História Amnésia - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber, Khalil Sharieff, Lil Za, Pattie Mallette, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Baldwin, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Khalil Sharief, Lil Za, Pattie Mallette, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Criminal, Drogas, Hailey Baldwin, Justin Bieber, Romance, Ryan Butler, Violenci
Exibições 34
Palavras 2.725
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, AQUI ESTÁ O SEGUNDO CAPÍTULO DA FANFIC. ESPERO QUE VOCES GOSTEM. BOA LEITURA!!!!!!

ATÉ AS NOTAS FINAIS <3

Capítulo 2 - Jennifer


Fanfic / Fanfiction Amnésia - Capítulo 2 - Jennifer

 

POV MEGAN CARTER 

Eu olhei a minha volta e vi que todos me olhavam curiosos.  Senti dores na cabeça e pelo corpo, passei a mão na cabeça sentindo os curativos ali. 

— Onde eu tô? Quem são vocês? Por que não consigo me lembra de nada? O que aconteceu? - perguntei olhando o ambiente até que percebi que havia um cateter no meu braço que ali passava o soro.  

— Srta. Megan, você sofreu um acidente e você teve perda de memória... - disse um velhote de jaleco que creio eu que seja um médico 

— Ã?! Como aconteceu? Eu me chamo Megan? - perguntei desesperada 

— Sim. Megan, eu vou retirar o soro, ok? Você precisa comer e ficar de repouso. Você é uma pessoa que não se alimenta direito, então você precisa fazer exames. Ah, você não pode ficar forçando para se lembrar, isso pode te prejudicar. Sua memória poderá voltar...  - disse retirando o cateter do meu braço 

Senti meu choro entalado na garganta e meus olhos lacrimejarem, mas não queria chorar na frente daqueles homens que me olhavam. Mas a tentativa de segurar o choro foi em vão 

— Será que você pode me dar algo para a dor? - eu perguntei e ele assentiu pegando a seringa e um frasco. E logo em seguida aplicando em meu braço. 

— É tipo um anestésico. Isso vai fazer você se sentir melhor. Fiz uma receita de remédios e vitaminas que você precisa tomar. - ele disse mas fiquei calada sentindo um grande vazio em mim. 

— Megan – me chamou um dos homens que estavam ali. — Meu nome é Chaz – ele disse sorrindo. Ele parecia ser o único simpático ali, já que os outros dois me olhavam com a maior cara de cú. 

— Ah, oi eu acho. - eu disse tentando ser simpática — Mas, quem é você? - perguntei, mas quando o tal do Chaz ia me responder o homem da cara de cú o interrompeu. 

— Chaz! Vá pedir pra Amélia preparar algo pra Bela Adormecida, ela deve estar com fome. - ele disse autoritário e Chaz bufou fazendo o que ele disse. 

Eu o encarei ficando sem graça, e ele sorriu maliciosamente.  

— Eu preciso de respostas... - eu disse baixo 

— Acho que ta cedo demais para isso. - ele disse ironicamente. 

— Quem são vocês? Por que eu estou aqui? - eu perguntei mas ele soltou uma pequena risada e me ignorou. 

— Megan, o que você precisa saber agora é que a gente te salvou, só isso. - disse o outro 

— E quem é você? - perguntei irritada pela falta de resposta. 

— Ryan – ele disse — E aí Justin, acho que perdi muito tempo aqui. Eu deveria estar dormindo. - ele disse e o tal do Justin assentiu, e logo em seguida Ryan saiu do quarto.

— Então, você se chama Justin? - eu perguntei 

— É. - ele disse se sentando numa poltrona e pegando seu celular do bolso logo em seguida. 

— Olha o que eu trouxe para você Megan! - disse o Chaz entrando no quarto novamente com uma bandeja. 

— Chaz, porque eu tenho a sensação que você é a única pessoa boa nesse ambiente?- perguntei irritada pela atitude de Justin e Ryan. 

— Porque eu sou – ele disse fazendo uma careta e colocando a bandeja sobre a cama logo em seguida. 

Na bandeja havia um prato de sopa de legumes e suco de laranja. 

Comi toda a sopa e bebi todo o suco, eu só precisava ir ao banheiro jogar uma água no rosto e ver a situação da minha cara.

