História Amnesia - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope/hopemin, Namjin, Yoonmin, Yoonminseok, Yoonseok
Exibições 103
Palavras 1.836
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola Aliens.
Então, se eu tivesse postado os três capítulos ontem este aqui seria o ultimo. Mas como não dei, este é o ultimo do especial do meu aniversario, ja aproveitando a deixa para ser o especial de 100 favs. Obrigada gente.
Boa leitura.

Capítulo 16 - Especial: Celeste


Fanfic / Fanfiction Amnesia - Capítulo 16 - Especial: Celeste

Taehyung caminhava pelas ruas vendo tudo dobrado, e as pernas entrelaçando-se uma a outra. Poderia ter pego seu carro e ir direto para sua casa, mas ele sabia que não estava apto para pegar no volante, era jovem sim, mas não imprudente. Alias tinha sim um alguém no qual ele queria visitar, a pessoa que durante esta semana estava descansando.

Ela não morava longe, no máximo uns dois quarteirões da casa de seu hyung, mas nas condições em que o Kim se encontrava, deixava o trajeto ainda mais difícil. Tudo bem estava bêbado e desnorteado, porem o pensamento de estar deitado no colo dela, enquanto esta lhe acariciava os cabelos ate que adormecesse.

Obviamente mal podia conter o sorriso no rosto, pois ele sabia que seria xingado por estar tão bêbado, mas para  ele, ate mesmo vê-la brava, achava adorável. Sorria largo apenas em pensar em seu rosto franzindo, bochechas pouco infladas sem que esta percebesse, e os bracinhos cruzados em completa irritação. Ele a amava. Queria a levar para todos os lugares, a apresentar par os pais, mas sabia que não podia, afinal a profissão que ela possuía não a deixava fazer muito, sua vida era completamente privada. E sua segurança constantemente preservada. Isto chateava Taehyung, apenas queria que fossem um casal normal, porem ignorava este fato.

 

O local no qual a amada morava, não estava tão longe. Já podia ver o grande edifício ao virar a rua. Alguns dos apartamentos tinham a luza acesa, outros já dormiam. Olhou para cobertura, e sorriu ao ver uma luz ainda acessa. Acelerou os passos para chegar mais rápido ao local, fazendo isto com eficiência.

Sorriu para o porteiro, que lhe retribuiu o sorriso. Não questionou pois já o conhecia a tempos. Taehyung entrou no elevador, que para sua sorte estava no térreo, logo apertando o botão do ultimo andar. Enquanto as portas se fechavam, se escorou na parede passando a encarar seu reflexo no espelho que tinha ali. Seus cabelos estavam desgrenhados, e a blusa amassada. Sorriu ao ver a blusa amassada, vendo como ficara depois de uma noite dançando grupos de garotas adoidado. 

Se despertou de seus pensamentos, com o aviso do elevador indicando que já havia chego no andar desejado. Sai do cubículo podendo ver a única e pesada porta de madeira naquele andar. Passou uma mão nos cabelos tentando concerta-los, quando se convenceu de que já estava bom tocou a campainha. Ele tinha a chave do apartamento dela, porem não queria entra como um invasor.

Quando a pequena garota de camisola de seda rosa, de cabelos loiros com um breve tom rosado abriu a porta, sorriu de lado a lado, sendo retribuído com o mesmo sorriso. Ela não esperou muito para pular no colo do namorado lhe beijando, enquanto este adentrava a casa fechando a porta atrás de si, com uma mão já que a outra estava ocupada segurando a sua garota.

Se beijavam como se fizesse bastante tempo desde que se viram. Ela desceu do colo do rapaz, colocando as mãos nas laterais do rosto deste, o analisando. E como Tae havia imaginado, ela fez a cara, que só o fazia ter vontade de lhe apertar as bochechas.

– O quanto você bebeu Kim Tae Tae? – Ela perguntou seria cruzando os braços, mas o que só serviu para Taehyung colocar as mãos no rosto e sorrir de lado.

– É tão fofo o quando me chama de Kim Tae Tae. – Respondeu ele apertando o nariz da namorada, o que só a fez revirar os olhos.

– Você não me respondeu Kim Taehyung.

