História Amnésia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Tags Amnésia
Exibições 13
Palavras 309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ooi, tudo bem?
Estou aqui para mais uma fanfic, lembrando um pouco reinciados, só que a minhas versão. Ninguém vai ser reiniciado aqui. Apenas pessoas que perderam sua memória, é a mesma coisa? Não sei. Enfim, quem esquecerá as memórias serão.. espera, não posso contar, sinto muito. Antes de começar essa fanfic tenho que ter responsabilidade de falar a vocês que nenhum capitulo será garantido, eu vou demorar a postar, inicialmente porque estamos no final do ano e tenho que correr para passar de ano, segundamente porque meu notbook está sem o carregador e estou usando o da minha mãe, ou seja, tenho que ter cuidado. Esse é só um Prologo por isso está curto.

Capítulo 1 - Prologo


Amnesia

Prologo

Abro os olhos

Tudo ao meu redor está escuro, me impossibilitando de enxergar qualquer coisa. Mas, conseguia ver que era um quarto. Tento me mexer, mas estou presa a uma corrente. Puxo meus braços com força, com um fio de esperança. Dá certo, as correntes estavam velhas e enferrujadas. Levanto-me com uma dor de cabeça muito forte.

Luz.

Procuro um interruptor em todos os lugares, acabo encontrando uma cortina, puxo com força e consigo ver o quarto.

— Rápido, Clarice, ache algo para fugir. — falo baixo e procuro alguma abertura na janela de vidro. Puxo o pino mais próximo que eu vejo, a janela se abre rapidamente.

O cenário muda. Eu estou correndo no meio da rua, com as roupas um pouco rasgadas. Carros passam tão rápidos, mas não param para me ajudar. Corro. Corro o mais rápido que posso. Não posso parar, temo que eles me alcance, seja lá quem me prendeu naquele lugar. Há uma casa aberta, uma festa.

— Alguém me ajuda — peço recuperando o ar. Ninguém me escuta, estão ocupados demais tomando bebidas alcoólicas e quase transando no meio do corredor, é bizarro.

Grito em meio as pessoas. Sou atingida por uma bola de pingue pongue na cabeça, grito assustada. Preciso de ajuda.

— Calma — diz alguém enquanto se abaixa para segurar meu braço e me trazer para cima. — Você é uma delas não é mesmo? — o garoto pergunta olhando para os lados.

— Sim — respondo sem pensar. Algo me diz para confiar nele.

Ele me puxa para fora da multidão. Joga-me em um quarto e tranca-nos. Tento escapar, mas ele mostra um computador, rapidamente ele se senta no mesmo e digita algumas coisas. Minha memória falha, não sei mais meu nome. Eu caio, começo a ter convulsões, antes de desmaiar vejo um pequeno papel cair de meu bolso.

“Te pegamos”

Não sei mais quem eu sou.


Notas Finais


Ooi de novo. Então, quero falar uma coisa. Se vocês gostaram por favor dê favorito, pois é importante para eu continuar, e se puder comentem também.
Beijos de chocolate pra vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...