História Amor acorrentado - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Demonios
Visualizações 28
Palavras 1.589
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yuri
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Desculpa a demora eu não estou tendo ideias pra essa original e se o capítulo ficou chato, me desculpe

Capítulo 14 - Descobrindo a verdade


Fanfic / Fanfiction Amor acorrentado - Capítulo 14 - Descobrindo a verdade

Três semana depois

Já passou três  semana que ariel terminou comigo e isso está sendo uma tortura eu prefiro lutar contra um exército de demônios do que enfrentar isso, estou horrível nem tenho vontade de sair do quarto, eu fui derrotado por uma simples humana, eu um arcanjo deve ser castigo por eu não ter ficado no lado de ninguém na guerra celestial do que adiantou virei um anjo caido renegado, eu vi o criador fazer os humanos, vi o que eles se tornaram, vi muita coisa por milênios, mais eu não ia imaginar que me apaixonaria por ela e seria abandonado por ela só porque não acredita no nosso amor.

Ela continua com aquele garoto e a cada dia ela vem mais cansada fora que está  toda enfaixada por causa dos ferimentos causados pelo treino, ele esta pegando pesado com ela e eu não posso fazer nada sou só uma ferramenta agora e ele é seu parceiro, que maldição

Ablon-será que ela esta bem

Ariel-(eu ja não aguento mais fica longe do ablon, mesmo depois que do terminio com ele, meu coração não o esqueceu, mau consigo me concentrar no treino ablon invade a minha mente e por causa disso o marcel esta pegando pesado comigo,eu sinto falta dos seus beijos, dos seus toques e do próprio ablon)

Marcel-concentração, ariel disse e socou ela

Ariel-(merda me destrai de novo) desculpa disse se levantando

Marcel-porque esses dia você esta assim, brigou com ablon, isso é por causa dele

Ariel-isso não é da sua conta

Marcel-claro que é enquanto eu tiver te treinando e se algo tiver atrapalhando sua concentração eu tenho que saber o motivo

Ariel-você que me quis como parceira, foi você que quis me treinar eu não pedi nada disso disse e saiu e foi pro quarto

Marcel-essa garota

Ariel-(meu rosto esta doendo, vou ficar com o olho roxo por causa do soco dele, nem pareço mais uma garota vivo com faixas pelo corpo por causa dos ferimentos causados pelo treino) quero dormi disse ao entrar no quarto e vê ablon deitado na cama

Ablon-seu parceiro esta pegando pesado com você

Ariel-aquele idiota adora me machucar disse e pegou uma toalha

Ablon-vocês brigaram

Ariel-não estou com cabeça pra ter essa conversa

Ablon-ui vocês tiveram a primeira briga de casal que lindo

Ariel-nem vou discutir com você disse e entrou no banheiro e tirou a roupa tomou banho depois que terminou desligou o chuveiro saiu e foi pega a toalha e sentiu seu braço ser puxado 

Ablon-você esta horrivel com esse corpo todo roxo

Ariel-o que faz aqui, pode sair estou sem roupa 

Ablon-passou a ter vergonha de mim agora disse e agarrou a cintura dela 

Ariel-sai ablon

Ablon-sabe ariel eu ja estou no meu limite disse e começou beijar o pescoço dela

Ariel-ablon disse em gemidos 

Ablon-eu sinto falta desses gemidos lindos, ariel 

Ariel-ah ablon disse ao sentir a mão dele na sua intimidade 

Ablon-você também esta no seu limite, seu corpo sente falta dos meus toques, eu sinto tudo o que você sente, lembra estamos ligados e você inteira me ama ainda e ainda me deseja loucamente, então para de fugir do que sentimos um pelo outro não tem nada a ver com o contrato disse e começou beijá-la 

Ariel-(merda eu corpo não reage) droga ablon, eu não quero perde o controle 

Ablon-para de fugir do nosso amor e aceita logo que ele é real disse e começou a cariciar sua intimidade 

Ariel-para ablon assim vou 

Ablon-eu quero ver você gozar pra mim, ariel disse e aumentou as carícias e pouco minutos seu orgasmo veio fazendo-a gemer alto

Ariel-que droga, ablon 

Ablon-que delícia disse ao lamber os dedos

Ariel-isso que vou fazer é tudo culpa sua disse e começou beijar ele 

Ablon-eu quero você, ariel 

Ariel-que se foda essa merda de contrato eu já não aguento fica longe de você, me faz sua ablon disse e ele pegou-a no colo e saiu do banheiro e jogou-a na cama e subiu em cima dela e tirou sua camisa revelando sua barriga definida 

Ablon-eu serei carinhoso não se preocupe disse ao abaixar sua calça e relevar seu membro ele abaixou se encaixou no meio das pernas dela e começou a penetrar seu membro na intimidade dela bem devagar 

Ariel-ah ablon disse ao sentir tudo dentro dela 

Ablon-tudo bem eu posso começar disse e ela fez que sim com a cabeça e ele começo a fazer movimentos de vai e vem 

Ariel-que delícia, ablon 

Ablon-você é muito apertada

(....)