– Vish, me chamou pelo nome completo. – Se afastou coçando a cabeça. Sabendo que ela não desistiria de saber o quanto ele bebeu, resolveu responder de uma vez. – Um pouco com o Hobi hyung.

– Motivos ?

– Comemorar que eu consegui encobrir a noticia sobre o Jiminie.

– Que bom que conseguiu, mas não exagere da próxima vez está bem. – Respondeu ela indo para trás de Tae o empurrando ate o seu quarto.

– Hey onde vamos ? – Perguntou o maior com um sorriso sacana no rosto.  

– Nós não, você vai tomar um banho Taehyung. E depois dormir. – Disse a garota sorrindo, com o namorado fingia fazer manha.

– Aigoo, você ira me dar banho? – Ele perguntou sabendo a resposta, mas apenas não podia perder a oportunidade de irrita-la.

– Pare de gracinhas Taehyung, vou arrumar sua roupa. – Empurrou o maior para dentro de seu banheiro. Enquanto ela fechava a porta, Taehyung a segurou botando a cabeça para fora e lhe roubando um beijo, viu a namorada ficar com uma cara assustada, fechou a porta correndo enquanto ria como um criança arteira. Enquanto ela apenas ria do namorado já separando as roupas do mesmo que estavam dentro de seu guarda roupa.

Não demorou para que Taehyung tomasse um banho e vestisse as roupas deixadas, para logo se jogar na grande cama de casal que ela possuía. Vendo a namorada em pé, lendo algum papel, que julgou ser algum roteiro de dorama.

 – Celeste venha se deitar comigo. – Pediu manhoso para a garota, que jamais resistia a um pedido fofo vindo de Taehyung. Se sentou na cama, vendo o Kim colocar a cabeça em seu colo para que ela fizesse carinho em seus cabelos. E assim fez. Celeste se surpreendia, pois Taehyung não era nenhum famoso, e sempre tingia os cabelos de cores diferentes. E no momento ele estava loiro assim como ela.

O Kim aproveitava o máximo que podia o cafune que recebia da namorada, sentias os dedos delicados dela acariciarem seu couro cabeludo com gentileza, e completa leveza. Estava abraçado a cintura de Celeste como se quisesse que ela jamais saísse dali, e permanecesse para sempre lhe mimando. Se sentia embriagado com o cheiro de cerejas da namorada, era o seu cheiro favorito em todo o mundo, sentia vontade de morde-la, mas sempre se controlava.

Celeste percebia que Taehyung quase dormia, a não ser pelo fato de ter reparado no quanto a boca dele estava seca.

– Vou pegar um copo de agua para você. – Beijou-lhe o topo da testa podendo ver o mesmo assentir. Se levantou indo ate a cozinha e pegando o copo com água para o rapaz, mas ao voltar sorriu em ver Taehyung já completamente entregue ao sono. Riu contida quando viu que o rapaz não se preocupava em ocupar apenas um espeço da cama, e sim a cama toda. Colocou o copo em cima de um dos criados ao lado da cama, e como sabia que tentar fazer com o Kim arredasse para o lado não adiantaria nada pegou um dos travesseiros, e um cobertor dentro de seu armário. Novamente deu um beijo na testa do Kim o cobrindo e saiu do quarto apagando a luz.

A casa de Celeste poderia ser grande o bastante, mas continha apenas um quarto no qual dormia, já que nos outros fizera áreas de lazer para si. Já que quando ganhava folga de seu trabalho, queria fazer algo, mas nem sempre poderia sair na rua por causa disso. Então transformou quartos, que antes era de visita, em um estúdio particular, e em um escritório pequeno, já outro era uma sala de cinema enorme, com direito a fonte de chocolate, cujo o qual ela não poderia comer muito, por causa de sua dieta.

Rumou ate seu confortável sofá cor de vinho, ajeitando seu travesseiro e coberta para que ficasse quente o suficiente. Se deitou procurando uma posição confortável para poder dormir. Fechou os olhos para relaxar, mas sentiu o corpo de Taehyung entrar debaixo das cobertas, deitando ao seu lado a abraçando de lado.

