História Amor a Primeira Vista- Jikook - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, V-hope
Exibições 790
Palavras 1.660
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie! Não tenho nada que falar aqui, então vão ler!

Boa leitura💜

Capítulo 26 - Pedido


Fanfic / Fanfiction Amor a Primeira Vista- Jikook - Capítulo 26 - Pedido

Pov Jungkook

Estavam machucando o meu Jimin, eu queria que apenas fosse uma brincadeira.

-Tae sequestraram o Jimin.

-que? Como assim Jungkook?

-olha -pego meu celular e mostro a mensagem pra ele

-eu... NÃO!! Por que? - ele começa a chorar e me abraça e eu começo a chorar também.
A campainha toca, corro até ela e era Suga.

-oque foi Kook? - ele pergunta preocupado ao ver eu e Tae chorando

- sequestraram o Jimin! - falo e ele arregala os olhos

- O-oque? Mas como?

Mostro a mensagem para ele e seus olhos se marejam também.

-Kookie, eu tenho que te falar uma coisa.

- oque?

-Quando... quando eu estava indo pra escola hoje eu encontrei com o seu pai, e ele me ameaçou falando que iriamos nos arrepender por ter estragado a sua "heterossexualidade". - ele fala e arregalo os olhos, eu não acredito que tudo isso tem haver com aquele monstro

- e... e por que você não me falou? -pergunto com a voz tremula por estar chorando

-ele disse que se eu contasse que iria fazer coisa pior e com o Jimin!

-eu não acredito... EU VOU MATAR AQUELE VELHO!! - falo e me levanto para ir até a porta mas Suga me segura pelo braço

-Kookie, não vai atrás dele, se ele souber que já sabem que foi ele que sequestrou o Jimin, ele pode... matar ele.

-e o que a gente faz?

-a unica coisa que nos resta é a policia.

-tem razão, obrigada Suga - falo e dou um abraço nele

-eu preciso ir embora, se eu souber alguma coisa sobre seu pai eu te aviso.

-tudo bem. - falo e acompanho ele até a porta

Pov Suga

Quando Jungkook me ligou perguntando sobre o Jimin eu já sabia o que era, eu não acredito que ele se passou por mim pra poder sequestrar o Jimin.

Eu estava voltando pra casa agora quando eu vejo no outro lado da rua o Jackson, eu iria até ele pra quebrar a cara dele mas parecia que ele estava esperando alguém, quando um carro branco para na sua frente, o Sr. Jeon sai do carro e entrega algumas notas de dinheiro e depois eles entram no carro.
Será que o senhor Jeon tá pagando o Jackson pra fazer isso com o Jimin?

Pov Jimin

  ~dois dias depois~

Depois de dois dias de tortura eu já estava bastante machucado, eu não conseguia mais gritar quando sentia dor pois eu estava fraco demais pra isso, não comi nada desde que cheguei aqui, passo frio aqui deitado, eu já sabia que iria morrer, eu só queria me despedir dos meninos, da minha mãe e do Jungkook.

Vejo a porta se abrindo e já sabia o que viria agora, Jackson entra com um estilete na mão.

-falta apenas quatro dias pro seu fim Jiminzinho! -ele fala ironico como se fosse uma coisa boa

-por que não me mata de uma vez? - minha voz sai por um fio

-por que é mais divertido te torturar antes! - ele fala e dá um corte, dessa vez em meu pescoço, ele iria dar outro mais ouvimos um barulho na porta.

-Hey. abre a porta, é a policia! - alguém na porta fala, Jackson sai correndo de dentro da sala e a tranca

-Jimin? Você tá aqui Jimin? - ouço uma voz familiar do lado de fora

-suga... - tento fala alto mas estava fraco demais pra isso
Vejo a maçaneta da porta tentar se abrir mas ela estava trancada.

-Jimin você tá aqui dentro? - Suga pergunta do lado de fora

-Suga! - Junto todas as minhas forças pra conseguir falar alto o suficiente pra ele ouvir

-eu vou te tirar daí chimchim! - ele fala e começa a chutar a porta, ele finalmente arromba a porta, quando ele me ver arregala os olhos, ele corre até mim.

-me tira daqui Suga...- falo e ele me olha com os olhos marejados
Ele ver as correntes e procura alguma chave, ele pega as chaves em cima de uma mesa e tira as correntes, assim que ele me solta o abraço e começo a chorar.

-Obrigado Suga! Obrigado... -falo chorando ele me pega no colo

-vamos sair daqui. - ele fala e me leva pra fora daquela sala, me leva para o lado de fora onde tinha uma ambulancia e um carro da policia onde vejo Jackson ser preso, Suga me coloca na maca e me colocaram na ambulancia.

Pov Suga

Jimin estava muito machucado, acabei descobrindo onde ele estava por que segui Jackson até o "esconderijo".
Eu estava andando na rua e vejo mais uma vez Jackson conversando com o pai do Jungkook, ele entra no carro dele e Jackson sai andando dali, decido seguir ele escondido, até que chegamos em uma casa velha que aparentava ser abandonada, assim que ele entra dentro da casa ligo para a policia.
Chegamos no hospital e levaram Jimin até uma sala que não me deixaram entrar junto, vou até recepção e ligo pra Jungkook, desde que Jimin sumiu ele se trancou dentro do quarto dele e não sai de lá, ligo duas vezes pra ele e na terceira ele atende.

