História Amor acorrentado - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Demonios
Visualizações 20
Palavras 1.716
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yuri
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 15 - Um final feliz


Fanfic / Fanfiction Amor acorrentado - Capítulo 15 - Um final feliz

Abaddon-diretora você poderia nós dar licença disse e a diretora saiu 

Ariel-(merda) 

Abaddon-mesmo se você falar que não, o cheiro dele esta bem forte em você disse bravo

Ablon-mestre eu amo a ariel 

Abaddon-eu não duvido, mais não dava pra esperar, ela só é uma criança 

Ariel-pai eu não sou mais uma criança disse e escutou a se abrir 

Abaddon-você demorou, estou tendo uma conversa séria com sua filha, querida 

Ariel-oi mãe 

Mãe-oi meu amor, me fala que tipo de conversa é essa pro ablon até esta aqui

Abaddon-ablon é o contratado da nossa filha e namorado 

MÃE-O QUE, ABLON VENHA CÁ 

ablon-(porque tem que ser ela a mãe da ariel) sim, taila

Ariel-vocês se conhece 

Mãe-sim, ablon me da um motivo pra mim não te matar agora

Ariel-deixa o ablon mãe disse e puxou ele pra ela

Mãe-esta me desafiando criança disse e ficou na sua forma angelical

Ariel-(então essa é sua verdadeira aparência) sim, eu amo o ablon e não vou deixar a mãe mata ele, só porque estou com ele disse brava

Mãe-ablon traiu todos os irmãos dele, não vou permitir que fique com um traidor

Ariel-o que sei o ablon não ficou do lado de ninguém e mesmo assim foi julgado como caído, você não pode falar nada dele seu marido é um demônio e ainda braço direito de lúcifer, então não fala de traição, mãe também é uma traidora disse e levou um tapa no rosto

Abaddon-querida

Mãe-tenha mais respeito eu sou sua mãe e não vou tolerar filha mau agradecida, eu não trai meus irmãos, eu pedi permissão pra viver no mundo humano e conheci seu pai aqui, então não me compare com esse traidor

ARIEL-ABLON NÃO É UM TRAIDOR, ELE ME AMA E AMO ELE MESMO QUE VOCÊ É CONTRA EU VOU FICA COM ELE MESMO ASSIM disse e seu poder se descontrolou

Ablon-calma ariel disse e segurou o ombro dela 

Abaddon-vamos com acalma as duas e dai se ablon é um renegado ele ama a nossa filha e ela ama ele também, você não se importou de amar um demônio, agora é a vez dela ser feliz disse ao abraçá-la 

Mãe-tudo bem querido

Ariel-(os papeis de anjo e demônio esta invertido aqui) mãe eu amo o ablon

Mãe-ablon se você fazer meu anjinho chorar eu te mato ouviu disse ao agarrar a camisa dele

Ablon-ela que me fez chorar disse baixinho

Mãe-o que você falou, garoto 

Ablon-nada não, eu jamais farei a ariel chorar eu te prometo, irmã 

Mãe-você cresceu esta mais responsável disse e bagunçou o cabelo dele

Ariel-irmã disse gaguejando 

Mãe-é filha sou irmã mais velha do ablon

Ariel-irmãos disse e sentou 

Ablon-todos anjos da sua categoria são irmãos sua mãe é um arcanjo e eu também por isso somos irmãos 

Ariel-então miguel é irmão de vocês 

Mãe-ele é nosso príncipe 

ARIEL-AQUELE PERVERTIDA É UM PRÍNCIPE 

Abaddon-como assim pervertido ele te fez alguma coisa 

Ariel-(se meu pai souber vai querer matar ele)não pai, eu só chamo ele assim 

Abaddon-tudo bem

Mãe-então qual é a conversa séria que vocês estavam tendo

Ariel-Jesus, agora eu vou te conhecer

Abaddon-os dois se tornaram um 

MÃE-O QUE, AGORA TE MATO ABLON, COMO VOCÊ PODE VIOLAR A MEU ANJINHO, IRMÃOZINHO TEIMOSO 

ABLON-CALMA IRMà

ARIEL-MÃE ISSO É NATURAL ENTRE CASAIS, DEIXA O ABLON VIVO SE NÃO ME MATA TAMBÉM disse e abraçou-o 

Mãe-você esta de castigo toda vida, mocinha 

Ariel-mãe 

Mãe-você pelo menos usou camisinha,ablon

Ablon-(ela vai me matar) então né na hora do fogo nem lembra de uma coisa tão pequena disse gaguejando 