– Você não estava dormindo Taehyung? – Perguntou virando-se para o namorado que sorria de forma infantil.

– Sem você não dá, prefiro dormir aqui apertado do que sozinho em uma cama espaçosa. – Disse ele fazendo Celeste rir contido. Deu um breve beijo em seu namorado, logo fechando os olhos e deixando que Hipnos fizesse sua magia.

 

 

Celeste acordou com leves beijos em seu pescoço, sorriu contorcendo-se um pouco sentindo as cocegas, que Taehyung ao perceber o que fazia na garota apenas intensificou, fazendo a garota agora gargalhar. Da melhor forma, de acordar os dois levantaram e fizeram seu próprio café da manhã.

Conversavam sobre coisas aleatórias, ate Taehyung tocar no assunto de Jimin querer voltar a ativa, ainda com Amnesia , o que fez Celeste se calar. Certamente , fazia muito tempo que não via Jimin muito menos Hoseok, desde a primeira vez na qual posaram juntos, nunca mais conseguiu manter contato com eles. Se sentia um pouco rude por, não ter ido os procurar. Mas não era ela, era seu agente que fez de tudo para que ela crescesse, ele trabalhou bem, ela admitia. Porem ao alcançar a fama, a agencia na qual havia assinado contrato, achou que o agente estava a sobrecarregando de mais, o que resultou em sua demissão.

E agora seu novo agente Kim Namjoon, não aceitava que Celeste ficasse sobrecarregada, e como atos disto veio o fato de que ela tinha mais tempo para si, para Taehyung e amigos. E certamente Celeste adorava ter mais tempo livre. Sentia que agora poderia voltar a falar com amigos esquecidos, incluindo Jimin e Hoseok.

– E qual é o problema de Jimin querer voltar? – Ela perguntou bebendo do seu suco, encarando o namorado, que no momento ele o olhava incrédulo.

– Cel, ele está com amnesia. Pode ser ruim para ele voltar e-

 – Ao mesmo tempo que pode ser benéfico não é? – Diferente da vez em que ele se estressou com Jimin, ele não fez o mesmo com Celeste, apenas a olhou curioso.

– Como assim?

– Veja bem Tae, ele pode recordar boa parte da memoria se fizer o que gosta, isto seria bom não seria? – Viu o Kim assentir com um pouco de receio.

– De certo modo sim, apenas fico preocupado com os “corvos”. – Disse pensativo, de certo modo Celeste estava certa, uma hora ou outra Jimin teria que voltar, e o quanto antes melhor seria.  Celeste vendo seu namorado de cabeça baixa preocupado se levantou de seu lugar, e se sentou no colo do Kim ficando de frente para ele. Ambos sorriram.

– Corvos. É para isso que se serve os amigos. – Celeste sorriu apontando para si mesma. Taehyung como não era burro entendeu o que ela quis dizer.

– O que pretende fazer?

– Uma festa de divulgação, pela volta do Jimin.

– Mas antes precisamos lança-lo de um jeito memorável. – Ambos ficaram calados, tentando elaborar uma ideia.

– Que tal recrearmos, a nossa primeira capa de revista juntos? – Sugeriu ela.

– Quem?

– Eu, Jimin, e Hoseok. É claro dando mais destaque ao Jimin. – Taehyung pareceu gostar da ideia pela cara que fizera.

– Não é uma má ideia. – Respondeu segurando nas pernas da namorada a trazendo mais para perto.

– Eu sei que não. – Celeste sorriu orgulhosa de si mesma.

– Convencida.

– Sempre.  

  – Vou ligar para o meu pessoal e... – Taehyung foi surpreendido pela namorada que tirou o celular de suas mão colocando na mesa atrás de si, sorrindo de forma maliciosa para o Kim.

– Agora não, hoje você é só meu Kim Tae Tae.


Notas Finais


Quero já deixar claro: Prestem bastante atenção na Celeste, Taehyung e Yoongi de agora para frente, e sempre que eu postar um especial, não vai ser bobeira, vai ser uma parte da historia importante de saberem. Vai que rola ums tretas internas né...
Espero ter matado a curiosidade de vocês sobre a menina da capa.
Bjs da Is <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...