História Amizade Retardada - Capítulo 15


Escrita por: ~ e ~ViajanteAzul

Postado
Categorias Originais
Tags Aventura, Comedia, Tretas, Vida Escolar
Visualizações 27
Palavras 1.789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente, aqui é a Viajante Azul e hoje vim postar mais um capítulo da fanfic, desculpem pela demora e-
*aparecem leitores furiosos com tomates nas mãos*

Carol: C-calma galera, a gente pode explicar, NÃO TAQUEM ISSO EM NÓS!
Lu: Isso a gente explica, SÓ QUANDO VOCÊS LARGAREM ISSO TUTO!

*os leitores ficam mais bravos e começam a correr em nossa direção*

...

*depois de muita correria entre os leitores e as duas, eles acabam pegando ambas*
*Os leitores amarram as duas numa cadeira e colocam óculos de proteção nelas e começa a tacar os tomates*

Carol:AI!
Lu: AIE! PRA QUE AGREDIR COM TOMATES?!

*os leitores começam a tacar pedras também*
*alguns começam a tacar pedras cada uma mais grande
que a outra*
*seis leitores carregam uma pedra enorme do tamanho
da Terra e tacam em nós e chega em nossa direção em câmera lenta*

Ambas: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!1!!

*please stand by* (continua nas notas finais)

Capítulo 15 - Baleia Azul e a paixonite do Caio!


Fanfic / Fanfiction Amizade Retardada - Capítulo 15 - Baleia Azul e a paixonite do Caio!

P.O.V Caroline 

As coisas na escola tem sido bastante inconvenientes, já que a Thabata e a Anike continuam brigando (Carol: parece que elas não cansam, pq elas não param?), toda hora uma briga acontece e por isso Caio começou a defender a Thabata se alguém mexesse com ela.           Thabata começou a faltar, ela quase não ia pra escola mas ia na educação física. Eu tentava falar com ela, mas ela ou me ignorava ou era muito grossa comigo, acabei desistindo, e me afastando dela. 

Nesse tempo que ela faltava, o Caio ficava perguntando dela e sempre que alguém falava algo haver com ela, ele ficava bravo (Carol: Sou tão retardada que comecei a shippar os dois jahaushsjahausu) mas pelo menos a sala ficava em paz. 
  Ouve uns boatos sobre Baleia Azul e eu pesquisei e soube sobre tudo disso, então eu comentava com a Luiza e alguns colegas que comentavam sobre o assunto. Por mais que eu gostasse de assuntos mais macabros, eu não conseguiria e não faria, mal consigo matar um mosquito, imagina me mutilar? 

Meus pais falavam pra eu não fazer esse jogo já que estava passando várias matérias tanto no jornal quanto na Internet, mas eu falei que nunca teria coragem de fazer tal coisa. Mesmo assim, minha mãe continuava me vigiando com medo que eu participasse. 
 Então ela apareceu, só que muito gótica das trevas, lembrei que ontem ela deu um soco no Felipe na educação física. Ela se sentou no fundo da sala e só falou com a Nicoli (Carol: Nibatha feelings), pelo menos o Caio ficou um pouco feliz de ver ela lá. Eu fiquei desenhando porque a aula tava muito chata, aí a Luiza me mostrou uma folha do caderno escrito "T gótica" e eu ri. Deu a hora do intervalo e fomos descer, eu acabei não vendo a Thabata mas ela provavelmente estava no final da fila.

P.O.V Luiza

 A coisa tá pegando fogo (Lu: Literalmente) Thabata e Anike, continuaram tretando, que, depois de várias tretas, Caio começou a gritar com qualquer um que falasse com ela (Lu: Virou uma Yandere da vida).
 Depois de um longo tempo, Thabata faltava nas aulas, porém ia na educação física (Lu;Eram o que falavam). Enquanto a T faltava, eu estava ficando calma, pois eu já tava querendo MATAR ELAS (Lu: Eu não to falando de matar de assassinato, sangue, corpos, eu t dizendo matar de SOME DA MINHA VIDA E NUNCA MAIS VOLTE!) eu e a Carol sempre falávamos disso e soubemos de um novo jogo (Lu: *cof* antigo *cof*) "Baleia Azul", e claro não somos idiotas ou retardadas pra jogar aquilo (Lu: Ah não ser que a gente queira se matar).
  Na perua, depois de um dia após eu saber da baleia azul, a galera CHATA PRA CARALHO só falava disso (Lu: Cada coisa que aparece eles já falam que nem o hand spinner que A CRIANÇA DE 9 ANOS JÁ TEM E EU NÃO Carol: eu não tenho e não reclamo...) que gente desatualizada e chata.