Ablon-eu já estou no limite 

Ariel-eu também disse e os orgasmo dos dois veio junto e depois ablon caiu pro lado todo suado e sua respiração ofegante  

Ablon-demorou pra nós ter nossa primeira vez 

Ariel-não gostou

Ablon-você é a minha primeira mulher e claro que gostei desse e abraçou-a 

Ariel-ablon você pode me perdoar, eu fiquei muito confusa sobre os efeitos colaterais do contrato 

Ablon-você me fez sofrer muito sabia

Ariel-me perdoa

Ablon-se você prometer que nunca mais vai me deixar eu te perdoo

Ariel-eu não quero fica mais longe de você, eu já estava enlouquecendo e mau conseguia me concentrar no treino por isso vivo toda enfaixada 

Ablon-nossa você também estava sofrendo 

Ariel-e muito, eu te amo demais e fiquei mau quando soube que o nosso amor era efeito do contrato, saber que tudo que eu sentia por você seu toques seus beijos era um efeito causado pelo contrato e não era real aquilo me deixou muito confusa

Ablon-eu tenho culpa também se eu tivesse te falado sobre os efeitos colaterais, mais fiquei com medo de você achar que tudo que sentíamos era falso e do que adiantou eu não falar, outro te falou e perdi você por três semanas e isso foi uma tortura pra mim

Ariel-desculpa, não vou nunca mais fica longe de você disse e beijou-o

Ablon-você não vai mais se livrar de mim, entendeu 

Ariel-sim, chefe

Ablon-me fala o que vocês ficaram fazendo todo esse tempo 

Ariel-com ciúmes do marcel, ablon

Ablon-claro 

Ariel-ele só me treinava disse que não quer uma inútil como parceira 

Ablon-você não é uma inútil, ariel

Ariel-todos aqui bem poderes e eu não, já fiz de tudo mais não aconteceu nada

Ablon-sabe só quem tem poderes consegue fazer contratos com demônios 

Ariel-mais você é anjo e não demônio 

Ablon-por eu ser anjo você tem uma energia poderosa, só quem tem um poder muito poderoso consegue fazer contratos com anjos e a sua é bem poderosa nunca senti uma assim antes 

Ariel-quando você sentiu? 

Ablon-senti quando nós estamos tendo o nosso  momento, ele foi liberado e com certeza todos aqui na escola sentiu seu poder

Ariel-por que ele foi liberado assim 

Ablon-você não tem controle sobre esse poder e por isso não sabe manifestar ele sozinha e vou te ajudar pra isso

Ariel-você sabe que tipo de poder é esse

Ablon-sua energia é pura até pode ser um poder divino 

Ariel-que

Ablon-sua energia é igual dos anjos, ela consegue ser mais poderosa que a minha energia 

Ariel-será que é por isso que os demônios estão atrás de mim, por causa dessa energia

Ablon-(merda porque não pensei nisso) ariel vou te contar uma coisa mais não vai surta, ok

Ariel-ja estou surtando

Ablon-os demônios estão atrás de você porque você pode dar um herdeiro pra eles e isso não é diferente aos anjos por isso lúcifer esta atrás de você, 

ARIEL-QUE, PORQUE NÃO ME CONTOU ANTES,VOCÊ NÃO USOU CAMISINHA E POSSO ESTA GRAVIDA, SEU IDIOTA

Ablon-calma eu posso esta errado e você não é a garota que eles querem

Ariel-se eu não for então porque eles me quer, não acredito nisso meus pais vão me matar não eles o miguel vai me matar por ser responsável por mim enquanto meus pais não estão 

Ablon-calma, se você ficou, eu converso com eles

Ariel-meu pai vai te matar 

Ablon-o coroa é tão bravo assim

Ariel-bravo ele é praticamente um demônio 

Ablon-como assim

Ariel-meu pai é um demônio 

Ablon-porque você não me contou antes

Ariel-eu também não sabia, só saquei depois que tudo isso começou acontecer comigo e ele me ligou e revelou o que era 

Ablon-e sua mãe é humana

Ariel-ela é um anjo

Ablon-anjo, você é filha de um anjo com um demônio isso é loucura 

Ariel-meus pais vive como humanos até deixaram de ser isso pra serem humanos, eles são mortais 

Ablon-por isso que você tem esse energia enorme você herdou deles 

Ariel-herdei

Ablon-sim 

Ariel-me fala ablon o que faremos se eu estiver grávida 

Ablon-eu vou ser pai, sabe nem sei  se você esta e ja estou feliz 

Ariel-eu estou cagando de medo disse e escutou baterem na porta  e ablon foi ver quem é 

Ablon-que foi 

-a diretora esta chamando os dois disse um garoto

Ablon-obrigado já vamos disse e fechou a porta

Ariel-que foi, ablon

Ablon-se troca a diretora quer nós ver disse e ele vestiu a camisa e ela vestiu uma roupa

Ariel-vamos disse e foram na diretoria 

-ariel disse uma voz masculina 

Ablon-fica atrás de mim, ariel

-sempre cauteloso, ablon 

Ablon-abaddon 

Ariel-você conhece meu pai, ablon disse e foi até ele e abraçou-o 

Abaddon-que saudades meu amor

Ariel-eu também, pai

Ablon-seu pai é o braço direito de lúcifer 

Abaddon-eu não sou mais faz anos, larguei essa vida de demônio e agora sou pai de família e fico feliz que meu discipulo é o que fez contrato com a minha ariel 

Ariel-discipulo 

Abaddon-sim, sabe o miguel me contou uma história de vocês dois estão namorando isso é verdade, ariel

Ariel-(agora eu morro)sim

Abaddon-porque não me contou antes que esta namorando a suposta garota que mora com você que é um homem e ainda meu discipulo 

Ariel-me desculpa por não te contar achei que você ia fica uma fera

Abaddon-mais um atraido por anjo, você é mesmo a minha filha, tudo bem, me fala até onde vocês chegaram

Ariel-(agora nós dois morre ablon) 

Ablon-(sim)





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...