História Amizade Virtual - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigo, Amigo Virtual, Amizade, Amizade Virtual, Depressão, Virtual
Exibições 22
Palavras 401
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Nada a comentar aqui

Capítulo 1 - Novo amigo atrás da tela


Fanfic / Fanfiction Amizade Virtual - Capítulo 1 - Novo amigo atrás da tela

Mais um dia para minha infelicidade, essa droga de vida que tenho. *Suspira* Bom, deixe-me ver meu joguinho....

  Hein? Alguém quis ser meu amigo? Pff, aqui vai outro que entrará na minha lista de amigos que não converso. *Desliga o Computador* 

Eu acho que devo dar uma volta pela praça, respirar ar puro, tomar algo, tentar viver.

  Desci as escadas e ia abrir a porta quando minha mãe me interrompeu:

  Mãe: Aonde pensa que vai?

  Eu: Passear um pouco.

  Mãe; Ok. Vê se faça um amigo.

  Eu: ...

  Abri a porta e fui, Pff, amigos, sempre me abandonaram e era usada, não quero mais ser uma boneca morta,como diz minha mãe. Cheguei na praça, comprei meu sorvete de baunilha e sentei em um banco e observei a paisagem.

"Pelo menos esse mundo tem uma coisa boa"

Estava com um olhar morto, sem vida, e parada, havia terminado o sorvete, piscava lentamente, observava as pequenas crianças brincando de pega pega e rindo. No que tem graça nisso? É apenas uma coisa em que você toca em uma pessoa e ela tenta fazer o mesmo -.-

  Estava tudo normal quando uma criança me olhou e gritou para sua mãe:

  Criança: MÃÃE! COLOCARAM UMA BONECA MEIO FEIA NO PARQUE! ELA NÃO PARECE FELIZ E COLORIDA COMO A BARBIE!

Que? Como assim? 

Mãe da Criança: Tenha modos! É uma moça! -pega a criança pelo braço- Me desculpe, minha filha não tem educação.

  Começou a ter uns pingos, ia chover, as nuvens cobriram aquele céu maravilhoso. Saí daquele lugar correndo, escorreguei em uma poça e cai, droga *comecei a chorar* por que isso acontece quando começo a me animar? Por que? Por que esse mundo não me aceita?

  Me levantei e fui pra casa, entrei e havia um bilhete: " Sai para fazer compras, chegarei meio tarde".

  Liguei o computador, recebi uma mensagem no jogo, é aquela pessoa que quis ser meu amigo.

  Conversávamos e ele era super engraçado, me fazia sorrir, ficamos horas conversando, até que ele tinha que sair.

  Pelo menos tem 2 pessoas que prestam nesse mundo, minha mãe e ele, meu pai me largou, não queria cuidar de mim.

  Resolvi dormir.

  No dia seguinte fui conversar com ele, descobri que seu nome era Oliver e tinha  até minha idade, ele era lindo, conversamos por chamada de vídeo e foi a primeira pessoa que não falou de minha aparência, por incrível que pareça, eu

      Estava Feliz

 


  


Notas Finais


Vocês gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...