No outro dia, ELA APARECEU, só que gotica, Felipe me disse que na educação física de ontem ela deu um MURRO no Felipe muito forte. Ela sentou no fundo da sala, isolada, e apenas falou com a Nicole, cujo eu e a Carol shippavamos ambas (Lu: Nibatha). E claro, Caio ficou putasso.
  Antes de dar a hora do intervalo eu escrevi numa folha do meu caderno "T gótica" de azul(Lu; Im blue da ba dee daba dai)  e mostrei a Carol.
Deu a hora do intervalo e fomos descer, com a T muito longe da fila.

P.O.V Caroline

Hora do lanche de novo (Carol: os dias aqui passam bem rápido) e fomos pro cantinho conversar. A Thabata chegou e ficou encostada, de braços cruzados e olhando pro nada, fiquei sem olhar pra ela até a Nicoli chegar, a gente foi embora pra elas conversarem (Carol: até pq ninguém aqui segura vela) e como shippamos elas fomos pra longe.
  Soubemos que Anike e Thabata estavam tretando logo quando saímos, eu já tava cansada porquê toda hora era uma briga, mais uma não ia fazer falta. Eu soube sobre umas coisas que ela tinha feito através da Luiza e da Thabata também, eu pensei em me prevenir mas como não caio em conversa de cobra, preferi deixar quieto mesmo.

O lanche acabou e voltamos pra sala, tava tudo de boa até voltar a mesma coisa, Anike e Thabata começaram a brigar de novo e o Caio continuava defendendo a Thabata (Carol: COMO VOCÊS NÃO CANSAM? VOCÊS SÃO TÃO INÚTEIS ASSIM QUE SÓ SERVEM PRA ISSO?). O professor chegou e eles pararam.
   Um tempo depois teve uma reunião "extraordinária" sobre baleia azul para as mães, mas antes disso a T voltou a faltar um pouco antes disso, quando ela voltou descobrimos que ela jogava esse "jogo" (Carol: se podemos chamar isso de jogo né...) e mais uma outra aluna também. A partir desse dia, Anike e Thabata começaram a faltar tipo muito (e eu achava que ambas não iam poder ir pra escola...) e por incrível que pareça ninguém sabia dela também.
  Luiza me contou que viu a T quando estava indo embora, e eu fiquei tipo: ELA NÃO SE MATOU? (Carol: não se sabe em qual fase ela estava), a Anike apareceu também, talvez elas soubessem de algo e por causa disso pararam de brigar? Como a notícia se espalhou bem rápido, todo mundo já sabia, menos o Caio, e e sempre que tocavam no assunto ele dizia que ela voltaria amanhã ou deveria estar bem doente.

Na segunda-feira seguinte o Caio descobriu sobre isso e ficou bravo (Carol: sintomas mais comuns de FRIENDZONEEEEE), ele gritou com todo mundo e implicou mais com o Kauan, o Vitor e outros meninos (o Vitor é um menino novo que chegou e fez amizades rapidinho, basicamente o palhaço da sala). A assistente do Caio chegou, ele ficou berrando e brigando com todos, quando ele cansou ele foi pra mesa chorar. Aí o professor de artes foi acalmar ele dizendo:
-É a primeira de muitas, você vai achar outra - eu fiquei tipo: VOCÊ ACHA QUE O CAIO VAI CONSEGUIR TANTAS NAMORADAS ASSIM?

Ele foi lá pra baixo fazer alguma coisa, voltou pra sala e ficou o resto da aula quieto (Carol: pelo menos isso, imagina mais 2 horas de aula com essa bagunça?), parecia até que não existia Caio no universo.
   No outro dia, durante a aula de matemática o Caio voltou a ficar bravo com a saída da T e foi pra baixo de novo, a professora aproveitou isso e explicou sobre a síndrome de autismo do Caio e que ninguém devia provocar ele, e que podia ficar tão bravo que causaria uma parada cardíaca. Ele tem meio que 5 anos de idade, por isso ele acha que todos são crianças como ele e que não sofrerá uma consequência (Carol: é como se ele estivesse brincando de vida.Lu: Ele está jogando o ´´Jogo da Vida´´ cujo eu falhei nesse jogo.*joinha*), por isso achou que a Thabata não deveria ter saído da sala porque ela pertencia a ela, esse tipo de coisa.
    Ele voltou e ficou mais calmo, tivemos o resto da aula tranquilamente e fomos embora.

