História Amor? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Hunhan, Kaisoo, Taokris, Xiuchen
Exibições 60
Palavras 898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIE EEEEEEE
MAIS UM CAP PQ SIM





HOJE EU TO INSPIRADA POW S

MANS EU TENHO QUE GUARDAR MINHA INSPIRAÇÃO PROS PROXIMO CAP

BEIJOS TOINHAS <3

Capítulo 3 - Eu sou tão fraco.


Fanfic / Fanfiction Amor? - Capítulo 3 - Eu sou tão fraco.


Você fala comigo como se nada tivesse acontecido
pode-se dizer que isto é melhor do que se você nem falasse comigo
mas isso magoa.
Saber que a pessoa que você ama não corresponde, ainda querendo amizade.
Não é a mesma coisa
-- Está na hora de você falar com ele Baek- disse a mim mesmo.


Levanto de minha cama - de bom humor, pelo menos hoje- indo diretam
ente até o banheiro.
Tomo um banho relaxante pensando em falar com o Yoda...
Porque será que ele age assim?
Seria muito mais facil se ele dicesse que não me ama.
Porque?
Eu te amo Chanyeol, e eu odeio te amar.
Sai do banho, vesti; um calça jeans escura rasgada nos joelhos, um blusa preta com alguns detalhes branco e um converse preto.
Deci até a cozinha e como acordei mais cedo, resolvi tomar um cafe mais elaborado.
Fiz toradas e passei geleia. Também Preparei um suco de laranja para beber.
Depois de comer meu café, sai de casa pegando minha mochila e meu celular-como de costume hehe-.
O caminho até a escola foi lento, porém não muito demorado.
Chegando lá avisto o Gravidinho-Kyung porque sim- Sentado em um dos bancos do campus, passndo a mão na barriga, diga-se detalhadamente. Aquela barriguinha já estava maiorzinha, até porque já tem 2 meses.
--Oi Kyung!-disse animado.
--Oie Byun- disse me puxando para um abraço.--É-er então Baek... você..- foi enterrompido
--Sim, eu vou falar com ele.- completei. Poisé, e a cena se repete novamente.
-- Que bom Baek!- disse animadO. Kyung sempre torce por mim, eu o adoro.
Logo, o sinal indicando o inicio das aulas começa a tocar.
Nos dirigimos até a sala para mais uma aula.
---Pessoal, temos um aluno novo aqui em nossa sala, por favor...-- disse o professor.
--- Meu nome é Kim Junmyeon, mas podem me chamar de Suho. Muito Prazer.-- disse se curvando.

--Pode se sentar senhor Junmyeon.-- disse o professor apontando a cadeira na qual ele deveria se sentar.
Ao atravesar a sala na direção de sua carteira, me olhou com um sorriso sacana e me lançou uma piscadela.



O sinal toca novamente, intervalo.
Eu e Kyung fomos ao campus, não estava com fome, além do mais pracisavamos conversar.
--Kyung você viu aquilo? Aquele aluno novo, me parece má influencia-- choraminguei
--Eu sei Baek, eu também achei isso-- perguntou
--Sim..- respondi.
--Baek você percebeu outra coisa?-
--Que coisa?- perguntei curioso.
--Ele piscou para você.- comenou Kyung.
--Deve ser impressão Kyung, eu não reparei nada não.- Menti.
--Piscou sim, eu não sou cego.-- disse-- AAHH Baek o intervalo vai acabar, você não isa conversar com o Chanyeol?- perguntou
-- Deixa isso para amanhã, eu tenho coisas mais importantes para me preocupar hoje.-- disse deixando o campus, me direcionando ao Banheiro.
Caminhava lentamente, pensando em adivinha em quem?
Ele mesmo, Chanyeol.
Isso está me deixando maluco, quando eu vou saber se ele sente o mesmo?
Ha, Não é tão fácil quanto eu pensei.

Vou até uma cabine e faço minhas necessidades.
Me dirijo até uma das pias cantarolando uma musica qualquer.


Sinal toca, Aulas.




A aula acaba e denovo, foi a aula mais chata. MAS percebi alguns olhares sobre mim e sério, aquele Junmyeon tava me assustando. Seilá.
--Quer que eu vá com você até em casa Byun?- perguntou
--Não obrigado, eu estou bem.- respondi sincero.
--Okay, nos vemos mais tarde.-- disse se afastando e acenando.--Tchau!-
--Tchau Kyung!-
Estava caminhando, beleza normal, até que passo por um beco escuro.
Bom, se eu atravessar ele, o caminho vai ser mais curto.
MAS, se eu não passar por ele - já que é perigoso- o caminho vai ser mais longo.
Acho que eu vou atravessar, aqui nunca me aconteceu nada mesmo.
Andava lentamente pelo beco, até que ouço um barulho. CARAI.To com medo.
Acelero os passos, MEU DEUS, MEU DEUS.
Só sinto uma pancada na cabeça e desmaio.







Acordo naquele mesmo beco amarranho em uma cadeira.
--SOCORRO! ALGUÉM ME AJUDA!! SOCORROOOOO!-- gritava desesperadamente.
--Ninguém vai te ouvir.- ouço uma voz familiar.
--QUEM É VOCÊ? OQUE VOCÊ QUER COMIGO?- perguntei ;desesperadamente;  ._.
--Relaxa, eu não vou fazer nada que você não goste.- Disse sorrindo maliciosamente, dando para ver claramente quem era.
Kim Junmyeon.
--ME SOLTA! SOCOR..- fui enterrompido por um pano em minha boca.
-- Cala a boca, nós só vamos nos divertir.- disse sorrindo.
Ele começou a tirar minha roupa enquanto eu gritava- abafado pelo pano em minha boca- po sorroco, pedia para ele parar.
Uma hora eu já me encontrava sem minha cueca e calça, apenas de blusa.
Continuava a Gritar, enquanto lágrimas já caiam de meus ohos.
Ele desabotuou sua calça e tirou sua cueca, mostrando seu membro grande, o qual eu virava o rosto para não ver. Chorando. Mais uma vez. Eu sou tão fraco.
Em um movimento rápido ele me puxou e começou a estocr forte, quilo não estava sendo gostoso, estava doendo.
Eu consegui titar o pano de minha boca e gritava desesperadamente por socorro.
Até que ouço passos rapidos e vejo um homem alto tirar ele de dentro de mim e soca-lo freneticamente.
Eu só chorava, porque eu sou um fraco.
Até que Junmyeon já se encontrava desamaiado, e o homem me desamarrou e me pegou no colo.
Eu não sentia minhas pernas, porque eu sou um fraco.
Quando consegui desembaçar minha vista- por conta do choro- pude ver claramente quem era aquele homem.
--C-chanyeol?-


Notas Finais


pows


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...