— Eu vou ao banheiro. - eu disse ao Chaz e ele apontou para a porta que havia no quarto 

Olhei para o tal do Justin que tinha sua atenção no celular. Segui até a porta branca e entrei no banheiro, fui até a pia, joguei agua no rosto. Me olhei no espelho e puta que pariu! Eu estava com curativo na cabeça e com alguns arranhões pelo rosto e hematomas pelos braços. 

Saí do banheiro e vi que agora ali só tinha o Justin. 

— E entao, vai me falar sobre você? - eu disse puxando assunto 

— Não tem nada que você precise saber… - ele disse tendo olhando concentrado no celular 

— Justin, eu estou na casa de pessoas estranhas, que aliás eu nem conheço. Não me lembro de nada e estou toda machucada. Eu preciso saber o que aconteceu... - eu disse sentir o choro voltando mas dessa vez consegui me demonstrar forte. 

— Vi um carro capotado na pista, então resolvi parar e ajudar. - ele disse 

— Eu estava sozinha? - eu perguntei e ele me encarou e assentiu — Então como sabe meu nome? - perguntei e ele pigarreou  

— Quando parei para ajudar você ainda tava consciente e me disse seu nome e idade apenas. - ele disse 

— E eu tenho quantos anos? - perguntei 

— 17 – ele respondeu. — Vou dormir, não sai daqui até que alguém venha. - ele disse se levantando. 

— Então agora a prisioneira? - eu perguntei irritada e ele me olhou com tédio. 

— Se você prefere chamar assim... - ele disse e saiu do quarto. 

Se esse garoto está pensando que vou ficar aqui ele está muito enganado. Já não basta sofrer um acidente, perder a memória, me machucar, agora tenho que ficar obedecendo esse babaca.  

Me levantei da cama e fui até a porta, tentei abri-la mas vi que o idiota havia trancado.  Além de escroto é burro. Se ele falou para eu não sair então porque trancou? 

Voltei para a cama e me cobri. O que será da minha vida daqui para frente? Como vou atrás da minha família? Será que alguém está me procurando?  Senti as lágrimas voltarem novamente e essa hora é o momento perfeito para desabar.

 

[...] 

POV BIEBER 

Acordei, olhei para a tela do celular e eram exatamente 10:30.  Levantei, fui ao banheiro escovar os dentes e tomar um banho. 

Fiquei pensando na Megan e em como vai ser daqui pra frente. Percebi que ela é do tipo teimosa e marrenta, e se tem uma coisa que não suporto é vadia enchendo o saco. Se ela ta pensando que vai ficar pagando de mandona pro meu lado ela ta muito enganada. 

Fui para a cozinha para tomar o café da manhã, e vi o Chaz e o Chris sentados tomando o café. 

— E aí Drew – disse eles  

— E aí. - eu disse me sentando junto a eles. 

— Bom dia senhor Bieber. O que vai querer de café? - perguntou Amélia   

— Bom dia. Eu vou querer apenas um suco de laranja – eu disse e ela assentiu indo fazer 

— Então parece que temos uma hóspede aqui – disse o Chris rindo 

— Pois é. Temos. - eu respondi com tom malicioso. 

— Quem será que come ela primeiro? - perguntou Chris e eu ri 

— Caralho gente, como vocês são babacas. A menina ta toda machucada, perdeu a memória e vocês ainda ficam ainda com conversa fiada – disse o Chaz nervoso. 

— Parece que alguém ta pensando em ser o primeiro – disse o Chris se refirindo ao Chaz e eu ri. 

— E aí Chaz já que você ta com dózinha da Bela Adormecida, então leva ela na clínica e compra os remédios dela – eu disse e ele revirou os olhos — Ué, não é você que ta ofendido por ela? 

— Eu tinha outros planos para essa quinta-feira – ele disse 

— O louco Chaz, já vai trair a Megan? - perguntei e o Chris riu. 

Amélia trouxe meu suco de laranja e falei para ela preparar um café da manhã reforçado para a Megan, e assim ela fez. 

Fui ao escritório peguei a receita que o Dr. me deu e entreguei pro Chaz junto com o dinheiro. 


                 POV MEGAN CARTER 

Depois da Amélia ter trazido meu café, o Chaz veio e disse que ele me levaria para a clínica do Dr. Phillip para fazer os exames que ele tinha dito. Como eu já havia tomado um longo banho, eu só apenas troquei de roupa. Peguei uma calça jeans e uma blusa simples vermelha da mala, e coloquei meu all star. 

Ouvi batidas na porta e eu gritei que podia entrar e era Chaz perguntando se eu já estava pronta.  

