História Amo o Meu Primo? - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Família, Primos, Romance, Traição
Exibições 46
Palavras 351
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


AI MINHA NOSSA SENHORA DAS VICIADAS ASSUMIDAS DE NUTELLA
1.3K?
AHN?
WTF? CUMASSIM? TÁ CM MAIS OU MENOS 2 SEMANAS Q EU COMEÇEI ESSA BAGAÇA AQ?
E JÁ TEM ESSE BUCADO DE GNT Q CURTE E COMENTA A MINHA HISTORIA?
SE FOSSE EU ESCREVENDO QUIETA NO MEU CANTO E TIVESSE DUAS SEMANAS, SÓ TINHA DUAS SEMANAS MESMO E ND MAIS
MTO OBG VIU SUAS DLÇS

SÓ DIGO UMA COISA.. ANO Q VEM TEM MAIS HISTORINHA DA MAY❣️❣️❣️

Capítulo 26 - Epílogo


Autora. POV

Pedro e Bruna depois de sua lua de mel descobrem que teriam mais uma filha, Lara Louise.

E meses depois Nanda e Caio descobrem que terão gêmeos, Caio Victor e Bianca.

Dez anos depois, Larissa segue os passos da mãe, Bruna, e começa a fazer a sua tão sonhada faculdade de Medicina, e Lara Louise e Caio Victor sempre foram que nem Tom e Jerry, como Pedro e Bruna, Caio Victor sempre foi um "moleque", nunca foi de namorar e muito menos de se apaixonar, enquanto Lara Louise.. Ah! Larinha, puxou a mãe, baixinha e "braba" como só ela, aliás Lara, lembra alguém mas quem será mesmo?

Depois de muitas brigas e intrigas, Lara Louise e Caio Victor finalmente se acertam e começam a namorar.

Todos dizem que eles parecem muito com Pedro e Bruna quando jovens.

Três anos depois...

Pedro e Bruna vão a uma viagem a Caxias do Sul, mas algo acontece e choca toda a família.

Já era noitinha quando estavam em umas das estradas do Rio Grande do Sul.

Gabriela, sempre foi literalmente, uma louca.

E nunca superou a perda do "amor" de Pedro.

Enquanto Pedro vivia "feliz da vida" com Bruna, com a sua primogênita fazendo Medicina e sua filha namorando com o filho de seu melhor amigo.

Assim com muito ódio e rancor no coração, Gabriela, mesmo tendo seus quarenta e sete anos de idade, arquitetou tudo, a hora, minuto, segundo e o lugar em que Pedro e Bruna estariam nesse dia., que deveria ser só a comemoração de mais um de seus aniversários de casamento.

Mas quando o motorista estava passando pela estrada 292, é possível se ouvir o barulho de quatro tiros, dois atingem Pedro e mais dois em Bruna.

O de Pedro atinge a zona cerebral, ele morreu na hora em que foi efetuado o tiro e enquanto Bruna não foi muito diferente, nela, o tiro pegou na principal veia do seu corpo, por conta da hemorragia, ela também entrou em óbito.

Depois da família ter "pegado no pé" bastante da justiça, Gabriela foi condenada a quinze anos de prisão.


Notas Finais


AS PXMS HISTORINHAS Q EU VOU POSTAR SO NO ANO Q VEM VAI SER....

THAM THAN THAM!!!!!

SE VC ODEIA SPOLER ENTAO NN LEIA AMORE!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A FILHA DO DIRETOR
SIPNOSE-> A ex-diretora do colégio Elite é internada em um sanatório e eis que entra um novo diretor, Rodrigo, ele era considerado o terror dos alunos de seu antigo colégio, Delavega. Era conhecido por ser muito rígido, umas de suas frases mais famosas era: "Perdoar? Ah! Quem perdoa é Deus! E eu? Ah! Eu não sou Deus!”.
Os colégios eram vizinhos, porém inimigos, Delavega e Elite.
Rodrigo é o ex-diretor do Colégio Delavega, o que causa total reprovação aos alunos do Elite.
Consigo, Rodrigo trazia a sua filha, Jade. Dona de um corpo escultural, cabelos castanhos, longos e cacheados e lindos olhos azuis.