Mãe-eu não escutei direito meu irmãozinho não usou 

Ablon-desculpa 

Mãe-desculpa é só isso que você me fala ablon, você foi irresponsável e se ela ficou grávida o que você fara

Ablon-eu assumo a responsabilidade, eu amo a ariel e não duvide do meu amor por ela e jamais vou abandoná-la 

Mãe-é bom mesmo assumir, ah porque isso agora eu sou muito nova pra ser avó 

Ariel-pai que foi disse ao ver ele em transe 

Mãe-querido disse e chacoalhou ele

Abaddon-meu bebê já é uma mulher, eu não quero isso 

Mãe-esse pai coruja disse e abraçou-o 

Ariel-mesmo sendo mulher eu vou ser sempre seu bebê, pai disse e abraçou-o 

Abaddon-ah meu amor, eu te amo 

Ariel-eu também te amo, pai

Abaddon-ablon cuida da minha filha

Ablon-nem precisa falar

Abaddon-eu sempre soube que você não levava jeito pro mau, era sempre educado demais e bonzinho, fico feliz que seja você a pessoa que passará a vida com meu anjinho 

Ablon-obrigado mestre essas palavras significa muito pra mim 

Ariel-pai e agora os demônios e até lúcifer esta atrás de mim 

Abaddon-por isso que estou aqui, ele não sabe que você é minha filha, eu memo aposentado tenho muita influência sobre os demônios e farei eles parar de te perseguir 

Ariel-obrigado, pai disse e abraçou-o 

Mãe-vou adorar ter uma conversinha com meu irmãozinho disse estralando os dedos 

Miguel-sempre estressada, taila disse ao entrar 

Mãe-oi príncipe 

Ariel-como um pervertido como você pode ser um príncipe disse e foi até ele 

Miguel-eu não gosto quando você me chama de pervertido, ari disse e abraçou-a 

Ablon-não abraça ela disse e puxou-a 

Mãe-estou vendo que meu irmãozinho é ciumento

Ariel-até demais 

Miguel-irmão, então é você o irmão da taila que ela sempre se orgulhava 

Ablon-sério 

Mãe-cala boca, miguel 

Ariel-então a mão se orgulha do ablon

Miguel-anjo, demônio e agora o irmãozinho da taila esta com a ariel, que família mais doida 

Ariel-me fala mãe, não é pecado eu esta com o ablon, né 

Mãe-porque filha 

Ariel-ele é seu irmão 

Mãe-ah filha, não é bem assim todos os anjos são irmãos por causa do criador, mais não tem nada a ver ser pecado o amor de vocês,então não se preocupe 

Ariel-que bom, eu não quero ir pro inferno por causa disso

Abaddon-se você fosse pra lá seria bem tratada, você é minha filha sou temido lá 

Ariel-ok, mais você tem medo da mãe 

Abaddon-sua mãe é pior que um demônio quando fica brava

Mãe-o que você falou, querido disse brava

Abaddon-nada não, meu amor disse e abraçou-a 

Ariel-minha família só tem loucos

Abaddon-então filha já vamos, eu quero acabar logo com isso disse e abraçou-a 

Mãe-por enquanto você ficará aqui 

Abaddon-tchau meu amor, vamos querida

Mãe-tchau, meu anjo 

Ariel-tchau disse e os dois saiu

Miguel-tchau, ari disse e beijou-a 

Ablon-mais oque disse que puxou-a 

Miguel-sofra disse e mostrou a língua e depois saiu 

Ablon-eu mato ele ainda

Ariel-ablon disse e o beijou

Ablon-você é minha, entendeu

Ariel-sim, ciumento

Ablon-viu não foi tão ruim assim conversa com seus pais

Ariel-não foi, eu quase tive um treco aqui

Ablon-mais eles nos aprovou disse e abraçou-a 

Ariel-vamos disse e saiu da diretoria 

Ablon-oque você vai fazer depois que o mestre resolverbo assunto 

Ariel-volta pra casa, aqui não é meu lugar, ablon

Ablon-porque? 

