História AMNESIA - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Berserk, Originais, Soul Eater
Personagens Personagens Originais
Tags Animes, Carnificina, Horror, Mistério, Pedidos, Romance, Sangue
Exibições 16
Palavras 438
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obrigado por ler

Capítulo 3 - Conhecendo a verdadeira face.


Fanfic / Fanfiction AMNESIA - Capítulo 3 - Conhecendo a verdadeira face.

Caminhar a noite é algo belo, eu podia olhar o céu e sentir sua presença esmagadora. sua cor escura a uma tintura azulada bem escura, as árvores por sua vez estavam com uma cor verde escura pela falta de luz, era belo e fantasmagórico. Os espinhos passavam por minhas coxas as machucando deixando feridas poucos perceptíveis, mas isso não tiraria minha atenção do momento. é tudo tão belo que minha atenção é mantida no céu. as estrelas cintilantes com sua cor extremamente brilhante, um prateado encantador. O frio arrepia minha pele, o vento variava, as vezes com violência me atingia mas também por vezes me tocava como se eu fosse seu amigo de vários anos. Bom, a garota estava dormindo, à pouco eu dera minha capa para a proteger do frio que atormentava. Meus pensamentos tentam fugir da garota, mas sem sucesso, não encontro respostas para poder a descrever.

Devem ter feito exatamente meia hora que saímos da floresta, estamos em uma aldeia não muito habitada. usei o dinheiro que tinha em seu bolso. Me perdoem, não sou uma perfeição de soldado, e precisamos dormir e comer. Deixei ela deitada em uma cama razoavelmente confortável. Revestida com peles de ursos, diversas. Eu não gastei tudo, deixei para que pudesse se deliciar de um café da manhã, o dia já ameaçava aparecer e eu nem descansei  o necessário. minhas feridas ainda doíam, os cortes dos espinhos me aborrecia, ardia...

Ela está finalmente acordada, o seu rosto sonolento é tão belo. Sinto-me atraído pela beleza de seus cachos, o sol batia em seu rosto, mostrando a clareza de seus olhos e de sua pele. Escuto trotes de cavalos por fora da cabana, escuto os pássaros cantarem felizes...

Eu: diga-me como você está? -digo olhando a fixamente.

???: Bem... - diz tímida.

Jurei ter escutado a garota ter me agradecido, me desfoco disso. O cheiro da cabana não era dos melhores, era parecido com madeira molhada, a comida que estava por cima da mesa estava quente, observo os mínimos detalhes. A garota estenderá a mão. um garfo com fatia de carne.

Anastácia romanov: Meu nome é Anastácia romanov, prazer. Agora coma! -diz delicadamente enquanto estende sua mão que tinha o garfo.

Me surpreende  é um nome realmente diferente com sua própria beleza. Senti um frio consumir o quarto, foi rápido mas presumo que quando pronuncio seu nome isso acontece. Admito que me amendrotou um pouco, mas continuo focado nela, pego o garfo de sua mão e mastigo a carne. Então agradeço a mesma

Eu: obrigado... -sinto-me esmagado por sua presença.


Não perco tempo, peço que se arrume, tenho varios lugares a ir. Minha vingança não ficará esquecida...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...