História Amor a Primeira Vista- Jikook - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, V-hope
Exibições 866
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, desculpa ter atrasado pra postar, era pra ter saido mais cedo.

Boa leitura!

Capítulo 21 - Eu te amo omma!


  Pov Jimin

- OQUE É ISSO JEON JUNGKOOK?

- a-appa?

  Bom, estavamos encrencados, Jungkook havia me contado o homofóbico que o pai dele é, eu não quero que ele faça alguma coisa com Jungkook por minha causa.

- JUNGKOOK EU NÃO TE CRIEI PRA SER ISSO!

- Isso oque? Gay? Qual o problema de ser gay? Se estiver fazendo algum mal pra sua saúde me fale que eu vou embora! -  jungkook fala aumentando o tom de voz e eu pego em sua mão para acalma-lo.

- Isso é um absurdo! Gay não pode reproduzir!

- Não reproduz mas pode adotar uma criança que um hetéro abandonou! - dessa vez eu que falei, um pouco mais calmo que Jungkook, o pai dele me olha com raiva e agarra meu pescoço com as duas mãos, tento me soltar mas não consigo, ele me ergue e me chacoalha

- SOLTA ELE! SOLTA! SEU MONSTRO! - Jungkook tenta me tirar das mãos de seu pai mas não consegue, até que ele morde o braço dele, e ele me solta e eu caio no chão

- Seu moleke! VOCÊ É UM PÉSSIMO FILHO!

- E VOCÊ É UM PÉSSIMO PAI, QUE NÃO RESPEITA A NINGUÉM, SEU MONSTRO! - Jungkook fala enquanto me ajuda a ficar de pé

-Vocês me dão nojo! Fico angustiado em saber que você é meu filho! - ele fala e olha em minha direção com desgosto

- Quer saber? Eu vou embora daquela casa! Não quero mais olhar na sua cara! - Jungkook fala e me coloca na cadeira

- Já vai tarde! Espero ter que passar na rua e ver você mendigando pedaço de pão! - ele fala e meu sangue ferve, como que alguem pode desejar isso para o próprio filho?

- não vou sabe porquê? Porque eu tenho uma mãe que me ama e me apoia, amigos que estão sempre ao meu lado e um namorado incrivel! - ele fala e segura minha mão, fiquei feliz ao escutar ele me citar como namorado

- namorado? Serio que você escolheu como namorado esse serzinho aí? - ele fala e me olha com nojo

- Sim! o Jimin me faz feliz, ele tem todo o amor e carinho que você nunca me deu!

- Que se dane! Vai embora da minha casa, pegue seus pertences e suma!

- Essa casa não é sua! É da minha omma, eu vou sempre voltar enquanto ela estiver aqui, sou vou embora mesmo porque não aguento mais olhar pra sua cara!

- Eu também não aguento olhar pra sua cara Jungkook! Vai embora o mais rápido possivel, você não é mais meu filho!

- vou passar lá apenas pra se despedir da minha omma e pegar minhas coisas eu já saio, e não se preocupe que também não te considero como pai- jungkook fala e seu pai sai pisando fundo, Jungkook estava tenso e eu dou um abraço para tentar acalma-lo

- Kookie...

- hum?

- pode ficar lá em casa se não tiver lugar pra ir!

- obrigada Minnie, eu não sei o que seria de mim agora sem você! - ele fala e nos abraçamos

                 ( ... )

    Pov Jungkook

Depois do ocorrido, eu estava indo pra  "casa" se despedir de minha omma, eu estava feliz em sair de lá e ter minha vida e não olhar na cara daquele homem despresivel, mas triste em ter que deixar minha omma.
Toco a compainha e ela abre, sempre sorridente e me dá um abraço.

- omma tenho que te falar uma coisa.

- o que meu filho?

- eu... eu vou embora de casa! - fala um pouco rápido e vejo ela com os olhos marejados

- por que filho?

- o appa! Ele me viu com o Jimin na sorveteria, ele teve o ataque homofóbico dele, eu não quero mais ter que olhar na cara dele! Desculpa omma mas eu vou embora! - falo já chorando e ela me abraça

- meu filho, eu vou comprar um apartamento pra você! Você tem algum lugar pra ficar por enquanto? - ela fala e passa as mãos nos meus cabelos

- o Jimin falou que posso ficar na casa dele o quanto eu quiser!

- tudo bem meu filho, vou te mandar dinheiro todo mês para você se sustentar!

- obrigada omma não sei o que seria de mim sem você.

- eu te amo filho, faço de tudo por você, você... vai hoje?

- sim omma. - falo e ela passa a mão nas minhas bochechas

- quer ajuda pra arrumar suas coisas?

- sim omma, por favor.

          ( ... )

  Arrumo minhas coisas com minha mãe, eu liguei para Jimin que iria hoje pra casa dele e ele concordou, tomei um banho antes de sair, minha mãe me esperava na porta de casa com os olhos marejados.

-tchau meu filho, saiba que a omma sempre vai pensar em você e que nunca deixarei de te amar!

- eu sei omma, obrigado por me apoiar, eu te amo!

- também te amo filho. - fala e nos abraçamos um abraço de despedida, pode até parecer dramático pois não iria ir embora pra sempre, mas não iriamos nos ver todo dia como sempre.

- se cuida e cuida do Jimin também, vou estar sempre aqui quando quiserem visitar tá? Tchau meu amor!

-tchau omma obrigado.

Falo e dou um ultimo abraço nela e fui pra casa de Jimin, cheguei lá e ele atende a porta de pijama com a carinha de sono.

- estava dormindo minnie?

- não, tava assistindo um filme com o Tae e começei a ficar com sono. - fala e olho pro sofá e vejo Tae dormindo agarrado num travesseiro.

- Que fofo! - falo e aponto pra Tae dormindo

- só quando tá dormindo, por que quando tá acordado fala mais que papagaio! - ele fala e rimos

  Fomos para seu quarto e ele me ajuda a guardar minhas coisas em seu guarda-roupa, depois de arrumarmos tudo, descemos para jantar, terminamos de comer e subimos para dormir, deitamos na cama e ficamos trocando caricias até dormir.
...


Notas Finais


EAEE! Gente como é que faz pra desviciar em Blood, Sweat and Tears? É tão maravilhoso... SOCORRO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...