era quente, explorávamos uma a boca da outra. O beijo começou a ficar mais quente e rápido. Nós já estávamos sem fôlego. Me afastei de sua boca e migrei meus lábios para o seu pescoço. Beijei, chupei e mordi a área, Keana estava ofegante. Levei minhas duas mãos para a sua bunda e apartei bem forte a puxando mais a mim. A levei em passos lentos para trás a encostando na arquibancada. Levei minhas mãos para as suas coxas, puxando para cima. Ela entendeu e entrelaçou suas pernas ao redor da minha cintura. 

Voltei a beijar a boca dela. Nosso beijo estava carregado de desejo. Ela entrelaçou uma de suas mãos no meu cabelo o puxando forte para trás, fazendo minha cabeça ir junto assim fazendo minha boca se separar da dela. 

- Eu... Acho-o melhor... A gente para. – Ela falou de forma ofegante. 

- Eu também acho. – Falei tirando ela do meu colo. 

Quando ela desceu eu puxei ela pra mais um beijo dessa vez mais calmo. Terminei com vários selinhos e um beijo estralado em seu pescoço. Ela riu e falou para irmos para a sala já que já tinha batido o sinal do fim do intervalo. Eu disse que tudo bem  e passei meu braço por cima do seu pescoço e ela passou o dela por minha cintura. Antes de entrarmos na sala eu dei um selinho nela e nos separemos. Bati na porto e pedi licença ao professor. Ele deixou nós entramos mas seria só dessa vez. Fui pro meu lugar e Keana sentou atrás de mim. Camila em nenhum momento tinha olhado para minha cara. Não liguei muito. Virei de lado e comecei a mexer no cabelo de Keana. 

Quando bateu o sinal para o fim da aula. Keana falou que tinha que ir e se levantou com pressa. Me deu um selinho e saiu apressada. Fui chamar a Camz pra ir embora mas ela não estava mais na sala. Guardei meu material e sai apressada em busca dela. Encontrei as meninas no portão mas Camila não estava com elas, pergunto sobre a mesma. E as meninas me disseram que fazia pouco tempo que ela tinha passado por aqui e disse que já ia embora. Só escutei isso e fui em disparada atrás dela. Corri como se minha vida dependesse disso. Camila já estava quase chegando onde nós nos encontrávamos. Ela andava de forma rápida e com passos largos. Gritei pelo seu nome e ela parou olhando para trás. Mandei ela esperar, a mesma cruzou os braços e esperou eu chegar até ela. 

Quando cheguei perto dela me apoiei sobre meus joelhos e tentei acalmar minha respiração. 

- Meu deus Camz, você anda rápido. – Falei tentando ainda acalmar minha respiração. Ela não falou nada então continue. – Porquê você não me esperou pra irmos embora juntas?-

- Eu pensei que você ia embora com a sua namoradinha. – Ela falou de forma irônica voltando a andar. 

- Não eu sempre vou com você, isso não vai mudar agora. – Acompanhei o andar dela. 

Ficamos em silêncio até chegar onde nós separamos, ela ia continuar a andar mas eu segurei o seu braço e trouxe ela junta a mim, abraçando a mesma. 

- Eca Lauren! Você está toda suada. – Ela falou tentando se afastar do meu corpo. Eu a abracei ainda mais forte. 

Ela por fim desistiu e devolveu meu abraço enlaçando seus braços em volta do meu pescoço. Eu sorri e perguntei se ela queria dormir em minha casa. Ela disse que eu não estava merecendo, mas que ia só se eu fizesse massagem nela e a botasse para dormi eu prontamente aceitei. 

Chegamos em minha casa e avistamos minha mãe preparando o almoço, falei pra Camila que ia tomar banho. Ela apenas assentiu e começou a conversar com minha mãe. 

Quando terminei meu banho, voltei para a cozinha e avistei  que a mesa já estava posta. Me sentei ao lado da Camz e começamos a comer e falar trivialidades. Quando terminamos ajudamos minha mãe com a limpeza e subimos para meu quarto. Camila falou que iria tomar banho e eu apenas falei que ela já sabe onde está suas roupas. Enquanto ela tomava banho, eu mexia em meu celular. 

