História Amnésia - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Beyoncé, Jay-Z
Personagens Beyoncé, Jay-Z
Tags Beyoncé Jay -z
Exibições 37
Palavras 2.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um cap. pra vocês amores,espero que gostem. 😘

Capítulo 9 - 09


Fanfic / Fanfiction Amnésia - Capítulo 9 - 09

Pov. Jasmim (Blue) 

Finalmente o dia amanheceu e eu vou poder voltar a dançar. Que pena que tenho que esconder isso da minha mãe, mas ela está tão estranha não quer que eu saia é como se ela estivesse me escondendo do mundo sei lá. 

Tudo que sei e que o balé e muito importante pra mim e não vou deixar de dançar mesmo que isso signifique ter que mentir pra minha própria mãe. 

Minha mãe veio no meu quarto me deu um beijo e disse que tinha que sair, antes me avisou que eu começaria na escola amanhã. E só bastou isso pra que meu humor mudasse. 

Pov. Beyoncé 

Acordei com os braços do meu marido envolta da minha cintura. Tentei levantar mas ele não deixou. 

-Amor eu tenho que levantar se não vou chegar atrasada. 

-Você é  a chef pode chegar quando quiser. 

-Você sabe que eu não gosto de falhar com os meus compromissos. 

-E quanto aos seus compromissos como esposa? 

-Eu sempre cumpro com eles, hoje a noite você vai ver. /disse beijando seus lábios. 

........

Já fazia uns 07 minutos que a aula havia começado e eu não tinha visto a Jasmim ainda. Será que ela havia desistido? 

De repente vi ela entrando através das paredes de espelhos ,instantaneamente abri um sorriso. Me olhou um pouco tímida, talvez por ser a única atrasada. Pedi que os alunos continuassem o que eu havia ensinado e me aproximei dela. 

-Beyoncé olha me desculpe o atraso, mas tive um probleminha. Quero que saiba que isso não vai mais acontecer, eu sempre sou pontual, eu não gosto de atra... 

-Ei ei tudo bem, imprevistos acontecem. /Disse à interrompendo. /Agora quero que vá ali no canto  faça alguns alongamentos. 

-Sim senhora. 

Ensinei alguns passos novos de uma coreografia que estava montando. Jasmim se juntou a nós pouco tempo depois é rapidamente pegou todos os movimentos. Depois de algum tempo dei um intervalo de 10 minutos pros meus alunos. 

Jasmim se isolou completamente do restante da turma. Se sentou sozinha em um canto.

Resolvi ir até ela e me sentei ao seu lado. Ela me olhou e parou de tomar sua água. 

-Porque não está junto do pessoal? 

-Eu gosto de ficar sozinha. 

-Serio? Está me dizendo que prefere ficar sozinha, do que fazer amigos? 

-Não, não  é isso e só  que... bom eu..  Depois eu vou falar com eles. 

Pov. Jasmim (Blue) 

A verdade e que eu tenho muita dificuldade pra fazer amigos, minha mãe sempre selecionou muito bem minhas amizades. Ela sempre me forçava a ser amiga somente dos filhos mais ricos de suas amigas, eu nunca aceitei isso da minha mãe mas não podia fazer nada. Eu sentia que não tinha amigos de verdade. 

-Se estiver com vergonha eu posso te apresentar pra eles. Têm uma aluna ali que têm sua idade vocês duas se dariam muito bem. 

-E melhor não Beyoncé, eu não pos...quer disser eu não quero ter novos amigos. 

Beyoncé me olhou de um jeito que eu não pude decifrar. Talvez ela ficou decepcionada comigo. 

Não quero que ela pense algo errado sobre mim que sou antissocial ou qualquer coisa. Saco! Isso tudo é culpa da minha mãe. O intervalo acabou e voltamos pra aula. 

Beyoncé era uma ótima professora, dava pra notar de longe sua dedicação com cada aluno. 

-Bom pessoal por hoje é só .vejo vocês na próxima aula.

Peguei minhas coisas, troquei de roupa e quando passei pela recepção eu notei que estava chovendo muito forte lá fora. Eu não acredito é agora ? Falta 1 hora pra minha mãe chegar em casa é essa chuva parece que não vai acabar nunca. Justo hoje que tive que vim de ônibus e a parada e longe daqui, por isso cheguei atrasada. Acho que vou tentar ir até a parada, talvez se eu correr muito dá pra ir. Não e melhor não minhas coisas vão estragar e minha mãe vai perceber essa roupa molhada. E agora meu Deus? Droga! Droga! E agora?Eu sussurrava bem baixinho. 

-Jasmim está tudo bem? /Me virei vendo a Beyoncé atrás de mim. 

-Não. Essa chuva parece que não vai acabar nunca eu preciso chegar em casa logo, antes da minha mãe. 

-Se quiser eu ligo pra ela e expli... / a interrompi. 

-Não Beyoncé ela não sab.. quer disser e... ela não têm celular. /Disse gaguejando. 