              Ligação on*

-Alô?

-Jungkook eu achei o Jimin!

-Oque? Aonde vocês estão?

-estou no hospital, ele está todo machucado.

-que hospital vocês estão?

-hospital Xxxx XxxX

-tô indo aí agora, tchau.

-tchau.

             Ligação off*

  Pov Jungkook

Suga acabou de me ligar falando que achou o Jimin, desde o dia em que o Jimin sumiu eu me tranquei dentro do quarto dele e só chorei, só saía para comer algo quando eu realmente estava com fome.

-TAE! TAEHYUNG!! - grito até Tae que estava na sala deitado com a cabeça no colo do Hope, ele também estava bem triste quando o Jimin sumiu.

-oque foi Kookie?

-O SUGA ACHOU O JIMIN!

-QUE?

-ELES TÃO NO HOSPITAL!

-vamos lá agora! - fala Hope saímos de casa, pegamos o carro da mãe do Tae, a mesma havia saído para uma viagem de trabalho, nós tentamos ligar pra ela pra falar sobre Jimin, mas ela não atende o celular quando está em trabalho

Chegamos no hospital, fomos até a recepção e Suga estava sentado numa cadeira.

-Suga! Cadê o Jimin?

-os médicos levaram ele para aquela sala, ele estava muito machucado. - ele fala apontando pra uma sala

-como você achou ele?

-eu vi o Jackson conversar com o seu pai, aí eu segui ele até uma casa velha, chamei a policia, o Jimin estava trancado em uma sala acorrentado. -fala e eu arregalo os olhos

- O Jackson conversando com meu pai?

- eu acho que seu pai contratou o Jackson para torturar o Jimin.

-Aish! QUE PORRA! -falo e dou um tapa em minha propria coxa

-calma Jungkook, o importante é que acharam ele. - fala Tae que estava na mesma situação que eu mas tentava desfarçar

                        ( ... )

Ficamos esperando na recepção, ligamos pro Jin e Namjoon vir para o Hospital, uma enfermeira vieram nos falar que ele estava muito fraco e machucado, quando estava escurecendo ela veio nos falar que já podiamos entrar na sala mas que Jimin estava dormindo.
Ele estava muito machucado,  tinha muitos hematomas,marcas de chicotes, queimaduras de cigarro, cortes que pareciam ser bem fundos, seu rosto tinha várias marcas roxas.

-Jiminnie... - falo pra mim mesmo e passo meu dedo polegar em sua bochecha e deixo cair uma lágrima, eu não acredito que meu Jimin estava daquele jeito por culpa do meu próprio pai.

Ficamos ali até até vir um médico falar que deveriamos ir embora mas que deveria ficar pelo menos duas pessoas como acompanhante, e eu fiquei com Tae.
Tae estava dormindo num sofá e eu estava acordado sentado na cadeira observando Jimin, pra mim tudo que meu pai fez com ele era minha culpa.
Estava quase caindo no sono na cadeira, quando Jimin começa a se mexer.

-Jungkook? - sua voz sai fraca e rouca

-Jimin meu amor o que fizeram com você! - falo e o abraço com cuidado para não machuca-lo

-Kookie, me machucaram! - ele começa a chorar e eu beijo sua bochecha

- eu sei meu amor, eu vou cuidar de você e vou vingar você!

--Jimin! - Tae acorda e vai até Jimin e o abraça com cuidado também

-eu senti falta de vocês! - ele fala chorando

-agora você tá aqui com a gente minnie, não se preocupe! - fala Tae e eu concordo com a cabeça

-Ele... ele me cortava com estilete, ele usava fio de ferro quente e me chicoteava, ele acendia cigarro e colocava a ponta na minha pele e cutucava com o dedo e me batia, me batia muito! Ele me estuprou... - ele fala e me olha triste, eu passo minha mão no seu rosto e beijo a testa dele

-Vai ficar tudo bem agora Jiminnie, nós vamos cuidar de você! - Tae fala e beija a mão dele

-obrigado, eu amo vocês.

-agora descança um pouco, você está muito fraco. - e passo minha mão na sua bochecha

-tá bom. - fala e eu fico fazendo um cafuné na cabeça dele, Tae volta a dormir no sofá, eu sento na cadeira e encosto minha cabeça na cama e durmo naquela posição.

                     ( ... )

Acordo com algumas dores no pescoço, estava na mesma posição que dormi, Tae não estava mais na sala, Jimin dormia, mas se mexia e fazia caretas, estava tendo um pesadelo.

- não... não me machuque com isso...por favor! - ele falava enquanto dormia e eu decido acordar ele

-Jimin, Jiminnie acorda! - falo e ele acorda assustado

- Jungkook, não deixe ele me machucar de novo Kookie por favor! - ele fala chorando e eu o abraço

-Não deixarei Jimin, eu te amo. - falo e inicio um beijo, um beijo calmo e devagar, sinto que posso transmitir tudo que sinto por ele assim.

- Jimin...

-hum?

-quer namorar comigo?

...


Notas Finais


Eitaa, tadinho do Jiminnie ;-;
Eu não sei se terá capitulo amanhã, eu tô na casa de uma amiga postando esse capitulo, a internet da minha casa tá muuuuuito ruim. E desculpa se as vezes eu não responder algum comentário, é que eu não vejo alguns.
Tchau até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...