Ariel-eu não nasci pra ser exorcista  deixo isso pra você, quero ter a minha vida de volta

Ablon-assim eu não vejo aquele garoto colado em você 

Ariel-todos os anjos são ciumentos, porque a mãe é muito

Ablon-nosso amor é diferente que dos humanos, ele dura pra sempre e o ciúmes também, então eu vou te amar pra sempre e vai ter que aguentar o meu ciúmes 

Ariel-eu aguento, porque eu sou metade anjo e vou te amar pra sempre e também sou ciumenta disse e beijou-o

   *dezesseis anos depois*

Depois daquilo meu pai resolveu e pude ir pra casa, a diretora tentou me convencer a fica mais eu quis ir embora, voltei a ter a minha vida de volta e depois de algumas semanas descubro que fiquei grávida, minha mãe tentou matar o ablon e meu pai só ficou chorando de felicidade por ser avó e eu tive que fazer a minha mãe parar,nossa foi uma bagunça esse dia, mesmo grávida consegui terminar meus estudos e depois de uns meses o frael nasceu tão fofo e minha mãe não parava de babar pra quem não queria ser avó, eu e ablon casamos foi tudo mágico nesse dia e estamos casados ja faz dezesseis anos e nesse tempo tivemos uma menina ela se chama adelle e tem o gênero da minha mãe agora ela esta com doze anos muito carinhosa, já frael esta na fase de ser rebelde ele tenta mais não consegue,  eu amo minha família 

Frael-mãe cade o meu celular

Ariel-eu vi ele no sofá

Frael-é mesmo lembrei

Ariel-onde meu anjo vai disse e abraçou-o 

Frael-mãe para de me tratar como criança eu já tenho dezesseis anos 

Ariel-mais pra mim você sempre vai ser uma criança 

Frael-pai fala pra essa mãe coruja que já sou adulto disse ao ver ele entrar

Ablon-hahaha você sabe como sua mãe é 

Ariel-bem vindo, amor disse e beijou-o

Ablon-estou de volta

Frael-pelo amor de Deus eu não quero ver meus país se pegando na minha frente 

Ariel-então vira de costa disse e mostrou a língua 

Frael-mãe 

Ariel-que foi

Ablon-(eu mereço esses dois) 

ADELLE-PAPAI disse e correu até ele

Ablon-oi meu amor disse e abraçou-a 

Ariel-me fala onde você vai, frael 

Frael-vou numa festa com o tio miguel

ARIEL-QUE, meu bebê não vai sair com aquele pervertido

Miguel-também te amo disse ao entrar 

Frael-então eu já vou, tchau

Ariel-miguel cuida do meu bebê e não vai poluir a mente da criança 

Frael-mãe para de me chamar de criança, eu já tenho namorada 

Ariel-espera eu escutei direito, meu bebê ja tem namorada

Frael-sim 

Ariel-meu bebê esta crescendo disse e começou a chorar

Ablon-(igual o pai dela) esse é meu garoto, tras ela um dia pra nós conhecer

Frael-tudo bem, mãe não precisa chorar um dia eu tenho que crescer disse e abraçou-a 

Ariel-tudo bem, mais não vai fazer o mesmo que seus paise idiota fez, então usa camisinha 

Abon-ei

Frael-mãe 

Ariel-que foi estou falando sério 

Frael-eu ja vou antes que eu mãe  surta disse e beijou a testa dela e saiu 

Adelle-mamãe porque esta chorando

Ari-por nada meu amor  

Adelle-não chora mamãe eu sempre vou ser seu bebê disse e abraçou-a 

Ariel-eu te amo muito disse e abraçou-a 

Ablon-ariel

Ariel-sim, querido

Ablon-você é uma mãe incrível, obrigado por me da esses dois anjos disse e abraçou-a 

Ariel-eu não me arrependo de ter te conhecido, tá que eu queria te matar por roupar meu primeiro beijo, mais depois me apaixonei loucamente por meu anjo ciúmento que tem ciúmes até hoje 

Ablon-claro né sempre tem gaviões te rondondo por ser linda 

Ariel-hahahaha 

Ablon-para de rir

Ariel-desculpa é que você fica lindo quando esta com ciúmes 

Adelle-mamae, papai

Ariel-sim meu amor

Adelle-eu amo vocês 

Ariel-que fofa disse e abraçou-a forte

Ablon-eu e a mamãe te amamos muito 

Ariel-eu sou tão feliz, minha família é perfeita, obrigado ablon por esta comigo por todo esses anos disse e abraçou-o

Ablon-que isso, amor 

Ariel-nosso amor é acorrentado 




Notas Finais


SOCORRO ESTOU POBRE DE IDEIA.
TIVE QUE TERMINAR ESSA HISTÓRIA ESTOU SEM IDEIA
DESCULPA SE O FINAL FICOU UMA BOSTA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...