História Amor a Primeira Vista- Jikook - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, V-hope
Exibições 427
Palavras 1.189
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - Sorriso com covinhas.



Pov Suga

Acordo com um peso sobre meu corpo, viro e Jimin estava agarrado em mim e enquanto Jungkook estava agarrado a ele, como eu sou preguiçoso decido ficar na cama desse jeito mesmo.

Logo Jimin agarra meu pescoço e abraça forte, ele logo começa a se mexer, depois ele começou a tremer e eu logo me sento e tento acordar ele.

- Suga... cuidado! - ele fala tremendo e começando a ter dificuldades para respirar

- Kookie acorda, o Jimin tá tendo um pesadelo! - falo sacudindo Jungkook e ele acorda e se senta também

- Jiminnie acorda, acorda! - ele fala sacudindo Jimin mas o mesmo não dava nenhuma resposta de que iria acordar

-AHHHHHHHH!!! Kookie... Socorro! - ele fala e já estava bastante suado, Jimin tremia e fazia gestos bruscos com os braços e as pernas.

- calma pequeno, se acalma, é um pesadelo eu estou aqui bem com você! - Jungkook fala mexendo no cabelo dele, mesmo sem ele está acordado ele começou a se acalmar mais.

- ele tem esses pesadelos desde sempre? -pergunto baixo

- não, ele só começou a ter quando... quando eu achei que ele tinha me traído. - ele fala e abaixa a cabeça - a culpa é minha dele ter esses pesadelos!

- a culpa não é sua Kookie! Isso pode ser algum trauma, ou são pesadelos com outra pessoa em que você está também! - quando falo Jimin começou a tremer de novo

- não... me salva, por favor... - ele falava enquanto dormia, Jungkook me olha preocupado

- sai appa.... - arregalo os olhos quando ele fala

- JIMIN ACORDA! POR FAVOR ACORDA! - falo balançando ele mas ele não acorda.

- AHHH! - ele grita e finalmente acorda e olha confuso pras nós dois

- Jiminnie desde de quando você está tendo esses pesadelos? - pergunta Jungkook

- eu... quase sempre tive, quando meu pai ainda estava aqui eu tinha esses pesadelos com ele, e ele machucava o Tae e minha mãe... - ele fala com uma carinha triste - mas quando ele foi embora eu não tive mais eles, mas agora eu estou tendo eles de novo só que vocês também estão neles. - ele fala começando a chorar

- calma meu pequeno, vai passar! - Jungkook fala o abraçando

- eu tenho medo que ele volte...

- ele não vai voltar! Se ele voltar nós iremos te proteger Chimchim. - falo pegando em sua mão e ele dá um sorriso fraco

- obrigado...

Depois de ter acalmado Jimin ele voltou a dormir de novo e logo percebemos que estava amanhecendo, eu me deitei para dormir de novo mas logo sou puxado da cama por Jungkook.

- aish Jungkook! - falo

- levanta agora! Você vai me ajudar a fazer o café da manhã e a limpar a casa!

- aish, faz você!

- você está na MINHA casa de graça, tem que ajudar a fazer alguma coisa! - ele fala e eu reviro os olhos e me levanto

( ... )

Depois da gente ter limpado a casa e feito o café da manhã, eu me joguei no sofá e dormi.

Pov Jin

Acordo com uma luz forte na minha cara que faz meus olhos arderem, eu olho do lado e não havia ninguém, eu estava no hospital, cadê meu Nam?

- NAMJOON! - grito seu nome com esperanças de que ele aparecesse, espero que não tenha acontecido nada com ele - NAMMIE! - assim que grito de novo a porta se abre mas para minha infelicidade não era o Namjoon e sim uma enfermeira

- Cadê o Namjoon? - pergunto, ela estava com uma bandeija de café da manhã e coloca em cima de uma mesinha

- Namjoon? Ah sim, não sei quem é esse. - mas que enfermeira mais tapada!

- não veio alguém comigo ontem?

- e eu vou saber, não fui eu que levei um tiro! - ela fala e meu sangue ferve de raiva

- Olha aqui monamour! Chama um profissional de verdade agora! Eu preciso ver meu Namjoon! - falo um pouco mais alto

- chama você! - ela fala e logo a porta se abre e entra um médico com uma aparência jovem, não vou mentir ele é bonito.

- não vai ser mais preciso, você está demitida por sua incompetência, por favor saia, eu vou falar com o paciente. - ele fala e ela fica de boca aberta sem dizer nada mas logo sai da sala

- desculpe pela a arrogância dela, ela terminou o namoro e desconta sua raiva em todo mundo, bom, SeokJin certo? - ele fala e eu confirmo com a cabeça

- onde está Namjoon? 


- Namjoon deve ser o moço que veio com você ontem certo? - fala e eu balanço a cabeça - ele voltou para casa ontem mesmo, ele deve retornar hoje mesmo quando você acordasse, ele estava bem preocupado. -fala e eu logo olho pro relógio e vejo que era 6:04, pelo que eu conheço Namjoon ele já deve ter saído de casa.

- bom, você levou um tiro na barriga e por sorte a bala não acertou nenhum orgão seu, mas você acabou perdendo sangue na hora até aqui e então você precisou de uma doação de sangue urgente.

- quem doou sangue?

- foi o... - ele estava com uns papéis e começa a procurar algum nome - Min YoonGi!

- sério? - abro um sorriso

- sim, ãmm.... bom, tenho que ir agora, quando o Namjoon chegar trago ele até aqui okay?

- okay, obrigado doutor! - ele apenas sorri e sai, é impressão minha ou ele... esquece! Ele não piscou pra mim

Alguns minutos depois e logo vejo Namjoon entrar e que corre até mim para um abraço.

- Jin meu amor, eu fiquei com tanto medo, tanto medo de te perder! - ele fala com a voz um pouco trémula

- eu também fiquei com medo Nam, você é tudo pra mim. -falo e ele começa a dar beijinhos pelo meu rosto e vejo que ele já estava chorando - não chore Nam, eu te amo e eu não vou te deixar!

- eu também nunca vou te deixar Jin, eu te amo, você é meu, meu! - fala e juntamos nossos lábios de novo

- eu. beijo* te. beijo* amo. beijo* muito. - fala dando beijinhos em meu rosto

- eu quero ver meu sorriso com covinhas! - falo segurando seu rosto pelo queixo e ele dá aquele sorriso que eu tanto amo

- o Suga doou sangue mesmo? -pergunto do nada algo diferente

- sim, é engraçado ver ele preocupado! - fala e eu rio (n/a: e eu oceano AJSHA parei)

( ... )

Ele passou o dia todinho comigo, ficamos conversando o dia todo e ele nem saiu do quarto, só para comprar algo para ele comer.

- Namzinho você está com sono! - falo, ele estar sim com sono, passou o dia todo sentado naquela poltrona.

- não estou.

- deita aqui comigo. - falo dando espaço na cama para ele deitar, é uma cama de hospital mas é mais confortável que dormir numa poltrona de couro duro - pode dormir aqui comigo, eu estou com sono também - falo e ele finalmente deita do meu lado, antes de mim cair no sono o escuto falar.

- te amo mais que tudo... - logo eu dormi








Notas Finais


O proximo capitulo vai ter um pouco de treta MUAHAHAH


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...