-Ela não têm celular? /Confirmei com a cabeça um pouco nervosa. Eu deveria ter pensado em uma desculpa melhor. Hoje em dia todo mundo tem celular, mas na hora não consegui pensar em nada melhor. 

-Então eu te levo no meu carro. 

-Não precisa. Nossa parece que ela está até diminuindo vou esperar mais um pouquinho e ela logo vai acabar ./Quando acabei de dizer isso a chuva aumentou ainda mais. Beyoncé me olhou com a sobrancelha levantada esperando minha atitude é eu simplesmente continuei do mesmo jeito e sorri pra ela. 

-O que você esconde Jasmim? 

-Como disse? 

-Porque tenho a impressão de que você está escondendo alguma coisa? Não quer que eu fale com sua mãe, têm medo de que eu a veja, está um pouco nervosa. 

-Não é nada disso e só que... /Ela me interrompeu. 

-E isso sim, desde aquele dia no shopping eu achei estranho. Eu quero que se sente bem aqui e me explique agora o que está acontecendo. /ela disse se sentando, batendo no lugar ao lado pra que eu me sentasse. 

Pov. Beyoncé 

Fiz Jasmim me contar tudo. Ela me contou porque saiu de Los Angeles e me disse que sua mãe não quer que ela saia de casa e até que sua mãe não quer que ela seja amiga de pessoas qualquer. Agora entendi porque ela  recusou a ficar perto dos outros na aula, isso não é nada bom. Sua mãe parece uma louca, sua atitude e estranha e suspeita, não querer que a filha saia, escolher suas amizades, não isso eu até entendo porque têm gente que e preconceituosa mais nossa, isso não tira o fato de que parece que sua mãe e uma louca e está escondendo algo. 

Vi o jeito que Jasmim falava sobre a dança isso era o sonho dela, isso me comoveu muito e eu como professora de dança não podia deixar de ajuda-la a se tornar uma grande bailarina. Mesmo que eu tivesse que ir contra os meus princípios e ter que menti. 

-Jasmim eu vou te ajudar, eu vejo o seu amor pela dança e isso me comove muito. Olha eu te levo pra cada e prometo que sua mãe não vai descobri nada. Esse será nosso segredo. 

-Sério!? Obrigada Beyoncé, nem sei como te agradecer. /Ela disso com um sorriso enorme e de repente me abraçou. Eu senti a mesma coisa que sentia toda vez que eu abraçava a Blue, quando eu ainda não sabia que ela era minha filha. Resolvi afastar aqueles pensamentos e à abracei de volta. 

-Então podemos ir, tenho que chegar antes da minha mãe ./Ela disse me olhando. Eu não queria mas tive que salta-la se não ia ficar muito estranho. Mas era como se eu sentisse falta do seu abraço. 

-Sim vamos. 

Durante todo o caminho nós fomos conversando eu sinto que a Jasmim se sente confortável pra se abrir comigo como uma amiga, mesmo eu tendo idade pra ser sua mãe. Acho que é pelo fato de eu ser o mais próximo de amiga que ela tenha. 

Parei o carro em frete sua casa. A chuva tinha diminuído bastante ,então dava pra ela descer do carro sem se molhar muito. 

-Beyoncé mais uma vez obrigada por esta me ajudando. 

-E por uma ótima causa, você e uma excelente bailarina e tenho certeza que um dia fará muito sucesso, não podia deixar de te ajudar. 

-Tomara Beyoncé. /Ela me abraçou e saiu do carro. 

Pov. Jasmim

Beyoncé era incrível muito compreensiva, estou começando a gostar dela. Ela viu como a dança era importante pra mim e resolveu me ajudar.

Minha mãe logo chegou. 

-Filha eu comprei tudo que você vai precisa amanhã na escola. /Ela disse me entregando uma sacola cheia com matériais escolares. 

-Se não têm outro jeito. Bom eu vou lá guardar isso aqui. 

-Ei calma ai. Eu espero que eu não tenha que repetir que ,amanhã e de casa pra escola é da escola pra casa. Outra coisa as crianças daqui são más companhias pra você ,não à quero se juntando com eles, você é muito diferente não deve se misturar. 

Eu não falei nada apenas fui pro meu quarto. Não entendo minha mãe ao mesmo tempo em que ela é uma ótima mãe, ela se torna um ser humano horrível com esse seu jeito arrogante e preconceituoso de tratar as pessoas. A Beyoncé parece ser tão diferente dela, ela trata todos iguais não faz diferença. Lá na aula só tinha bolsistas e ela foi tão carinhosa e amorosa com eles. Que diferença da minha mãe ela jamais faria isso. 

..........

Pov. Rachel (Melinda) 

Acordei com o meu celular tocando, atendi sem ver direito o número. 

-Alô !

-Preciso falar com você agora. 

-Está louco? não vou correr o risco de ser vista com você .