P.O.V Luiza

Deu a hora do intervalo e fomos descer, fomos para o nosso cantinho, porém a Thabata chegou por lá e ficou encostada na parede com os braços cruzados e olhando para baixo. Eu e Carol estávamos tentando não olha para ela, quando a Nicole chegou a gente se levantou e vazou de lá rapidinho (Lu: Fuck this shit i'm out).
 Eu ouvi alguém falar que a Thabata e Anike estavam tretando no lanche nesse exato momento que vazamos, eu caguei e andei pra isso, não quero que aconteça que nem ano passado e que eu e Carol se envolva nisso (Lu: Já teve muito disso ano passado, com algumas pessoas da sala envolvidas e de outras também, os prof chamavam os alunos que Thabata e Anike falavam a historia fora da sala).

Voltamos do lanche, a Thabata e a Anike começaram a tretar, o Caio berrava pra Anike,mas ela dava foda-se nele.E quando o prof chegou, elas pararam.

Depois de varios dias,teve uma reunião falando da baleia azul dos professores e Thabata voltou a faltar antes dessa reunião, foi quando descobrimos que Thabata e uma outra aluna jogavam isso (Lu: Eu acho que a outra garota é lésbica, isolada e gótica que nem a T). Depois disso Thabata e Anike começaram a sumir de vez.Então depois de alguns dias, a aula tinha acabado e eu estava esperando a perua chegar, após a Carol ir embora, foi quando eu vi ela, ainda estava gótica e conversava com algumas meninas de outra sala e a unica coisa que eu disse foi:
-W T F?- Fiquei paralisada por um bom tempo, foi quando a perua chegou e fui sentar no meu lugar.

Falei isso a Carol no outro dia, ou seja ela mudou de sala e a gente nem sabia (Lu:Eu juro, eu pensei que ela tinha se mudado ou se matado O-o.) e nesse mesmo dia, Anike apareceu (Lu: Que pena, bem que podia ter mudado de sala também né?). A sala toda já sabia que a T mudou de sala, menos o Caio e quando falavam disso ele fala que ela tá doente e que vai voltar no outro dia.
   Então numa segunda-feira, após o lanche, Caio descobriu a verdade e começou a ficar bravo, o prof de artes chegou e o Caio continuava gritando com o Kauan,Vitor e outros meninos(Lu: Esquecemos de falar que o Vitor é um aluno de outra sala, que teve que ser mudado de sala por causa que ele conversava muito, ele é retardado como a gente) e então chegou sua assistente e ele continuava a berrar mais e ele começou a chorar, e o nosso lindo professor Marcelo disse:
-Calma, é a primeira, tem muitas por ai-Ele disse e eu juro se não estivesse nessa situação, eu ia ficar rindo muito (Lu:Cade o oscar pelamor).

Caio desceu com a assistente ou foi no lanche brincar ou foi na sala da T, pouco me importo, ele voltou e ficou quietinho (Lu: Feito um anjinho, cujo ele não é). No outro dia, a professora Ivone, pediu para "leva" o Caio para beber água, quando ele saiu, ela começou a falar para não estressar o Caio porque senão ele pode ter uma parada cardíaca, e que ele tem a idade mental de cinco anos que cujo se apaixonou pela a T, é meio que ele acha que ela é dele para sempre.
   Ele voltou e a Aula continuou em paz (Lu: Paz é algo que não tem em nossa sala.).


Notas Finais


Carol: - O-oi gente... É... desculpem pela demora, ambas demoramos por certos motivos que não colocarei aqui... - Caroline está muito machucada, com gesso no pescoço e arranhões por todo corpo.

Luiza: - Ai! Presta atenção... ah, nos desculpem pela demora. Eu acho que fui um pouco grossa com você, Carol, sorry. - Luiza também está machucada, com gessos no corpo e bastante arranhões também.

Carol: - Bom, aqui estamos nós e prometemos postar mais rápido. Até a próxima! <3
Luiza: - Bye, e até! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...