Descemos para a sala e lá estava o Ryan e o tal de Christian jogando videogame. 

— E aí gostosinha. - o Christian disse analisando e eu fiquei sem graça. 

— Chris... - o Ryan o repreendeu 

— Ryan, eu vou levar ela lá no Dr. Phillip. Se a Jennifer aparecer diz pra ela ligar a porra do celular dela porque não to conseguindo falar com ela. - o Chaz disse  

— Ok bro – ele disse mantendo a atenção no jogo. 

Eu e o Chaz fomos para a garagem e entramos numa ferrari preta que creio eu seja dele. Eu pude ver que naquela garagem havia vários carros luxuosos. 

— São seus? - perguntei sobre os carros 

— Esse e mais aquele são meus, Megan. A maioria são do Justin – ele aponto para uma ferrari só que era vermelha. 

— Ah sim, legal – eu disse. 

Quando começamos sair da garagem e passar pela estrada que havia dentro da enorme mansão, pude ver que haviam seguranças andando de um lado para o outro e que havia cameras por muitos lugares. 

— Nossa quanto segurança - eu disse automaticamente e Chaz riu. 

— É necessário - ele disse fazendo uma careta. 

— Quando você é um serial killer ou um criminoso muito perigoso é necessário - eu disse. 

— Não exagera Megan – ele disse rindo. 

— A mansão é de quem? - perguntei 

— Na verdade é do Justin, mas como nós trabalhamos juntos eu e o resto dos caras dormimos aqui, mas cada um tem sua casa. - ele disse 

— Casa? Aposto que você tem uma mansão maior que essa? - brinquei 

— Eu tenho um apartamento só. Quem tem mansões é só o Justin. - ele disse 

— Caralho, ele é o que? Artista do pop? - eu disse e ele riu. 

— Engraçadinha você, hein? - ele brincou — Meu apartamento é do lado daqui, em East Point, só 11 minutos de "viagem" - ele disse 

— É perto mesmo... E o Ryan e o Christian? - perguntei 

— Eles moram em Druid Hills, 7 minutos daqui. - ele disse

— E você namora? - perguntei 

— Não é exatamente um namoro, mas eu saio com uma garota. - ele disse 

— Que legal, quero conhecer ela – eu disse e ele sorriu — Eu fico pensando, e se eu tiver um namorado? Tipo, eu não me lembro de nada... - eu disse 

— Sua amnésia provavelmente é temporária, relaxa, ta? - ele disse tentando me passar conforto e eu assenti sorrindo 

Chegamos na clínica e fiz muitos exames e tirei vários raio-x do corpo inteiro. No raio-x não detectou nada de anormal, e o Dr. Phillip disse para eu retornar lá para ver o resultado dos outros exames só na próxima semana.  

Depois da clínica passamos na farmácia para comprar os remédios e vitaminas em cápsula para mim. E também fomos no Mc Donald's por que já era a hora do almoço. 

 — Vai querer o que Megan? - Chaz perguntou  

— Eu quero um big tasty e uma coca-cola grande – eu disse e ele fez o pedido. 

Sentamos e comemos e em seguida voltamos para a mansão. vulgo minha prisão. 

Chaz colocou o carro na garagem e seguimos para a entrada. Ouvimos uma voz feminina falando alto. 

— Eu vou quebrar a cara do Chaz!  

— Quem é? - perguntei mas Chaz ignorou e abriu a enorme porta para entrarmos 

— Chaz, aonde você estava???? - perguntou uma garota totalmente nervosa que estava na sala junto com o Chris e Ryan. 

— Eu posso explicar. - ele disse  

— Legal, você saiu com uma garota. - ela disse com ironia — Eu sempre soube que você é igual ao Justin. - ela disse nervosa 

— Jennifer, levei a Megan no hospital. Ela ta morando aqui, é nossa amiga. - ele tentou se explicar 

— Ela não é minha amiga não, é só sua mesmo Chaz – disse o Christian ironicamente  

— Eu não quero saber Chaz! E você... - ela disse apontando para mim — Eu vou acabar com você! - ela disse chegando mais perto.  

— Eu não sei quem é você, nem sabia da porra da sua existência garota. Você tá gritando igual uma retardada sem necessidade. - eu disse e ela bufou vindo até mim.

— Para Jennifer, isso ta rídiculo. - Chaz disse entrando na minha frente 

— Ok defende ela! Aproveita e fica com ela! - ela disse nervosa recuando e pegando a bolsa. 