Quando ouvi que ela tinha desligado o chuveiro. Me levantei e fui até meu roupeira pegando o óleo para massagem que eu tinha comprado em um sex shop. Okay. Parece estranho mas sempre fazíamos massagem uma na outra e eu queria mudar um pouco. Então fui até um sex shop, e a moça falou que ela dá uma sensação de adormecimento. Achei interessante e resolvi experimentar. 

Camila saiu do banheiro já vestida. Falei pra ela tirar a blusa que eu ia fazer sua massagem agora. Ela logo se animou e retirou sua blusa se deitando de bruço logo em seguida. Fui até a cama e sentei em sua bunda, levei minha mão até seu sutiã e abri o mesmo lentamente encostando meus dedos levemente em suas costas. 

- Agora relaxa e aproveita. – Falei de forma baixinha em seu ouvido. Vi que ela se arrepiou e eu apenas sorri com isso. 

Voltei para a minha posição e abri a tampa do frasco despejando-o na minha mão. Comecei pelos seus ombros fazendo movimentos firmes mas não tão forte para não a machucar. 

- Nossa Lo, que sensação boa. – Ela falou com um tom manhoso. Apenas sorri e nada respondi. 

Fui descendo minhas mãos pela suas costa fazendo movimentos circulares. Fui descendo até o fim de suas costas e subi até o seu ombro. Ela gemeu. 
Continuei com a massagem até me dar por satisfeita. 

- Agora vira Camz quero tentar fazer uma coisa-  Falei pra ela. Ela meio que confusa virou e ficou de frente pra mim. Me olhou nos olhos com uma cara de duvida. Apenas neguei e me levantei de cima dela indo até a gaveta do meu roupeiro e pegando o tapa olhos que comprei junto com o óleo. 

O que? Não me julguem. Voltei a sentar em cima dela e coloquei a venda em seus olhos. Ela ia falar alguma coisa mas apenas disse pra ela ficar quieta que ela ia gostar. Bom como o sutiã estava aberto ele ficou larguinho na frente. Mordi os meu lábios com medo da reação dela para a próxima coisa que eu ia fazer. 

Me aproximei de seu rosto e perguntei se ela confiava em mim. Ela disse que sim. E perguntou qual o motivo da minha pergunta. Apenas falei pra ela que queria fazer uma coisa diferente, mas se ela se sentisse desconfortável era só mandar para parar que eu parava. Ela ficou meio receosa mas apenas assentiu com a cabeça. 

Respirei fundo e me preparei para a visão que eu ia ter. Levei minhas mãos trêmulas até as alças do seu sutiã e fui descendo devagarinho pelo seu braço, retirando seu sutiã por inteiro de seu corpo. Prendi a respiração. Puta que pariu a visão que eu estava tendo estava me dando água na boca. Camila imediatamente levou suas mãos para o seus peitos tampando os mesmo. 

- Camz, apenas confia em mim. Eu sei que você vai gostar. – Falei  baixinho no seu ouvido e  depois beijando seu pescoço. Ela suspirou e assentiu mas continuou tampando os seus seios. 

Levei minha mãos devagar colocando por cima das suas, apertando as mesma sobre os seus seios. Ela suspirou e mordeu os lábios. Retirei com calma suas mãos e as coloquei ao lado do seu corpo. 

Peguei o frasco de óleo o abrindo e despejando diretamente nos bicos dos seus peitos, fazendo eles endurecerem imediatamente. 


Notas Finais


Entao eu iria postar sabado. Só que passou um tornado pela minha cidade e eu fiquei sem luz por dois dias mais ou menos.
Espero q tenham gostado do cap.
se tiver dez comentários eu posto o próximo logo em seguida.
Entao seus safados tao preparados pro proximos? Kkkkk 🌚🌚
Qualquer erro desculpem.
Ate o próximo bjss de luz.
Love u


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...