-E melhor vim ou já sabe do que sou capaz de fazer. Me encontre no lugar de sempre daqui a uma hora. Tchau bebê. 

-Eu não vou. Droga! Ele desligou na minha cara, será que nunca vou ficar livre desse idiota? 

Me arrumei rapidamente, teria que me contar com ele não poderia vacilar agora ou esse idiota poderia pôr tudo a perder. Cheguei na cozinha é minha filha já está pronta pra escola e já terminava de tomar seu café .

-Bom dia filha! Se já terminou vamos logo vou te deixar na escola hoje. 

-Já terminei sim e você não vai tomar seu café? 

-Estou sem fome. 

Depois de deixar Jasmim na escola eu fui resolver esse problema, tenho que ser muito cuidadosa com esse idiota do Bryan ou então ele colocaria tudo a perder. 

Parei em frente ao local combinado e respirei fundo e entrei. Era um galpão abandonado, estava sujo e com mal cheiro. Procurei mais não vi nenhum sinal dele. Já havia desistido de esperar por ele quando escutei sua voz. 

-Eaí Melinda à quanto tempo? Não vai me dá um abraço? /Me olhava sínico. 

-Não. E me fala logo o que você quer eu estou sem tempo. 

-Você sabe. 

-Eu não tenho dinheiro. E sua chantagem já acabou a muito tempo, o Shawn já descobriu que a Beyoncé não o traiu. /Ele deu uma risada histérica. 

-Acha que sou bobo? Shawn e um homem muito importante aqui em Nova Iorque, o sequestro de sua filha ficou sendo noticiado por anos. Chegaram até oferecer uma recompensa milionária por qualquer pista que fosse sobre a menina. E eu sei que ela está com você é sei muito bem onde vocês moram. Basta um tel... 

-Seu idiota! /O interrompi com tapas e socos e ele segurou meus braços. 

-Você e muito burra!! Pensava que ninguém iria ficar sabendo do roubo da filha de um magnata. E ainda mais burra por voltar aqui com a menina. Ou faz o que eu estou pedindo ou eu te entrego pra polícia. 

-Mas é justamente por isso que voltei, eu estou sem dinheiro e aqui eu tenho alguns negócios não são muita coisa mas dá pra viver com minha filha. 

-Ô que dô de você. Aquela menina é uma mina de ouro, finja que é outra pessoa liga pro pai dela dizendo que sabe seu paradeiro mas vai precisar de uma recompensa pela informação e assim vai arrancar dinheiro daquele otário .

-Você e mesmo um imbecil,isso e muito ariscado o Shawn contrataria um detetive até o FBI pra descobrir quem é. Olha me da uns dois dias e eu prometo que te darei uma boa recompensa. 

-E melhor ser uma boa quantia mesmo ou já sabe. E quero logo por que mais cedo ou mais tarde vão acabar descobrindo a menina e quero está longe daqui quando isso acontecer. 

-Não vão descobrir ela eu não pretendo ficar aqui por muito tempo. Quando eu ajuntar uma boa quantia vou me mandar daqui com ela. 

-Tu é mesmo uma vadia burra né? Muito ingênua. Sua filhinha já está em contato com a mãe. 

-Até parece. 

-Estou à muitos dias observando vocês é ontem mesmo a garota saiu de casa escondido assim que você saiu e eu a segui e ela foi até aquele tal estúdio de dança ter aula com a Mamãezinha. 

-Isso não pode ser? Ela me prometeu que ficaria em casa. 

-pois é adolescentes sabe como é né? /Ele falou debochado. 

-Eu vou resolver isso. E lá têm várias professoras porque justo a Beyoncé ensinaria ela, talvez elas nem se encontraram. 

-Mas isso será uma questão de tempo. E se a Beyoncé ver a filha ela vai reconhecê-la ou ficar desconfiada sei lá, vocês mulheres não têm esse tal de pressentimento? 

-Mas isso não vai acontecer tá. Antes eu sumo com ela no mundo. 

........

Pov. Jasmim(Blue) 

Cheguei em casa finalmente, as aulas foram chatas e já vi toda essa matéria. Minha antiga escola é bem mais avançada. Entrei e me deparei com minha mãe na sala, achei muito estranho ela está aqui mais cedo, ela parecia tão apressada pra resolver não sei o que achei que ela demoraria mais. Me olhava com uma cara bem séria, alguma coisa tinha acontecido. 

Se levantou e veio na minha direção. Sem que qualquer uma de nós falasse qualquer coisa ela me acertou com um tapa bem forte. Meu rosto ardeu na hora, meus olhos se encheram de lágrimas. Minha mãe nunca me bateu antes eu estou em choque. 

-Quer me explicar porque me desobedeceu e saiu ontem pra um estúdio de balé. A gente se quer têm dinheiro pra isso. /Sua voz estava bem alterada poucas vezes vi minha mãe assim. Não era pra tanto ela sabe que eu amo o balé. Mas como ela descobriu isso?......

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Comentem. 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...