Chaz se afastou e foi até ela tentar explicar. Olhei para cima e vi Justin encarando a cena apenas. Filho da puta não serve nem para defender o amigo! Chris estava junto de Chaz tentando explicar a situação para a vadia agressiva. E Ryan veio até a mim e pediu para que eu subisse e ficasse lá em cima até a doida ir embora. 

Então quando eu estava chegando até a escada senti alguém puxar meu braço. Me virei e vi que era a Jennifer. 

— Isso é pra você aprender que deve ficar longe do Chaz — ela disse me dando um empurrão fazendo meu corpo ir para trás com força. 

Senti uma enorme dor de cabeça e vi que eu havia batido a cabeça na ponta da mesa de madeira. Chaz puxou a Jennifer, pois ela insistia em vir até mim. 

— Jennifer, vai embora porra! Depois a gente conversa. Vai embora! - Chaz gritou 

Chris e Ryan vieram até mim me socorrer. E eles disseram que minha testa estava sangrando mas não muito, que provavelmente era só um corte. 

Chris foi pegar o kit de primeiros socorros, Ryan me pegou no colo para levar para o quarto, e Chaz estava expulsando a força a vadia da casa.  

Quando Ryan estava subindo as escadas comigo no colo, vi o Justin sorrindo como se estivesse se divertindo com a cena. 

— Ta divertido pra você? - eu disse nervosa e ele sorriu. 

— Megan... Não - disse Ryan me repreendendo.  

— Deixa ela Ryan, se eu me estressar eu já meto bala na testa dessa daí, aí sim vai ser um ferimento profundo para se preocupar – ele disse e eu arrepiei com seu comentário, realmente me deu medo da forma que ele disse. 

Por mais que ele não seja um assassino ou alguém que tenha uma arma, não é normal receber esse tipo de ameaça. 

Ryan me colocou sentada na cama e puxou a cadeira para sentar na minha frente. Chris trouxe o kit de primeiros socorros e Ryan limpou o ferimento e disse que era pequeno, mas porém ficaria um enorme galo no local onde eu bati.  

— Obrigada gente – eu agradeci. — E Ryan, seja assim legal comigo, ok? - eu disse e ele riu. 

— Vou tentar. Aliás, não desafia o Justin, eu sei que ele é um pau no cu a maioria das vezes, mas se você for legal e respeitar ele, ele vai ser legal com você também. - ele disse. 

— Bom, você deve ter tido uma pessima impressão sobre mim. - disse Chris rindo — Eu sou Christian, mas pode me chamar de Chris. Eu sou filho da puta, mas prometo ser legal com você. O Ryan me contou tudo sobre o que aconteceu com você, e espero que você recupere a memória logo. E se precisar de algo é só falar mano – ele disse  

— Obrigada Chris. Como você já deve saber eu sou a Megan, e eu adoraria me apresentar melhor, mas eu não me lembro de nada – eu disse fazendo uma careta e eles riram. 

A conversa foi interrompida por um ser humano escroto que abriu a porta com força. Era o Justin com uma cara nada boa e me olhando com ódio. 

— Vaza todo mundo! - ele disse nervoso e eu comecei a ficar com medo. 

— Qual é Drew, pega leve... - disse Ryan. 

— É bro, relaxa. - disse o Chris tentando acalmá-lo. 

— Eu mandei vazar! Eu vou dar uma lição nessa vagabunda para ela aprender que quem manda aqui sou eu. - ele disse e eu resolvi ficar quieta. 

Vi que Ryan balançou a cabeça fazendo um gesto de reprovação ao ato do senhor escroto, e Chris me olhou com um olhar tentando me confortar, mas é claro que isso só piorou a situação. 

Logo em seguida eles saíram do quarto  me deixando sozinha com o Justin. E foi aí que eu percebi que até mesmo os amigos dele temiam aos dele, então imagina o que ele poderia fazer comigo.


Notas Finais


OI DE NOVO, OBRIGADA POR ACOMPANHAR A FANFIC, HOJE QUANDO EU VOLTAR DO MEU ULTIMO DIA DE AULA EU EU IREI COMEÇAR A ESCREVER O OUTRO CAPÍTULO PARA POSTAR DE MADRUGADA.

ME DIGAM O QUE ESTÃO ACHANDO PFV, ISSO É MUITO IMPORTANTE!!!! ATÉ DE MADRUGADA. BYEEEEE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...