O NAMORADO DA MINHA IRMÃ
SIPNOSE-> ~ Meu nome é Manuella Moraes, tenho 21 anos, passei um ano na Califórnia estudando Medicina e como a minha mãe "não aguentou de saudades" (Até parece), eu tive que voltar para o Brasil.
Meus pais são médicos cirurgiões e donos da maior companhia de hospitais do Brasil, e em consequência eles sempre foram muito ocupados.
Viviam e ainda vivem somente para o trabalho.
E outra consequência foi que eu nunca tive uma mãe e muito menos uma pai, que era mil vezes mais ocupado que minha mãe para ter alguém para conversar sobre coisas simples.
Eu aprendi desde de cedo que uma casa luxuosa e bastante grana não é tudo na vida.
Tenho uma irmã, a Sophia.
Ela sempre foi o oposto de mim em tudo.
Enquanto Sophia sempre foi rodeada de amigas, eu sempre fui rodeada de amigos homens.
Eu sempre tive amigos homens.
Eu era vista pelas garotas como puta, porque eu estava rodeada de macho, nós ríamos dessas garotas, Mason dizia que elas eram um bando de mal comidas, Mason era o meu melhor amigo.
Ele foi comigo para a Califórnia, então lá namoramos.
Mas não deu muito certo, o que era já de se esperar, pois antes de tudo éramos amigos.
E eu? O que eu achava da opinião delas? Ah! Eu não estava e nem estou nem aí para o que a Sophia diz e muito menos para os capachos dela.
Sempre amei muito e admirei a profissão de meus pais. Salvar vidas, desde cedo era isso que eu queria.
~~~~~~~~
~ Meu nome é Sophia Moraes, tenho 19 anos, sou filha dos donos da maior rede de hospitais do Brasil. Nunca fui muito "chegada", digamos assim a essas coisas que os meus pais trabalham. Eles pediram para que eu escolhesse entre Direito, Medicina e Engenharia.
Escolhi Direito.
Eu achava que era mais fácil, mas vi que estava enganada ao cubo sobre Direito ser mais fácil que os outros dois.
Eu tenho um namorado, o Nathan, ele é um fofo, prestativo e o principal, fiel.
Nunca gostei muito da minha irmã, porque literalmente já roubou todos os meus namorados, com aquela de dizer que eles são amigos.
E eu vou acreditar nessa mentira?! Haha! Ah! Se vou!
Só sei que eu amo o Nathan e se ela ousar tocar nem que seja um dedo no meu namorado, ela vai se ver comigo.
Ela que arque com as consequências de seus atos.
~ Nathan Figueiredo, tenho 23 anos, tenho uma namorada, a Sophia, que é uma louca, ciumenta e possessiva, no começo eu achei que ela fosse a típica menina patricinha, tipo de garota que eu sempre gostei de me relacionar, mas com tempo vi que eu não podia mais me aproximar de mais garota alguma.
Mesmo ela não querendo, ela só não é mais chifruda porque ela só tem uma cabeça e aguentaria carregar tantos pares de chifres.
Não pense que eu faço isso pra pagar de galinha, o pegador, mulherengo.
Eu já disse trilhões de vezes: "Sophia, eu não gosto mais de ti, eu não te amo mais”.
Mas isso é meio que involuntário.
Ela diz: "A gente só vai terminar quando eu quiser, você não vai se livrar tão cedo assim de mim”.

QUEM NAO RESPONDER O CRUSH NN TE NOTA E DA ESPINHA E VC FICA UM SECULO SEM NUTELLA E DIAMANTE NEGRO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...